Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

VALEU A PENA! A AGDA JÁ COMEÇOU A REPARAR A ROTURA NA CONDUTA DO ROXO, NO PENEDO GORDO

Pouco importa se foi na sequência da publicação, ontem, do alvitre “O QUE SE PASSA COM A EMAS?”, o que importa é que uma rotura na conduta do Roxo, que estava, há semanas, a desperdiçar uma boa quantidade de água para os esgotos pluviais, começou a ser reparada ainda hoje pela AGDA - Águas Públicas do Alentejo.

Faço aqui a correcção aquele alvitre: A rotura não era na Rede do Penedo Gordo mas sim na Conduta do Roxo, que atravessa a Aldeia, pelo que a reparação é da responsabilidade da AGDA e não da EMAS. Só ontem, depois da publicação do alvitre, fui disso informado, depois de ter antes contactado por telefone o piquete e por e-mail a administração da EMAS.

Seria bom que as empresas prestadoras de serviços públicos resolvessem estes problemas ou, pelo menos, esclarecessem as populações da respectiva previsão, sem necessidade de recorrer a estes meios.

Entretanto continuam por esclarecer as questões que coloquei no final daquele alvitre...

11 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Está tudo dito... nada a acrescentar! Incapacidade...

  • Anónimo

    "O Ministério do Planeamento anunciou esta quinta-...

  • Anónimo

    Se os autarcas locais , independentemente da cor p...

  • Anónimo

    Conordo em absoluto com o comentário anterior.O di...

  • Anónimo

    O problema é que em Beja este ou outro tema verdad...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.