Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Já começaram as vindimas

Zé LG, 18.08.22

vindimas-1-768x432.jpgA Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito já começou a receber uvas de castas cuja maturação está mais avançada. Na próxima segunda-feira, as vindimas “abrem de forma mais generalizada” disse José Miguel Almeida, presidente da Adega Cooperativa, que acrescentou que a produção deste ano deverá ser idêntica à do ano passado e, para já, as uvas que estão a chegar à Adega têm uma “elevada qualidade”.
A Adega, no âmbito do “Programa de Vindimas”, que é retomado em setembro, desafia os interessados para uma visita às vinhas, com apanha de uvas, paragem para petisco tradicional e almoço nas instalações da daquela cooperativa.

Produtores alentejanos presentes na maior feira de vinhos do mundo

Zé LG, 12.05.22

coelheiros-1.jpgCerca de 30 produtores do Alentejo vão apresentar mais de 300 referências de vinho na maior feira mundial do setor, a ProWein, que se realiza, entre domingo e terça-feira, em Dusseldorf, na Alemanha.

Segundo a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), o stand dos Vinhos do Alentejo, com mais de 150 metros quadrados, vai homenagear aves e insetos que auxiliam os produtores na redução do uso de pesticidas nas vinhas e no controlo de pragas. Com o tema “Alentejo Friends”, o espaço vai destacar o Programa de Sustentabilidade de Vinhos do Alentejo que, para diminuir o uso de pesticidas nas vinhas, sugere a sua substituição por aves e insetos para o controlo de pragas.

Três alentejanos nos quatro primeiros do TOP 10 Vinhos Portugueses

Zé LG, 05.04.22

estremus.png

O evento Essência do Vinho elegeu o TOP 10 Vinhos Portugueses numa prova com júri internacional que decorreu no Porto. O vinho tinto mais bem classificado foi o Estremus 2017, elaborado por João Portugal Ramos em Estremoz, um lote, em partes iguais, das castas Alicante Bouschet e Trincadeira, com 1953 exemplares engarrafados.

O restante TOP 10 Vinhos Portugueses incluiu ainda os seguintes alentejanos: Rosa Santos Família 2017 (2º vinho tinto, Regional Alentejano, Jorge Rosa Santos & Filhos) e Júpiter Code 01 2015 (4º vinho tinto, Regional Alentejano, Rocim).

“Talhão 37 tinto 2019”, da Socidade Agrícola de Pias, recebeu o prémio de “Best of Show Alentejano”

Zé LG, 15.03.22

Untitled-1-19-690x450.jpgA primeira edição do Família Margaça “Talhão 37 tinto 2019”, da Socidade Agrícola de Pias, recebeu o prémio de “Best of Show Alentejano” na 30ª edição do “MUNDUS VINI – Grand International Wine Award”, na Alemanha, devido à elevada pontuação atribuída em prova cega.

Além do prémio já mencionado, a Sociedade Agrícola de Pias obteve mais duas importantes distinções: As Medalhas de Ouro atribuídas às referências Família Margaça Reserva Tinto 2019 e Encostas do Enxoé Reserva Tinto 2019 e a Medalha de Prata entregue à colheita de 2020 do Família Margaça Vinha do Furo Tinto.

Vila de Frades distinguida como “Melhor Destino Vínico”

Zé LG, 08.03.22

Vila-de-Frades-capital-do-vinho-da-talha-768x530.jA revista “Paixão pelo Vinho” atribuiu a Vila de Frades a distinção de “Melhor Destino Vínico”, durante a Gala “Paixão pelo Vinho Awards”.

Diogo Conqueiro, presidente da junta de Freguesia de Vila de Frades, entidade gestora da marca “Vila de Frades – Capital do Vinho de Talha” refere que “este mérito é do nosso povo, de todos os que de uma ou de outra forma deram o seu contributo. Tantos e tantos que, no passado, no presente e, cada vez mais, no futuro, lutarão por esta herança”. Aqui, aqui e aqui.

Quinta do Paral firmou parceria com o Benfica para promoção dos seus vinhos

Zé LG, 07.03.22

benf-690x450.jpgA marca de vinhos Quinta do Paral, da Vidigueira, firmou uma parceria com o Sport Lisboa e Benfica e vai pôr à disposição dos sócios e adeptos três segmentos deste vinho, nomeadamente o Quinta do Paral, o Quinta do Paral Colheita e Quinta do Paral Reserva. Com este acordo, a marca de vinhos espera ter um crescimento de 25% no mercado nacional.

Adega do Montado conquista duas medalhas no Concurso Internacional Mundus Vini

Zé LG, 07.03.22

adega_0.png

O vinho Monte das Bagas de Ouro Tinto 2020, produzido e comercializado pela Adega do Montado, no concelho de Serpa, foi distinguido este ano com uma medalha de ouro do Concurso Internacional Mundus Vini, realizado na Alemanha. Também o vinho Monte das Bagas de Ouro Reserva Tinto 2019, lançado no mercado há pouco mais de dois anos, conquistou uma medalha de prata no mesmo concurso.

Começa hoje o “Mês do Vinho” em Vidigueira

Zé LG, 06.11.21

Mes-Vinho-ACVCA-2021-1024x536.jpg«Este ano o «Mês do Vinho» começa no sábado, dia 6, pelas 17h00, com a Inauguração da “Taberna dos Arcos” em Vila de Frades, acompanhada de uma prova do novo vinho de talha 2021. Presentes teremos o nosso Grupo Coral assim como o autor do livro “Enogastronomia” Luís Gradíssimo, blogger e crítico de vinhos, que irá fazer a primeira apresentação pública do seu livro. Ainda neste dia organizamos um Jantar Vínico que culminará num Showcase de Luís Trigacheiro, vencedor do “The Voice Portugal” e embaixador da nossa Adega. Estas últimas atividades requerem marcação prévia.» Veja o restante PROGRAMA.

Centro Interpretativo do Vinho de Talha recebeu menção honrosa dos Prémios da APOM

Zé LG, 04.11.21

civt-alta.jpgO Centro Interpretativo do Vinho de Talha (CIVT) recebeu uma menção honrosa na categoria “Coleção Visitável”, na edição de 2021 dos Prémios da APOM – Associação Portuguesa de Museologia.

O Município de Vidigueira reconhece a importância da atribuição deste prémio, no panorama da Museologia nacional, pois tal constitui motivo de orgulho pelo trabalho desenvolvido e pelo equipamento cultural ao dispor de quem o visita.

Vinhos alentejanos novamente em destaque no estrangeiro

Zé LG, 04.10.21

talha_2.pngA Adega Cooperativa de Borba venceu três medalhas de ouro, na edição de verão do concurso alemão Mundus Vini 2021 – Summer Tasting e o Vinho de Talha Honrado Vineyards foi convidado para fazer um showcase do produto no STRIVE FOR PERFECTION, em Londres, a 8 de outubro, organizado pelo RREC - The International Club for Rolls-Royce & Bentley Enthusiasts. Daqui.

“Alqueva Sunset” agendado para as 18:00 horas, na Amieira Marina

Zé LG, 02.10.21

Sunset-768x576.jpgA Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) promove, neste sábado, a iniciativa “Alqueva Sunset”. O embarque está agendado para as 18:00 horas, na Amieira Marina.

O pôr-do-sol no maior lago artificial da Europa será brindado com os vinhos do Alentejo, entre eles, os da Adega Cooperativa da Vidigueira, Cuba e Alvito.

A festa que junta amantes de vinho, produtores e enólogos a bordo e ao som do Dj Bruno Silva, termina às 21:00 horas, momento do regresso da embarcação à Amieira Marina.

Luís Peres de Sousa foi eleito presidente da Subcomissão Produtos não fermentados, uvas de mesa e passas da OIV

Zé LG, 21.07.21

217568770_5846312882077458_7969419108224406416_n.jDurante a última assembleia geral do OIV - International Organisation of Vine and Wine, Luís Peres de Sousa (de Portugal) foi eleito presidente da Subcomissão Produtos não fermentados, uvas de mesa e passas.

Até agora presidente do Conselho Técnico e Científico da Comissão Nacional da OIV e Coordenador do Grupo Nacional de Peritos em Viticultura OIV, Luís Peres de Sousa é professor assistente da Escola Superior Agrária (ESAB) e do Instituto Politécnico de Beja (IPB), no setor da Viticultura Científica. Engenheiro Agrícola formado pelo Instituto Superior de Agronomia em Portugal, dedica a sua carreira à viticultura e, mais especificamente, às uvas, tanto de mesa como de secas.

Vinhos do Alentejo e Águas de Portugal cooperam para mitigar alterações climáticas

Zé LG, 12.04.21

202102102244252458.jpgA Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) assinou um protocolo com a empresa Águas de Portugal (AdP Valor) que visa mitigar as alterações climáticas, combater a desertificação do Alentejo e promover a economia circular, como “resposta” à crescente desertificação do Alentejo, com a agricultura a ser responsável pelo uso de “75%” da água gasta em Portugal.

Em março, arrancou o primeiro projeto desta parceria, denominado por “AQUA VINI”, e que tem como objetivos “fomentar a reutilização” de água na atividade vitivinícola. Financiado pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente, está a decorrer na Herdade da Ravasqueira.

“O AQUA VINI é um projeto pioneiro que permitirá estudar a reutilização de água na atividade de regadio, os efeitos desta aplicação no desenvolvimento das culturas irrigadas e o impacto nos recetores ambientais solo e recursos hídricos, bem como nos sistemas de rega”, esclarece por sua vez a AdP VALOR no documento.

O protocolo celebrado entre as duas entidades pretende ainda “reforçar” as ações no âmbito da reutilização de águas residuais, “reaproveitamento” de lamas de estações de tratamento de águas residuais (ETAR), a sustentabilidade e economia circular e projetos de inovação, conforme o Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), lançado em 2015.

Revista Vinho Grandes Escolhas inclui vários alentejanos entre “Melhores do Ano” de 2020

Zé LG, 10.03.21

A Revista Vinho Grandes Escolhas inclui no seu TOP 30 de 2020 os alentejanos Pêra-Manca Alentejo branco 2017, produzido por Fundação Eugénio de Almeida; o Arché Alentejo tinto 2016, produzido por Herdade do Sobroso; o Herdade de São Miguel Resumo de 15 Vindimas Regional Alentejano tinto, produzido pela Casa Relvas; o Incógnito Regional Alentejano tinto 2013, produzido pela Cortes de Cima; o Marmelar Regional Alentejano tinto 2017, produzido pela Casa Agrícola HMR e o Quinta do Paral Vinhas Velhas Regional Alentejano tinto 2017, produzido pela Herdade Tinto e Branco.

11180_big.jpg

Segundo a revista, três representantes alentejanos foram premiados entre os 20 Troféus Grandes Escolhas e que distinguiu com o prémio Singularidade a Adega José Piteira e o projecto XXVI Talhas, ex-aequo, dizendo que “o vinho de talha está na moda” e que José Piteira é um mestre de talha, um enólogo autodidacta cuja adega se encontra na Amareleja.

Gin alentejano escolhido como "Gin Português do Ano 2021"

Zé LG, 28.02.21

black_pig.pngO Gin Black Pig Costa Alentejana conquistou o World Gin Awards 2021, ao vencer a medalha de Ouro e ao ser o vencedor na categoria de melhor London Dry gin português.

Esta distinção junta-se a anteriores medalhas internacionais nas principais competições da Europa, Estados Unidos da América e Ásia, sendo uma referência mundial neste tão competitivo mercado do gin e que, de acordo com a marca, o tornam o gin mais premiado da Europa.

A Black Pig Alentejo é uma destilaria situada na Costa Alentejana com carácter 100% português. Com produtos produzidos artesanalmente e exclusivamente com botânicos da Costa e do Montado alentejano.

“Medronho Original” de Odemira premiado a nível nacional

Zé LG, 06.12.20

202012041541313570.jpgA Aguardente de Medronho “Medronho Original” da marca Júnior Jacques, produzido pela destilaria Alma Orgânica Unipessoal, no concelho de Odemira, conquistou o prémio Melhor dos Melhores e a Medalha de Ouro no 5º Concurso Nacional de Aguardentes Não-Vínicas 2020/2021.

A destilaria Júnior Jacques Destiladores localiza-se perto da aldeia de S. Miguel, na freguesia de S. Teotónio. É um projeto vocacionado para a produção de destilados de alta qualidade, desenvolvido e criado em 2015 por Afonso Pereira e Marieke Devillé. Depois de vários anos a trabalhar nos sectores da hotelaria e do desenvolvimento comunitário em África e na América Latina, o casal decidiu fixar-se no concelho de Odemira e dedicar-se à produção de aguardente de medronho.

Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito recupera adega centenária

Zé LG, 16.11.20

160820171628-207-ruy13iotz43xszhnhincvinq0e2.jpgA Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito descobriu um edifício antigo para a produção de vinho, dentro da própria Adega e decidiu recuperá-lo e torná-lo visitável.

Informa a Adega Cooperativa que “durante os trabalhos de remodelação do espaço, surgiram estruturas antigas, com várias fases de construção e adaptação à função que agora retoma: uma Adega tradicional num edifício nobre da vila de Vidigueira. Após esta descoberta a Adega optou por alterar o sentido da decoração inicial, deixando à vista a estrutura da Adega Velha, o que permitirá ao seu visitante usufruir do espaço conforme este foi criado e permitir a todos ter contacto com a história.”

A Adega Velha pretende ser “um complemento da Casa das Talhas, o espaço de enoturismo da Adega, cujo foco é o vinho de talha e toda a sua abrangência história e cultural. Este novo espaço de enoturismo, denominado Adega Velha, pode ser visitado todos os dias das 9h00 às 19:00 horas”.

Vila de Frades já tem Centro Interpretativo do Vinho de Talha

Zé LG, 10.11.20

202011091908403549.jpgOntem, na “hora do vinho do trabalho”, às 15.00 horas, a Câmara de Vidigueira mostrou, aos produtores de vinho de talha, o Centro Interpretativo, em Vila de Frades, que tem como propósito dar a conhecer o processo de produção de um néctar que leva o território a toda a parte e que capta muitos visitantes, especialmente nos meses de novembro e dezembro.

Amanhã, Dia de São Martinho, será a vez da comunidade visitar o Centro Interpretativo do Vinho de Talha, em Vila de Frades e de conhecer melhor este espaço, a partir das 18.00 horas.