Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

STAL e Câmara de Alvito assinam novo ACEP

201901302220348227.jpgO STAL-Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local assinou, com a Câmara Municipal de Alvito, o novo ACEP-Acordo Colectivo de Entidade Pública.

O ACEP, que o STAL tem estado a assinar com várias autarquias do País, prevê a fixação de algumas regalias que tinham sido retiradas aos trabalhadores durante o período da”troika”.

Trabalhadores da Câmara de Beja exigem “reposição imediata” de três dias de férias

20190128111013130.jpgOs trabalhadores da Câmara de Beja aprovaram, em plenário, uma resolução onde exigem a “reposição imediata” de três dias de férias retirados pelo anterior Governo PSD/CDS-PP.

A Câmara de Beja entende não atribuir os três dias de férias de forma imediata, mas sim um dia por cada ano, até 2021.

Arménio Carlos, Secretário-Geral da CGTP, presente no plenário, defendeu que a Câmara de Beja deve solucionar o problema “pela via do diálogo e da negociação” e evitar “um conflito desnecessário”.

Leia e oiça mais aqui, de onde saquei a fotografia.

Sindicato dos Jornalistas quer esclarecimento sobre concurso para direção do DA

DA-768x432.jpgO Sindicato dos Jornalistas (SJ) pediu uma reunião com “caráter de urgência” à CIMBAL- Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo, proprietária do jornal Diário do Alentejo, com vista ao esclarecimento do concurso lançado para a escolha de um novo diretor do semanário e “apela à CIMBAL para que divulgue publicamente a grelha de avaliação do concurso e a proposta editorial escolhida, e fica a aguardar resposta ao pedido de audiência urgente que formulou”.

STAL em luta por melhores condições de trabalho e aumentos salariais dignos

201810151521553263.jpg

O STAL está a levar a cabo por todo o País uma campanha sobre as condições nos locais de trabalho.

Entretanto o STAL, convocou uma greve nacional de 24 horas para o próximo dia 26, juntando-se assim à paralisação decidida por diversas estruturas da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública. Vasco Santana, espera que seja uma “grande greve” e recorda que a principal reivindicação passa por aumentos salariais dignos em 2019.

NÃO PODEMOS PERMITIR QUE GOZEM COM A GENTE!

IMG_3744.JPG

Justificar a manutenção do encerramento de um troço de autoestrada concluído há meses com o atraso na construção da portagem e obrigarem-nos a circular por uma estrada cada vez mais degradada e insegura só pode ser gozo... O governo está a gozar connosco e ainda por cima António Costa tem o desplante de afirmar que “Esta é uma região querida para o PS”. O que faria se não fosse!... 

Mas perante este desaforo, o que fazer? Até onde estão dispostos a ir os líderes da região (dos partidos, das autarquias, dos movimentos, das associações empresariais e sindicais, ...) para obrigar o governo a fazer o que já devia ter feito: abrir imediatamente o troço da autoestrada que liga a A2 a Santa Margarida do Sado / Malhada Velha?

Este é um bom teste à capacidade da região se bater pelo que verdadeiramente interessa. Esta é uma questão que interessa a todos. Se não formos capazes de nos unir para que aquele objectivo se concretize nos próximos dias ou semanas é melhor calar-nos até nos esquecer-nos disso...

MANIFESTAÇÃO NACIONAL DA CGTP-IN

manif.jpg

O protesto tem concentração agendada para as 15.00 horas, no Campo Pequeno, os manifestantes seguem depois a pé em direcção ao Marquês de Pombal.

Para a CGTP-IN é preciso aumentar os salários, pensões de reforma e os apoios sociais e revogar as normas gravosas da legislação laboral afirmando que são os trabalhadores que produzem a riqueza, têm direito a uma vida digna.

 

GREVE CANCELADA NA MINA DE NEVES-CORVO

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM) desconvocou a greve de três dias que estava prevista para a próxima semana, porque a paralisação não ir ter o "impacto pretendido", em virtude de a Somincor já ter superado "os objectivos de extracção e produção para o primeiro trimestre deste ano".
O conflito entre o STIM e a administração da empresa prolonga-se desde 2017, tendo mesmo motivado três greves no último trimestre do ano passado. Os trabalhadores continuam a reivindicar o fim do regime de laboração contínua no fundo da mina, a "humanização" dos horários de trabalho e a antecipação da idade da reforma para os funcionários das lavarias, entre outras exigências.

STAL REALIZA PLENÁRIO REGIONAL NA PRAÇA DA REPÚBLICA EM BEJA

O STAL promove, hoje, a partir das 10.00 horas, um plenário regional na Praça da República, junto à Câmara Municipal de Beja.

stal.jpg

Trata-se de uma iniciativa que surge no âmbito de uma quinzena de luta da administração local que o STAL está a dinamizar até à próxima 6ªfeira sob o lema “É tempo de resolver problemas! Vamos à luta!”.
O STAL recorda que os trabalhadores estão em luta pelo aumento dos salários, pela recuperação das carreiras e profissões, pela erradicação da precariedade, criação dos suplementos de insalubridade penosidade e risco e de disponibilidade, pagamento das indemnizações por acidentes trabalho e doenças profissionais, reposição das compensações pelo trabalho extraordinário, do direito a 25 dias de férias e aumento do subsídio de refeição.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Então já se nota os efeitos do saneamento politico...

  • Anónimo

    Mais tarde o mais cedo, assim os nossos representa...

  • Anónimo

    É óbvio que não és comunista...

  • Anónimo

    Muito bem. A cegueira partidária não pode deixar d...

  • Anónimo

    Teremos de concluir,perante o que aqui dizem,neste...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.