Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Câmara de Aljustrel quer ampliar o Centro Escolar Vipasca

Alj-768x432.jpg

O projecto da empreitada está a ser concluído e será candidatado ao Programa Operacional Regional Alentejo- Alentejo 2020, com “o investimento total estimado do projecto é de 1 milhão e 439 mil euros”.

Nelson Brito, presidente da Câmara de Aljustrel, explicou que as intervenções vêm dar resposta “de qualidade e conforto [aos alunos]”, ao mesmo tempo e que criam “novos espaços que permitem a dinamização de actividades e aulas extra curriculares reservadas à criatividade e às artes”.

CDU vota contra Grandes Opções do Plano da Câmara de Moura

201811021612245695.jpg

Os vereadores eleitos pela CDU na Câmara Municipal de Moura votaram contra as Grandes Opções do Plano e Orçamento do Município para 2019, porque nenhuma das suas propostas foi incluída naqueles documentos e porque “não se vislumbra qualquer nova visão estratégica para o concelho”.

Segundo a CDU “a inércia e a falta de estratégia do executivo municipal do PS leva a que estas Grandes Opções do Plano fiquem aquém do que é necessário para o concelho de Moura” e que se mantenha uma “orientação que vai do assistencialismo à injustiça social, de que são exemplos os incentivos à natalidade e a redução na participação variável no IRS que beneficia as pessoas com mais rendimentos”.

A Concelhia de Moura da CDU reafirma a sua disponibilidade para intervir de forma construtiva, dando os seus contributos e apresentando as propostas que considera importantes para o concelho.

ACTUALIZAÇÃO: O PS já reagiu a estas críticas. A concelhia socialista de Moura frisa que a CDU ao votar contra o Orçamento vota contra “a atribuição de vários apoios na área social e da educação”, “a Regeneração e Qualificação Urbana”, o planeamento, a transferência de mais verbas para as freguesias e continuação do pagamento das dívidas do passado.

Câmara de Castro Verde aprovou Grandes Opções do Plano com voto contra da CDU

Câmara-Castro-Verde-02-768x432.jpg

A Câmara Municipal de Castro Verde aprovou, com dois votos contra dos eleitos da CDU, as Grandes Opções do Plano e o Orçamento para 2019, no valor de 12,7 milhões de euros.

O documento assenta “numa visão muito realista e faz um significativo esforço para estar adequado ao momento actual”, que “assenta num quadro económico em que, basicamente, as despesas correntes têm um peso muito relevante nas contas da autarquia e, por isso, condicionam o equilíbrio orçamental”.

A autarquia assegura que “vai continuar a assegurar os Protocolos com as Juntas de Freguesia com transferências regulares” e que tem previstos cerca de 4,6 milhões de investimentos em 2019, destacando a criação da Zona de Actividades Económicas, a requalificação da EM 508 e do CM 1139 (Santa Bárbara/Limite do concelho) e as obras de requalificação da Escola Secundária de Castro Verde e a criação do Museu da Feira de Castro.

Afinal, o que vai acontecer ao Parque de Campismo?

19907971_2cNQv.jpeg

Depois de ter denunciado aqui, em 29.06.2016, que CÂMARA DE BEJA QUER PRIVATIZAR A GESTÃO DO

PARQUE DE CAMPISMO, o PS manifestou-se, em 17.09.2016, CONTRA FUTURA LOCALIZAÇÃO DO PARQUE DE CAMPISMO NA “MATA” DA CIDADE DE BEJA.

Mais tarde, em 21.02.2017, Rui Marreiros divulgou que O Presidente da Câmara informou que no concurso para a concessão do parque de campismo apenas foi recebida uma proposta, manifestando-se contra este processo pouco transparente e propondo abrir a discussão à população e ao debate público, …

19736059_hnb5S.jpeg

Até hoje, que eu tenha dado conta, nada mais foi torado público sobre este processo e o futuro do Parque de Campismo. Tendo em conta o tempo passado e o estacionamento cada vez mais frequente e em maior número, de auto caravanas em locais não preparados para o efeito, não seria oportuno um esclarecimento do Executivo Camarário sobre o estado do processo e o que se propõe fazer para criar melhores condições de parqueamento de auto caravanas e de campismo?

Projeto Os Gerúndios convida a ouvir e a dançar

201810161744145688.jpg

Elias Caliço e Rodrigues Rosa, alter egos de Paulo Ribeiro e Manuel Nobre, acabam de estrear Os Gerúndios, um projeto musical que contém diferentes sonoridades, e ritmos, que convidam à dança. “Dança comigo Delfina” é o single de estreia, que já pode ouvir na página oficial de facebook d'Os Gerúndios.

Os dois músicos alentejanos reuniram-se, recentemente, para compor e produzir temas “ao sabor de ideias que vão surgindo naturalmente” e que depois desenvolvem em conjunto, em casa ou no estúdio, “de forma desapressada”, tal como revela Paulo Ribeiro.

Câmara de Beja vende terreno municipal para instalação de hospital privado

44504862_570251893407058_1315907911397933056_n.jpg

Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, divulgou, na sua página pessoal do FB, a venda de terreno municipal, localizado junto do Campo de Futebol do Bairro da Conceição, ao Grupo “Hospital Privado do Algarve”, para construção de um hospital privado em Beja.

Esta operação poderá traduzir-se num bom encaixe financeiro da autarquia, mas significará mais uma valente machadada nos serviços públicos de saúde que temos em Beja. Será certamente mais uma opção e, provavelmente melhor, para quem tem dinheiro ou seguros de saúde, mas que contribuirá para dificultar ainda mais o acesso a serviços de saúde de quem tem mais dificuldades económicas, que não terá possibilidade de utilizar o hospital privado e que passará a contar com mais limitados serviços públicos de saúde.

Não creio, por isso, que a Câmara Municipal de Beja, com esta operação, esteja a prestar um bom serviço à população, designadamente à mais carenciada.

Está aberto o debate.

Vidigueira valoriza subprodutos da vitivinicultura

vid.jpg

A Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito assinou com a Câmara de Vidigueira, com o Instituto Politécnico de Beja e com a empresa Hidrozono um protocolo que apostando na compostagem de vários dos seus subprodutos industriais, pretende no final obter produtos para aumentar a fertilização dos solos agrícolas. Este projeto-piloto tem nove meses de duração.

Começando de imediato e na vindima que decorre, os materiais resultantes da laboração da Adega, a que se juntam as águas de lavagens, detritos diversos, entre outros, serão objeto de um estudo-piloto de compostagem elaborado pela empresa Hidrozono, com o apoio dos laboratórios do Instituto Politécnico de Beja, que fará as análises e acompanhará a evolução deste estudo.

Município de Sousel vai reabilitar Pousada de S. Miguel

sousel.jpg

O Município de Sousel acaba de ver aprovado pelo Portugal 2020, o seu projeto de reabilitação da Pousada de S. Miguel, com um investimento de 2,2 milhões de euros e as obras terão início ainda este ano e visam "aumentar o potencial económico, social e turístico" do concelho.

A Pousada de São Miguel foi encerrada em 2010, por dificuldades de exploração do Grupo Pestana, que detinha até então a sua gestão como unidade de turismo cinegético, tendo sido entregue à Enatur e a Câmara Municipal de Sousel adquirido o direito de superfície em 2013, mantendo-se encerrada até hoje.

Situada no cimo da colina de São Miguel, a poucos quilómetros da vila de Sousel, no distrito de Portalegre, a unidade desactivada possui 28 quartos duplos e 4 suites com terraços privativos.

Imagem de capa de Rafael Anglada

Câmara de Évora vai avançar com construção da ligação pedonal e ciclável entre o Bacelo e as Portas de Avis

Rotundas-do-Bacelo-360x300.png

Trata-se de uma obra muito reivindicada pela população e também prometida pelo município.

O concurso público para a empreitada já foi lançado e publicado em Diário da República.

Segundo o presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá, a obra deverá ser executada no próximo ano.

O investimento previsto é de 358 mil euros. O prazo para a execução da obra é de seis meses.

OBRIGADO Catarina Valença Gonçalves!

IMG_6886 - Cópia.JPG

“Este projeto começou em Alvito por causa de uma particularidade. É que todas as igrejas que tem ainda hoje têm pintura mural, e por isso é que este projeto nasceu aqui e também muito devido à visão do presidente da altura, Lopes Guerreiro, que percebeu a amplitude e a potencialidade do projeto. Foi, inclusive, por indicação sua que o estudo que eu tinha feito sobre a pintura mural de Alvito se acabou por estender, na altura, a mais quatro municípios (Cuba, Vidigueira, Portel e Viana do Alentejo) e foi, por isso, que este projeto foi gerido, durante vários anos, pela Associação de Municípios do Alentejo Central (Amcal), porque a partir daí originou-se uma rota que já não foi só para Alvito”, explica agora Catarina Valença Gonçalves, que continua a estar à frente da Rota do Fresco, mas, desde 2009, na empresa Spira, uma agência de revitalização patrimonial, propriedade da historiadora, e que tem sede em Vila Nova da Baronia, no concelho de Alvito.

Ler uma interessante reportagem de Bruna Soares e José Ferrolho sobre a Rota do Fresco, no Diário do Alentejo desta semana ou aqui.

 

Obrigado Catarina pela visão, pela inteligência, pelo trabalho, pela insistência e resiliência que colocou ao serviço deste Projecto, que tanto tem promovido esta região.

Obrigado ainda por naquele dia, há 20 anos e acompanhada pelo João Goes Janeira, me ter batido à porta a pedir que lhe conseguisse o acesso à Ermida de Santa Luzia e, dessa forma, me ter envolvido, desde o início, no que viria a ser a Rota do Fresco!

Comentários recentes

  • Anónimo

  • Anónimo

    São tantas as campanhas, ações e divulgações da EM...

  • Anónimo

    Os presentes sobre as viaturas são feitos por pard...

  • Anónimo

    Só se os pássaros fossem parvos é que iriam para e...

  • Anónimo

    Quais, quais, oliveiras, olivaisPintassilgos, roux...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.