Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Pedro do Carmo contra Capoulas Santos?

pedro-do-carmo-AR2-768x432.jpgO deputado do PS eleito por Beja interveio a favor do olival, durante o debate realizado na Assembleia da República, marcado pelo Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV), com o tema “travar as culturas intensivas e superintensivas”, considerando que a plantação de olival no Alentejo “cria emprego e fixa população jovem e qualificada nos territórios do interior” e que o Baixo Alentejo “é hoje uma das regiões do país que mais contribui para as nossas exportações” fruto dos investimentos realizados.

No mesmo debate, afirmou o ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural: “Determinei, no atual quadro comunitário de apoio, que não haverá no perímetro de Alqueva mais apoios ao investimento para a instalação de olivais e de agro-industrias associadas ao olival, porque temos capacidade de laboração suficiente”.

Senhores deputados e autarcas defendam as populações que os elegeram e lutem pelo Hospital Público de Beja!

Depois do encerramento da maternidade a 5 e 6 de janeiro, a 2 de março, a 12 de abril e a 9 de junho, o PCP, preocupado com o cenário de encerramento da maternidade do Hospital de Beja, questionou o Governo sobre quais são os motivos que “explicam os sucessivos períodos de encerramento do serviço de urgência de Obstetrícia do Hospital José Joaquim Fernandes?”.

 

Entretanto o CDOS informou que “o encerramento do Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia (no período compreendido entre as 18 h do dia 14 de junho e as 8 h do dia 15 de junho), está ultrapassada, estando o Serviço de Urgência de Obstetrícia e Ginecologia do Hospital José Joaquim Fernandes, a funcionar em pleno no mencionado período.”

26000835_405059729926276_1710825802068910400_n.jpg

 

Aqui, um Anónimo, em 14.06.2019 15:05, deixou o seguinte comentário: Os “Autarcas" do PS estão COBARDEMENTE calados , pois têm medo de perder os TACHOS. Por uma vez na vida pensem naqueles que os elegeram e que não têm capacidade financeira para andarem nos Hospitais Privados. Dr PAULO ARSENIO saia da sua "área" de conforto e assuma-se como lider na defesa do Hospital de Beja.

PCP acusa autarquias PS de pretenderem privatizar a gestão da água. Presidente da Câmara de Beja garante que não.

logo.pngA DORBE do PCP acusa os municípios de “Aljustrel, Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura e Ourique de estarem a decidir a constituição de uma parceria para a gestão dos sistemas de água em baixa, porventura procurando aproveitar o facto de temporariamente o PS ter uma maioria em câmaras municipais do distrito e sem uma discussão e esclarecimento necessários nos órgãos autárquicos, aos trabalhadores envolvidos e à população sobre uma tão importante matéria”

O presidente da Câmara de Beja e Paulo Arsénio confirmou que existe a intenção de um conjunto de municípios se associarem para a gestão da água em baixa, à semelhança do que acontece com a gestão da água em alta, situação, referiu, com a qual a “CDU concordou”. Garantiu que a privatização está fora de hipótese.

Ler e ouvir aqui e aqui.

Pedro Marques é erro de casting do PS, pelo menos, para Beja

IMG_7409.JPG

Pedro Marques, cabeça de lista do PS às europeias, antigo ministro do Planeamento e das Infra-estruturas justifica a não abertura do troço da A26, concluído há praticamente dois anos, por questões de natureza administrativa, dizendo que a estrada foi entregue a uma concessionária que não completa as obras previstas na concessão.

Quem não conseguiu abrir uma portagem e mantém um troço de autoestrada encerrado há dois anos, não conseguiu pôr comboios em condições na ligação de Beja-Casa Branca e não foi capaz de apontar qualquer perspectiva de dinamização do Aeroporto de Beja vem agoara dizer...

... que tem muito trabalho feito em defesa da região e que quer “continuar a trabalhar muito pelo distrito” de Beja e que tem “objectivos muitos claros no que respeita, por exemplo, à electrificação da linha ferroviária a Beja”...

Bem pode Pedro do Carmo apontar-lhe o caminho que ele vira-nos as costas.

 

Quem cala, consente

... O assunto ... não é novo, e há uma ano já havia provocado celeuma, o que levou Jorge Barnabé a apresentar queixas formais no Ministério Público, contra autores de comentários no blog Alvitrando...

Logo_do_Partido_Socialista(Portugal).png

Agora, a revista “Sábado” (esse exemplo de “jornalismo”) voltou a pegar no assunto...
O que interessa saber é se, na realidade, as autarquias socialistas, por ruelas e travessas, favorecem as empresas detidas por Barnabé e/ou por familiares deste.
... É ou não verdade que as autarquias socialistas favorecem a contratação das firmas de Jorge Barnabé para a produção de espectáculos nos concelhos que lideram? Se sim, averigúe-se de que forma.
E depois há aquela questão: quando os comunistas dominavam as autarquias, e eu já cá ando há alguns anos, os socialistas vomitavam ódio por as contratações serem sempre feitas aos amigos do PCP. Ora, agora com o PS dominante, a coisa parece ser é igual. Mas como são socialistas, não gostam de críticas, fazem ameaças e, pior, não tentam esconder que o fazem por vingança.
...

Entretanto, a CPD Beja do PSD emitiu uma nota de imprensa afirmando que “o Partido Socialista, os seus dirigentes e autarcas não tencionam esclarecer publicamente os factos referidos na reportagem, optando taticamente por aguardar que a notícia caia no esquecimento.” 

Pedro do Carmo defende respostas para os pequenos agricultores e para os territórios de baixa densidade

p carmo.jpgSegundo o deputado do PS eleito por Beja , é necessário "defender a necessidade de haver respostas para os pequenos agricultores e para os territórios de baixa densidade, com culturas e produções de pequena escala para o contexto europeu, mas de grande relevância local".
Pedro do Carmo sustenta ainda "haverem necessidades permanentes na sustentabilidade dos eco-sistemas, na manutenção das infra-estruturas rurais e nos apoios às actividades agro-alimentares que são pilares importantes da identidade das comunidades locais do Mundo Rural".

CDU acusa Executivo Municipal de de Beja de “reduzir” apoios a iniciativas concelhias

Os eleitos da CDU na Câmara Municipal de Beja, acusam o Executivo Municipal, liderado pelo PS, de reduzir, em 2019, os apoios às iniciativas concelhias, tanto financeiros, como logísticos. O autarca Paulo Arsénio afirma que 2018 foi um ano excepcional porque havia dinheiro comunitário e que este ano o valor referente à componente da autarquia até aumentou.

barro.jpg

“Silarca-Festival do Cogumelo”, na Cabeça Gorda, “Sabores no Barro”, em Beringel, “Feira Anual do Idoso”, em Albernoa, “Feira das Cavadas-Cante & Sabor”, no Penedo Gordo e “Feira da Terra”, em Beja são alguns dos exemplos apontados pelos vereadores da CDU de eventos que, este ano, vêem reduzido o apoio por parte do município de Beja.
Sónia Calvário, vereadora da CDU, afirma que os cortes são nas iniciativas das freguesias rurais mas também da cidade, como é o caso da Festa das Maias e Festa do Azulejo.

 

“Implementação de orçamentos participativos”

20190128111013130.jpgfoi o mote de mais um ciclo de debates internos que a Federação do Baixo Alentejo do Partido Socialista realizou, no fórum municipal de Castro Verde.

Na sessão foram apresentados três casos práticos: a experiência de Odemira de oito anos de orçamentos participativos, o caso de Mértola com a construção, no primeiro ano, deste mecanismo de participação pública e o processo de preparação que se encontra em curso em Casto Verde.

Estes ciclos de debates pretendem “proporcionar o estudo do caso, recorrendo a boas práticas existentes e conhecedores do tema, permitindo depois a disseminação do conhecimento e das boas práticas nas mais diversas áreas”.

Rui Marreiros, Coordenador do Gabinete de Estudos da Federação do Baixo Alentejo do Partido Socialista refere que estes ciclos vão continuar. A próxima sessão acontece em Beja, no final do próximo mês. No encontro serão debatidos os Fundos Comunitários.

PS arranca “Rumo às Europeias 2019” em Beja

201901081212109789.jpgO distrito de Beja recebe, no próximo sábado, a primeira de 7 convenções regionais organizadas pelo Partido Socialista sobre a "Europa".

Em Beja, a convenção está dividida em duas partes, de manhã, no Luíz da Rocha, entre as 10.30 e as 12.00 horas, há “conversas sobre a Europa” com os presidentes das Câmaras Municipais de Campo Maior, Ricardo Pinheiro, Mértola, Jorge Rosa e de Reguengos de Monsaraz, José Calixto.
De tarde, entre as 14.30 e as 17.30 horas, na Pousada de Alqueva vai falar-se sobre “Alqueva: oportunidades para o Alentejo”, um debate moderado por Carlos Zorrinho e onde marca presença, entre outros, Capoulas Santos ministro da Agricultura. A sessão de encerramento é feita por António Costa, secretário-geral do PS.

Comentários recentes

  • Anónimo

    O hospital do Litoral Alentejano tem aprovado um i...

  • Anónimo

    Deve haver algum ruído de fundo e bem forte, ou en...

  • Anónimo

    Não sei?Mostre lá um único estudo ambiental sobre ...

  • Anónimo

    Tão mauzinho!

  • Anónimo

    O Grupo que controla a UCASUL quer criar uma nova ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds