Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Universidade de Évora impulsiona nova Escola de Saúde e Centro Académico Clínico do Alentejo

Zé LG, 01.03.21

202102281225278869.jpg

O conceito da nova Escola de Saúde e Desenvolvimento Humano da UÉ foi recentemente apresentado pela academia eborense. Na mesma sessão foi formalizada a constituição do Centro Académico Clínico do Alentejo, que conta com a participação, entre outros parceiros, da ULSBA e do IPBeja e que irá impulsionar a formação e investigação nas áreas clínicas associadas a problemas de co-morbilidade presentes na maioria das pessoas de mais idade, numa ótica transdisciplinar e inovadora.

GNR estreia em Évora equipamentos cedidos pela Altice para chegar à população mais isolada

Zé LG, 14.02.21

gnr_altice.pngA Altice Portugal reforçou o apoio à GNR com equipamentos e comunicações para todos os Comandos Territoriais do Continente.

O objetivo é dotar todos os comandos territoriais da GNR com os equipamentos e serviço de dados necessários para que milhares de idosos em todo o país possam manter-se próximos das suas famílias, sobretudo nesta fase de confinamento devido à pandemia.

A Altice Portugal colocou à disposição da GNR tablets e cartões de dados móveis que permitirão encurtar distâncias e promover o contacto, através de videochamadas, entre idosos que vivem sozinhos ou isolados e as suas famílias, no âmbito do programa 65 Longe+Perto da GNR.

A GNR fica assim um pouco mais dotada de meios para a realização de um melhor trabalho, uma ação fundamental junto das camadas mais vulneráveis e a assinatura do protocolo e a estreia destes equipamentos decorreu no Alentejo, em Évora.

ULSBA recupera médico de Saúde Pública

Zé LG, 27.01.21

Hospital-Beja-4-768x512.jpg“Em consequência das diligências do presidente da Federação do PS Baixo Alentejo, Nelson Brito, junto do ministério da saúde e da reunião tida há dias, com a ministra da Saúde, Marta Temido, foi ultrapassado o constrangimento resultante da ausência de médico de saúde pública na região”.

“Esta solução, que permite a fixação de um médico coordenador de saúde pública na ULSBA, a tempo inteiro, e consequentemente possibilita o funcionamento deste serviço, vem colmatar uma fragilidade grave que se vivia nos cuidados de saúde regionais, nomeadamente em tempos de combate à pandemia da Covid-19”, explica Nelson Brito, presidente da Federação do PS Baixo Alentejo.

 

Esperemos que o presidente da Federação do PS Baixo Alentejo tenha o mesmo sucesso noutras reivindicações da região.

Onde pode votar nestas presidenciais no concelho de Beja

Zé LG, 24.01.21

202101221159227541.jpgNestas presidenciais, os cadernos eleitorais são organizados por ordem alfabética e cada cidadão tem de procurar a sua mesa de voto pelo primeiro nome. Aqui estão os locais onde pode votar no concelho de Beja e a ordem alfabética atribuída a cada secção de voto. Para cumprir o seu dever é preciso que no ato do voto use máscara, a sua própria caneta e o seu desinfetante.

CTT reabrem lojas de Alvito e Barrancos

Zé LG, 19.01.21

201901232245428626.jpgOs CTT reabriram, ontem, a Loja CTT de Alvito, depois de, recentemente, terem aberto a Loja de Barrancos.
Em Alvito, a Loja CTT reabriu, no mesmo local onde já funcionava, na Praça da República, e a Loja CTT de Barrancos reabriu, também, no mesmo local onde funcionava, anteriormente, na Praça da Liberdade e ambas estão abertas, nos dias úteis, das 09:00 às 12:30 horas e das 14:00 às 17:30 horas.

Presidente do PS Baixo Alentejo apresentou propostas à ministra da Saúde

Zé LG, 12.01.21

PS-768x576.jpgO presidente da Federação do Baixo Alentejo do PS reuniu-se com a ministra da Saúde, Marta Temido, a quem entregou um projeto de criação da Unidade de Cuidados Paliativos no Hospital de Beja, da autoria do médico Munhoz Frade e reafirmou a “defesa do Serviço Nacional de Saúde”.

Nelson Brito defendeu “a urgência de responder à carência de médicos de saúde pública no distrito”. Apresentou “as necessidades ao nível das infraestruturas de saúde, com enfoque na construção da 2ª fase do Hospital José Joaquim Fernandes, bem como garantir financiamento para a Unidade de Cuidados Intensivos, piso de consultas externas e projeto de instalação da ressonância magnética neste estabelecimento hospitalar”. Frisou ainda “a necessidade de cumprir com o compromisso de construção da CPI – Centro de Respostas Integradas (Antigo CAT)” e sugeriu à ministra “a constituição de novos instrumentos para contratação de médicos para o interior, quer por via legislativa, quer por via do reforço da tabela remuneratória dos médicos que decidam fixar-se no interior.” Daqui e daqui.

Isto é verdade?! E o que aconteceu à "pessoa (já com sintomas) a qual tem altas funções na saúde desta cidade?”

Zé LG, 08.01.21

202003021242426463.jpg“É triste que muita gente tenha perdido o sentido de responsabilidade e não siga as regras mais básicas da luta anti-covid. Ainda na noite da passagem de ano, num jantar num restaurante desta cidade, foram infectadas mais de 20 pessoas, desde crianças, a grávidas, por pura estupidez de pessoa (já com sintomas) a qual tem altas funções na saúde desta cidade.” Anónimo 06.01.2021, aqui.

Todos devemos ser responsáveis, mas há quem, pelas funções que exerce, tem de ser mais responsabilizado pelas irresponsabilidades que pratica. Neste caso, a confirmar-se a sua veracidade, devia ser divulgado, até para exemplo dos outros "responsáveis" e de todos nós, o que aconteceu a esta pessoa com "altas funções na saúde desta cidade".

Portel foi o primeiro município a assinar transferência de competências na saúde

Zé LG, 04.01.21

Saude-5-768x512.jpgA Câmara de Portel tornou-se no primeiro município do país a assinar o protocolo com o Governo para a descentralização de competências na área da saúde.

Durante uma cerimónia virtual para a assinatura do auto de transferência de competências entre as partes, o secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes, sublinhou que a descentralização de competências “está no programa de Governo e acreditamos que é possível servir melhor as pessoas num contexto de proximidade e aumentando o contexto de proximidade”.

Covid-19 encerrou Serviço de Urgência Básica de Moura

Zé LG, 03.01.21

MOURA-Centro-de-saude_800x800-160x160.jpgO Serviço de Urgência Básica (SUB) de Moura, que acolhe também o Centro de Saúde foi ontem encerrado por decisão da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), em virtude de ter sido detetado um surto de covid-19 que regista 10 infetados.

O SUB de Moura reabre hoje, pelas 16,00 horas, funcionando todos os dias, entre as 08,00 e as 24,00 horas, com consultas de recurso, um serviço que será assegurado por 4 profissionais: médico, enfermeiro, assistente técnico e assistente operacional, o que “permitirá assegurar à população a prestação básica de cuidados de urgência, até data a definir”.

Os médicos de saúde pública da ULSBA sempre se foram embora, contrariando o que disse o secretário de Estado Adjunto da Saúde

Zé LG, 17.12.20

260920130939-912-3019_HospitalBeja2000.jpgOs médicos de saúde pública da ULSBA já saíram. Embora o secretário de Estado Adjunto da Saúde tenha dito, em Beja, no final do passado mês, que iriam ser mobilizados para ficarem isso não se concretizou.

Os médicos de saúde pública são os responsáveis pelos processos de investigação na área da Covid-19, pelas decisões de isolamento e pela realização de testes e a ULSBA tinha três que desempenhavam estas funções fundamentais neste contexto de pandemia.

“Ministério da Saúde sem critérios para uma liderança clínica forte que permita a adequada gestão em tempos de pandemia”, diz FNAM

Zé LG, 15.12.20

logo (1).pngA FNAM refere que “a adequada governação clínica melhora os cuidados de saúde prestados aos doentes ao promover uma liderança forte associada à qualificação técnico-científica dos médicos, em detrimento de uma visão puramente gestionária das instituições de saúde, sujeita a clientelismos, que se iniciou no ano de 2007 com o «Estatuto do Gestor Público», implementado pelo Ministro da Saúde António Correia de Campos. Este Estatuto revelou-se, ao longo dos anos, uma falácia, ao abrir a porta a nomeações políticas duvidosas para cargos dos Conselhos de Administração hospitalares e dos órgãos de gestão dos ACES.”

PS do Baixo Alentejo exorta o governo a recorrer à requisição civil, se for necessário, para garantir médicos de saúde pública

Zé LG, 15.12.20

201805071818025023.jpg“O PS Baixo Alentejo exorta o governo para uma resolução urgente deste problema (falta efetiva de médicos de saúde pública), nem que para tal recorra a requisição civil, e a desenvolver uma ação afirmativa que garanta, no futuro imediato, o preenchimento das vagas, consideradas de extrema importância.”

DGPC assinou protocolo com organismos estatais de gestão agrícola, visando a "salvaguarda do património arqueológico nacional"

Zé LG, 14.12.20

imgLoader2.ashx.jpgA Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) assinou "um protocolo de entendimento" com o Instituto de Financiamento de Agricultura e Pescas (IFAP) e a Autoridade de Gestão do Programa de Desenvolvimento Rural do Continente, visando a "salvaguarda do património arqueológico nacional, no âmbito de projetos agrícolas financiados", depois de a Assembleia da República ter aprovado um requerimento do Bloco de Esquerda (BE) para ouvir especialistas em arqueologia, sindicato e associações do setor, sobre "situações de abandono e destruição" de vestígios arqueológicos no Alentejo.

O protocolo prevê a conjugação de esforços e recursos de forma a estabelecer uma atuação preventiva na salvaguarda do património arqueológico, em articulação com a execução do Programa de Desenvolvimento Rural do Continente e que o IFAP se comprometa "a integrar, no Parcelário Agrícola Nacional, a informação georreferenciada relativa ao património arqueológico disponibilizada pela DGPC, permitindo assim a sua consulta durante a fase de análise técnica e aprovação de projetos agrícolas", informação que "ficará também disponível para consulta dos proprietários e investidores agrícolas, de modo a que estes tomem conhecimento das ocorrências patrimoniais existentes nas parcelas a intervir".

CDS-PP exige demissão das direções do Hospital de Évora e da ARS do Alentejo

Zé LG, 02.12.20

cds_distrital_evora-360x300.pngA Distrital de Évora do CDS-PP exige a demissão do conselho de administração do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) e do conselho diretivo da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, na sequência de alertas feitos pelo Sindicato Independente dos Médicos sobre alegadas dificuldades no Serviço do Gastroenterologia do HESE.

Para a Distrital de Évora do CDS-PP, “a direção da ARS do Alentejo e o conselho de administração do HESE têm sido manifestamente incapazes ou incompetentes para resolver os enormes desafios que a nossa região tem pela frente na área da saúde, ainda mais agora num momento excecional de pandemia”, pelo que exige “que estas direções se demitam elas próprias dos seus cargos, numa derradeira demonstração de dignidade e respeito por aqueles que deveriam defender e cuidar no cumprimento das suas funções”.

Povoações de Almodôvar e Mértola vão receber água da Barragem do Monte da Rocha

Zé LG, 11.11.20

281120171816-610-MontedaRocha.jpgA AgdA, Águas Pública do Alentejo e a SADE, Compagnie Génerale e Travaux D’Hydraulique assinaram contrato de empreitada relativa aos eixos secundários da adução ao eixo Almodôvar e Mértola sudoeste, no valor de pouco mais de 2 milhões de euros e com um prazo de execução de 365 dias.

“Esta empreitada permite concluir o Sistema de Abastecimento de Água de Monte da Rocha, com origem na albufeira do mesmo nome e destinado a servir de água potável a totalidade os municípios de Almodôvar, Castro Verde e Ourique, e ainda parcialmente os municípios de Mértola e Odemira.

“a nossa Segurança Social é bastante sólida”

Zé LG, 31.10.20

seguranca_social.jpg“Há alguns estudos sérios sobre esta temática, que demonstram que a nossa Segurança Social é bastante sólida. Precisamente por serem sérios e demonstrarem, por exemplo que os nossos fundos de pensões são extremamente robustos (dos mais sólidos do mundo ocidental), é que a dita imprensa de referência faz passar a ideia de que é tudo uma desgraça, sempre acompanhada pelo inigualável Correio da Manhã, que sempre que uma seguradora ou um banco fazem mais uma tentativa para abocanhar os ditos fundos de pensões, lá surge um título em letras garrafais a exclamar que só há dinheiro para mais um ano ou dois. Nada como analisar os números:

 

“porque é que não nos contam toda a verdade sobre a Segurança Social?”

Zé LG, 30.10.20

seguranca_social.jpg“Está por fazer um grande debate nacional sobre o envelhecimento e as suas consequências sociais e económicas.

Os governos, os partidos políticos e a sociedade em geral, evitam falar sobre o tema. A começar pela sustentabilidade da Segurança Social, principal pilar e cerne de toda a questão.

Esta semana o governo informou que devido a toda a problemática relacionada com a COVID19, o orçamento da Segurança Social tinha sofrido mais um rombo. Somado aos péssimos investimentos feitos em fundos no governo do engenheiro Sócrates.

Será caso para dizer, porque é que não nos contam toda a verdade sobre o assunto?”

Anónimo 29.10.2020, aqui.

CTT reabriram loja em Cuba

Zé LG, 26.10.20

201901232245428626 ctt.jpgA Loja CTT de Cuba reabriu, hoje, no mesmo local onde funcionava anteriormente, na Rua Álvaro Castelões, nº41. O espaço estará aberto nos dias úteis das 9 horas às 12h30 e das 14 horas às 17h30.

“Esta é a 20ª Loja em sede de concelho a ser reaberta, no âmbito do compromisso público dos CTT de reabrir Lojas únicas em sede de concelho, tendo em vista o reforço da elevada proximidade às populações e da capilaridade da rede, não procedendo, como já foi tornado público, a novos encerramentos”.

Criadas as três primeiras equipas de apoio domiciliário do Alentejo na área da saúde mental

Zé LG, 14.10.20

201901301006082121 Mental.jpg"Os contratos envolvem a ARS do Alentejo, o Instituto de Segurança Social, através dos Centros Distritais de Portalegre, Évora e Beja, e três instituições particulares de Solidariedade Social (IPSS): o Lar de S. Salvador da Aramenha (Marvão), a Associação de Amigos da Criança e da Família – «Chão dos Meninos», Évora e a Santa Casa da Misericórdia de Beja. As parcerias têm como objetivo a criação de três equipas de Apoio Domiciliário, duas dirigidas a pessoas adultas e uma dirigida a crianças e adolescentes. E as equipas vão abranger utentes adultos dos concelhos de Marvão, Castelo de Vide e Beja, assim como crianças e adolescentes do concelho de Évora."

Ana Matos Pires, assessora do Plano Nacional de Saúde Mental da DGS, avançou, ainda, que conta, até final do ano, com “a assinatura de mais três contratos, dois de apoio moderado e um sócio-ocupacional, também com a Santa Casa da Misericórdia de Beja”. Leia também aqui.

PSD e PS reclamam reforço dos serviços públicos e resposta habitacional em Odemira e Aljezur

Zé LG, 12.10.20

PSD defende reforço de serviços públicos para as populações de Odemira e Aljezur

PSD-768x432.jpg

O Grupo Parlamentar do PSD apresentou um projeto de resolução que recomenda ao Governo o reforço dos serviços públicos nos concelhos de Odemira e Aljezur, assim como a definição, no prazo máximo de um ano, da solução urbanística definitiva para a falta de oferta de habitação condigna.

PS pede resposta habitacional “célere” para migrantes do perímetro de rega de Mira

PS-768x432.jpg

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista pediu ao Governo uma resposta habitacional para os trabalhadores das explorações agrícolas inseridas no perímetro de rega de Mira, que tem muitos migrantes a viver em “condições de habitabilidade pouco dignas”, numa “condição clara de escassez”.