Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Laboratório de Ciências do Mar vai ter novas instalações em Sines

Zé LG Zé LG, 25.01.20

A Universidade de Évora (UÉ) e a Administração dos Portos de Sines e do Algarve assinaram um contrato de concessão de uso privativo de uma parcela de terreno do domínio público, localizada a norte do cabo de Sines, onde serão construídas as novas instalações do Laboratório de Ciências do Mar da UÉ (CIEMAR).

P1060415.JPGEste laboratório tem funcionado em Sines desde 1990, em instalações provisórias cedidas pela autarquia, e que são atualmente insuficientes para desenvolver os diversos projetos de investigação científica em curso e as atividades de ensino superior e formação especializada, bem como alargar o âmbito da sua ação em áreas de ponta da Universidade como a Biodiversidade, a Geofísica, as Geociências, as Ciências do Património e a Inteligência Artificial.

Évora incluída em projeto-piloto de subsídio para cuidadores informais

Zé LG Zé LG, 20.01.20

cuida.pngO Governo vai testar um novo subsídio para Cuidadores informais. Este projeto-piloto vai começar por ser testado em 30 concelhos e, de acordo com a ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, Évora é um dos concelhos selecionados.
Este projeto-piloto prevê a criação de um subsídio “acumulativo” aos já existentes, não se sabendo ainda o valor da prestação, nem o número de pessoas que serão abrangidas por esta medida.

Iniciadas as obras de criação do "Parque Fluvial dos 5 Réis"

Zé LG Zé LG, 19.01.20

Iniciaram-se esta semana as intervenções, para futuro aproveitamento balnear, desportivo e de lazer, na barragem dos 5 Réis, denominado por "Parque Fluvial dos 5 Réis". A frente de praia é de aproximadamente 265 metros lineares, divididos por 3 bolsas de areia.

82533288_858998124532432_946528762458013696_o.jpg
Trata-se de um projeto simples, com equipamentos (apoio de praia, etc.) de pequena dimensão mas que permite colocar ao serviço de munícipes e visitantes/turistas, para várias atividades, um espelho de água às portas da cidade...

Câmara de Vidigueira considera a revisão do PDM, em curso, uma oportunidade estratégica

Zé LG Zé LG, 14.01.20

201901300943276427.jpgA Câmara Municipal de Vidigueira está a “trabalhar” na Revisão do Plano Director Municipal, que está em vigência há 26, estando por isso “obsoleto e desadequado face à realidade presente do município, e não cumpre as disposições definidas no quadro jurídico actual, o qual, de acordo com a Lei nº 74/17, obriga todos os municípios que ainda não o fizeram a proceder à revisão e actualização dos seus PDM até Julho de 2020”.

A Câmara Municipal de Vidigueira considera que “a revisão em causa constitui uma oportunidade estratégica para integrar projectos e investimentos em curso, e adaptar o ordenamento do território municipal às dinâmicas sócio-económicas e ambientais actuais e futuras”.

Associação de Futebol de Beja vence Prémios de Mérito e Excelência da FPF

Zé LG Zé LG, 08.01.20

y66.jpgA Associação de Futebol de Beja (AFBeja) recebeu mais duas distinções em duas categorias: Maior Crescimento de Praticantes de Futsal (absoluto) e Mérito no Desporto Adaptado, pelo Projeto de Futsal Adaptado.

Com destaque para o Prémio de Mérito no Desporto Adaptado, o projeto implementado pela Associação de Futebol de Beja no distrito procura dar a pessoas com deficiência a oportunidade de praticar desporto, enquadrado num calendário de treinos e encontros de futsal planificados para toda a época desportiva.

Os Verdes querem interdição da colheita mecanizada noturna de azeitona para preservação da avifauna

Zé LG Zé LG, 08.01.20

Os Verdes deram entrada na Assembleia da República de um Projeto de Lei que visa o impedimento da colheita mecanizada noturna de azeitona, método ligado à produção superintensiva de olival, com vista à preservação da avifauna.

P1010801.JPGInvestigadores portugueses estimam que 96 mil aves sejam afetadas todos os anos devido à apanha mecanizada de azeitona durante a noite. O Governo referiu que está a ser produzido um estudo científico para avaliação do impacto desse método de colheita na avifauna e que o ICNF vai reforçar ações de fiscalização e de sensibilização aos operadores envolvidos na apanha da azeitona.
O PEV considera, contudo, que é preciso uma ação mais determinada e, por forma a preservar a biodiversidade e proteger as aves afetadas, apresenta o Projeto de Lei em causa para que seja introduzida a interdição expressa de práticas produtivas, tais como a colheita mecanizada noturna de azeitona. Leia aqui o Projeto de Lei de Os Verdes.

Mértola vai receber a maior central fotovoltaica do país, num investimento de 450 milhões de euros

Zé LG Zé LG, 29.12.19

O projecto da empresa Fermesolar abrange uma área de implantação aproximada de 703 ha, ocupados pelas várias infraestruturas que compõem a Central Solar, constituída por 1.267.200 painéis que correspondem a uma potência total instalada de 557.568.000 Wpe, foi pensado como demonstração, conciliando à produção solar fotovoltaica a partir de painéis de filmes finos da última geração, a associação do armazenamento de energia em baterias de iões de lítio da última geração.

mapa_central.jpgEstima-se que o número de trabalhadores, na fase de construção, seja cerca de 200, em média.

Iniciado processo de navegabilidade até à vila de Mértola

Zé LG Zé LG, 28.12.19

A Câmara de Mértola realizou uma reunião preparatória da terceira fase de desassoreamento do rio Guadiana, no troço nacional, entre o Pomarão e Mértola. Jorge Rosa, presidente da Câmara refere que estão “lançadas as bases para ter todo o rio Guadiana navegável”.

Guadiana-768x432.jpgDesde final de novembro que é possível navegar em segurança no Guadiana até ao antigo porto mineiro do Pomarão.

“Museu do Pão/Centro Interpretativo do Pão” vai ser criado nas traseiras da Casa do Forno da Ti Bia Gadelha, em Beja

Zé LG Zé LG, 20.12.19

Há pouco mais de um mês que o cheiro a pão fresco começou a “invadir” a Rua Aresta Branco, em Beja, no Forno da Ti Bia Gadelha onde um jovem faz pão, dois dias por semana. “No ano em que a adpBeja está a comemorar o seu 40º aniversário”, Florival Baiôa diz que “esta é uma boa notícia para a comunidade, até porque os objetivos de recuperação deste espaço estão a ser concretizados”.

201912191731578581.jpg

Florival Baiôa avançou, também, que “está a ser desenvolvida uma parceria que junta a adpBeja ao IPBeja, à ACOS, às juntas de Freguesia da cidade e à ERT – Entidade Regional de Turismo do Alentejo/Ribatejo, com o objetivo de ser criado o Museu do Pão/Centro Interpretativo do Pão”, que “ficará patente ao público nas traseiras da Casa do Forno.”

Sonotomia vai definir perfil sonoro e captar particularidades da orla marítima alentejana em rápida transformação

Zé LG Zé LG, 19.12.19

201912181614319148.jpgSonotomia é o nome do projeto da União Europeia (UE), a única iniciativa do Programa Europa Criativa liderada por Portugal, que já arrancou no Alentejo, a partir de Odemira. A iniciativa é coordenada pela associação Pedra Angular e pelo Festival Terras sem Sombra, tendo como parceiros a Fundación Santa María de Albarracín, do Governo de Aragão, e o Spatial Sound Institute, de Budapeste. 

Definir o perfil sonoro e captar as particularidades de uma orla marítima em rápida transformação constitui uma das prioridades desta iniciativa europeia, que está associada ao esforço do Festival Terras sem Sombra para internacionalizar o Alentejo como destino de arte e natureza.