Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Cuidadores Informais já podem requerer estatuto junto da Segurança Social

Zé LG, 04.07.20

201810231638181717 cuidador.jpgOs cuidadores informais já podem requerer o estatuto correspondente através do site da Segurança Social. O formulário para o efeito já está disponível para o efeito, através do menu Família.

Já está disponível, igualmente, o Gabinete de Acolhimento ao Cuidador Informal, em todas as sedes dos Centros Distritais da Segurança Social, para esclarecimento de dúvidas.

Pode consultar aqui um guia prático, realizado pela Segurança Social, sobre o estatuto do cuidador informal.

Bairro das Pedreira apoiado por Alto Comissariado para as Migrações e Fundação Gulbenkian

Zé LG, 27.06.20

pedreiras-768x432.jpgA comunidade cigana do Bairro das Pedreiras, em Beja, recebeu apoio em géneros alimentares e máscaras, “no âmbito do Fundo de Emergência Covid-19 criado pela Fundação Gulbenkian cujo objetivo é mitigar os impatos da pandemia em diversas áreas, como saúde, ciência, educação, cultura e sociedade civil.

A Associação dos Mediadores Ciganos de Portugal (AMEC) , após o apoio financeiro solicitou a parceria e o apoio do CLDS Desafia-te de Beja e do Núcleo de Beja da EAPN que distribuiram mais de mil máscaras à população daquele bairro como forma de “contribuir para o combate à Covid-19 nesta fase de junho”, refere a AMEC, que está, ainda, a distribuir cabazes de alimentos à população cigana que não está a ser apoiada pelo Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas (POAPMC).

“Mais fardas para os profissionais de saúde da ULSBA”

Zé LG, 31.05.20

202005281518094551 fardas.jpgEstá no terreno a iniciativa “Mais fardas para os profissionais de saúde da ULSBA”. A iniciativa é organizada por um grupo de voluntários e tem como objetivo angariar donativos para ajudar os profissionais de saúde da ULSBA.

O donativo é feito através da Liga dos Amigos do Hospital de Beja, utilizando o IBAN: PT50 0010 0000 1832 4190 0012 8.

Misericórdia de Alcácer do Sal investe 1,8 ME em residência para pessoas com demência

Zé LG, 30.05.20

202005291217453498 demência.jpgA Santa Casa da Misericórdia de Alcácer do Sal, vai investir 1,8 milhões de euros na construção de uma residência especializada em demência, com capacidade para 48 utentes e a criação de cerca de 40 postos de trabalho.

O projeto de construção da estrutura residencial para idosos (ERPI), que conta com um financiamento comunitário de 750 mil euros, prevê a reabilitação de um edifício “antigo e devoluto” no “campus” onde “existiam as velhas camaratas” da Misericórdia de Alcácer do Sal.

O projeto de recuperação do edifício e a sua transformação em ERPI conta ainda com um apoio de 275 mil euros de uma candidatura que foi apresentada ao Fundo Dona Leonor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, vai permitir ganhos na eficiência energética, tem um prazo de execução de um ano, estando prevista a sua entrada em funcionamento em 2021.

Alentejo de Excelência doou termómetros infravermelhos ao Hospital de Beja

Zé LG, 11.05.20

ULSBA-1-768x432.jpgA Alentejo de Excelência fez uma doação de 15 termómetros infravermelhos ao Hospital de Beja, adquiridos no âmbito da campanha de recolha de fundos que lançou em março com o objetivo de contribuir no combate à pandemia de Covid-19.
De acordo com Márcio Guerra, Vogal na Direcção da Associação Alentejo de Excelência, “este contributo é uma forma da sociedade civil de base dizer presente e de apoiar solidariamente as nossas instituições e os profissionais de saúde que estão na linha da frente, não podendo nós deixar de agradecer às cerca de 50 pessoas e às 12 empresas e organizações da região que contribuíram financeiramente para que esta doação fosse agora concretizada”.
Para além do Hospital de Beja também os hospitais de Évora, Portalegre e Santiago do Cacém receberam os termómetros.

João Dias afirma que “é preciso legislar e criar condições para manter IPSS”

Zé LG, 22.04.20

202004171728009015 Dias.jpgA Direção da Organização de Beja (DORBE) do PCP já começou o conjunto de audições públicas, on-line, com a presença do deputado eleito por Beja, João Dias. As IPSS foram as primeiras entidades a ser ouvidas. No balanço João Dias referiu que “são muitos os problemas que estão a enfrentar” e que “é preciso legislar, criando condições para a sua manutenção, na importante resposta que dão à população.”

Para João Dias urge implementar medidas de salvaguarda das IPSS, por serem estas as “instituições que atendem às pessoas institucionalizadas”.

Câmara de Alvito implementa medidas de emergência de combate à COVID-19

Zé LG, 21.04.20

201905311640052060 alviuto.jpgA Câmara Municipal de Alvito, devido ao Estado de Emergência e como forma de combater as consequências da Covide-19, deliberou “Assegurar a concretização do Plano de Investimento 2020-2021como forma de reforço do serviço público, apoio ao emprego e manutenção da capacidade produtiva”, garantir “assistência aos mais vulneráveis, levando compras e medicamentos a casa” e assegurar a “disponibilização de refeições para os alunos do escalão A”, para além de isentar vários pagamentos e de ter procredido à “criação de uma linha de apoio psicológico”.

Cáritas de Beja promove campanha de Recolha de Alimentos

Zé LG, 21.04.20

202004201646556332 caritas.jpg

Foram as necessidades alimentares sentidas na comunidade migrante que levaram a Cáritas Diocesana de Beja a desenvolver uma campanha de Recolha de Alimentos, que já está no terreno e que é dirigida a todos. “As reservas estão em baixo” e a Cáritas de Beja exorta a sociedade civil a colaborar, com o lema: “ajude-nos a ajudar”.

Sem papas na língua

Zé LG, 18.04.20

001.jpg

"Houve sempre quem fizesse fortunas nas horas mais tenebrosas, aproveitando-se de quem já vive esmagado pela pobreza e pela miséria. Estamos a assistir a isso de novo."

"Alguns descobriram que somos mais do que um País bonito, com pessoas acolhedoras e boa gastronomia. Temos qualidades mais valiosas e não devemos resumir-nos ao turismo."

In: VISÃO, de 16-04-2020.

Associação promove Colheita de Sangue amanhã em Beja

Zé LG, 17.04.20

202004150940226397.jpg

A Associação Humanitária de Dadores de Sangue de Beja realiza, amanhã, mais uma colheita de sangue, nas suas instalações, na Rua Pablo Neruda (Bairro Social), nº 13. A recolha decorre entre as 9h30 e as 13 horas.

A Associação afirma que “estarão garantidas todas as normas de segurança” tendo em conta a situação atual relativamente à Covid-19.

«Covid-19 veio agravar pobreza no Alto Alentejo e já há pessoas a passar fome»

Zé LG, 16.04.20

93390571_2958340454242772_3477932304322527232_n poO alerta foi lançado pelo presidente da Cáritas Diocesana de Portalegre e Castelo Branco, Elicídio Bilé, que revelou que desde o início do surto do novo coronavírus aumentaram os pedidos de ajuda, sobretudo ao nível de bens alimentares, aos quais a instituição está com muitas dificuldades em conseguir responder.

O dirigente esclareceu que os alimentos doados pelo Banco Alimentar Contra a Fome de Portalegre são os possíveis, mas insuficientes, sendo que a Cáritas está mesmo a ponderar comprar bens alimentares para distribuir pelas famílias que estão a passar por maiores dificuldades.

O mesmo responsável indicou que as cantinas sociais também já atingiram o número máximo de refeições que conseguem servir não conseguindo responder a todos os pedidos.  

PCP questiona Governo sobre falta de apoios a instituições que cuidam de pessoas com deficiência

Zé LG, 09.04.20

201812241224561736 pcp.pngChegaram ao Grupo Parlamentar do PCP muitas preocupações por parte de instituições que cuidam de pessoas com deficiência, queixando-se de estar “completamente esquecidas”. O PCP quer saber “que medidas específicas está ou vai o Governo tomar para que se elimine ou reduza o risco de contágio por covid-19 às pessoas com deficiência em residências de internamento”.

“As pessoas com deficiência atendidas nestas instituições sofrem de patologias crónicas e comorbilidades associadas que fazem delas um grupo de especial vulnerabilidade para as quais é preciso que se implementem medidas de proteção eliminando ou minimizando o risco de contágio por coronavírus”, refere o deputado do PCP, eleito por Beja, João Dias.

“A testagem periódica de profissionais e utentes destas instituições” é uma das sugestões que o PCP faz e quer saber da parte do Governo se “há disponibilidade para se efetivar esta medida.”

É preciso fazer alguma coisa! Cercibeja “sente-se abandonada" face à Covid 19.

Zé LG, 08.04.20

300520140052-608-09-DSC_0154 cerci.JPGNeste momento difícil com que nos debatemos, devido à pandemia de COVID 19, a Cercibeja sente-se “abandonada”. A Cooperativa para a Educação, Reabilitação, Capacitação e Inclusão de Beja suspendeu o centro de actividades ocupacionais e a formação profissional mas o lar residencial, com 38 utentes tem que continuar a funcionar.

O presidente da Cercibeja revela que já “bateu” a várias “portas” mas sem sucesso e mostra-se preocupado com o facto, da instituição estar a chegar à ruptura a nível dos equipamentos de protecção. Ainda de acordo com José Hilário a partir da próxima 2ª feira, vão existir equipas permanentes no lar, existindo substituição de12 em 12 dias. Ainda assim, a preocupação é permanente porque se o COVID 19 chega à instituição vai ser muito complicado, os utentes para além da deficiência, têm vários problemas de saúde associados.

Abertas inscrições para Banco de Voluntariado do Baixo Alentejo

Zé LG, 31.03.20

Foi criado no Baixo Alentejo um Banco de Voluntariado com o objetivo, caso seja necessário, de "prestar apoio às estruturas de apoio social aos idosos", numa parceria da Cruz Vermelha, do Centro Distrital de Beja da Segurança Social e da CIMBAL.

202003302030409543 cruz vermelha.jpgCom esta iniciativa, as entidades envolvidas pretendem “dar uma resposta eficaz à pandemia provocada pela covid-19” e apelam a todos os interessados que façam a sua inscrição. É esclarecido, igualmente, que "os inscritos ficam apenas de prevenção e que só serão chamados em caso de manifesta necessidade."

PSA Sines apoia trabalhadores, famílias e comunidade para fazer face à pandemia da covid-19

Zé LG, 28.03.20

imgLoader2.ashx.jpgA empresa PSA Sines, concessionária do Terminal XXI do porto alentejano, vai atribuir este mês um valor adicional de 300 euros a cada um dos mais de mil colaboradores para fazer face à pandemia da covid-19. O diretor-geral da empresa de Singapura, Gobu Selliaya, anunciou que o valor individual de 300 euros vai ser processado ainda este mês “na esperança que esta medida possa ajudar a fazer face a alguns dos constrangimentos imediatos, diretos e indiretos, provocados por esta pandemia”.

A empresa estendeu ainda o apoio às famílias que se encontram em casa, a dar apoio aos filhos menores, adiando para abril o processamento do desconto no salário daqueles “que optaram por acionar a ausência” devido ao encerramento das escolas.

Alargando o apoio à comunidade, a PSA Sines fez um donativo à Santa Casa da Misericórdia local, que vai permitir à instituição a criação de “um espaço próprio/adequado para o caso de ser necessário ativar a quarentena dentro das suas próprias instalações”, referiu o mesmo responsável.

“Fique em Casa, nós vamos até si”

Zé LG, 25.03.20

… é o mote lançado pela Santa Casa da Misericórdia de Beja, num programa de apoio à população mais vulnerável do concelho bejense que, nesta altura de pandemia por Covid19, necessita de auxílio.

20200323165341267 scmb.pngUma iniciativa que arrancou esta semana e presta ajuda a pessoas idosas, residentes no concelho de Beja com mais de 70 anos, com dificuldades em sair de casa, que estejam isoladas ou doentes.

Daqui e daqui.

ULSBA faz “apelo urgente” à dádiva de sangue

Zé LG, 16.03.20

190420172157-143-DadoresdeSangue3.jpgO Serviço de Imunohemoterapia da ULSBA-Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo apela a todos os potenciais dadores, que não tenham viajado no último mês, que façam a sua dádiva de sangue, porque neste momento os stocks de sangue no Hospital José Joaquim Fernandes de Beja estão a níveis baixos e, por isso, a ajuda de todos é muito importante.

A dádiva deve ser efectuada no Serviço de Sangue, situado no piso 0 do Hospital, às segundas e quintas-feiras das 9.30 às 12.30 horas e das 14.30 às 19.00 horas. Às terças-feiras das 9.30 às 12.30 e das 14.30 e das 16.00 horas, às quartas-feiras só no período da manhã entre as 9.30 e as 12.30 horas e às sextas-feiras, das 14.30 às 16.00 horas.