Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

TÉCNICOS DE DIAGNÓSTICO E TERAPÊUTICA EM GREVE O GOVERNO DECIDIR CUMPRIR A LEI

231120171604-207-grevetecnicos.jpg

Os técnicos superiores das áreas de diagnóstico e terapêutica estão em greve por tempo indeterminado, desde o dia 2 de Novembro, e garantem que esta paralisação só termina quando o Governo decidir cumprir a lei.

O Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Saúde das Áreas de Diagnóstico e Terapêutica recorda que há cerca de 10 mil profissionais em exercício nos serviços públicos de saúde que querem ver a sua carreira regularizada. A nível europeu a carreira é reconhecida, mas em Portugal não, disse o técnico de radiologia do Hospital de Beja, António Balsinha, frisando que esta greve já dura há 22 dias.
Esta greve está a afectar praticamente todos os serviços de saúde, com especial incidência nos blocos operatórios, altas e internamentos hospitalares, diagnósticos diferenciados em todas as áreas de intervenção clínica, planos terapêuticos em curso, distribuição de medicamentos e prevenção em saúde.

27 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    O Lagar é uma pena (o que não se fazia com 3,5 mil...

  • Anónimo

    ????????????????????

  • Anónimo

    Ninguém comenta a capa verde?

  • Anónimo

    Obrigado caro amigo. Um grande abraço. Ricardo (Se...

  • Ana Matos Pires

    Sim, vai seguir mail e o jornal fará o que entende...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.