Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

ULSBA REGISTA BONS INDICADORES DE ACESSO A CONSULTAS E CIRURGIAS

Zé LG, 21.02.17

O Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) informa, em nota de imprensa, que foram registados, em 2016, bons indicadores, no acesso a consultas e cirurgias.  

Naquele documento é divulgado que “da análise global dos resultados da atividade assistencial dos Cuidados Hospitalares de 2016, e em comparação com o período homólogo, verifica-se” um “aumento de 5% no número total de consultas efetuadas registando-se o aumento da percentagem das primeiras consultas” e “um aumento de 11% na percentagem de consultas referenciadas pelos Cuidados de Saúde Primários”.

Os dados divulgados pela ULSBA dizem também, que “houve melhoria do tempo de resposta das consultas, de 82,8% para 85%, com melhoria significativa do cumprimento dos tempos médios de resposta garantida”, assim como “aumento da produção cirúrgica, realçando-se um aumento em 5,7% da percentagem da cirurgia do ambulatório”.

A nota de imprensa termina relevando o facto, de estes dados permitirem “registar bons indicadores no acesso dos utentes às consultas e boa resposta da capacidade relativamente à necessidade de cirurgias” e de significarem, igualmente, “o cumprimento com o contratualizado com o Ministério da Saúde, no âmbito do Contrato-programa/Acordo Modificativo do Ano de 2016”.