Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
16
Jul 18

201806041657167278.jpg

O Grupo Parlamentar do PCP apresentou o “Projeto de Lei n.º 1763/XIII - Pelo cumprimento do Plano Rodoviário e plena conclusão do IP8 nos distritos de Setúbal e Beja”. A ideia é pedir ao Governo que passe das palavras aos atos e apelar à união de todas as forças políticas em defesa da região, no cumprimento efetivo do IP8, com duas faixas de rodagem e sem portagens, conforme definido no Plano Rodoviário Nacional.

 

O PCP agendou um encontro com a comunicação social no final do troço da A26/IP8 no sentido Grândola-Santa Margarida do Sado, tendo Manuel Reis, da DORBE do PCP, explicado que o objectivo é exigir a abertura do troço da A26, a construção do IP8, a electrificação da linha férrea e a dignificação das condições da saúde, porque “o distrito de Beja está esquecido pelo Governo”.

publicado por Zé LG às 08:43
10
Jun 18

noticia4_cm.png

As candidaturas ao concurso podem submetidas ser por via eletrónica, através do formulário ou presencialmente, na Santa Casa da Misericórdia de Beja, Rua D. Manuel I, 19, 7800-306 Beja, ao cuidado de Marisa Carvalho, entregando cumulativamente o formulário de inscrição.

publicado por Zé LG às 17:51
21
Mai 18

 

Grupo Parlamentar do PCP vai avançar com um Projecto de resolução tendo em vista a construção da 2ª fase do Hospital de Beja, de forma a assegurar a manutenção e ampliação de valências naquela unidade.

A DORBE do PCP recorda que esta é uma reivindicação com mais de 30 anos e que a concretização do projeto tem sido protelada pelos vários governos.

Ler e ouvir também AQUI.

publicado por Zé LG às 01:05
09
Mai 18

Como será no próximo ciclo de programação, 20/30, que se vislumbrará a possibilidade de adopção de algumas medidas com consequências no estancar do despovoamento, deixamos à consideração as seguintes sugestões:

- Definição de um modelo de governação próximo e emergente dos territórios, com autonomia regional;

- Aumento em pelo menos um terço das dotações consignadas aos territórios de baixa densidade, enquanto compromisso médio no QREN e no PT2020;

- Apoio reforçado às empresas que promovam a fixação de população e o aumento do emprego em territórios de baixa densidade, com forte majoração da componente a fundo perdido, bem como do apoio a actividades que diversifiquem a base económica regional;

- Clarificação das políticas públicas com consignação de dotações muito expressivas ao desenvolvimento das mesmas.

fcaeiros

 

 

publicado por Zé LG às 08:53
02
Mai 18

ovi.JPG

A Ovibeja tem sido sempre uma voz reivindicativa junto do poder central e a 35ª edição não foi exceção. Neste contexto, a 35ª Ovibeja ficou marcada pela Carta Aberta a exigir que as acessibilidades sejam cumpridas ainda no âmbito da reprogramação do Portugal 2020. O documento foi entregue a todos os decisores políticos que visitaram o certame.

documento subscrito pela ACOS – Agricultores do Sul, pelo NERBE/AEBAL, pelo IPBeja, pela CIMBAL e pela Associação Comercial identifica um conjunto de debilidades com o qual a região se depara há anos, principalmente no que diz respeito às acessibilidades.

publicado por Zé LG às 00:42
15
Mar 18

201802051613373962.jpg

O IPBeja recebe, hoje, às 10.00 horas, a primeira reunião sobre o “Contributo Estratégico Regional para a Estratégia Nacional Portugal 2030”, que CCDRA, em articulação com o Conselho Regional, está a preparar.
Este primeiro passo, foi desenvolvido em resposta ao desafio lançado pelo primeiro-ministro, António Costa, ao Conselho Regional e deverá convergir para a preparação do referido Contributo Regional para a Estratégia Nacional Portugal 2030, a apresentar ao Conselho Regional.

publicado por Zé LG às 08:44
14
Mar 18

20875466_V9Otd.jpeg

Rotunda de Beja (estrada IP 8)

Um dos pontos de entrada ou passagem em Beja é a chamada “rotunda de Serpa”, que liga o IP8 à Rua Afonso III e Rua do Carmo Velho. Este local, mais parece um baldio, uma vez que não existe qualquer arranjo paisagístico ou monumental na rotunda, tornando esta entrada na cidade um local feio e sem qualquer motivo de interesse. Igualmente, no espaço envolvente, não existe qualquer arruamento ou ciclovia e a Ermida de São Pedro, que se situa a poucos metros da rotunda, encontra-se decadente.

publicado por Zé LG às 18:13
09
Mar 18

201803081133306317.jpg

A Direção da Organização Regional de Beja do PCP promove, hoje, às 18.00 horas, na cafetaria da Casa da Cultura, em Beja, a iniciativa “O PCP tem propostas para uma vida melhor na região”.

De acordo com o PCP, nesta ação vai ser feito “um balanço das ações políticas desenvolvidas em defesa do distrito de Beja e a indicação dos projetos que considera estruturantes para uma vida melhor”.

João Dias, deputado do PCP na Assembleia da República e João Ramos, membro da DORBE do PCP marcam presença na ação.

José Maria Pós-de-Mina, membro da DORBE do PCP refere que “a região tem futuro”, no entanto é “preciso que o Governo tome atitudes diferentes face às necessidades” apresentadas.

publicado por Zé LG às 12:46
11
Jan 18

151120152319-777-CMBeja.jpgA Câmara Municipal de Beja aprovou ontem as Grandes Opções do Plano e o Orçamento para este ano no montante de 33,8 milhões de euros. As propostas passaram com os votos a favor da maioria socialista e a abstenção dos eleitos comunistas.

Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, adiantou que o Orçamento deste ano é marcado pelo “rigor e transparência”. São prioridades o aumento do valor das transferências para as freguesias do concelho e para os Bombeiros Voluntários de Beja e a aposta na recuperação urbanística.

O Executivo Camarário promete uma intervenção “mais musculada e diferenciadora” no Mercado Municipal, nas Piscinas Descobertas e na Casa da Cultura. O desporto, o Parque Habitacional e os arruamentos nas freguesias são outras prioridades.

A proposta de Orçamento e as Grandes Opções do Plano da Câmara serão votadas na próxima sessão da Assembleia Municipal de Beja.

publicado por Zé LG às 14:00
20
Nov 17

IMG_3534.JPG

Fotografia de um "quadro" do Museu da Ruralidade de Entradas.

publicado por Zé LG às 21:06
18
Nov 17

23559689_1541490159276458_6802551305931331272_n.jp

publicado por Zé LG às 16:06
05
Nov 17

Primeira Rota de Touring Cultural no nosso país, a Rota do Fresco agrega 15 municípios alentejanos: Alvito, Cuba, Vidigueira, Viana do Alentejo, Portel, Évora, Montemor-o-Novo, Borba, Vila Viçosa, Alandroal, Serpa, Moura, Castro Verde, Aljustrel e Beja.

600px_e59f75497d2907732431.png

A Rota do Fresco propõe a descoberta do tesouro escondido do Alentejo — a Pintura Mural a Fresco — que se guarda, por razões muito concretas e directamente relacionadas com o desenvolvimento deste território — na maior parte das igrejas, capelas e ermidas da região. A Rota do Fresco é assim uma oportunidade única de transpor estas portas, usualmente fechadas, e desvendar pinturas com 500 anos de existência, preservadas, por vezes, sem mácula, em monumentos esquecidos.

As Rotas têm duração variada (de 1/2 dia a 4 dias) e destinam-se a grupos. Poderá ainda aventurar-se num Atelier de Pintura Mural a Fresco sazonal ou num Atelier de Caiação. Todas as Rotas são acompanhadas por um Intérprete do Património, licenciado em História ou História da Arte e formado especialmente em pintura mural e cultura alentejana.

FOTOGRAFIA DO MÊS da Rota do Fresco - Ermida de S. Sebastião, Alvito

publicado por Zé LG às 10:17
11
Out 17

IMG_2098.JPG

Alguns dos que não levaram BEJA A SÉRIO optaram por uma CIDADE ABERTA.

Muitos dos que não viram A DIFERENÇA de CONSTRUIR O FUTURO de BEJA COM RUMO e pretendem UM CONCELHO INCLUSIVO optaram por FAZER DIFERENTE! FAZER MELHOR! RECUPERAR, VALORIZAR e PROMOVER A NOSSA CIDADE.

publicado por Zé LG às 13:51
01
Out 17

- A DIFERENÇA QUE SE VÊ. BEJA COM RUMO. CONSTRUIR O FUTURO.

 

- SOMOS BEJA. FAZER DIFERENTE! FAZER MELHOR! RECUPERAR – VALORIZAR - PROMOVER.

 

- BEJA A SÉRIO, A NOSSA CIDADE.

 

- BEJA, CIDADE ABERTA.

 

- FAZ A DIFERENÇA. BEJA UM CONCELHO INCLUSIVO.

publicado por Zé LG às 00:30
29
Set 17

Para além do que cada candidatura propõe fazer, deve tanbém dizer como propõe fazer. Há quatro anos, a candidatura POR BEJA COM TODOS disse. Nestas eleições, nenhuma candidatura o fez e sobre quase todas as questões apresentadas a seguir nada disseram.

 

COMO FAZER: Um Município participativo, facilitador, congregador e cooperante

1506595_606253139469483_1729830225_n.png

O programa eleitoral que se apresenta e que sustenta a candidatura do movimento independente e plural “Por Beja Com Todos”, às eleições dos diferentes órgãos autárquicos, assenta na clara assunção do princípio da participação, que se materializa no crescente envolvimento de TODOS na construção do futuro de TODOS, valorizando, em todas as dimensões, a transparência e o direito à informação. Exatamente por partilharmos destes pressupostos, consideramos que deverão ser transversais a todas as áreas da execução política, configurando um novo modelo institucional.

 

 

publicado por Zé LG às 13:47
28
Set 17

Arruamento.jpgNum concelho com as dificuldades como o de Beja é natural que as diversas candidaturas à Câmara Municipal coloquem como objectivo fundamental o desenvolvimento. Mas para que esse objectivo seja mais do que uma miragem importa avaliar o que tem estado a ser feito e o que e como pretendem fazer para o alcançar.

Duas questões essenciais devem ser esclarecidas: 1) Que terrenos existem disponívéis e quais as condições de cedência às empresas que se pretendam instalar; 2) Que medidas existem e que se propõem aplicar no sentido de agilizar e desburocratizar os processos conducentes à cedência dos terrenos e, principalmente, aos licenciamentos.

No passado dia 19 e depois de tentar sem sucesso obtê-las através do portal da Câmara Municipal, solicitei um conjunto de informações (ver em baixo) até ao dia 25, não tendo obtido qualquer resposta. Por outro lado, consta que uma empresa recentemente instalada ainda não conseguiu concluir o processo de licenciamento, devido a, entre outras razões, não ter sido ainda assinada a escritura de cedência do terreno.

 

publicado por Zé LG às 15:02
26
Set 17

"Fui ali ver aquele Centro Unesco e fiquei maravilhado, apesar de não ter nada por dentro. Mas está belíssimo. Mas, a par destas coisas boas, há uma espécie de não-pensamento."

castanho-1845.jpg

 

"Mas a ideia que tenho é que não existe aqui uma representação de artistas. O Alentejo tem uma cultura muito forte e deveria haver um qualquer lugar onde se pudesse ver a obra de todo e qualquer artista da região, vivo ou morto. Um sítio onde tivesse também os livros dos escritores, a poesia dos poetas… Há uma identidade muito marcada entre as pessoas, nós não divergimos muito. Divergimos mais por coisas pessoais… temos aí excelentes artistas. Onde é que hoje se pode ver uma pintura do Relógio? O Carlos Montes, um artista que não era letrado, tinha uma pintura muito interessante ao nível da abstração e era necessário ter essa obra exposta, uma vez que hoje não pode ser vista em lado nenhum. Os artistas que vão morrendo, como o [Leonel]Borrela… era necessário ter desenhos que mostrassem as preocupações gráficas que ele deixou…"

 

"Agora faz mais sentido fazer alguma coisa com artistas regionais. Naquele tempo, Portugal tinha muito pouca coisa em termos de arte contemporânea. Agora os tempos são diferentes. Temos de nos pensar como região, porque também é dessa forma que a Europa nos vê. Trabalharmos esta cultura mais enraizada, embora em diálogo com a contemporaneidade, com mais tecnologia e menos obra de instalação, com outros protagonistas… O mundo mudou."

 

Extratos da entrevista de Jorge Castanho ao Diário do Alentejo, com Texto Paulo Barriga e foto Rui Cambraia

publicado por Zé LG às 19:30
19
Set 17

180920172216-961-CDUBejaPrograma.jpg

João Rocha referiu que as linhas de orientação traçadas em 2013 para o concelho foram alcançadas, nomeadamente no que se refere ao seu desenvolvimento e à aposta no centro histórico. Neste contexto referiu que a “CDU tem uma estratégia para Beja, situação que na Câmara anterior não havia”. O desenvolvimento económico é o ponto chave da sua atuação no próximo mandato e a autarquia pretende investir 2 milhões de euros na zona de expansão empresarial da Horta de S. Miguel, no sentido de criar melhores condições para a instalação de empresas. João Rocha disse ainda, que no dia 21 deste mês sai, em Diário da República, o despacho que dita a instalação da empresa Aeroneo, no Aeroporto de Beja.

O centro histórico de Beja tem sido uma prioridade e vai continuar a ser, avançou, igualmente, João Rocha, indicando o que está em andamento e perspetivado para o futuro.

 

publicado por Zé LG às 08:51
06
Set 17

Uma contribuição pessoal (apresentada em 16 de junho de 2015):
"(...)
• reduzir desigualdades de acesso aos cuidados
• desenvolver mecanismos participativos na gestão do SNS
• aumentar o número de Médicos de Família
• fazer uma reforma hospitalar
• aumentar a capacidade dos Cuidados Continuados
• incentivar a motivação dos profissionais
• reforçar a autonomia das unidades e a responsabilidade dos seus gestores.
(...) importa a nível local contribuir com propostas decorrentes das nossas especificidades, o que implica a articulação entre os programas eleitorais dos distritos, que não podem estar em contradição. Este princípio é especialmente pertinente para distritos que fazem parte de uma mesma Região Administrativa.
Uma vez aprovado pelo escrutínio eleitoral, passando subsequentemente a integrar o Programa de Governo, o trabalho de definição das medidas concretas não acaba.
Utilizando empenhadamente as estruturas de participação democrática teremos de procurar “enriquecer” o conteúdo programático, no dia-a-dia da futura prática governativa, com medidas dirigidas às necessidades loco-regionais, dentro de uma estratégia coerente de desenvolvimento sustentado."

Munhoz Frade a 5 de Setembro de 2017 às 17:56

link do comentário | responder

 

Aproveito ... para lançar um repto às candidaturas dos partidos que dão suporte político ao Governo. Consultem os respectivos programas eleitorais e expressem aqui o que defendem para a Saúde no distrito de Beja.

Munhoz Frade a 5 de Setembro de 2017 às 17:47

link do comentário | responder

publicado por Zé LG às 19:36
29
Ago 17

É muito significativo o facto de nenhuma das forças políticas em condições de disputar as autarquias no distrito de Beja ter abordado com a devida seriedade, a importante matéria que é a Saúde. Por que nível de cuidados se irão bater, que responsabilidades estarão dispostas a assumir. Até parece que fogem do assunto. Estamos em 2017, meus senhores! Ainda vêem as tarefas das autarquias como há quarenta anos?

Anónimo a 28 de Agosto de 2017 às 22:50, AQUI.

publicado por Zé LG às 22:43
Julho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Obrigada, João. Não serás esquecido, nem tu nem, s...
pois...pois, senão fosse o careca !
Confirma-se que a CIMBAL não inclui a Saúde no con...
“É com mágoa que recebemos a notícia do João Semed...
Em sintonia com as palavras do ZLG, também aqui de...
Beja.
De que Hospital?
E seriam também técnicos administrativos mas o pro...
A qualidade do Serviço Nacional de Saúde acima de ...
As criticas são sempre necessárias, venham de onde...
????????????
Apressadinho.
A avaliação de praticamente um ano de mandato de P...
Para isso, até os subversivos vinham ao “casting”!
blogs SAPO