Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PSD apresentou e aprovou recomendação ao Governo para valorização de ZPE na Margem Esquerda do Guadiana

Nilza-de-Sena-768x432.jpgO grupo parlamentar do PSD apresentou e aprovou uma recomendação ao Governo para que este elabore o plano de gestão da Zona de Protecção Especial (ZPE) dos concelhos de Moura, Mourão, Barrancos e Serpa, na estratégia do Turismo 2027, no prazo de um ano, que estabeleça as medidas e acções de conservação, visando a compatibilização da conservação dos valores naturais com as actividades praticadas no Sítio e na ZPE”.

Recomenda aiunda que “a estratégia do Turismo 2027, que consagra a natureza como activo estratégico, contenha mecanismos de combate à sazonalidade” e que sejam criadas “medidas especiais de apoio aos agricultores e às agroindústrias existentes e às que futuramente se venham a instalar neste território, para aproveitar e incrementar o potencial do Empreendimento de Fins Múltiplos do Alqueva e a sua importância estratégica para o País”.

CIMBAL tem concluído Plano de Adaptação às Alterações Climáticas

Seca-768x512.jpgA CIMBAL – Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo tem fechado o Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Baixo Alentejo (PIAACBA), que define um conjunto de medidas de sensibilização e prevenção, pretendendo assim mitigar o impacto das alterações climáticas no território.

O Plano vai ser apresentado, quarta-feira, pelas 9 horas, no auditório do Nerbe/Aebal no decorrer da Ovibeja, que tem como tema central as alterações climáticas.

Faltam menos de 200 assinaturas

90336_1.jpg... para a AR ter de discutir a «Estratégia Integrada de Acessibilidade Sustentável do Alentejo nas ligações Nacional e Internacional” na revisão do PNPOT em curso, de forma a considerar um conjunto de prioridades no domínio das acessibilidades e transportes fundamentais para o desenvolvimento sustentável do Alentejo, bem como para a sua coesão social, territorial, ambiental e energética, com claros benefícios para a totalidade do território nacional.

Para garantir esse debate, se ainda não o fez, pode assinar a Petição Pública “PLATAFORMA ALENTEJO-Estratégia Integrada de Acessibilidade Sustentável do Alentejo nas ligações Nacional e Internacional” em: https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT90336

ULSBA tem Plano Local de Saúde em consulta

ulsba.jpgA Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) tem disponível para consulta o seu Plano Local de Saúde (PLS 2018-2020), desenvolvido pela Unidade de Saúde Pública (USP), com os contributos de outras unidades da ULSBA e de instituições parceiras e está alinhado “com as estratégias nacional e regional, contribuindo concertadamente para o cumprimento das metas nacionais”, mas traça “estratégias e intervenções específicas e individualizadas, orientadas para os potenciais ganhos em saúde da comunidade que serve”.

As Doenças Cardiovasculares, Diabetes, Perturbações Depressivas, Obesidade, Abuso do Tabaco, Patologia Osteoarticular, Doenças dos Dentes e Gengivas integram a lista de problemas de saúde priorizados no Plano Local. 

Daqui e daqui.

Marciano Lopes sugere criação de “pacto inter-partidário pelo Baixo Alentejo”

201902052225277581.jpgMarciano Lopes é um dos candidatos à presidência da Distrital de Beja do PSD e apresentou, ontem, o manifesto da lista com a qual se apresenta a votos no dia 16 deste mês. No documento é revelada a principal meta desta candidatura, que tem como número dois Luís Galrito, ou seja a de “reafirmar a dignidade da região”, baseada em oito medidas, entre elas um “pacto inter-partidário pelo Baixo Alentejo”. Leia e oiça também aqui.

 

Uma proposta audaz, pertinente e oportuna apresentada por um político sério e competente. Esperemos que os outros partidos não se fechem nos seus casulos e aceitem o desafio de trabalhar para a construção do maior denominador comum para a defesa de Beja e da região.

PNI 2030 é “uma mão cheia de nada e outra de coisa nenhuma”

201901091718203542.jpgO Executivo da DORBE do PCP afirma que “a proposta do Programa Nacional de Investimentos (PNI) 2030” representa para a região, nos investimentos de que tanto necessita, “uma mão cheia de nada e outra de coisa nenhuma”.

A DORBE do PCP frisa que “infelizmente para o desenvolvimento do distrito e bem-estar das populações, o PNI 2030 anuncia/promete que avançará o projeto de eletrificação da linha férrea entre Casa Branca e Beja, ignorando a ligação ao Algarve/Funcheira, transformando-a num ramal”. Que faz o mesmo sobre “o IP8 até Beja, ignorando a necessidade da sua continuação até à fronteira de Vila Verde de Ficalho, tal como está definido no Plano Rodoviário Nacional e que isto significa amputar a região de uma via de comunicação indispensável ao desenvolvimento regional e interligação da mesma às infraestruturas ferroviárias e aeroportuárias”.

Ler e ouvir também aqui.

Câmara de Mértola promove Orçamento Participativo

cartaz_op_freguesia.jpg

Com objetivo de aproximar os munícipes do concelho de Mértola das grandes opções políticas públicas locais e incentivar uma cidadania participativa, ativa e responsável, a Câmara Municipal promove em 2019 o primeiro Orçamento Participativo, que irá integrar o “Orçamento Participativo Jovem” (OPJ) e o “Orçamento Participativo Geral” (OPG).

Podem ser apresentadas propostas nas seguintes áreas de competência do Município: Educação, Desporto e Juventude; Equipamentos e Espaços Públicos; Saúde e Bem-estar; Economia Local; Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural; Transportes, Mobilidade e Acessibilidade; Empreendedorismo.
O valor máximo do investimento autárquico a atribuir ao OP para a edição 2018/2019 é de cem mil euros, dos quais 40 mil são para o OPJ (no máximo 10 mil por projeto) e os restantes para o OPG (com um valor máximo de 20 mil por projeto).

“PLATAFORMA ALENTEJO” APRESENTA «ESTRATÉGIA INTEGRADA DE ACESSIBILIDADE SUSTENTÁVEL DO ALENTEJO”

90336_1.jpg

Membros de diversas organizações empresariais, entidades públicas e privadas e movimentos de cidadania, ou na qualidade de cidadãos civicamente empenhados dirigessem-se, através de um abaixo-assinado, ao PR e da AR e ao primeiro-ministro no sentido de solicitar a sua atenção para o que denominam simbolicamente PLATAFORMA ALENTEJO (que pode ser assinada AQUI). Sob o lema «Estratégia Integrada de Acessibilidade Sustentável do Alentejo nas ligações Nacional e Internacional” apresentam aos governantes e a todos os demais cidadãos portugueses um conjunto de prioridades no domínio das acessibilidades e transportes que acreditam serem fundamentais para o desenvolvimento sustentável de toda a região do Alentejo, bem como para a sua coesão social, territorial, ambiental e energética, com claros benefícios para a totalidade do território nacional.

No imediato, são estas as prioridades: 

PCP EXIGE CUMPRIMENTO EFETIVO DO IP8

201806041657167278.jpg

O Grupo Parlamentar do PCP apresentou o “Projeto de Lei n.º 1763/XIII - Pelo cumprimento do Plano Rodoviário e plena conclusão do IP8 nos distritos de Setúbal e Beja”. A ideia é pedir ao Governo que passe das palavras aos atos e apelar à união de todas as forças políticas em defesa da região, no cumprimento efetivo do IP8, com duas faixas de rodagem e sem portagens, conforme definido no Plano Rodoviário Nacional.

 

O PCP agendou um encontro com a comunicação social no final do troço da A26/IP8 no sentido Grândola-Santa Margarida do Sado, tendo Manuel Reis, da DORBE do PCP, explicado que o objectivo é exigir a abertura do troço da A26, a construção do IP8, a electrificação da linha férrea e a dignificação das condições da saúde, porque “o distrito de Beja está esquecido pelo Governo”.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Que outros agentes desportivos ... e já agora polí...

  • Munhoz Frade

    Exemplar.

  • Anónimo

    O problema, é que por mais considerações ideológic...

  • Anónimo

    “DesilusãoTenho estado, como é meu hábito, atento ...

  • Anónimo

    Ouvi ontem um debate interessante no Expresso das ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.