Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Elisa Ferreira designada Comissária da Coesão e Reformas

naom_57683d01c1d92.jpgA comissária designada por Portugal para o futuro executivo comunitário, Elisa Ferreira, será responsável pelos fundos de coesão, reformas estruturais e pela implementação do futuro instrumento orçamental para a zona euro, revelou hoje a presidente eleita da Comissão Europeia.

Eis os pelouros da Comissão Von der Leyen ficam distribuídos desta forma:

“VENEZUELA E O LADO CERTO DA HISTÓRIA”

Ver o Ocidente de gatas ante os americanos tornou-se banal. Até a França, sempre disposta a respingar (outros tempos...), segue o padrão. A política é hoje feita não por ideologias mas por agências de comunicação.

flg.png

É certo que Nicolás Maduro é um sucedâneo de pouca qualidade. O próximo passo, depois de todos os embargos e de todos os constrangimentos, será a entrada de mercenários. A história vai acabar mal.

Com que lado da História me identifico, na América Latina? Com o de Evo Morales, de Rafael Correa, de Velasco Alvarado, de Hugo Chávez, de Salvador Allende, de Fidel Castro, de Juan José Torres, de João Goulart... Com os que estiveram ao lado do Povo e contribuíram para que a América Latina pudesse, ao menos um pouco, deixar de ser a quinta das traseiras de Washington, um bordel barato e com matérias-primas à discrição. Com quem nunca estarei? Com René Barrientos, com Hugo Banzer, com Jorge Videla, com Costa e Silva, com Fulgencio Batista, com García Meza, com Díaz Ordaz, com Pérez Jiménez. Talvez alguns se lembrem o tratamento dado pelos venezuelanos aos agentes da polícia política deste último.

Em muita coisa mudei ao longo da vida. Nas convicções mais fundas, não.

Publicada por Santiago Macias à(s) 00:03, de 3-5-2019, no seu “avenida da salúquia 34”

 

Gosto muito do Santiago Macias, designadamente por dizer e escrever o que pensa sem se preocupar com a (in)conveniência das opiniões que publica. O que vai sendo raro nos dias que correm...

Direitas derrotadas em Espanha

PSOE.jpgCom 99,63% dos votos já contados, o PSOE consegue 28,7%, o que lhe dará 123 deputados. Já o Podemos de Pablo Iglesias atinge 14,3% dos votos e 42 deputados.

O PP de Pablo Casado é o grande derrotado da noite. Perde representação parlamentar, tendo conseguido apenas 16,7% dos votos, ou seja, 66 lugares no Parlamento. Em 2016 tinha tido 137 mandatos, ou seja, perde mais de metade dos lugares.

O Cidadãos de Alberto Rivera teve um bom resultado (15,8% dos votos e 57 deputados), e os ultranacionalistas do Vox garantem a entrada no Parlamento espanhol nacional com 10,3% dos votos, o que lhe dá 24 lugares. Mesmo assim, aquém daquilo que previam as sondagens.

A taxa de participação nestas eleições foi de 75,75%.

Com estes resultados e projeções, Pedro Sanchez do PSOE precisa, segundo as contas do El Mundo, de pelo menos uma parte dos independentistas para formar governo. Uma das opções poderá passar por juntarem-se ao Podemos, ao PNV, e ao ERC.

Parece que estamos mais longe do fim da História

Jovens americanos estão a apaixonar-se pelo socialismo

image.jpg

Uma sondagem divulgada esta semana revela que a "Geração Z", jovens entre os 18 e os 24 anos, têm uma visão mais positiva do socialismo e, tal como os millennials (nascidos entre a década de 80 e 90) estão mais abertos a apoiar políticas socialistas.

Bernie Sanders ou Alexandria Ocasio-Cortez foram fontes de inspiração para a nova geração dos Estados Unidos. A palavra "socialismo" deixou de carregar o estigma do passado, depois de ter sido ressuscitada por estes políticos em recentes eleições.

Uma crescente adesão a estes ideais foi registada numa sondagem divulgada na Axios, segundo a qual 61% dos americanos com idades entre os 18 e os 24 anos têm uma reação positiva à palavra "socialismo", contra 58% de reação positiva no caso do "capitalismo". 

Mas não é isso que devia ter feito sempre?!

Theresa May diz que é tempo de "pôr os interesses nacionais em primeiro lugar"

thumbs.web.sapo.io.jpeg

Com a sobrevivência do Governo à moção de censura votada esta quarta-feira, Theresa May anunciou que existe agora "a oportunidade de nos focarmos em encontrar um caminho para o Brexit".

 

Está cada vez mais difícil compreender algumas decisões políticas. Veja-se o que se passa no Reino Unido: Em referendo é aprovada a saída da União Europeia. A primeira-ministra faz um acordo com a Comissão Europeia definindo as condições da saída. O Parlamento vota contra esse acordo. O mesmo Parlamento, no dia seguinte, vota contra uma moção de censura à primeira-ministra, manifestando-lhe confiança na apresentação de outro acordo. E agora a primeira-ministra vem afirmar que é tempo de "pôr os interesses nacionais em primeiro lugar"... Clarinho como o lodo.

Alvito recebeu mais refugiados sírios

Alvito-768x432.jpgChegaram esta semana a Portugal os primeiros refugiados ao abrigo do Programa Voluntário de Reinstalação do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, a partir do Egipto.

Os 33 cidadãos, 14 adultos e 19 menores (6 famílias e dois cidadãos isolados), vão ficar em vários pontos do país.

A Câmara de Alvito está a apoiar quatro refugiados sírios, um casal com dois filhos. O projecto arrancou há dois anos com o acolhimento de três jovens sírios, em Vila Nova da Baronia.

A família está numa casa da autarquia, em Alvito.

O presidente da Câmara de Alvito realça que a integração dos 3 jovens foi um sucesso e que estes vão ajudar na integração desta nova família.

II Congresso Luso-Espanhol de Pecuária Extensiva realiza-se em Beja, em 2020

20181111204255115.JPGUma das conclusões do I Congresso Luso-Espanhol de Pecuária Extensiva, que decorreu em Sevilha, foi a de agendar o II Congresso para Beja, daqui a dois anos, por altura da 37ª Ovibeja.

O Congresso Luso-Espanhol destacou a importância do montado português e a dehesa espanhola como habitats únicos no mundo, que importa reconhecer e salvaguardar.

Por esta razão juntaram-se, na organização do evento, entidades de ambos os lados da fronteira para ganhar dimensão, tanto de trabalho conjunto, como de capacidade reivindicativa junto dos decisores políticos nacionais e comunitários, com especial importância nesta fase determinante do delineamento da Política Agrícola Comum pós 2020. 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem toda a razão, só os boys do costume.

  • Anónimo

    Dos socialistas não, dos boys e girls.

  • Anónimo

    Vai ficar tudo na mesma.

  • Anónimo

    O PAN pode ser uma ameaça maior do que a maioria a...

  • Anónimo

    Concordo com a sua preocupação! Os populismos que ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.