Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

ULSBA DISTINGUIDA NOS PRÉMIOS “LOCAIS DE TRABALHO SAUDÁVEIS 2017”

201804162236154157.jpg

A ULSBA-  Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo foi distinguida com  uma menção honrosa nos prémios “Locais de Trabalho Saudáveis 2017”, na categoria “Organizações com mais de 250 colaboradores/ Grandes Empresas”.

Trata-se de uma iniciativa da Ordem dos Psicólogos Portugueses e enquadra-se no âmbito da parceria com a Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho e a Autoridade para as Condições do Trabalho.

A Unidade Local de Saúde recebeu esta distinção com o projecto ProGerPsi, da responsabilidade da Equipa de Psiquiatria do Trabalho, coordenada pelo psiquiatra Pedro Moura.

O ProGerPsi é um programa que pretende integrar na formação dos profissionais da ULSBA, de uma forma mais permanente, a componente de riscos psicossociais e segundo a organização que atribuiu a menção honrosa pretende-se, ao distinguir estes casos de excelência, suscitar o desenvolvimento de ações de mudança no tecido organizacional português, através da generalização das boas-práticas.

6 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 18.04.2018 09:24

    "ULSBA DISTINGUIDA NOS PRÉMIOS “LOCAIS DE TRABALHO SAUDÁVEIS 2017”
    Quem deu este premio nunca deve ter visto como é o trabalho na ULSBA só pode
  • Imagem de perfil

    Ana Matos Pires 18.04.2018 15:04

    Contribuir para melhorar é o propósito.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 20.04.2018 09:28

    basta falar com os colaboradores e pedir opinião acerca do trabalho, da pressão psicológica existente, do mau ambiente nos serviços. desde as condicoes de higiene dos wc por falta de material quer mais , faça um estudo interno e vai ver
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 20.04.2018 09:52

    Quem conheceu o que era o Hospital e em que se transformou, reconhece que a alegria desapareceu.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 21.04.2018 12:20

    E desapareceu porquê? É a pergunta que se coloca!
    Desapareceu porque a maioria dos que lá "trabalham" nos dias de hoje, querem um ordenado e trabaljhar é para outros!
    Mas quem vai estar contente trabalhando N dias seguidos, sem tempo sequer para pensar no que anda fazendo, sempre com equipas subdimensionadas, sempre com a possibilidade de alguem ter de seguir o turno, poprque há sempre mais alguem a faltar!
    O hospital virou a santa casa da mesiricordia, vão para lá e depois o hospital que se desemerde, eles levam os problemas e não querem saber, não tem o horario que lhes dá jeito? Atestado! Não tem o fim de semana que querem ? Atestado!
    Hoje a equipa estava desfalcada? Não estou pra isto, Atestado!
    As cunhas e os que menos fazem (ou praticamente nada fazem) vão para lugares invejados, o ultimo foi um do armazem, a coisa mais malandra vista nos ultimos tempos na casa...foi pros escritórios... AMIGO (diz-se) do M&M!
    Mas então assim alguem há-de andar contente ? Só se a chefe das gaiola das loucas colocar um distribuidor de Prosac À entrada do edificio, e se dispuser a dar consultas sem parar!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Comentários recentes

    • Anónimo

    • Anónimo

      São tantas as campanhas, ações e divulgações da EM...

    • Anónimo

      Os presentes sobre as viaturas são feitos por pard...

    • Anónimo

      Só se os pássaros fossem parvos é que iriam para e...

    • Anónimo

      Quais, quais, oliveiras, olivaisPintassilgos, roux...

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Sigam-me

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    subscrever feeds