Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Voto João Ferreira para Presidente da República

Zé LG, 22.01.21

139642290_3904424749570538_8294157583955265147_n.j

João Ferreira apresentou-se nestas eleições com um programa político assente na defesa intransigente da Constituição, que, como tantas vezes repetiu, não é neutra, que considera a iniciativa privada, mas que não desvaloriza os sectores público, cooperativo e social; que valoriza a importância dos trabalhadores e os protege na relação desequilibrada com o capital; que contempla direitos especiais aos jovens ao contrário do que está a acontecer, tal com a igualdade de direitos entre homens e mulheres; que defende a solidariedade e a coesão social, ao contrário do que está a acontecer com o acentuar das desigualdades; que defende um Serviço Nacional de Saúde tendencialmente gratuito.

João Ferreira, ao contrário de Marcelo Rebelo de Sousa, defende a estabilidade política e social assente em políticas que concretizem o que a Constituição preconiza e não na manutenção de privilégios para os mais poderosos e no acentuar de desiguldades sociais, económocas e territoriais. 

Com João Ferreira na Presidência da República teríamos alguém que efectivamente cumpriria e faria cumprir a Constituição, que transformaria o juramento formal num programa político. Com ele a Constituição sairia do armário e dixaria de "ser neutra".

João Ferreira fez uma campanha eleitoral sóbria e consistente, firme na defesa da Constituição, clara na interpretação desta, sem se deixar desviar do que verdadeiramente está em causa - a eleição para Presidente da Reública. Com a campanha de João Ferreira ouvimos preceitos da Constituição, de que raramente se fala. Só por isso valeu a sua candidatura.

Por tuto isto, VOTO JOÃO FERREIRA!

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 23.01.2021

    Estas aproximações e outras vezes afastamentos ao PCP, têm muito que se lhe diga!
  • Imagem de perfil

    Zé LG 24.01.2021

    "Deixo o Partido sem ressentimentos, ...
    O PCP continua a ser um dos partidos, para não dizer o Partido, com que mais me identifico. Será por isso natural que nos continuemos a encontrar e a partilhar a ambição de contribuirmos para a construção de uma sociedade mais progressista e justa. Mas agora, apenas e quando sentir que devo intervir, sem ser por obrigação e sem quaisquer constrangimentos ou limitações."
    Aqui: https://alvitrando.blogs.sapo.pt/despedi-me-do-pcp-ha-10-anos-4669451#comentarios
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 24.01.2021

    Para vós progresso é a uma escravatura desmesurada sem fronteiras, na verdade não passa de um retrocesso civilizacional para a barbárie.
    E a vossa justiça é baseada no roubo generalizado e na doutrinação das massas, mais uma vez a mostram que a luta continua para o regresso à barbárie
    Condição essa que vocês adoram, ainda hoje com certeza celebram as centenas de milhões de vidas humanas exterminadas
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.