Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

ULSBA FORTEMENTE DESCAPITALIZADA EM RX E TAC

Segundo uma nota de imprensa do Grupo Parlamentar do PCP, o Governo confirmou que a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo está fortemente descapitalizada em equipamentos de imagiologia, nomeadamente de RX e TAC e deixou a garantia que está a trabalhar com a administração da ULSBA no sentido de se promover uma candidatura para poder ultrapassar este problema. 

AQUI e AQUI.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 30.05.2016 15:45

    A ULSBA está descapitalizada em recursos de equipamentos porque não é só só nível do Serviço de Imagiologia, e também em recursos humanos. Estes dois tipos de investimentos têm sido muito mal geridos. Há equipamento que não é substituído há mais de uma década e os recursos humanos , só abundam as cunhas que as gestões vão colocando, que nada fazem.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Comentários recentes

    • Anónimo

      E nem sequer sobre o facto de a CDU ter aqui tido ...

    • Anónimo

      Desta vez ninguém comentou sobre quem fez parte da...

    • Anónimo

      As saudades da Rural Beja têm que ver com a qualid...

    • Anónimo

      Olhe que não, olhe que não!

    • Anónimo

      Também este blog já não é o que era.Nem uma pequen...

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Sigam-me

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    subscrever feeds