Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

A OVIBEJA e o Parque de Feiras e Exposições existiriam sem o Carreira Marques?

Provavelmente sim, mas não seriam a mesma coisa... - é talvez a melhor resposta que se consegue para aquela pergunta provocadora e retórica.

56242565_10210833922803475_5680075574442196992_n.j

Para memória futura, importa recordar:

Nem sempre as relações entre a ACOS e a Câmara de Beja, liderada por Carreira Marques, foram fáceis. Mas apesar disso, com Carreira Marques à frente do Município, nunca faltou o apoio necessário à OVIBEJA (que durante os primeiros anos, foi decisivo para a sua realização e afirmação), nem as decisões e os financiamentos para a construção do Parque de Feiras e Exposições (sem os quais este não existiria), nem tão pouco a decisão de criar e assegurar o funcionamento da EXPOBEJA.  

Depois de Carreira Marques, passaram a escassear os apoios municipais à OVIBEJA, a EXPOBEJA foi extinta administrativamente por manisfesta vontade de um Executivo Camarário e o Parque de Feiras e Exposições foi-se degradando por falta de manutenção e vigilância, apesar de alguns dos presidentes da Câmara que lhe sucederam terem sido eleitos com o apoio decisivo de pessoas da ACOS. 

Também a RURALBEJA, criada por iniciativa de Carreira Marques , para suceder à Feira de Agosto e que, no seu tempo, se foi afirmando como a "OVIBEJA de Outono", com a organização progressivamente concentrada na ACOS, foi "municipalizada" por um Executivo Camarário, que não quis conceder o apoio financeiro para a sua realização, passando a Câmara Municipal a gastar algumas vezes mais do que investia naquele tempo e trocar-lhe o nome conforme os Executivos Camarários, para a apresentarem como criação sua.

Na fotografia da inauguração do "Pavilhão Multi-usos", estão os tês homens que foram decisivos para a construção do Parque de Feiras e Exposições de Beja - Carreira Marques, Castro e Brito e António Guterres.

Aljustrel tem “o maior investimento de sempre no concelho apoiado por fundos comunitários”

Aljustrel-parques-768x432.jpgA Comissão Directiva do Alentejo 2020 aprovou quatro projectos - Centro de Negócios de Aljustrel; a Área de Acolhimento Empresarial de S. João de Negrilhos; a Área de Acolhimento Empresarial de Ervidel e a Expansão da Área de Acolhimento Empresarial de Aljustrel -, no montante de investimento global de cerca de 5 milhões de euros.

A Câmara Municipal adianta que “as novas áreas irão permitir um ambiente privilegiado para o crescimento de novas unidades empresariais, com forte componente de inovação e empreendedorismo, apostando no acolhimento e suporte de projectos de base tecnológica, que potenciem a renovação do tecido empresarial”.

Castro Verde vai ter Zona de Atividades Económicas

O Programa Alentejo 2020 vai comparticipar em 85% a construção da Zona de Atividades Económicas (ZAE), com um investimento global superior a 1 milhão e 700 mil euros.

20181221122635415.jpg

A obra, cujo concurso será lançado no início de 2019, numa área de mais de 53 mil metros quadrados, vai permitir a criação de 39 lotes para acolher empresas que queiram desenvolver a sua atividade económica.

A criação da ZAE permitirá tirar partido das dinâmicas da atividade mineira e, simultaneamente, fomentar a atração de investimentos, o nascimento de novas empresas e a criação de mais postos de trabalho em Castro Verde, segundo a Câmara de Castro Verde.

Odemira debate “Actividade Agrícola na área de Perímetro de Rega do Mira e no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina”

secretario-de-estado-do-ambiente-carlos-martins-.jesta tarde, a partir das 14 horas, numa reunião extraordinária da Assembleia Municipal, que se realiza no auditório da Biblioteca Municipal José Saramago.

A Assembleia Municipal de Odemira convidou para participar nesta reunião temática a CCDRA-Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, ICNF-Instituto de Conservação da Natureza e das Floresta e AHSA-Associação de Horticultores do Sudoeste Alentejano.

I Feira Ibérica de Columbofilia em Beja

201812041455227697.jpgO Parque de Feiras e Exposições de Beja recebe, durante o fim-de-semana, a 1ª Feira Ibérica de Columbofilia, um certame organizado pela Associação Columbófila do Distrito de Beja.

Divulgar a modalidade, junto dos columbófilos e da comunidade em geral é o principal objectivo deste evento que pretende ainda dar a conhecer o que é afinal a columbofilia e a importância que este desporto tem no panorama nacional e internacional.

“Zona de Acolhimento Empresarial Norte” de Beja vai avançar

O projeto de execução da “Zona de Acolhimento Empresarial Norte” foi consignado, através de assinatura de contrato entre as partes, à empresa Construções J. J. R & Filhos, S. A., avança a Câmara Municipal de Beja, em nota de imprensa.

A empreitada representa um investimento de cerca de 1 milhão e 700 mil euros, com IVA à taxa legal em vigor incluído, e irá permitir a instalação, numa primeira fase, de 20 empresas no novo perímetro, com a consequente criação de postos de trabalho no concelho, segundo a autarquia bejense.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Vamos ter nova geringonça. E a ideia, pessoalmente...

  • Anónimo

    Num país em que o maior trambiqueiro político está...

  • Anónimo

    Uma vida saudável depende de muitos outros factore...

  • Zé LG

    A alimentação não é um factor importante para uma ...

  • Anónimo

    Porreiro, pá!É ver para crer!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds