Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"Sou um privilegiado"

"Por tudo aquilo que aqui foi dito, posso dizer com toda a propriedade que sou um privilegiado, pois fui desde muito novo tocado pela referida "magia" e felizmente hoje usufruo destes locais (Bibliotecas Municipais de Aljustrel e Beja) com a naturalidade de uma conquista que há três ou quatro décadas eram puras miragens." - assim termina Manuel Camacho uma das suas 40 crónicas publicadas no Diário do Alentejo, que agora reuniu em livro, que na Sexta-Feira apresentou na Biblioteca Municipal de Beja, depois de o ter apresentado na Biblioteca Municipal de Aljustrel.

IMG_8153.JPG

Primeiro-Ministro inaugura hotel do Grupo Vila Galé no Convento de São Paulo em Elvas

transferir.jpgO primeiro projeto do programa governamental Revive, que cede à exploração de privados edifícios históricos, foi o Convento de São Paulo em Elvas, e, segundo o Grupo Vila Galé, o vencedor do concurso, o hotel que está já concluído, num investimento de 5 milhões de euros, vai ser inaugurado a 22 de junho, com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa.

IMG_3915_0.jpg

O novo hotel, de 64 quartos, dois restaurantes, spa, piscina exterior, bar, adega e salas para coferências e eventos vai criar 50 postos de trabalho e será também “uma espécie de museu”, tendo como tema as fortificações militares portuguesas pelo mundo, e “fazendo jus à história de Elvas, classificada pela UNESCO como património mundial pelas suas fortificações”.

Manuel Camacho apresenta “Mundivivências” em Beja

camacho.jpg

Na Biblioteca Municipal José Saramago em Beja é apresentado hoje, às 19.00 horas, o livro “Mundivivências”, da autoria de Manuel Camacho. A apresentaçãoé feita por Paulo Barriga e Luís Miguel Ricardo, no âmbito da iniciativa “Sextas com Livros".

Nos últimos anos, tem vindo a dedicar-se à escrita como colaborador do Diário do Alentejo e é autor dos livros “Retalhos da vida de um autarca”, “Entrecolinas”, Biografia de João Rosa e, agora apresenta “Mundivivências”, que reúne 40 crónicas, publicadas ao longo de três anos no Diário do Alentejo.

Rui Gaibino Morreu

18157568_1457304264344224_6087045699034072552_n.jpRui Gaibino, professor, faleceu ontem, no Hospital de Beja. O corpo encontra-se nas Casas Mortuárias de Beja, de onde sairá, às 16 horas, para a Quinta do Conde, onde será cremado.

Sei pouco do Rui Gaibino. Conheci-o há uns anos, quando, com outro colega do IPBeja, organizou uma iniciativa na Ovibeja. Convivemos poucas vezes, mas sempre que tal aconteceu pareceu-me que éramos amigos desde sempre. Era um Homem fraterno, solidário, desassossegado, polémico, participativo, empenhado em causas, que "estava em todas" em que acreditava. Pelo menos, era assim que o via.

Embora não haja insubstituíveis, o Rui Gaibino é uma daquelas pessoas que fica a fazer falta e que deixa saudades...

Os meus sentidos pêsames à família.

CIMBAL propõe Manuel Soares para o CA da ULSBA

201906111803379618.jpgO Conselho Intermunicipal da CIMBAL na sua reunião de junho, deliberou, por maioria, propor para vogal do Conselho de Administração da ULSBA, Manuel Soares.

Manuel Soares é licenciado em Ciências Farmacêuticas, com especialização em Administração Hospitalar e em Gestão de Unidades de Saúde. Manuel Soares foi vogal Executivo do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Baixo Alentejo, de 2005 a 2008 e da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, de 2008 a 2012.

Recorde-se que Manuel Soares foi candidato do PS à Câmara Municipal de Serpa nas últimas eleições autárquicas. Foi antes membro da Assembleia Municipal de Serpa e da Assembleia Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo.

Ruben de Carvalho morreu

ruben_carvalho.jpgRuben de Carvalho, membro do Comité Central do PCP e do Executivo da Comissão Nacional da Festa do «Avante!», faleceu hoje, com 74 anos, em consequência de problemas de saúde que exigiram internamento hospitalar.

Intelectual comunista, assumiu uma intervenção destacada na actividade do Partido, tendo desempenhado importantes tarefas, cargos e responsabilidades. Ruben de Carvalho teve uma vida de intervenção e de luta na resistência antifascista, no movimento associativo estudantil, abraçou com intensidade a Revolução de Abril e defendeu os seus valores e conquistas. Destacou-se no jornalismo, na imprensa e na rádio. Deixou à sociedade portuguesa um contributo de grande relevo no conhecimento da música, na sua dimensão artística, cultural e social, no plano nacional e internacional, das suas raízes populares à sua dimensão erudita.

Ao longo de toda a sua vida, Ruben de Carvalho empenhou-se na luta, com o seu Partido, pela liberdade e a democracia, por uma sociedade nova liberta da exploração e da opressão, o socialismo e o comunismo. 

Ver toda a notícia aqui.

Câmara de Cuba inaugura Museu Literário Casa Fialho de Almeida

museu cuba.jpgA Câmara de Cuba inaugura na próxima segunda-feira, dia 10, às 17 horas, o Museu Literário Casa Fialho de Almeida, que apresenta duas componentes: A Casa Rural e Literária, onde se podem apreciar as 200 obras do autor que estavam expostas na Biblioteca Nacional e que foram cedidas a este espaço, através de protocolo, assim como um Museu Rural e Etnográfico, que mostra a visão do escritor sobre o Alentejo.

João Paulo Ramôa defende alargamento do Aeroporto de Beja

avião.jpegO antigo Governador Civil de Beja e coordenador do Grupo de Trabalho para o aeroporto de Beja, criado pelo Governo em 2012, defende a necessidade de alargamento da infra-estrutura aeroportuária de Beja, porque acredita que dentro de um ano ou dois o aeroporto terá uma dinâmica diferente da que existe actualmente.

João Paulo Ramôa olha para aquele equipamento como um “aeroporto indústria” e garante que, se tivesse poder para tal, “preparava já os estudos para ampliação do aeroporto” de Beja, porque é necessário alargar a plataforma de estacionamento de aeronaves, que em breve esgotará.

Comentários recentes

  • Anónimo

    O hospital do Litoral Alentejano tem aprovado um i...

  • Anónimo

    Deve haver algum ruído de fundo e bem forte, ou en...

  • Anónimo

    Não sei?Mostre lá um único estudo ambiental sobre ...

  • Anónimo

    Tão mauzinho!

  • Anónimo

    O Grupo que controla a UCASUL quer criar uma nova ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds