Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“tudo serve para atacar os socialistas que concretizaram o que outros anunciaram”?

Zé LG, 29.02.20

AnuarioAgricolaAlqueva2019 (1).jpg“Os Alentejanos não se libertaram dos senhores da terra que ao longo de muitos anos, os pisaram, humilharam e condicionaram o seu pensamento, continuam hoje vulneráveis a uma cambada de ambientalistas de bolso que os procuram manipular com interesses políticos bem conhecidos, tudo serve para atacar os socialistas que concretizaram o que outros anunciaram, ao longo de décadas, mas nenhuns realizaram.
Todos os Alentejanos ouviram muito tempo que a face do Alentejo mudaria com os 110 mil há de regadio que Alqueva proporcionaria, obviamente que ninguém estava a pensar que esses 110.000 ha seriam para trigo ou cevada. Afirmar hoje que o olival e o amendoal consomem mais água que as culturas de regadio tradicional é uma profunda cretinice de quem, a todo o custo, quer denegrir aqueles que mais fizeram pelo Alentejo e pelos Alentejanos, afirmar que estas culturas utilizam mais agrotóxicos que as tradicionais (tomate, pimentão, milho, arroz etc) diz bem da ignorância de quem argumenta dessa forma, sabendo todos nós o objetivo de tal argumentação, ...
Anónimo 27.02.2020”, aqui.

6 comentários

Comentar alvitre