Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Ministra da Coesão Territorial visita concelhos alentejanos mais atigidos pelo mau tempo

Zé LG, 14.12.22

20220609162606271.pngEm Campo Maior, a ministra da Coesão Territorial deixou uma palavra de solidariedade aos lesados pelas cheias ao verificar que muitas famílias perderam quase tudo. "É importante podermos ver quais os mecanismos que temos para apoiar rapidamente essas famílias", acrescentando que "Agora é o momento de avaliarmos o que está em causa, os prejuízos e definirmos como podemos apoiar. Vamos ver se podemos também reunir apoios europeus".

Acompanhada pelo presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), Hugo Hilário, Ana Abrunhosa deslocar-se-á a Monforte, Sousel, Fronteira e Ponte de Sor.

“Vidigueira, onde o Tempo se vive” está a trazer muita gente ao Concelho

Zé LG, 23.10.22

pc v.png

Rui Raposo, presidente da câmara de Vidigueira, considera que a iniciativa “Vidigueira, onde o tempo se vive” está a ter belíssimos resultados, em termos promocionais do seu concelho, afirmando que: “É muito bom constatar que a ideia que o município lançou, no sentido de valorizar o tempo, e o viver bem, “está a trazer muita gente à Vidigueira”.

Baixo Alentejo em seca severa

Zé LG, 14.06.22

seca2-768x432.jpgO Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) revelou que a quase totalidade do território do Baixo Alentejo estava numa situação de seca severa, no final de maio, apontado como o mais quente e seco dos últimos 92 anos.
Segundo o IPMA, no final de maio verificou-se uma diminuição significativa dos valores de percentagem de água no solo, em todo o território, sendo de realçar a região Alentejo, entre outras, “onde se verificam valores de percentagem de água no solo inferiores a 20%”. Em Beja, a média da temperatura mínima foi de 13,2 graus. A média da temperatura máxima foi de 28,8 graus. A precipitação total foi de 4.1mm.

Ler mais aqui e aqui.

Afinal, que fenómeno meteorológico aconteceu em Beja?

Zé LG, 31.05.22

Heatbutst_Beja_mini.png

Na madrugada de 21 de maio em Beja, aconteceu um fenómeno meteorológico estranho chamado heatburst: entre as 5h45 e as 5h50 desse sábado, a estação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) detetou rajadas de vento repentinas de 53 km/h, a temperatura aumentou de 22,9°C para 33,4°C e a humidade relativa no ar desceu de 49% para 13%. A informação foi avançada hoje pelo IPMA.