Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

CIMBAL exige dos CTT “serviço público de qualidade”

Zé LG Zé LG, 27.01.20

202001241134264043.jpg“Já foram encerradas 23 postos e há lojas subcontratadas que não prestam um serviço universal e de qualidade, manifestado em atrasos significativos na entrega de correspondência”. São estas algumas das queixas dos autarcas, que dizem haver “uma insustentável falta de respeito pela população e pelo território por parte da concessionária”. Esta é uma discussão que volta a estar em cima da mesa porque no final deste ano o contrato com a concessionária será revisto e os autarcas querem que “a situação dos serviços prestados atualmente seja alterada”. Querem que todas “as sedes de concelho tenham uma loja” e que “a qualidade do serviço seja universal”, o mesmo será dizer “igual nos locais onde o serviço é lucrativo e naqueles em que não o é.”

PCP diz que “agricultura tão modernizada não tem beneficiado a população, nem a região”

Zé LG Zé LG, 27.01.20

João Dias, deputado do PCP eleito por Beja, afirmou que “Sabemos que o uso da água de Alqueva, infelizmente, tem servido para valorizar este modelo de exploração predadora - monoculturas – e não trouxe aquilo que a população precisa”, lamentando que, após anos de reivindicação por Alqueva, “uma infraestrutura importantíssima para a região e para o país, no sentido de criar condições para valorizar a produção nacional”, esse não tenha sido o caminho seguido, que “Aquilo que é dito de uma agricultura tão modernizada, não tem beneficiado a população, nem a região”, e que se deveria apostar na produção agrícola diversificada.

202001251841051533.jpgCarlos Alves, vereador do município de Serpa, clarificou que a Câmara Municipal criou regras “em torno dos aglomerados urbanos” que definem que “numa faixa de 500 metros não podem existir este tipo de culturas”, mas estas normas “estão a ser violadas”. 

José Maria Pós-de-Mina, do Comité Central do PCP salientou que “hoje temos a obrigação” de lutar contra esta forma de exploração agrícola que voltou a levar aos campos alentejanos “o trabalho de sol a sol” e pessoas a viverem em condições desumanas.

CDU acusa a Câmara de Aljustrel de “discriminar” população de Ervidel

Zé LG Zé LG, 24.01.20

202001221011291851.jpgManuel Nobre, da CDU de Aljustrel, afirma que o sentimento de discriminação “paira” entre a população e aponta alguns exemplos concretos: rede de águas, atrasos no fornecimento de alguns materiais para execução de obras protocoladas com a Câmara e o incumprimento nas transferências dos valores que são devidos pelas obras realizadas pela Junta de Freguesia, assim como, o encerramento do Museu Rural.

“Homem de esquerda de pensamento livre e aberto, tolerante e aglutinador”

Zé LG Zé LG, 21.01.20

1-pt-7f9449f580101559f9cab254cfea0bdd (2).jpgAmigo é importante ser justo e questionar quem pode responder pelas coisas.
LG certamente não precisa quem o defenda.
Recordo que LG não tem nem deve responder pelas posições da CDU nem pelo PCP.
Trabalhei com ele enquanto eleito pela CDU e ainda militante do PCP, e a minha opinião pessoal é bastante positiva.
De LG tenho a seguinte opinião:
Um ser humano fantástico no relacionamento interpessoal, honesto, trabalhador, dedicado de forma firme a tudo em que se envolve e acredita. Foi um Comunista de C grande, mas que por divergências internas optou por deixar o PCP.
Continua a ser respeitado por todos aqueles com quem se relacionou.
Homem de esquerda de pensamento livre e aberto, tolerante e aglutinador.
Não responde por partido nenhum....responde por ele.
Anónimo 20.01.2020”, aqui.

Desculpem o egocentrismo, mas gostei da definição. Obrigado ao autor!

Porque não é o Aeroporto de Beja uma alternativa?

Zé LG Zé LG, 19.01.20

"O governo não inaugura o troço que está concluído há 2 anos e não concluí o resto da auto-estrada até ao aeroporto de Beja, porque se assim fizesse, não teria desculpas para não utilizar o aeroporto. Anónimo 17.01.2020"

"A questão da distância até ao est o final é uma falsa questão. Eu vivo no Luxemburgo e sei de pessoas que vão apanhar os voos a cerca de 200 quilómetros porque os preços são mais baixos. Logo, há sempre quem não veja inconveniente em aterrar em Beja! Eu, por exemplo. Anónimo 17.01.2020"

Aeroporto-de-Beja-768x432.jpg

"Não é alternativa para coisa nenhuma, porquê? Cidade sem atividade económica relevante? O que significa? Se promoverem o seu desenvolvimento passará a ter! Sem mão de obra qualificada em que áreas? Qual a diferença entre a cidade de Beja e outras cidades do país? ... Anónimo 18.01.2020"

Daqui.

 

“Estamos hoje representados por gente mal preparada, ignorante e carreirista”?

Zé LG Zé LG, 18.01.20

«Somos um povo brando! Que se demite do exercício cívico quotidiano, que elege governantes medíocres porque sim, e porque não, e que depois se queixa de que as coisas não vão bem!… Estamos hoje representados por gente mal preparada, ignorante e carreirista (porque a vida na política até não é má de todo), que se esquece das origens, em nome do “nacional-porreirismo”, do “deixa andar que a vida não está para maçadas”, e os 4 anos de felicidade passam depressa!… Depois o ciclo repete-se sem fim, e sem a existência de verdadeiras alternativas que sejam capazes de olhar para a sua região com compromisso e espírito de sacrifício!… Depois ficam alguns “líricos esquerdistas” que até conseguem pensar, mas que incomodam o status quo instituído que está mais preocupado com o sucesso pessoal e familiar do que em corresponder a uma tarefa pública para a qual foi designado e eleito!… Uma verdadeira porra!
Anónimo 17.01.2020», aqui.

Governo continua a não investir no Distrito de Beja

Zé LG Zé LG, 17.01.20

Durante a discussão na especialidade do OE2020, o ministro das Infraestruturas foi questionado, pelo deputado do PCP, sobre os investimentos previstos projetos estruturantes do Distrito de Beja.

202001142058345517.jpgSobre a finalização do IP8 e a eletrificação/modernização da linha férrea Casa Branca/Beja/Funcheira, João Dias frisou que Pedro Nuno Santos disse que não há “investimentos previstos para estes projetos” e no caso da ferrovia remeteu esta possibilidade para “uma possível reformulação do Programa Nacional de Investimentos 2030 (PNI2030)”. Sobre o aeroporto disse que “tem vocação para ser a grande base militar do país”.

O PCP refere que os sucessivos Governos têm “deixado o distrito de Beja para segundo plano”.

Este é o PS que prometeu “fazer o que ainda não foi feito”, durante a campanha eleitoral, para depois, no governo, continuar a não fazer o que faz falta.

E o que têm a dizer acerca disto os senhores autarcas do PS que apelaram ao voto nas suas candidaturas para assim ser mais fácil conseguir os investimentos necessários do governo na região?

CDU acusa a EMAS de Beja de conseguir aumento dos proveitos às custas dos orçamentos familiares e pede revisão do tarifário

Zé LG Zé LG, 15.01.20

201903011553534329.jpgOs eleitos da CDU na Câmara Municipal de Beja informam que votaram contra a “manutenção da fatura da água” aprovada “pelo Executivo PS” por considerarem que a “injustiça” se mantém. Pedem a revisão do tarifário da EMAS e que seja cumprido o parecer da ERSAR que diz que «No caso do serviço de AR – Águas Residuais, a cobertura de gastos, com um indicador de 176%, é insatisfatória por ser excessiva, merecendo por isso uma reapreciação»”, dando razão à “leitura” desta situação por parte dos vereadores da CDU.

Alvitrando há 16 anos

Zé LG Zé LG, 14.01.20

Já passaram 16 anos sobre o dia em que decidi criar este blogue, a que chamei Alvitrando pelas razões divulgadas. Muito poderia dizer sobre o que tem sido esta aventura, sobre o tempo que ocupa e o trabalho que dá mantê-lo actual, o prazer e alguns dissabores que tenho tido, os ajustamentos feitos em função principalmente das minhas circunstâncias mas também do que os visitantes, designadamente os que comentam, "pedem", ... mas não vou entrar por aí. Hoje, fico-me apenas pela reafirmação de que tudo continuarei a fazer para que o Alvitrando continue a ser o espaço de liberdade como é reconhecido e a intervir activamente na sociedade, com especial enfoque na local.

Para assinalar a "efeméride", decidi mudar as "roupagens" do Alvitrando. Se tiver tempo e disposição, farei ainda mais algumas alterações e ajustamentos. Se quiserem contribuir com as vossas opiniões e sugestões pode ser que ajudem a torná-lo mais atrativo...

"E pasmo-me de espanto ao ler aqui alguns comentários"

Zé LG Zé LG, 11.01.20

"Eu não acho nada bem a forma como os sucessivos governos têm vindo a tratar o hospital de Beja, mas não tenho poder algum de mudar o que quer que seja.
Limito-me apenas a observar o panorama da saúde e não só, do distrito e da cidade em particular.
E pasmo-me de espanto ao ler aqui alguns comentários, e a forma leviana como alguns colegas/camaradas de blog analisam as diversas realidades com que nos deparamos no distrito e na cidade, e no caso particular, da saúde na região.
Oxalá que tivéssemos capacidade de alterar a decrépita situação sócioeconómica da cidade e da região, por que atrás certamente teriam que vir investimentos e competencias para o hospital.
Só que estamos nas antipodas, e é bom que tenhamos os pés bem assentes no chão. Já que é a única forma de reagirmos e lutarmos com estes fatalismos que nos querem impor.

Anónimo 06.01.2020 20:02", aqui.