Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

VAMOS LÁ ENTÃO DEBATER O QUE É IMPORTANTE

O que aqui deveria ser debatido, e isso até o PS e muito bem o fez na última reunião camarária, são os aspectos relacionados com o desenvolvimento económico e social, além do ordenamento da cidade e do concelho.
Ainda ontem veio na imprensa que o Aeroporto de Beja não tem interesse algum económico, ou seja não serve para nada.
Todo o centro histórico da cidade ameaça ruir sem que haja um projecto realista e viável que aposte na sua recuperação.
Continuamos a não ter uma zona industrial digna desse nome, e nem sequer se vislumbra nada mais a não ser apenas uns terrenos com maus acessos e semi-ocupados com uns stands comerciais e pouco mais. Pelo que qualquer empresa de média ou grande dimensão que se queira instalar no Alentejo terá que ir para Évora.
E o rol poderia continuar. Mas falar destes temas, não tem interesse.
Interesse tem apenas o inútil depósito da água ou os artistas que vêm cá actuar nas Ovinoites.
Isso sim. Isso é que são motivos de interesse para a população.
Anónimo a 22 de Abril de 2015 às 18:53, aqui.

7 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Ana Matos Pires

    Reaças são os gajos, e sonsos comó caraças.

  • João Espinho

    @anónimo 15:19 - não me sentiria bem representado ...

  • Anónimo

    Dra, nota-se ainda uma costela do pai...a sua posi...

  • Anónimo

    JE se votássemos nas pessoas que melhor nos poder...

  • Ana Matos Pires

    Acho sempre maravilhosas estas observações sobre a...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.