Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

UNIDADE ALENTEJANA NA CANDIDATURA DO VINHO DE TALHA A PATRIMÓNIO DA HUMANIDADE

201808011022092923.jpg

Vinte municípios e sete entidades do Alentejo assinaram esta semana um protocolo de cooperação no processo de candidatura da produção tradicional de vinho de talha a Património Cultural Imaterial da Humanidade.

Rui Raposo, presidente da Câmara de Vidigueira, que lidera o Processo, destaca a importância do protocolo e revela que o documento ainda está aberto a outras autarquias e entidades que se queiram associar ao projecto.

ADEGA DE VIDIGUEIRA CONQUISTA OURO E PRATA EM CONCURSOS INTERNACIONAIS

DQmRYbbHU77gb4mKJxy9Mzu8Jy17S1GgGiorVYJCnefSMEm_16

A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito continua a ver os seus vinhos premiados em concursos internacionais.

Este ano o Mundus Vini, o CINVE e o Bacchus, reconheceram os vinhos daquela Adega Cooperativa. O Vidigueira Grande Escolha Branco 2016 obteve uma medalha de Ouro no Mundus Vini. O Vidigueira Alicante Bouschet obteve também uma medalha de Ouro no CINVE.

A estas, a Adega Cooperativa junta três medalhas de prata no CINVE 2018 (Vidigueira Antão Vaz 2017; Vidigueira Grande Escolha Branco 2016 e Vidigueira Syrah 2015), e duas medalhas de prata no Bacchus 2018 (Vidigueira Antão Vaz 2017 e Vidigueira Syrah 2015).

ADEGA DE VIDIGUEIRA, CUBA E ALVITO LANÇA VINHO DA TALHA DE VINHAS CENTENÁRIAS

VINHO.jpg

Chama-se Vila Alva e segundo fonte local é um vinho que vai correr o mundo pelas suas características únicas, resultado de um processo de fazer vinho também ele único e herdado dos Romanos (o vinho da talha) e com recurso a uvas brancas provenientes de vinhas com mais de 100 anos.

Vila Alva - Vinhas Centenárias é lançado a 17 de fevereiro e é uma homenagem à freguesia do Concelho de Cuba "onde se encontram as vinhas mais antigas desta zona do país, muitas delas plantadas em datas anteriores a 1930. Vinhas antiquíssimas com produções reduzidas, mas cujos cachos têm uma refinada qualidade", como defende a Adega Cooperativa da Vidigueira em comunicado.

As uvas recolhidas para este Vinho de Talha vieram de apenas 6 hectares de vinhas e das castas Antão Vaz, Roupeiro, Manteúdo, Diagalves, Larião e Perrum.

VINHOS ALENTEJANOS SÃO OS PREFERIDOS DOS PORTUGUESES

carmim.png

Quem o assegura são os dados resultantes do estudo TGI da Marktest.

Foram cerca de metade os participantes do estudo que dizem preferir o vinho alentejano, logo seguido dos vinhos com origem no Porto e no Douro.

O estudo revelou ainda que a maior parte das pessoas tem maior preferência pelos vinhos das suas próprias regiões.

ADEGA COOPERATIVA DE VIDIGUEIRA APOSTA NO VINHO DE TALHA

vinhas.jpg

A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito, anuncia a produção de um vinho de talha exclusivamente a partir de uvas de vinhas centenárias.

As uvas recolhidas para a produção deste vinho são provenientes de 6 hectares de vinhas localizadas na freguesia de Vila Alva, no Concelho de Cuba, propriedade de cinco associados da Adega.

A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito pretende “preservar o riquíssimo património vitícola da região”.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Penso que é facial perceber quem falta a verdade. ...

  • Anónimo

    Bons tempos.

  • Anónimo

    Tem toda a razão, às vezes parecem miúdos que pela...

  • Anónimo

    Como estão as contas afinal?

  • Luis Palminha

    Se não me engano, a resposta a essa pergunta foi p...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds