Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Misericórdia de Beja apresenta Programa GeMec - Gestão do Medicamento

Garantir, de forma totalmente gratuita, um acompanhamento regular às pessoas que vivem sozinhas em casa, quer através da gestão da toma de medicação, quer da gestão de consultas, e que sofram de doenças crónicas e/ ou com patologias relacionadas com a saúde mental é o objetivo do Programa apresentado pela Santa Casa da Misericórdia de Beja.

Misericordi-768x432.jpgJoão Paulo Ramôa, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Beja refere que o programa vem ajudar em várias situações, como por exemplo, nos tratamentos das doenças crónicas e de saúde mental, em que a medicação deve ser efetuada com regularidade.

Festa Solidária para com "Os Rafeiritos do Alentejo", em Castro Verde

image1.jpegOs Rafeiritos do Alentejo -  associação sem fins lucrativos e de proteção animal, sediada na estação de Ourique - Castro Verde - tem  a missão de proteger animais domésticos, procurando assim combater o abandono na região.

Os Rafeiritos propõem-se a fazer uma festa solidária com música, comidas e bebidas, cujo lucro reverterá para pagar contas de veterinário.

Para que esta festa aconteça será necessário fazer face a algumas despesas inerentes, pelo que, para que o nosso objetivo seja cumprido é essencial angariar patrocinadores.

É neste sentido que solicita a colaboração para o sucesso desta missão. Contacte-a pelo e-mail rafeiritos.alentejo@gmail.com

“Colaborar faz toda a diferença”

govint.jpgO Fórum para a Governação Integrada (GovInt) promove ao longo de 2019 o Ano da Colaboração, uma iniciativa de âmbito nacional, que pretende mobilizar e inspirar a sociedade portuguesa para a relevância estratégica da colaboração.
A Câmara Municipal de Mértola está inscrita nesta iniciativa com projetos da área social onde é predominante a colaboração entre os parceiros sociais e foi convidada para estar presente no próximo dia 17, no âmbito do encontro “Colaborar faz toda a diferença”, que irá decorrer em Vila Nova de Gaia, para apresentar um desses projetos, a Unidade Domiciliária de Cuidados Paliativos de Mértola. Um projeto que prima pela colaboração entre 4 entidades do concelho, Câmara Municipal de Mértola, Santa Casa da Misericórdia da Mértola, Centro de Saúde de Mértola e Núcleo de Voluntariado de Mértola.

Incorpora Portugal para a integrar Cáritas, Cercibeja e Cercicoa

isaurindo.jpgA Cáritas Diocesana de Beja, a Cercibeja e a Cercicoa passaram a integrar o programa Incorpora Portugal, da Fundação La Caixa, num trabalho de colaboração e partilha através da implementação de uma metodologia colaborativa, inovadora e testada desde 2006 em Espanha, e que se vai implementar nesta região, tendo em vista a integração laboral de grupos sociais vulneráveis, renovando-se constantemente em função das necessidades do mercado.
Isaurindo Oliveira, presidente da Cáritas de Beja, destaca a importância do projecto, afirmando que este é um serviço importante, mas complementar ao trabalho já desenvolvido pelas equipas e serviços instituição.

FACECO solidária com pescadores que perderam embarcações no incêndio de Maio

67239257_369368550441520_7567279471250636800_n-768Metade do valor recolhido com a receita das entradas na FACECO - Feira das Actividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira vai reverter a favor dos pescadores da Azenha do Mar, que viram as suas embarcações atingidas pelo incêndio no passado dia 6 de Maio, no portinho de pesca daquela localidade. Das onze embarcações, duas foram totalmente consumidas pelas chamas e outras quatro sofreram danos de diferentes graus, sendo o prejuízo total calculado em cerca de 100 mil euros.

A Câmara de Odemira, entidade promotora da FACECO quis aliar-se à Campanha de Solidariedade que está a ser desenvolvida junto da comunidade e empresários locais, lançada no dia 31 de Maio, Dia Nacional do Pescador, (…), que “inclui um conjunto de iniciativas para angariação de fundos que reverterão para a aquisição e/ou reparação das embarcações afectadas (…)”, explica a autarquia.

APPACDM de Moura iniciou a construção do “Montinho da Autonomia”

moradia.jpgA APPACDM de Moura iniciou a obra de construção de uma moradia autónoma para cinco clientes da instituição. É uma solução defendida pela actual direcção para a sustentabilidade da APPCDM de Moura.

O Presidente da Instituição, António Ildefonso, sublinhou que: “Estimamos o prazo de execução da obra de cerca de 8 meses, ou seja no inicio de 2020 temos a obra concluída.”

A implementação de uma Residência autónoma para pessoas portadoras de deficiência é uma necessidade identificada pelo Concelho Local de Acção Social. 

A residência autónoma vai chamar-se “Montinho da Autonomia” tendo em conta que a sua localização será no laranjal, terá capacidade total para 5 clientes, será na tipologia T5. Todos os quartos serão individuais com casa-de-banho privativa, para potencializar a privacidade e autonomia dos clientes. 

Voluntária da Cruz Vermelha regressa a Moçambique em Missão Humanitária

Sandra Peixeiro, voluntária e funcionaria da delegação de Beja da Cruz Vermelha Portuguesa vai regressar à terra que a viu nascer, em Moçambique, 45 anos depois, para apoiar os que mais necessitam. Chegou a Portugal como “retornada” em 1975, com dois anos de idade. Ingressou na Cruz Vermelha, em Beja, em 2001.

Sandra-Peixeiro-768x432.jpgHá muito que alimentava a vontade de participar numa Missão Humanitária a Moçambique. O sonho concretiza-se agora. Parte, esta semana, para a cidade da Beira para ajudar vítimas do Ciclone Idai. Na bagagem leva uma vontade enorme de ajudar. Vai prestar apoio num centro de saúde materno-infantil, onde os recursos são escassos.

Associação ESTAR apresenta-se hoje em Beja

A Biblioteca Municipal de Beja - José Saramago recebe, esta tarde, às 18:30, a apresentação pública da, recém criada, Associação ESTAR e do seu projeto Ser. Nesta sessão tomam posse, também, os órgãos sociais da ESTAR.

estar 1.jpgMadalena Palma, Inês Féria e Carla Martins são os “rostos” da Associação ESTAR, que nasceu da ideia de três licenciadas em Serviço Social de criarem o seu próprio emprego, com o papel importante da Incubadora de Empresas do Baixo Alentejo neste processo.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ó Zobaida, se reparou nisso também deve ter visto ...

  • Zobaida

    O Dr. não está parecido...

  • Zobaida

    Deu mais valor a essas coisas do que ao Hospital o...

  • Anónimo

    É pena não se dar o devido valor a quem ( uma das ...

  • Anónimo

    "envelhecimento e falta de manutenção dos equipame...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.