Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Francisco da Costa é o novo diretor-geral da ADRAL

Zé LG, 28.06.20

201910161727045666.jpgO Conselho de Administração da ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo já nomeou o seu novo diretor-geral. Francisco da Costa, tem 48 anos, é licenciado em História, empresário na área da comunicação, 2.º secretário da CIMAC – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, consultor nos setores público e privado e administrador empresarial e é agora o novo diretor-geral da ADRAL.

O novo Diretor-Geral inicia funções no próximo dia 1 de julho, sucedendo a Victor Dordio que, nos últimos doze meses, exerceu aquele cargo interinamente.

Antes de ser já era. Para quê fazer tabú durante tanto tempo?!

Zé LG, 25.06.20

Governo formaliza designação de Mário Centeno para governador do Banco de Portugal

29013778_770x433_acf_cropped-2 centeno.jpgO primeiro-ministro escreveu hoje ao presidente da Assembleia da República a comunicar a proposta do Governo para nomear o ex-ministro das Finanças Mário Centeno para o cargo de governador do Banco de Portugal. Foto daqui.

Para quê tanto fugir à questão quanto todos percebíamos que desde há muito havia um acordo de cavalheiros / compromisso para que Mário Centeno ocupasse a cadeira dourada que tanto ambicionou?!... Vamos ver o que acontece quando tiver de tomar decisões sobre decisões que tomou enquanto ministro das Finanças....

Beja passa Verão com Piscina fechada e sem saber se vai ter Praia

Zé LG, 16.06.20

"Iniciar as obras de umas piscinas municipais no mês de julho é de gente muito inteligente... pelo menos desculpavam-se com o COVID que agora serve de argumento para tudo (ironia!). Tristeza de gente a que Beja está entregue!!!"

202006121239558077 piscina.jpg

Os "Bejenses têm sempre a alternativa da Praia dos 5 Reis, cujas obras deverão estar concluídas lá para final de Setembro."

IMG_3874.JPG"Beja fechou até ao próximo ano!!! Não há eventos, não há equipamentos municipais a funcionar, não há tempos livres, temos os 5 Reis e é aproveitar, para o ano logo se vê com as eleições." 

Comentários de Anónimos, feitos aqui.

João Leão substituiu Mário Centeno como ministro de Estado e das Finanças

Zé LG, 15.06.20

Depois de cinco anos no cargo de secretário de Estado do Orçamento, João Leão sobe agora à posição de ministro de Estado e das Finanças, substituindo Mário Centeno, que pediu a demissão numa altura em que termina também o seu mandato como presidente do Eurogrupo.

tomada_de_posse.jpgAlém de Mário Centeno, agora ex-ministro das Finanças, saem também do Governo Ricardo Mourinho Félix, até aqui secretário de Estado Adjunto e das Finanças; e Álvaro Novo, que era secretário de Estado do Tesouro.

Da anterior equipa ficou apenas um secretário de Estado: António Mendonça Mendes, que se mantém agora com a pasta dos Assuntos Fiscais, mas é promovido a Adjunto. Cláudia Joaquim regressa ao Governo, desta vez como secretária de Estado do Orçamento, enquanto João Nuno Mendes é o novo secretário de Estado das Finanças e Miguel Cruz é secretário de Estado do Tesouro.

“A autarquia não pode e nem deve fechar os olhos”

Zé LG, 13.06.20

lixo.jpg

Quanto à higiene da nossa cidade e o civismo de algumas pessoas, onde se incluem os dejectos caninos que aparecem por todo o lado e por lá permanecem até à sua degradação natural., a autarquia não pode e nem deve fechar os olhos, e considerar-se de antemão vencida nesta batalha.
À que fazer um esforço e tomar decisões, boas ou más. Mas, pelo menos, manifestar a sua intenção de alterar o atual estado a que as ruas da cidade chegaram.

Anónimo 11.08.2019 14:15”, aqui. Fotografia daqui.

“A não ser que haja razões que a razão desconhece!”

Zé LG, 12.06.20

202006081345023842 peixaria.jpg“A deslocalização dos lojistas e vendedores do mercado municipal parece que não agrada a alguns. mas também parece agradar a muitos!… Era necessário empreender obras no mercado antigo, isso era ponto assente!… A discussão deveria ter-se centrado na discussão das alternativas até que as obras estivessem concluídas, para bem de todos ao que me parece!… Não haverá gente satisfeita, como será natural, uma vez que a passagem para o Largo de Stº Amaro implicará cedências de várias ordens, mais para uns do que para outros!… Mais do que colocar a discussão num plano político-partidário, seria interessante perceber o que acham objectivamente os comerciantes desta mudança em razão do pretexto em causa!… A não ser que gostassem de permanecer no mesmo local, sem que se resolvesse o problema da falta de manutenção do espaço!… Confesso que não consigo entender onde está o problema, que obriga a uma situação transitória (com os sacrifícios inevitáveis), mas que trará doravante benefícios para todos!… A não ser que haja razões que a razão desconhece!”
Anónimo 11.06.2020, aqui.

A presidente do CPC de Beja desabafa que "Sentimo-nos completamente abandonados", perante a COVID-19

Zé LG, 11.06.20

cpcb 001.jpg"Nem por isso. Se, por um lado, tivemos quem desse alguma ajuda, tivemos igualmente quem se desinteressasse por completo, chegando mesmo a não cumprir as regras estipuladas e emanadas pelas autoridades competentes, revelando um total desprezo por quem tem tanta falta de ajuda. Fizemos pressão junto das entidades com responsabilidade na área, e na região, e não obtivemos das mesmas qualquer resposta plausível. Sentimo-nos completamente abandonados, com o peso total de procura e aplicação das medidas mais correctas, em cima dos ombros, acrescendo ainda que, apenas, a Autoridade das Condições do Trabalho se lembrou do CPCB, com exigências completamente desp+ropositadas e em situação qu entendemos sem sentido e completa ignorância da situação de ameaça que enfrentámos e do problema que estávamos a atravessar." - esta foi a resposta de Francica Guerreiro à pergunta de Firmino Paixão se "Sentiu que a sociedade local e as pessoas mais próximas do CPC ... se mobilizaram em tono da instituição, ou nem por isso?", na entrevista  publicada na edição da semana passada do Diário do Alentejo.

Secretária de Estado do Turismo vai estar presente esta manhã na praia fluvial de Monsaraz

Zé LG, 10.06.20

A cerimónia de certificação da Estação Náutica de Monsaraz, que assinala também a abertura da época balnear na praia de Monsaraz, decorre esta manhã, pelas 10 horas, com a presença de Rita Marques, Secretária de Estado do Turismo, José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, e António José Correia, Coordenador da Fileira Náutica e do Turismo Náutico do Cluster do Mar.

Monsaraz.jpgA Estação Náutica de Monsaraz foi certificada pela Fórum Oceano – Associação da Economia do Mar - uma associação para o desenvolvimento do cluster do mar e que lançou o projecto que promove, desenvolve e certifica as Estações Náuticas em Portugal -, vai ser dinamizada “com uma agenda anual de desportos náuticos, iniciativas culturais e de hábitos saudáveis”, segundo a autarquia de Reguengos de Monsaraz.

«onde tem andado a intervenção que compete à Assembleia Municipal?»

Zé LG, 06.06.20

20190408161646116 agricultura.jpg«É preciso ter descaramento politico, há 4 anos quando apregoavam a fileira do azeite, deixaram os agricultores fazer as maiores barbaridades ambientais, talvez para pagamento de votos, permitiram a eliminação de linhas de água, plantações em cima dos aglomerados urbanos, escorrência de águas para as valetas e estradas, ocupação de caminhos rurais com estreitamento dos mesmos, era só fazer cumprir o PDM e exigir uma correta e equilibrada ocupação do solo e não desculpar-se com o Ministério da Agricultura, agora é tarde para vir com arremessos bafientos, quando é para intervir escondem-se entre conveniências de acordos políticos, depois do mal feito denuncia-se para tirar dividendos políticos, onde tem andado a intervenção que compete à Assembleia Municipal? e os ambientalistas estavam a dormir? infelizmente para todos nós e para o ambiente é o que temos.»
Anónimo 05.06.2020, aqui.

“Coitos, São Matias e Selmes não têm direito a transporte público”?

Zé LG, 02.06.20

«Os Coitos, São Matias e Selmes não têm direito a transporte público. Nem um autocarro de manhã e outro à tarde para ir trabalhar ou visitar doentes. Não pagam impostos como os outros? Que dizem os presidentes de junta? Continuamos a telefonar para vir o táxi? mais uma despesa? é o que temos? ze toi»
Anónimo 01.06.2020, aqui.

Ana Paula Fitas apresenta livro “Landroal d´Encantar”, no Dia da Criança, no Castelo de Alandroal

Zé LG, 31.05.20

hbuh.jpgAlandroal prepara-se para celebrar o 1 de junho, Dia Mundial da Criança, com o lançamento de um livro de contos infantis que junta velhas e novas histórias de um Alandroal "terra de mitos e lendas sem fim que são o resultado de uma combinação única de heranças culturais diversas e cultos antigos". “Landroal d´Encantar”, é assim que se chama o livro, é da autoria de Ana Paula Fitas e ilustrado por Andreia Albernaz Valente.
Simbolicamente, será realizada uma breve cerimónia de lançamento da obra, no castelo de Alandroal, pelas 11h30 do dia 1 de Junho, dia da Criança, com a presença da Diretora Regional de Cultura, Ana Paula Amendoeira e do Presidente da Câmara de Alandroal, João Grilo, assim como da autora, a ilustradora e o editor da obra.

BE questiona governo sobre problemas ambientais e de saúde pública causados pela transformação de bagaço de azeitona em Fortes

Zé LG, 23.05.20

88357361_2494039430910994_640823165106257920_o ForO BE questionou a Ministra da Saúde, Marta Temido, sobre a transformação de bagaço de azeitona em Fortes, Ferreira do Alentejo, referindo que “a unidade industrial da empresa AZPO – Azeites de Portugal, que transforma bagaço de azeitona, continua a causar problemas ambientais e de saúde pública, segundo a população da localidade de Fortes”, pelo que quer saber se “o Governo confirma a persistência dos problemas de saúde pública relacionados com a transformação de bagaço de azeitona” naquela localidade.

Fortes  83336710_2454725614842376_9093452905398140

O Bloco quer ainda saber “das medidas urgentes de saúde pública recomendadas ao Governo pela Assembleia da República na Resolução n.º 279/2018, de 23 de agosto, que medidas foram realizadas e quais estão ainda por realizar” e, ainda, “que medidas prevê o Governo adotar para evitar que a unidade industrial continue a causar problemas de saúde pública à população de Fortes”.

“parecem estar a surgir novas formas de censura, controle da liberdade de expressão e até outras formas de opressão social”

Zé LG, 18.05.20

«O problema da liberdade de expressão nos nossos tempos, ou seja aqueles que vivemos. Leva-nos a bastantes reflexões, mas sobretudo a que tenhamos sempre presente, que nunca será um ganho garantido.
...
Só que, e embora não seja apenas de hoje, passados que foram todos estes anos e mesmo com um regime democrático institucionalizado; ou é impressão minha, ou parecem estar a surgir novas formas de censura, controle da liberdade de expressão e até outras formas de opressão social.
E um dos argumentos que se usa para as justificar continua a ser o mesmo de sempre, “... um dos problemas do uso abusivo da liberdade de expressão ...., para além covardia abjecta posta a nu sob anonimato!" sic. Esquecendo-se que quase sempre, quem usa o anonimato, é porque acha que tem qualquer coisa a dizer e tem motivos para não confiar em nada e ninguém.»

Anónimo 17.05.2020, aqui.

António Charrua morreu

Zé LG, 17.05.20

Charrua.jpgAntónio do Sacramento Franco Charrua, de 66 anos, natural de Beja, morreu, tendo-se o funeral realizado ontem à tarde, para o cemitério de Beja.

António Charrua estudou na Escola Comercial Industrial de Beja e no Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (Engenharia Mecânica). Foi professor e formador e, ainda, empresário. Regressou a Beja há alguns anos, depois de uma longa passagem por Angola.

Estive com ele na tropa, no final de 1975, tendo-nos envolvido ambos nalgumas actividades polkíticas. Depois cruzei-me com ele por diversos períodos e em diversas situações. Após o seu regresso de África, ainda nos encontrámos algumas vezes e trocámos mensagens através do FB. Há meses que não sabia dele. Fui agora surpreendido com a triste notícia da sua morte. É mais um amigo que nos deixa muito cedo…

À Família apresento os meus sentidos pêsames.

«um dos problemas do uso abusivo da liberdade de expressão»

Zé LG, 17.05.20

«… Na generalidade dos assuntos que o LG tem colocado com pertinência neste espaço, têm-se gerado não raras vezes, discussões profícuas, saudáveis, transformando o blog Alvitrando num espaço de cidadania fundamental mas também é verdade que nesse espaço democrático posto à disposição de todos nós, há infelizmente lugar para manifestações de boçalidade, brejeirice e imbecilidades de toda a espécie que em nada contribuem para o objectivo de um blog!… Pois é um dos problemas do uso abusivo da liberdade de expressão que nestes casos serve para muito pouco, para além covardia abjecta posta a nu sob anonimato!… Muito pouco edificante diga-se em verdade.

Ecce homo». - Anónimo 14.05.2020, aqui.

Morreu Julio Anguita, líder histórico espanhol da Esquerda Unida

Zé LG, 16.05.20

28832162-9999x9999-lt anguita.jpgO líder histórico do partido de esquerda espanhol Esquerda Unida (IU), Julio Anguita, morreu hoje em Córdova, aos 78 anos,  no hospital Rainha Sofia de Córdova, onde tinha sido internado há uma semana depois de sofrer uma paragem cardíaca em casa.

Conhecido em Espanha como ‘o califa vermelho’, pelos resultados eleitorais que obteve em Córdova, cidade de que foi presidente da câmara entre 1979 e 1986, Julio Anguita apareceu pela última vez em público há menos de duas semanas, a 4 de maio, num vídeo divulgado na internet em que fazia um apelo à serenidade e racionalidade em plena pandemia de covid-19, tendo afirmado: “Nestes momentos de crispação, é necessária serenidade, reflexão e ponderação. O amanhã vai ser definido pela forma como vamos sair do hoje”.

«Começa a pôr-se a mesa. O que se seguirá, não será bom.»

Zé LG, 13.05.20

setc3babal-1938-oficiais-alemc3a3es-visitam-fc3a1b«O que aconteceu, em Portugal, entretanto? Surgiu e instalou-se, em Portugal, um partido de extrema-direita, sem programa a não ser o do ódio, e que tira partido da raiva e do desencanto que se instalaram. Esvaziou o CDS e foi buscar votos a franjas da esquerda, que acham que "assim é que é", "ali está um que diz as verdades" (seja lá isso o que for). E que conta com o beneplácito dos "media".

Começa a pôr-se a mesa. O que se seguirá, não será bom.»

Assim termina um oportuno texto, intitulado SOMBRAS PRÓXIMAS, de Santiago Macias no seu “avenida da salúquia 34”.

Filipe Pombeiro diz que medidas de apoio às empresas são "manifestamente insuficientes"

Zé LG, 12.05.20

010320152305-596-DSC_0257 nerbe.JPGAs medidas de apoio às empresas, no âmbito das linhas COVID 19, são manifestamente insuficientes" e têm que ser reforçadas, segundo o presidente do NERBE/AEBAL-Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral.
Filipe Pombeiro, embora reconheça que o desconfinamento tinha que ser feito por fases, afirma que o 1º constrangimento com que os empresários se debatem é precisamente o facto de nem todos recomeçarem a actividade na mesma altura e quanto mais tempo passar mais tarde será o processo de retoma. Faz ainda algumas criticas à forma como tem decorrido o processo de lay off, previsto para as empresas, e considera que esta medida também "ficou curta".