Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Armando Varela deverá continuar vereador a tempo inteiro, contra recomendação da secção de Portalegre do PSD

varela.jpg

O social democrata Armando Varela não deverá acatar a recomendação da seção do PSD de Portalegre de “renunciar” aos pelouros que lhe foram atribuídos na sequência do acordo de governação da Câmara de Portalegre celebrado entre CLIP, CDU e PSD.

A concelhia “laranja” considera que o romper do “Acordo Tripartido”, por parte do vereador da CDU, Luís Pargana, “significa a sua dissolução e cabe ao PSD ser oposição crítica e responsável no concelho de Portalegre”.

Armando Varela afirmou que o PSD de Portalegre tem legitimidade para tomar esta posição, mas asseverou que vai colocar em primeiro lugar “os interesses de Portalegre e dos portalegrenses”.

RUI RIO AFIRMOU EM BEJA QUE “O PAÍS TEM DE OLHAR PARA O ALENTEJO”

psd FOTO.JPG

O Partido Social Democrata escolheu a cidade de Beja para as comemorações do 44º aniversário.
O PSD já tinha vindo justificar a escolha da cidade de Beja para a realização da festa de aniversário do partido por esta “personificar alguns dos maiores desafios de Portugal no presente, designadamente a necessária reforma da descentralização”.
Rui Rio defendeu que “o país tem de olhar para o Alentejo (…) como uma oportunidade de desenvolvimento nacional”. Afirmando que esta tem sido uma “região historicamente sofrida (…) e esquecida pelos poderes políticos”, o líder do PSD desenvolveu ainda algumas ideias para colocar em andamento os pilares de desenvolvimento do baixo-alentejo.
Sobre o estado das acessibilidades rodoviárias, fez duras críticas ao estado do IP8 e a situação da A2 até Malhada Velha. Uma extensão que, apesar de estar concluída, está “incompreensivelmente encerrada ao trafego”.
Mais informação AQUI e AQUI.

PSD COMEMORA 44.º ANIVERSÁRIO EM BEJA

psd.jpg

“Autonomias regionais” será o tema do 44.º aniversário do PSD. Beja foi a cidade escolhida para, em 11 e 12 de maio, receber as comemorações do aniversário, por esta cidade do interior personificar alguns dos maiores desafios de Portugal no presente, designadamente a necessária reforma da descentralização.

Os históricos líderes das regiões autónomas dos Açores e da Madeira, João Bosco Mota Amaral e Alberto João Jardim, serão homenageados no evento que assinala o 44.º aniversário da fundação do PSD.

O militante fundador do PSD em Beja, Marciano Lopes, é o comissário para as comemorações.

DEPUTADA DO PSD QUESTIONOU MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SOBRE PALÁCIO DE JUSTIÇA EM BEJA

Nilza-de-Sena-768x512.jpg

A deputada do PSD eleita por Beja questionou o Ministério da Justiça relativamente à construção do Palácio de Justiça, em Beja, protocolado no anterior governo e prometido pela actual Ministra.

Nilza de Sena quer saber que medidas foram já tomadas ou determinadas para se dar inicio às obras de construção do novo Palácio de Justiça de Beja e qual é o calendário estimado pelo governo para andamento desta obra e se prevê a instalação provisória dos serviços actuais em módulos prefabricados.

No entender da parlamentar, a construção do Palácio da Justiça é a única solução para o problema das instalações dos serviços judiciais na cidade.

PSD E PCP QUESTIONAM GOVERNO SOBRE DIFICULDADES NO HOSPITAL DE BEJA

Nilza de Sena quer reduzir tempos de espera no Hospital de Beja

Nilza-de-Sena-768x512.jpg

A deputada do PSD eleita por Beja questionou o ministro da Saúde sobre os tempos médios de resposta para primeiras consultas de especialidade no Hospital José Joaquim Fernandes.

Nilza de Sena aponta como “graves” os casos de “274 dias de espera para uma consulta da especialidade de Endocrinologia”; “263 dias de espera para uma consulta da especialidade de Urologia” e “247 dias de espera para uma consulta da especialidade de Otorrinolaringologia”.

PCP questiona Governo sobre falta de médicos no Hospital de Beja

João-Ramos2-768x512.jpg

João Ramos, deputado do PCP eleito por Beja, quer saber se o Governo tem conhecimento da situação e das preocupações das chefias intermédias; que medidas estão a ser tomadas para que seja assegurada a escala de Urgência e para quando a abertura do concurso para as especialidades onde há carência de profissionais na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo.

DEPUTADA DO PSD E DORBE DO PCP EXIGEM MELHORES ACESSIBILIDADES A BEJA

Nilza-de-Sena.jpg

No entender da deputada do PSD Nilza de Sena, “o esforço de coesão territorial como desígnio nacional não se compadece com regiões que ficam mais isoladas ou que têm difíceis acessos”.

A deputada do PSD referiu que “o Distrito de Beja não tem auto-estrada, tem uma estrada muito degradada entre Santa Margarida do Sado e Beja e não há notícias sobre a conclusão do IP8”.

Nilza de Sena afirma que há “acessos inaceitáveis” e lamenta que o governo não tenha verbas em Orçamento para avançar com a electrificação da linha ferroviária.

 

 

Migel-Madeira.jpg

O PCP realça, numa alusão a posições do PS, que “alguns aparentes sinais de regozijo e deslumbramento na Região, bem como afirmações de que os problemas se resolvem sem alaridos e em sigilo, pretenderá fazer esquecer que a situação existente deriva de décadas de política de direita da responsabilidade de governos do PS, PSD e CDS”.

Miguel Madeira, membro da DORBE do PCP, exige “medidas que passam pelo restabelecimento da ligação directa Beja/Lisboa, pela electrificação do troço Beja/Casa Branca e pela ligação Beja/Funcheira como importante ligação ao Algarve”.

CLIP ASSINA "ACORDO TRIPARTIDO" COM CDU E PSD PARA ASSEGURAR ESTABILIDADE GOVERNATIVA DO MUNICÍPIO DE PORTALEGRE

cm portalegre.jpg

O CLIP assinou um “acordo tripartido” com a CDU e o PSD para conseguir estabilidade governativa, dado não ter maioria absoluta, quer na Câmara, quer na Assembleia Municipal Portalegre.

O acordo foi subscrito pelos três eleitos do CLIP para a Câmara de Portalegre, Adelaide Teixeira, Nuno Lacão e João Cardoso, e pelos eleitos da CDU, Luís Pargana, e do PSD, Armando Varela, e estabelece a atribuição de mandatos de vereação a tempo inteiro, com a atribuição de pelouros a todos os signatários.

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS CRIARAM CRISE NO PSD EM ALMODÔVAR

020720131808-451-SIMBOLODOPSDCERTO.jpg

A concelhia do PSD de Almodôvar considera que a “lamentável ingerência da Comissão Política Distrital de Beja em matérias, que, segundo os Estatutos do Partido, apenas competem à Comissão Política de Secção de Almodôvar, contribuiu grandemente, para os catastróficos resultados obtidos pelo PSD no concelho, sendo tal facto atribuível à exclusiva responsabilidade daquela Comissão Politica Distrital.

De acordo com a concelhia “laranja” de Almodôvar “de forma livre, expressa e irrevogável a maioria dos membros da Concelhia e da Mesa da Assembleia de Secção do PSD de Almodôvar renunciaram a todos os cargos para que foram eleitos no partido” e “está em marcha um processo de desfiliação que irá levar à saída de várias dezenas de militantes”, onde se inclui Fernando Palma, ex-presidente da concelhia.

JSD DE BEJA QUER REFORMULAÇÃO RÁPIDA DAS ESTRUTURAS LOCAIS DO PSD

JSD.jpg

Afirma a JSD de Beja, que a preparação de todo o acto eleitoral, verificou-se danosa para o PPD/PSD e que os nomes indicados nem sempre foram os mais credíveis, nem os mais acarinhados no seio da família social-democrata, originando desde cedo, uma política de descrédito e desunião, que se materializou na obtenção do resultado mais desastroso, quer do concelho, quer do distrito.
Vítor Vasques, presidente da JSD de Beja, defende uma reformulação rápida e urgente das estruturas locais do PSD referindo-se aos orgãos concelhios e distritais.
A JSD considera ainda que a estratégia eleitoral das estruturas locais, esteve condenada desde o primeiro momento, pois abandonou um dos princípios basilares de Francisco Sá Carneiro “As pessoas primeiro!”

Pinela Fernandes quer uma cidade “mais moderna” e “mais solidária”

pinela-1.jpg

O candidato do PSD à presidência da Câmara de Beja nas próximas autárquicas de 1 de Outubro está confiante num bom resultado.

Pinela Fernandes espera uma “viragem” à direita no concelho de Beja. O candidato social democrata defende “serviços públicos mais transparentes, mais eficazes, onde a Câmara Municipal possa compreender as pessoas”.

Pinela Fernandes quer uma cidade “mais moderna” e “mais solidária”.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Penso que é facial perceber quem falta a verdade. ...

  • Anónimo

    Bons tempos.

  • Anónimo

    Tem toda a razão, às vezes parecem miúdos que pela...

  • Anónimo

    Como estão as contas afinal?

  • Luis Palminha

    Se não me engano, a resposta a essa pergunta foi p...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds