Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PS recandidata Pedro do Carmo à Assembleia da República

imgLoader2.ashx.jpgPedro do Carmo, actual deputado e presidente da Federação do Baixo Alentejo do PS, vai voltar a ser o cabeça de lista do PS por Beja. A escolha do secretário-geral do PS, António Costa, vai ao encontro do que tinha sido decidido pelos órgãos distritais do PS
O nome do atual deputado já tinha sido votado, por unanimidade, no secretariado da Federação Distrital do Baixo Alentejo e obtido o “aval” de todos os presidentes de câmara eleitos pelo PS no distrito de Beja.

Ler também aqui e aqui.

João Gomes Cravinho em Beja para prestar contas e ouvir os militantes sobre a governação do PS

JGC.jpgApós o Debate do Estado da Nação, e como sucedeu durante toda a legislatura, o PS inicia hoje uma ronda por todos os distritos do Continente, com o objectivo de prestar contas e ouvir os seus militantes e simpatizantes sobre a governação socialista.

A Federação do Baixo Alentejo do PS realiza no domingo, dia 14, às 18 horas um plenário de militantes, com a presença de João Gomes Cravinho, actual ministro da Defesa.

Pedro do Carmo contra Capoulas Santos?

pedro-do-carmo-AR2-768x432.jpgO deputado do PS eleito por Beja interveio a favor do olival, durante o debate realizado na Assembleia da República, marcado pelo Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV), com o tema “travar as culturas intensivas e superintensivas”, considerando que a plantação de olival no Alentejo “cria emprego e fixa população jovem e qualificada nos territórios do interior” e que o Baixo Alentejo “é hoje uma das regiões do país que mais contribui para as nossas exportações” fruto dos investimentos realizados.

No mesmo debate, afirmou o ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural: “Determinei, no atual quadro comunitário de apoio, que não haverá no perímetro de Alqueva mais apoios ao investimento para a instalação de olivais e de agro-industrias associadas ao olival, porque temos capacidade de laboração suficiente”.

Senhores deputados e autarcas defendam as populações que os elegeram e lutem pelo Hospital Público de Beja!

Depois do encerramento da maternidade a 5 e 6 de janeiro, a 2 de março, a 12 de abril e a 9 de junho, o PCP, preocupado com o cenário de encerramento da maternidade do Hospital de Beja, questionou o Governo sobre quais são os motivos que “explicam os sucessivos períodos de encerramento do serviço de urgência de Obstetrícia do Hospital José Joaquim Fernandes?”.

 

Entretanto o CDOS informou que “o encerramento do Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia (no período compreendido entre as 18 h do dia 14 de junho e as 8 h do dia 15 de junho), está ultrapassada, estando o Serviço de Urgência de Obstetrícia e Ginecologia do Hospital José Joaquim Fernandes, a funcionar em pleno no mencionado período.”

26000835_405059729926276_1710825802068910400_n.jpg

 

Aqui, um Anónimo, em 14.06.2019 15:05, deixou o seguinte comentário: Os “Autarcas" do PS estão COBARDEMENTE calados , pois têm medo de perder os TACHOS. Por uma vez na vida pensem naqueles que os elegeram e que não têm capacidade financeira para andarem nos Hospitais Privados. Dr PAULO ARSENIO saia da sua "área" de conforto e assuma-se como lider na defesa do Hospital de Beja.

PCP acusa autarquias PS de pretenderem privatizar a gestão da água. Presidente da Câmara de Beja garante que não.

logo.pngA DORBE do PCP acusa os municípios de “Aljustrel, Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura e Ourique de estarem a decidir a constituição de uma parceria para a gestão dos sistemas de água em baixa, porventura procurando aproveitar o facto de temporariamente o PS ter uma maioria em câmaras municipais do distrito e sem uma discussão e esclarecimento necessários nos órgãos autárquicos, aos trabalhadores envolvidos e à população sobre uma tão importante matéria”

O presidente da Câmara de Beja e Paulo Arsénio confirmou que existe a intenção de um conjunto de municípios se associarem para a gestão da água em baixa, à semelhança do que acontece com a gestão da água em alta, situação, referiu, com a qual a “CDU concordou”. Garantiu que a privatização está fora de hipótese.

Ler e ouvir aqui e aqui.

Pedro Marques é erro de casting do PS, pelo menos, para Beja

IMG_7409.JPG

Pedro Marques, cabeça de lista do PS às europeias, antigo ministro do Planeamento e das Infra-estruturas justifica a não abertura do troço da A26, concluído há praticamente dois anos, por questões de natureza administrativa, dizendo que a estrada foi entregue a uma concessionária que não completa as obras previstas na concessão.

Quem não conseguiu abrir uma portagem e mantém um troço de autoestrada encerrado há dois anos, não conseguiu pôr comboios em condições na ligação de Beja-Casa Branca e não foi capaz de apontar qualquer perspectiva de dinamização do Aeroporto de Beja vem agoara dizer...

... que tem muito trabalho feito em defesa da região e que quer “continuar a trabalhar muito pelo distrito” de Beja e que tem “objectivos muitos claros no que respeita, por exemplo, à electrificação da linha ferroviária a Beja”...

Bem pode Pedro do Carmo apontar-lhe o caminho que ele vira-nos as costas.

 

Quem cala, consente

... O assunto ... não é novo, e há uma ano já havia provocado celeuma, o que levou Jorge Barnabé a apresentar queixas formais no Ministério Público, contra autores de comentários no blog Alvitrando...

Logo_do_Partido_Socialista(Portugal).png

Agora, a revista “Sábado” (esse exemplo de “jornalismo”) voltou a pegar no assunto...
O que interessa saber é se, na realidade, as autarquias socialistas, por ruelas e travessas, favorecem as empresas detidas por Barnabé e/ou por familiares deste.
... É ou não verdade que as autarquias socialistas favorecem a contratação das firmas de Jorge Barnabé para a produção de espectáculos nos concelhos que lideram? Se sim, averigúe-se de que forma.
E depois há aquela questão: quando os comunistas dominavam as autarquias, e eu já cá ando há alguns anos, os socialistas vomitavam ódio por as contratações serem sempre feitas aos amigos do PCP. Ora, agora com o PS dominante, a coisa parece ser é igual. Mas como são socialistas, não gostam de críticas, fazem ameaças e, pior, não tentam esconder que o fazem por vingança.
...

Entretanto, a CPD Beja do PSD emitiu uma nota de imprensa afirmando que “o Partido Socialista, os seus dirigentes e autarcas não tencionam esclarecer publicamente os factos referidos na reportagem, optando taticamente por aguardar que a notícia caia no esquecimento.” 

Pedro do Carmo defende respostas para os pequenos agricultores e para os territórios de baixa densidade

p carmo.jpgSegundo o deputado do PS eleito por Beja , é necessário "defender a necessidade de haver respostas para os pequenos agricultores e para os territórios de baixa densidade, com culturas e produções de pequena escala para o contexto europeu, mas de grande relevância local".
Pedro do Carmo sustenta ainda "haverem necessidades permanentes na sustentabilidade dos eco-sistemas, na manutenção das infra-estruturas rurais e nos apoios às actividades agro-alimentares que são pilares importantes da identidade das comunidades locais do Mundo Rural".

CDU acusa Executivo Municipal de de Beja de “reduzir” apoios a iniciativas concelhias

Os eleitos da CDU na Câmara Municipal de Beja, acusam o Executivo Municipal, liderado pelo PS, de reduzir, em 2019, os apoios às iniciativas concelhias, tanto financeiros, como logísticos. O autarca Paulo Arsénio afirma que 2018 foi um ano excepcional porque havia dinheiro comunitário e que este ano o valor referente à componente da autarquia até aumentou.

barro.jpg

“Silarca-Festival do Cogumelo”, na Cabeça Gorda, “Sabores no Barro”, em Beringel, “Feira Anual do Idoso”, em Albernoa, “Feira das Cavadas-Cante & Sabor”, no Penedo Gordo e “Feira da Terra”, em Beja são alguns dos exemplos apontados pelos vereadores da CDU de eventos que, este ano, vêem reduzido o apoio por parte do município de Beja.
Sónia Calvário, vereadora da CDU, afirma que os cortes são nas iniciativas das freguesias rurais mas também da cidade, como é o caso da Festa das Maias e Festa do Azulejo.

 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ora aqui está uma área em que os nossos autarcas s...

  • Anónimo

    Está tudo dito... nada a acrescentar! Incapacidade...

  • Anónimo

    "O Ministério do Planeamento anunciou esta quinta-...

  • Anónimo

    Se os autarcas locais , independentemente da cor p...

  • Anónimo

    Conordo em absoluto com o comentário anterior.O di...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds