Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

UDIPSS de Évora elogia “a elevada capacidade de gestão” que as IPSS “revelaram deter

Zé LG, 10.08.20

mw-860.jpg

A União Distrital das Instituições Particulares de Solidariedade Social de (UDIPSS) de Évora mostrou-se satisfeita com a total resolução do surto de covid-19, declarada no sábado pela Autoridade de Saúde Pública, que eclodiu no lar da sua associada Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva, em Reguengos de Monsaraz, enche todos de satisfação.

Até aqui, tudo bem. Ficamos todos satisdeitos.

A UDIPSS de Évora valoriza também “a elevada capacidade de gestão” que as IPSS “revelaram deter, tanto na organização e na mobilização dos recursos internos como na transmissão aos utentes, aos seus familiares e às comunidades da coesão, resiliência e aptidão para reagir à crise que tão bem caracterizam o Setor Social e Solidário em Portugal”.

Mas aqui e neste caso concreto, não estará a exagerar? É que os resultados do inquérito da Ordem dos Médicos e o número e as causas das mortes registadas não parecem confirmar “a elevada capacidade de gestão”…