Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Obras na Escola Secundária com financiamento a 100% garantido

Zé LG, 15.08.22

202105121545326162.PNGJoão Efigénio Palma, presidente da Câmara Municipal de Serpa e Odete Borralho, vereadora com o pelouro da Educação, reuniram-se com António Leite, secretário de Estado da Educação. Da parte da tutela, houve a garantia de financiamento a 100% das obras na Escola Secundária.

Nesta reunião, o presidente do município e a vereadora aproveitaram também para  “insistir sobre a realização de obras na Escola Básica de Vila Nova de São Bento, mas, sobre esta matéria, não foram ainda avançados pormenores, apenas a nota de que este estabelecimento de ensino será intervencionado numa terceira fase.”

Museu de Beja mete água enquanto adjudicação das obras aguarda decisão do TAF

Zé LG, 23.03.22

imgLoader2.ashx.jpgAs intervenções de valorização e conservação do Museu Regional de Beja, com início previsto para o princípio deste ano, continuam paradas, à espera de uma decisão judicial sobre o processo de contestação à adjudicação da obra. Os responsáveis políticos municipais mostram-se preocupados com o contínuo estado de degradação do imóvel e do seu espólio e questionam-se sobre a exequibilidade de cumprimento do prazo do projeto.

O presidente da Câmara Municipal de Beja refere que a contestação ao resultado do concurso se relaciona “com a tipologia de alvarás detidos pelos diferentes candidatos à data da abertura das propostas do concurso e se os mesmos reuniam ou não os requisitos para lhes poder ser adjudicada a obra”. O júri do concurso “fez uma determinada apreciação” que esteve na origem da adjudicação da obra á empresa Monumenta, sendo que o consórcio constituído pelas empresas Mural da História e Vestígios & Lugares “fez um entendimento diferente, o que levou o consórcio a apresentar reclamação, junto do TAF ”.

EMAS terminou “reabilitação dos balneários do pessoal e respetivas áreas comuns de trabalho”

Zé LG, 03.11.21

EMAS-768x432.jpgA EMAS explica que, “paralelamente, à ampliação do espaço, foram executadas novas instalações sanitárias, bem como, melhorada a climatização e eficiência energética do local”.
A intervenção irá proporcionar, segundo a Ricardo Gomes, Chefe de Divisão de Saneamento da EMAS, “melhores condições de higiene, segurança e saúde no trabalho às equipas operacionais”.

Antiga Estação Ferroviária em Beja vai ser reabilitada para fins turísticos

Zé LG, 30.09.21

Apeadeiro_de_Reprezas_2021-04-09-768x564.pngA Estação das Represas, localizada no concelho de Beja – cuja circulação de comboios foi encerrada em 1970 – é uma das seis antigas estações ferroviárias inseridas no Fundo Revive Natureza que será alvo de trabalhos de reabilitação, para posterior exploração turística.
O concurso para a reabilitação das estações foi lançado pela Turismos Fundos e as candidaturas podem ser apresentadas até dia 26 de janeiro de 2022.

EPA muda-se para novas instalações construídas pela Câmara Municipal de Alvito

Zé LG, 22.07.21

A Câmara Municipal de Alvito investiu cerca de 2,5 milhões de euros na recuperação total do edifício multiusos, recuperando uma zona degradada da vila, que irá acolher, já no próximo ano letivo, a Escola Profissional de Alvito (EPA).

Alvito-edifício-multiusos-768x512.jpg

António João Valério, presidente do município, realça que um dos objetivos da intervenção foi o de garantir conferir à EPA a dignidade que merecia, de forma a desenvolver a sua atividade mais eficazmente. Diz que a primeira fase da obra já está concluída e que até ao final do mês de agosto a empreitada estará totalmente terminada e as atividades letivas de 2021/2022 da EPA já arrancarão nas novas instalações.

Câmara de Ponte de Sor investe 9 milhões em reabilitação de antiga fábrica par criação de um centro empresarial e tecnológico

Zé LG, 12.06.21

delphi-ponte-sor-centro-empresarial-obra-696x392.jA Câmara Municipal de Ponte de Sor anunciou que deverá avançar ainda este ano com a reabilitação da antiga fábrica Delphi, para criar um centro empresarial e tecnológico, num investimento de nove milhões de euros, com comparticipação de fundos comunitários. Recorde-se que o município adquiriu o edifício da antiga fábrica Delphi, que fechou as portas em dezembro de 2009.

A autarquia sublinha que o Centro Empresarial e Tecnológico de Ponte de Sor vai ser um espaço “polivalente, moderno, tecnológico, ambientalmente sustentável e atrativo”, que pretende acolher empresas, projetos de investigação e promover a qualificação e formação de pessoas para as necessidades regionais, dando assim “resposta às muitas solicitações” que têm sido dirigidas à autarquia por parte do tecido empresarial. O espaço vai também contar com um centro museológico evocativo da sua memória histórica e com apoio de equipamentos como auditório, centro de exposições, cafeteira, entre outros.

Câmara de Alcácer do Sal aprovou o projeto do Centro de Apoio à Divulgação e Fruição do Rio Sado

Zé LG, 30.05.21

202105281033514768.PNGO "Centro de Apoio à Divulgação e Fruição do Rio Sado vai ser implantado em terreno municipal situado perto do Parque dos Pescadores e da Parvoíce, ... como medida destinada a melhorar o ambiente e a revitalização urbana, através da implementação de um novo equipamento, que acrescentará dinâmica à zona onde assentará."

O conjunto edificado contemplará áreas diversas, entre as quais cais, aparcamento de embarcações, sala de atividades e praça, e destina-se à divulgação do património fluvial e das atividades ligadas ao rio, funcionando igualmente como base logística para atividades relacionadas com o Sado.

Câmara de Portalegre recupera e atribui casas a famílias carenciadas

Zé LG, 25.03.21

adelaide_1.pngA Câmara Municipal de Portalegre, no âmbito do Programa de Concurso por classificação para atribuição do direito de Arrendamento de habitações em regime de Arrendamento Apoiado 2020, entregou mais quatro fogos a famílias, situados no Bairro dos Assentos e no Outeiro da Forca.

Esta entrega de imóveis propriedades do município insere-se na estratégia de reabilitação e renovação urbana da habitação social que, desde 2016, através deste programa, atribuiu fogos a 26 famílias.

Está também a decorrer a reabilitação dos últimos edifícios que a Câmara Municipal adquiriu na Zona Histórica da cidade, tendo sido já concluída no Bairro dos Assentos a 2ª fase da reabilitação e recuperação de edifícios/frações propriedade do município. Atualmente, encontra-se a decorrer, no Bairro do Atalaião, a 3ª fase de reabilitação e recuperação de fogos pertença do município, e brevemente terá início a 4ª fase no Bairro dos Assentos.

A importância destas obras consiste em reabilitar os imóveis, dando condições de habitabilidade aos seus futuros moradores, e ao mesmo tempo conservar o património da cidade.

Câmara de Alvito com obras de requalificação de espaços públicos em curso

Zé LG, 17.03.21

Alvito-obras-PULA-768x512.jpgA Câmara de Alvito tem a decorrer obras de requalificação de espaços públicos, nomeadamente no jardim do Parque Urbano e de Lazer de Alvito (PULA), no espaço envolvente à Casa do Povo de Vila Nova da Baronia e na envolvente do Lar de Alvito, que representam um investimento de 630 mil euros. As intervenções inserem-se no PAICD, um programa de ação integrada para as comunidades desfavorecidas que permitiu à autarquia a obtenção de fundos destinados à requalificação de espaços públicos na zona de bairros sociais.

EMAS de Beja continua a renovação das redes de águas do concelho

Zé LG, 10.03.21

202103061908261914.jpgA EMAS de Beja já iniciou uma intervenção na rede de abastecimento de água de Cabeça Gorda, na rua de Beja, onde estão a ser substituídos 200 metros de conduta e os respetivos ramais domiciliários, com o objetivo de melhorar o desempenho e a qualidade do serviço prestado aos consumidores.
Neste sentido, a EMAS de Beja frisa que “continua a renovação das redes de águas do concelho de Beja, facto que tem permitido alcançar excelentes resultados ao nível dos indicadores operacionais”.

Câmara de Cuba investe na requalificação de espaços públicos

Zé LG, 31.01.21

Estão a decorrer os concursos públicos para as Empreitadas de Requalificação do Jardim dos Combatentes em Cuba e da Reabilitação do Centro Cultural de Vila Alva, que segundo a Câmara Municipal de Cuba, são “duas obras importantes de remodelação e modernização de duas infraestruturas, essenciais para a fruição cultural e recreativa da população”.

Cuba-768x300.jpgNo Jardim dos Combatentes de Cuba, a intervenção irá revitalizar todo o espaço público, reforçando a sua vocação lúdica e ambiental e, ao mesmo tempo, reabilitar as antigas Casas da CP, que irão dar lugar à construção de uma residência para estudantes. A Reabilitação do Centro Cultural de Vila Alva visa revitalizar e requalificar o edifício, a fim de dotar o espaço de melhores e mais adequadas condições para a realização de diversos tipos de atividades.

Câmara de Moura investe na requalificação de espaços exteriores de Loteamento

Zé LG, 31.01.21

Já se encontram em andamento os trabalhos de requalificação dos espaços exteriores do Loteamento do Rio da Roda e Rua dos Lameirões, em Moura, que “pretende criar melhores condições de segurança ao nível da mobilidade pedonal e melhorar a segurança de circulação rodoviária”.Moura-obra-768x512.jpg

Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito recupera adega centenária

Zé LG, 16.11.20

160820171628-207-ruy13iotz43xszhnhincvinq0e2.jpgA Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito descobriu um edifício antigo para a produção de vinho, dentro da própria Adega e decidiu recuperá-lo e torná-lo visitável.

Informa a Adega Cooperativa que “durante os trabalhos de remodelação do espaço, surgiram estruturas antigas, com várias fases de construção e adaptação à função que agora retoma: uma Adega tradicional num edifício nobre da vila de Vidigueira. Após esta descoberta a Adega optou por alterar o sentido da decoração inicial, deixando à vista a estrutura da Adega Velha, o que permitirá ao seu visitante usufruir do espaço conforme este foi criado e permitir a todos ter contacto com a história.”

A Adega Velha pretende ser “um complemento da Casa das Talhas, o espaço de enoturismo da Adega, cujo foco é o vinho de talha e toda a sua abrangência história e cultural. Este novo espaço de enoturismo, denominado Adega Velha, pode ser visitado todos os dias das 9h00 às 19:00 horas”.

Câmara de Moura licenciou Projeto de Arquitetura (de reconversão) do Convento do Carmo num empreendimento turístico de 5 estrelas

Zé LG, 13.09.20

Convento-do-Carmo-768x512.jpgEstá previsto um investimento na ordem dos 11 milhões de euros, da SPPTH –Sociedade de Promoção de Projetos Turísticos e Hoteleiros, entidade que é também proprietária do Convento de Espinheiro, em Évora. O novo empreendimento tem abertura prevista para 2022, no âmbito de uma concessão de 50 anos para fins turísticos.

O imóvel está localizado no centro histórico de Moura, próximo do castelo, sendo que o conjunto que engloba a igreja e o claustro do convento está classificado como imóvel de interesse público desde 1944.

Recordamos que o Convento do Carmo foi um dos imóveis inscritos no Programa REVIVE, um programa conjunto dos ministérios da Economia, Cultura e Finanças com a colaboração das autarquias locais.

CG do Agrupamento de Escolas nº 2 de Serpa pede à Câmara que coopere com ME na reabilitação da Escola Secundária

Zé LG, 27.08.20

Escola-de-serpa.jpg

Daqui.

Esta é uma velha e pertinente posição do PCP, que apesar de ser correcta sob o ponto de vista da delimitação de responsabilidades, é frequentemente mal compreendida e não aceite pelos diversos agentes em presença e pela população em geral, que querem é ver os problemas resolvidos. Vamos ver como reage a Câmara Municipal...

Município de Viana do Alentejo vai avançar com obras em Aguiar e na sede do concelho

Zé LG, 24.06.20

O futuro Centro Social de Aguiar teve uma candidatura aprovada no âmbito do Alentejo 2020, com um investimento total de cerca de 1.200.000,00€, com comparticipação de fundos comunitários de cerca de 85% e com um prazo previsto de 14 meses para estar concluído.

5115_investimentos-viana-do-alentejo.jpgNo que diz respeito à terceira fase da requalificação do Centro Histórico de Viana do Alentejo, incluída no PARU - Plano de Ação de Regeneração Urbana, a candidatura foi aprovada no âmbito do Alentejo 2020, com um investimento de cerca de 600.000,00€, sendo comparticipada por fundos comunitários em cerca de 400.000,00€. Com uma duração prevista de 7 meses, a intervenção terá início nas Ruas António José de Almeida (Cineteatro), Médico de Sousa e do Lagar Novo/Largo dos Isentos.

Daqui e daqui.