Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

STIM diz que sector mineiro foi “esquecido” pelos candidatos pelo círculo de Beja à AR

Mina-768x576.jpgLuís Cavaco, coordenador do STIM- Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira, acusa os candidatos de “falarem da agricultura e de outros setores e de esquecerem o setor mineiro”.

Em seu entender, “devia existir uma maior preocupação”, uma vez que na região existem duas minas “que são das empresas mais empregadoras do distrito”.

O coordenador do STIM diz ainda que “há quatro anos, todos os deputados com assento parlamentar opinaram sobre este setor, mas que nestas Legislativas pouco ou nada se tem falado”.

Trabalhadores da administração pública manifestam-se, esta tarde, em Lisboa

Manifestao.jpgO protesto, convocado pela Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, está marcado para as 14.30 horas, no Marquês de Pombal, os manifestantes seguem depois a pé em direcção à Residência Oficial do 1º Ministro, António Costa.

Os aumentos salariais e as progressões nas carreiras são dois dos motivos que levam ao protesto. As expectativas dos trabalhadores em relação a este Governo saíram goradas porque, em final de mandato, continua a faltar a reposição de vários direitos que tinham sido retirados.

Beja “presente” na concentração nacional da CGTP-IN

cgtp.jpgA CGTP-IN promove, esta tarde, a partir das 14.30 horas, junto à Assembleia da República, uma concentração nacional para protestar contra a proposta governamental de revisão do Código do Trabalho e considerar que é preciso “sensibilizar” os deputados para a necessidade de mexer no Código do Trabalho para lhe retirar “as normas gravosas para os trabalhadores e que a proposta que está em discussão não deve ser aprovada porque só irá piorar a situação”.

STAL e Câmara de Alvito assinam novo ACEP

201901302220348227.jpgO STAL-Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local assinou, com a Câmara Municipal de Alvito, o novo ACEP-Acordo Colectivo de Entidade Pública.

O ACEP, que o STAL tem estado a assinar com várias autarquias do País, prevê a fixação de algumas regalias que tinham sido retiradas aos trabalhadores durante o período da”troika”.

Trabalhadores da Câmara de Beja exigem “reposição imediata” de três dias de férias

20190128111013130.jpgOs trabalhadores da Câmara de Beja aprovaram, em plenário, uma resolução onde exigem a “reposição imediata” de três dias de férias retirados pelo anterior Governo PSD/CDS-PP.

A Câmara de Beja entende não atribuir os três dias de férias de forma imediata, mas sim um dia por cada ano, até 2021.

Arménio Carlos, Secretário-Geral da CGTP, presente no plenário, defendeu que a Câmara de Beja deve solucionar o problema “pela via do diálogo e da negociação” e evitar “um conflito desnecessário”.

Leia e oiça mais aqui, de onde saquei a fotografia.

Sindicato dos Jornalistas quer esclarecimento sobre concurso para direção do DA

DA-768x432.jpgO Sindicato dos Jornalistas (SJ) pediu uma reunião com “caráter de urgência” à CIMBAL- Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo, proprietária do jornal Diário do Alentejo, com vista ao esclarecimento do concurso lançado para a escolha de um novo diretor do semanário e “apela à CIMBAL para que divulgue publicamente a grelha de avaliação do concurso e a proposta editorial escolhida, e fica a aguardar resposta ao pedido de audiência urgente que formulou”.

STAL em luta por melhores condições de trabalho e aumentos salariais dignos

201810151521553263.jpg

O STAL está a levar a cabo por todo o País uma campanha sobre as condições nos locais de trabalho.

Entretanto o STAL, convocou uma greve nacional de 24 horas para o próximo dia 26, juntando-se assim à paralisação decidida por diversas estruturas da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública. Vasco Santana, espera que seja uma “grande greve” e recorda que a principal reivindicação passa por aumentos salariais dignos em 2019.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Serviu-lhe a carapuça ne.....

  • Anónimo

    Já alguém te pediu dinheiro???

  • João Espinho

    Bem escrito, Lopes Guerreiro. Destaquei lá na minh...

  • Anónimo

    Há espaço para todos com certeza! Que o digam as c...

  • Anónimo

    Tenho todo o gosto em lhe responder de modo claro!...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.