Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Quem cala, consente

... O assunto ... não é novo, e há uma ano já havia provocado celeuma, o que levou Jorge Barnabé a apresentar queixas formais no Ministério Público, contra autores de comentários no blog Alvitrando...

Logo_do_Partido_Socialista(Portugal).png

Agora, a revista “Sábado” (esse exemplo de “jornalismo”) voltou a pegar no assunto...
O que interessa saber é se, na realidade, as autarquias socialistas, por ruelas e travessas, favorecem as empresas detidas por Barnabé e/ou por familiares deste.
... É ou não verdade que as autarquias socialistas favorecem a contratação das firmas de Jorge Barnabé para a produção de espectáculos nos concelhos que lideram? Se sim, averigúe-se de que forma.
E depois há aquela questão: quando os comunistas dominavam as autarquias, e eu já cá ando há alguns anos, os socialistas vomitavam ódio por as contratações serem sempre feitas aos amigos do PCP. Ora, agora com o PS dominante, a coisa parece ser é igual. Mas como são socialistas, não gostam de críticas, fazem ameaças e, pior, não tentam esconder que o fazem por vingança.
...

Entretanto, a CPD Beja do PSD emitiu uma nota de imprensa afirmando que “o Partido Socialista, os seus dirigentes e autarcas não tencionam esclarecer publicamente os factos referidos na reportagem, optando taticamente por aguardar que a notícia caia no esquecimento.” 

Pedro do Carmo defende respostas para os pequenos agricultores e para os territórios de baixa densidade

p carmo.jpgSegundo o deputado do PS eleito por Beja , é necessário "defender a necessidade de haver respostas para os pequenos agricultores e para os territórios de baixa densidade, com culturas e produções de pequena escala para o contexto europeu, mas de grande relevância local".
Pedro do Carmo sustenta ainda "haverem necessidades permanentes na sustentabilidade dos eco-sistemas, na manutenção das infra-estruturas rurais e nos apoios às actividades agro-alimentares que são pilares importantes da identidade das comunidades locais do Mundo Rural".

CDU acusa Executivo Municipal de de Beja de “reduzir” apoios a iniciativas concelhias

Os eleitos da CDU na Câmara Municipal de Beja, acusam o Executivo Municipal, liderado pelo PS, de reduzir, em 2019, os apoios às iniciativas concelhias, tanto financeiros, como logísticos. O autarca Paulo Arsénio afirma que 2018 foi um ano excepcional porque havia dinheiro comunitário e que este ano o valor referente à componente da autarquia até aumentou.

barro.jpg

“Silarca-Festival do Cogumelo”, na Cabeça Gorda, “Sabores no Barro”, em Beringel, “Feira Anual do Idoso”, em Albernoa, “Feira das Cavadas-Cante & Sabor”, no Penedo Gordo e “Feira da Terra”, em Beja são alguns dos exemplos apontados pelos vereadores da CDU de eventos que, este ano, vêem reduzido o apoio por parte do município de Beja.
Sónia Calvário, vereadora da CDU, afirma que os cortes são nas iniciativas das freguesias rurais mas também da cidade, como é o caso da Festa das Maias e Festa do Azulejo.

 

“Implementação de orçamentos participativos”

20190128111013130.jpgfoi o mote de mais um ciclo de debates internos que a Federação do Baixo Alentejo do Partido Socialista realizou, no fórum municipal de Castro Verde.

Na sessão foram apresentados três casos práticos: a experiência de Odemira de oito anos de orçamentos participativos, o caso de Mértola com a construção, no primeiro ano, deste mecanismo de participação pública e o processo de preparação que se encontra em curso em Casto Verde.

Estes ciclos de debates pretendem “proporcionar o estudo do caso, recorrendo a boas práticas existentes e conhecedores do tema, permitindo depois a disseminação do conhecimento e das boas práticas nas mais diversas áreas”.

Rui Marreiros, Coordenador do Gabinete de Estudos da Federação do Baixo Alentejo do Partido Socialista refere que estes ciclos vão continuar. A próxima sessão acontece em Beja, no final do próximo mês. No encontro serão debatidos os Fundos Comunitários.

PS arranca “Rumo às Europeias 2019” em Beja

201901081212109789.jpgO distrito de Beja recebe, no próximo sábado, a primeira de 7 convenções regionais organizadas pelo Partido Socialista sobre a "Europa".

Em Beja, a convenção está dividida em duas partes, de manhã, no Luíz da Rocha, entre as 10.30 e as 12.00 horas, há “conversas sobre a Europa” com os presidentes das Câmaras Municipais de Campo Maior, Ricardo Pinheiro, Mértola, Jorge Rosa e de Reguengos de Monsaraz, José Calixto.
De tarde, entre as 14.30 e as 17.30 horas, na Pousada de Alqueva vai falar-se sobre “Alqueva: oportunidades para o Alentejo”, um debate moderado por Carlos Zorrinho e onde marca presença, entre outros, Capoulas Santos ministro da Agricultura. A sessão de encerramento é feita por António Costa, secretário-geral do PS.

Munhoz Frade expectante sobre a posição de Pedro do Carmo na próxima votação na Lei de Bases da Saúde

5306_2894468417827_1965349122_n.jpgAproxima-se o momento em que os deputados decidirão o futuro do Serviço Nacional de Saúde. Como subscritor de um documento sobre a Lei de Bases da Saúde, quero deixar aqui bem claro que estarei atento às posições tomadas pelos deputados do distrito de Beja quanto a essa matéria. De João Dias, conto que tome uma posição coerente com a convergência política que defendemos. Quanto a Pedro do Carmo, mantenho a expectativa. Não deixarei de aqui verberar quem não defender o reforço do SNS. Nunca aceitaria dar por perdidos quarenta anos de empenho a essa causa.
Munhoz Frade 28.12.2018 23:14, aqui.

Pedro do Carmo acha “2018 com balanço globalmente positivo”

20181216205022347.jpgPedro do Carmo, presidente da Federação do Baixo Alentejo do PS, faz um balanço globalmente positivo do ano 2018, destacando, para além da questão da ferrovia, a consolidação de Alqueva, a continuação deste investimento, com o aumento da área regada, a melhoria no financiamento das autarquias e o “bom” trabalho desenvolvido pelos municípios da CIMBAL.

Para 2019, ano de eleições Europeias e Legislativas, Pedro do Carmo espera “elevação política” porque “é mais o que une os partidos da região do que aquilo que os separa”.

Filipe Mestre morreu na Assembleia Municipal de Castro Verde

Filipe Mestre.jpgFilipe Mestre, de 62 anos, presidente da Concelhia de Castro Verde do Partido Socialista, faleceu ontem, durante a sessão da Assembleia Municipal local, onde liderava a bancada do PS, vítima de doença súbita.
Natural de Aljustrel, Filipe Manuel Patrício Mestre era professor e líder da bancada Socialista e do PS de Castro Verde. O docente era também membro da direcção do Lar Jacinto Faleiro e presidente do conselho fiscal do FC Castrense.

O Velório decorre na Casa Mortuária de Castro Verde. O funeral sairá amanhã, depois das 12 horas, para o Crematório da Quinta do Conde.

Conheci o Filipe Mestre quando, em 1974 e 1975, dei aulas em Castro Verde e com ele privei. Era um bom Homem, empenhado e voluntarista.

À família e ao PS apresento os meus sentidos pêsames.

Pedro do Carmo defende soluções para territórios de baixa densidade na PAC

20181126155234872.jpgPedro do Carmo, deputado do PS eleito por Beja, representou a Comissão de Agricultura e a Assembleia da República numa reunião de parlamentos sobre o futuro da alimentação e da agricultura, que decorreu em Zagreb, na Croácia, onde defendeu a importância da Política Agrícola Comum (PAC) após 2020 “olhar com atenção para as pequenas comunidades rurais e para as suas especificidades” e considerou necessárias “soluções para os territórios de baixa densidade que estão a sofrer impactos com as alterações climáticas”, “apoios para a agricultura extensiva” e “a valorização das raças autóctones e das diversas culturas muitas vezes desenvolvidas por pequenos produtores ou por organizações e cooperativas onde estes se integram”.

Pedro do Carmo defendeu, ainda, que não se pode deixar nenhum agricultor para trás. mesmo que pequeno ou menos produtivo e que se devem criar soluções colaborativas e apoiar a suas explorações.

Leia e oiça aqui e aqui.

O rigor e a transparência exigem-no!

Os sucessos da governação de José Sócrates

Vou apenas, antes de terminar, abordar os sucessos que constituem a nível regional o Aeroporto de Beja e o Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva.

O primeiro, que foi lançado pelo governo de António Guterres, já lá vão uns anitos, continua sem se saber quando fica concluído nem quem e como vai ser gerido e para que vai servir, pese embora o trabalho realizado pela presente administração, e, pelos vistos, está a ser excluído do cluster aeronáutico, que volta a ser prometido em vésperas de eleições.

O segundo, cuja conclusão o primeiro-ministro insiste em apontar para 2012, mas cujo prazo mais seguro é 2015, à custa de uma engenharia financeira que envolveu a concessão da exploração hidroeléctrica à EDP e empréstimos bancários e obrigacionistas em vez das comparticipações do OE, continua sem ter definido o preço da água, elemento fundamental e estruturante do futuro na agricultura da zona.

Não importa apenas fazer e muito menos anunciar que se vai fazer. Importa também clarificar a necessidade, a prioridade, o custo-benefício, a disponibilidade de financiamento dos empreendimentos e investimentos a fazer, de forma a assegurar a sustentabilidade do processo de desenvolvimento que se pretende promover e a não comprometer o desenvolvimento futuro e as gerações vindouras.

O rigor e a transparência exigem-no!

Alvito, 12 de Agosto de 2008, publicado aqui.

Comentários recentes

  • Anónimo

    O caso é de polícia?

  • Anónimo

    O PS do Pedro do Carmo ê muito pior do que o PS do...

  • Anónimo

    Que vergonha de PS?

  • Anónimo

    São os dois especialistas, um é bom nos ajustes e ...

  • Anónimo

    Os “anti-geringonça” não “deslargam” o Alvitrando,...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds