Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Memórias dos Moinhos de Alvito  -  O PR2 AVT já se encontrada sinalizado!

O segmento de Turismo Natureza – passeios pedestres, tem conhecido nos últimos anos um forte incremento em Portugal de forma global e na Região Alentejo em particular.

A ERT-Turismo do Alentejo  criou uma rede de percursos pedestres sinalizados, com uma estruturação própria, uma linguagem comum e sinalização adequadas , proporcionando uma rede de oferta de elevada procura.

alvito.jpg

Assim surgiu o PR2 Alvito , um percurso circular de 14.8 km que  mostra um campo autêntico, com paisagens a perder de vista. Numa primeira parte os caminhos rurais de terra batida apresentam desníveis moderados que se vão acentuado nos morros onde subsistem os históricos moinhos de vento e capelas com pinturas fresquistas.

Plano Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios de Alvito em consulta pública

Fogo-PL-copy-768x432.jpg

Segundo a Câmara Municipal, a “necessidade de mudança para uma atitude defensiva da floresta contra os incêndios veio agitar consciências e promover alterações, de forma a permitir uma maior eficiência da prevenção, da vigilância, da deteção e da fiscalização do espaço florestal”.

O Município refere que o “objetivo do Plano de Ação é a apresentação de propostas que visam estruturar o modelo florestal do concelho de Alvito com vista à redução da eclosão de incêndios florestais, proteção das atividades humanas, valorização da floresta e ordenamento florestal”.

As sugestões, bem como a apresentação de informações ou observações, deverão ser apresentadas por escrito e enviadas à Câmara Municipal para: geral@cm-alvito.pt, com a identificação completa do seu auto, ou autores, e contacto respetivo.

Vinho de Talha candidatado a Património Cultural e Imaterial da Humanidade

Ao longo dos tempos, a técnica de produzir vinho em talhas, grandes vasilhas de barro, foi passada de geração em geração, de forma quase imutável. O processo existe há mais de dois mil anos, desde a época dos romanos, é encarado como uma herança do Alentejo e faz parte do dia a dia da população de Vila de Frades, ...

6cc79613a0174f68d07e889f4ef1aa3c-754x394.jpg

O projeto “Gerações da Talha” surgiu para dar forma a esta arte milenar, com a pretensão de valorizar e manter a produção genuína do vinho de talha, que tem neste momento uma candidatura a Património Cultural e Imaterial da Humanidade.

Sim, mas… Vereadores da CDU abstiveram-se nas GOP e Orçamento da Câmara de Beja para 2020

A Câmara de Beja aprovou, com a abstenção da CDU, um Orçamento de 33,7 milhões de euros para 2020, superior em apenas 4 mil euros ao deste ano.

A reabilitação da Câmara de Beja, a beneficiação do Mercado Municipal, a regeneração de dois edifícios na Praça da República, a conclusão da zona de acolhimento empresarial norte, os percursos históricos, o edifício do CEBAL, a criação da praia fluvial, a melhoria da sinalética, a beneficiação das estradas municipais, a pista do Complexo Desportivo Fernando Mamede e o Fórum Romano são algumas das intervenções previstas no plano plurianual, cabimentadas para 2020, explica Paulo Arsénio, presidente do Município de Beja, que considera o Orçamento “realista”, frisando que faz uma “inversão entre as despesas correntes e as de capital”.

cmb.jpg

Os vereadores da CDU justificaram a sua abstenção por, não obstante concordarem com a generalidade do mesmo, até por conter um conjunto de intervenções pensadas e projectadas pelo anterior Executivo, verificar-se que continua a não existir uma estratégia de afirmação de Beja e do concelho.

Vítor Picado, vereador da CDU, considera que falta audácia ao Executivo PS na Câmara Municipal de Beja para ir mais longe na promoção do turismo e nas questões do desenvolvimento económico.

Misericórdia de Beja apresenta Programa GeMec - Gestão do Medicamento

Garantir, de forma totalmente gratuita, um acompanhamento regular às pessoas que vivem sozinhas em casa, quer através da gestão da toma de medicação, quer da gestão de consultas, e que sofram de doenças crónicas e/ ou com patologias relacionadas com a saúde mental é o objetivo do Programa apresentado pela Santa Casa da Misericórdia de Beja.

Misericordi-768x432.jpgJoão Paulo Ramôa, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Beja refere que o programa vem ajudar em várias situações, como por exemplo, nos tratamentos das doenças crónicas e de saúde mental, em que a medicação deve ser efetuada com regularidade.

Life LiveAdapt promove questionário sobre as alterações climáticas e a pecuária em regime extensivo

live.jpgEste é um projecto que preconiza a necessidade de adaptação às alterações climáticas dos modelos de produção de pecuária extensiva na Europa. O principal objectivo do projecto é a implementação de uma estratégia baseada em tecnologias e práticas inovadoras que permitam ao sector adaptar-se às alterações climáticas.
Com a realização do questionário pretende-se conhecer a opinião e a experiência dos proprietários de explorações de gado em regime extensivo em relação às alterações climáticas, e também como estas afectam a sua actividade, por isso, a colaboração dos produtores é fundamental.

Município de Alvito alarga Regime de Fruta Escolar às crianças do Ensino Pré-Escolar

137 Alunos do Concelho beneficiam do Regime de Fruta Escolar

alvito.jpg

Embora o Regime de Fruta Escolar se aplique apenas aos alunos do 1.º Ciclo, por decisão do Município de Alvito, a medida foi também alargada às crianças do Ensino Pré-Escolar, sendo os custos decorrentes deste alargamento suportados inteiramente pelo Município.
Boas aliadas da alimentação infantil, a fruta não costuma enfrentar grande resistência das crianças para incorporá-la no cardápio diário. É tudo uma questão de adquirir o hábito de consumi-las.
As frutas consumidas duas vezes por semana pelas crianças na Escola são a maçã, pera, banana, pêssego, clementina, cenoura e laranja.

Beneficiação da Piscina Coberta de Beja feita em tempo “oportuno”

piscina coberta.jpg

A Piscina Coberta de Beja está com obras de beneficiação, nomeadamente a substituição da tela de revestimento do tanque, numa empreitada de pouco mais de 37 mil euros. Se tudo correr como previsto aquele espaço reabre ao público no dia 7 de Outubro.

 

Não teria sido possível fazer este melhoramento no período de funcionamento da Piscina Coberta, durante o encerramento desta Piscina Coberta, evitando o encerramento das duas em simultâneo?

Porque será que tantas obras públicas “encalham” em Beja?

tribunal.jpgA construção do novo Palácio da Justiça de Beja está a viver momentos de “impasse”. O Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça considerou que as propostas apresentadas para construção do novo Palácio da Justiça de Beja não reuniam os requisitos do concurso público lançado para o efeito e acabaram por ser rejeitadas.

E este foi já o segundo concurso lançado pelo governo para construção do Palácio da Justiça...

“Arqueologia nas Freguesias: 7 sítios, 7 histórias"

serpa.jpg… é o mote para um programa de divulgação patrimonial promovido pela Câmara Municipal de Serpa, destinado a divulgar o conhecimento arqueológico sobre o concelho, nas diversas localidades. A primeira iniciativa, integrada nas Jornadas Europeias do Património, realiza-se no próximo domingo, em Vila Verde de Ficalho, região com forte tradição de investigação arqueológica. A sessão com início marcado para as 10.00 horas, no Salão Polivalente, inclui o visionamento de um filme e uma conferência que destacam o património arqueológico desta freguesia. Segue-se, às 11.00 horas, uma visita orientada ao Museu de Ficalho e aos vestígios arqueológicos de várias épocas que se encontram na sua envolvente.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Palavras para quê? É o PS no seu melhor nas instit...

  • Anónimo

    Factos são factos. Palavras para quê??!

  • Anónimo

    "os filhos da casa" vão resolver o assunto!...o qu...

  • Anónimo

    Deixo aqui um post que retirei do Facebook, de um ...

  • Anónimo

    Não concordo. Como bem diz, dada a manifesta incap...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.