Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
21
Jun 18

EstaoCPBeja.jpg

Foi assim que João Português, presidente da Câmara Municipal de Cuba, que tem estado a realizar uma série de audiências com os grupos parlamentares, com o intuito de apresentar um Caderno Reivindicativo, com o nome “O comboio que queremos”, e que integra o Conselho Regional do Alentejo de preparação da estratégia 2030, reagiu ao anúncio do Governo de deixar de fora do Programa Nacional de Investimentos, por mais 10 anos, a linha do Alentejo.

João Português diz mesmo, que depois deste anúncio, está na hora da CIMBAL – Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo tomar uma posição mais coesa sobre esta matéria, frisando que é isso que as populações esperam dos seus eleitos e que está na altura de endurecer as ações, assim como de tomar medidas.

publicado por Zé LG às 08:55
18
Jun 18

19 - Figura Inclusao.jpg

A Escola para Todos, como se dizia, ou Escola Inclusiva, como se diz hoje, tem de ser mais do que um slogan. Tem de integrar as políticas educativas e estar sempre presente na organização e práticas das escolas.

Agora que se iniciou a preparação do novo ano lectivo, a criação de turmas só com crianças ciganas e com horários desfasados das outras, para que as crianças se misturem o menos possível tem de ser liminarmente rejeitado pelas comunidades educativas e pelo governo.

inclusão.jpg

Um governo que, pela primeira vez na nossa História, é liderado por um primeiro-ministro de ascendência indiana e que integra uma ministra negra, um secretário de estado de etnia cigana e uma secretária de estado invisual não pode, mais do que qualquer outro, admitir práticas de exclusão ou segregação, como a que referi.

Não podemos conviver com essas práticas como se fossem normais, nos tempos que vivemos, porque não são aceitáveis.

Sei bem que não é fácil lidar com a diferença, mas também sei que a inclusão representa um investimento, porque faz de nós todos melhores pessoas e, consequentemente, ajuda a tornar a sociedade melhor e evita custos maiores para o Estado. 

publicado por Zé LG às 08:56
18
Jun 18

35422428_2079925265555889_5176665146327564288_n(1)

O presidente da Câmara de Aljustrel não poupou críticas à EDIA- Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas de Alqueva, no final da Feira do Campo Alentejano, considerando que a empresa caminha para algo que não é “bom”, eventualmente com a “conivência da tutela”.

Nelson Brito lamentou que a EDIA, apesar de ter estado representada institucionalmente, não tenha tido uma participação mais ativa no certame que acontece “num dos principais concelhos do regadio, onde estão a acontecer coisas”.

No entender do autarca, “a EDIA não pode estar só em Cascais. A EDIA não se pode promover só nessas coisas chiques. Tem que estar no território, perto dos seus empresários, perto do que está a acontecer”.

publicado por Zé LG às 00:45
17
Jun 18

bdc.jpg

sobre o Sporting, porque me interessam os temas relacionados com as organizações e o comportamentos

das pessoas em diversas situações e enquadramentos e desde que Bruno de Carvalho assumiu a sua presidência, designadamente nestes últimos tempos, transformou-se num manancial de material de estudo e análise nessas áreas.

 

 

publicado por Zé LG às 10:13
05
Jun 18

PCP.jpg

O PCP propõe medidas concretas para as obras de remodelação e ampliação do hospital de Beja. O projeto de resolução já foi entregue na Assembleia da República e, com o mesmo, o PCP espera uma posição definitiva do Governo sobre esta matéria, tendo em conta que a situação se agudizou e, atualmente, verifica-se “a continuada falta de profissionais e de meios para a prestação do serviço público, assim como uma a fragilização dos cuidados primários de saúde”.

João Dias, deputado eleito por Beja esclareceu que o PCP “vê o Alentejo como um todo” e afirmou que o Hospital Central, em Évora, é uma mais-valia, não entrando em conflito com a necessidade da ampliação do hospital de Beja, esperando que os outros grupos parlamentares acompanhem o PCP, votando favoravelmente neste projeto de resolução.

João Dias disse ainda que existem problemas ao nível das Urgências, das Consultas Externas que funcionam em contentores e do Bloco Operatório e que o Hospital de Beja não tem espaço disponível para a instalação de um equipamento de ressonância magnética, recordando que o distrito de Beja é o único do país onde não existe nenhum aparelho de ressonância magnética.

publicado por Zé LG às 18:27
05
Jun 18

Aeroporto-Beja-13-768x432.jpgA utilização do Aeroporto de Beja como alternativa à construção de um novo aeroporto no Montijo, é um “imperativo nacional”, considera o Movimento AMAlentejo, lembrando que “por essa Europa fora o que não faltam são aeroportos a mais de uma hora de viagem da capital que servem” e que “Um país endividado como o nosso não pode continuar a desbaratar recursos como se vivesse na abundância”. “Os milhões que se pretendem gastar na construção de um novo aeroporto no Montijo devem ser canalizados para electrificar a linha ferroviária Portalegre-Évora-Beja-Funcheira (ligação a Faro) com prioridade imediata para o troço Beja-Casa Branca”.

O AMAlentejo sublinha que o Programa Nacional da Política de Ordenamento do Território (PNPOT), cuja proposta de revisão está em discussão pública até ao próximo dia 15, prevê a construção do novo aeroporto do Montijo, sem considerar o aeroporto de Beja, que “reúne todas as condições que um novo aeroporto na grande Área Metropolitana de Lisboa não tem, nem nunca terá. Não tem problemas ambientais, situa-se numa das zonas de mais baixa densidade demográfica do País, não precisa de milhões de investimentos para funcionar, irá criar novas oportunidades de emprego e contribuir para o desenvolvimento de uma zona do interior até ao presente esquecida pelo centralismo cego e asfixiante de S. Bento”. 

Leia e oiça também AQUI as opiniões sobre o assunto de José Soeiro, da Comissão dinamizadora do movimento AMAlentejo. 

publicado por Zé LG às 12:51
28
Mai 18

Artur Pais, que presidiu o NERBE/AEBAL, mostra-se surpreso e decepcionado “com a pacatez que (…) as decisões têm provocado”, aludindo à decisão do Centro Multifuncional de Treino de Helicópteros ir para Sintra, ficando Beja de fora e, ao facto dos decisores políticos da região não se manifestarem sobre esta questão, apelando "aos Municípios, às Associações Empresariais, aos Movimentos de Cidadãos, aos Deputados por Beja e aos simples cidadãos para que façam o rigoroso escrutínio destas decisões para assim contrariarem o desmoronamento económico/social que nos ameaça”. 

BEJA +.JPG

O Baixo Alentejo não está nas prioridades do Governo”, frisa Florival Baiôa, dizendo que “na reprogramação do 2020, não há eletrificação da linha férrea, nem estradas, que o Centro Multifuncional de Treino de Helicópteros vai para Sintra e o Palácio de Justiça para 2022”. Posto isto, pede aos políticos da região uma tomada de posição e faz o balanço das ações que o Beja Merece+ tem no terreno.

publicado por Zé LG às 08:51
25
Mai 18

Portalegre.jpg

A presidente da Câmara de Portalegre acusou a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Alentejo de “esquecer drasticamente” o Alto e o Baixo Alentejo, no que diz respeito à distribuição dos fundos comunitários.

Para Adelaide Teixeira “esta descriminação é bem evidente” quando se olha para os números e nos deparamos, com “quase 93 por cento de fundos aplicados em Évora e os restantes míseros 7 por cento para repartir por Beja e Portalegre”.

A autarca afirmou ser “aviltante” olhar para estes números quando se fala tanto no Interior e em discriminação positiva e enviou ainda um recado ao Governo para que seja consequente com o que tem vindo a afirmar e que seja capaz de olhar para país como um todo e mobilize recursos para onde mais falta fazem.

publicado por Zé LG às 15:08
13
Mai 18

psd FOTO.JPG

O Partido Social Democrata escolheu a cidade de Beja para as comemorações do 44º aniversário.
O PSD já tinha vindo justificar a escolha da cidade de Beja para a realização da festa de aniversário do partido por esta “personificar alguns dos maiores desafios de Portugal no presente, designadamente a necessária reforma da descentralização”.
Rui Rio defendeu que “o país tem de olhar para o Alentejo (…) como uma oportunidade de desenvolvimento nacional”. Afirmando que esta tem sido uma “região historicamente sofrida (…) e esquecida pelos poderes políticos”, o líder do PSD desenvolveu ainda algumas ideias para colocar em andamento os pilares de desenvolvimento do baixo-alentejo.
Sobre o estado das acessibilidades rodoviárias, fez duras críticas ao estado do IP8 e a situação da A2 até Malhada Velha. Uma extensão que, apesar de estar concluída, está “incompreensivelmente encerrada ao trafego”.
Mais informação AQUI e AQUI.

publicado por Zé LG às 22:23
10
Mai 18

olivais.jpg

A Assembleia Intermunicipal da CIMBAL aprovou uma moção sobre o Impacto Ambiental das Monoculturas em Regime Intensivo. Um documento que foi enviado ao presidente da República, primeiro-ministro, aos ministros do Trabalho, Segurança Social, Ambiente e Agricultura e aos grupos parlamentares.

publicado por Zé LG às 01:01
09
Mai 18

Como será no próximo ciclo de programação, 20/30, que se vislumbrará a possibilidade de adopção de algumas medidas com consequências no estancar do despovoamento, deixamos à consideração as seguintes sugestões:

- Definição de um modelo de governação próximo e emergente dos territórios, com autonomia regional;

- Aumento em pelo menos um terço das dotações consignadas aos territórios de baixa densidade, enquanto compromisso médio no QREN e no PT2020;

- Apoio reforçado às empresas que promovam a fixação de população e o aumento do emprego em territórios de baixa densidade, com forte majoração da componente a fundo perdido, bem como do apoio a actividades que diversifiquem a base económica regional;

- Clarificação das políticas públicas com consignação de dotações muito expressivas ao desenvolvimento das mesmas.

fcaeiros

 

 

publicado por Zé LG às 08:53
07
Mai 18

jardel.jpg

Afinal o que é? A ter por base os comentários sobre o jogo e a arbitragem feitos, quer pelos intervenientes quer pelos comentaristas, parece que cada um tem a sua. E os factos, a partir do momento em que impuseram o novo acordo ortográfico e passaram a fatos, cada um veste o que quer. 
No Sábado à noite, estive a ver com a maior atenção possível o jogo entre o SCP e o SLB. Depois de ouvir alguns comentários, acho que me devo ter enganado e visto outro outro jogo qualquer que não aquele... Se calhar a confusão tem a ver com o facto de não ter aderido ao novo acordo ortográfico...

publicado por Zé LG às 00:42
06
Mai 18

IMG_4155.JPG

Foi nesta bela piscina municipal, que aprendi a dar as pimeiras braçadas, nos finais dos anos sessenta. Não tinha muito jeito para a natação, de que gostava muito e me fazia ter uma grande inveja dos campeões daquela altura: Os Espinho, os Nolasco, o Emídio, o Peres, a Palmira e tantos outros, que fizeram de Beja uma referência naquele desporto. E não posso nem quero terminar este apontamento sem referir alguém, que desde o princípio e até à sua aposentação, foi uma imagem de marca deste espaço - o Senhor Sesimbra, nadador-salvador, treinador e tudo o mais que fosse preciso.

publicado por Zé LG às 16:36
06
Mai 18

Reeleito pela CDU para a presidência de Alvito, António Valério acredita que “a realidade ultrapassa a dimensão ideológica”.

AJV.jpg

Alvito, um dos mais pequenos concelhos do País em termos populacionais, há duas eleições consecutivas que elege para a presidência da câmara, nas listas da CDU, um antigo professor de História. Neste entrevista partilhada entre o “Diário do Alentejo” e a Rádio Voz da Planície, o independente António João Valério revela por que razão não gosta de “ter compromissos” com qualquer ideologia política, queixa-se da falta de solidariedade entre os diferentes municípios do Baixo Alentejo em relação a temas fundamentais, acusa o Governo de valorizar pouco o território e, apesar de apoiar a carta de princípios do movimento Beja Merece +, diz não se reconhecer na sua denominação: “O Alentejo não se pode confundir com Beja”. 
Texto Paulo Barriga e Inês Patola Foto José Serrano.

publicado por Zé LG às 01:14
05
Mai 18

IMG_4083.JPG

Neste espaço, em que se realizou uma parte significatica da Festa do Azulejo, painéis de azulejos estão neste estado.

IMG_4137.JPG

publicado por Zé LG às 16:29
03
Mai 18

AJV.jpg

O presidente da Câmara Municipal de Alvito defende que é preciso trabalhar em conjunto e que o caminho passa por aprofundar as relações porque, na sua opinião, é fundamental pensar o território globalmente e não isoladamente como acontece neste momento. Segundo o autarca, a CIMBAL está a dar passos positivos tendo em vista a “união”. António João Valério afirma ainda que o Baixo Alentejo precisa de “um olhar mais atento de quem nos governa e uma posição mais reivindicativa de quem cá está”.

A entrevista a António João Valério passa esta tarde, às 18.00 horas, na Voz da Planície e está disponível na edição desta semana do Diário do Alentejo.

publicado por Zé LG às 00:42
01
Mai 18

... que "Se uma empresa precisa de Recursos Humanos e não os trata bem, então ela está a dar cabo do seu próprio negócio. A preocupação com as pessoas traz retorno evidente."

António Brandão de Vasconcelos, Chairman da Everis Portugal, in VISÂO de 19/04/2018.

publicado por Zé LG às 12:21
01
Mai 18

RUI RIO DEFENDE “DISCRIMINAÇÃO POSITIVA” PARA O INTERIOR

Rui-Rio-768x512.jpg

Rui Rio disse não compreender porque razão uma capital de distrito como Beja não tem um acesso de “primeira qualidade”.

O líder do PSD defendeu que é necessário “reequilibrar o país” e criar uma “discriminação positiva” para o interior.

Sobre a Ovibeja, Rui Rio referiu que “mostra a pujança que tem um distrito do interior” como Beja.

 

CATARINA MARTINS DIZ QUE ATRASOS NAS ACESSIBILIDADES PROVOCAM “ENORME PREJUÍZO PARA A POPULAÇÃO”

Catarina-768x512.jpg

A coordenadora do Bloco de Esquerda disse a que o país precisa “de um programa de desenvolvimento das infraestruturas que crie coesão territorial”.

As ligações rodoviárias e ferroviárias “têm sido promessas sucessivamente adiadas com enorme prejuízo para a população” e para o tecido económico, adiantou.

 

ASSUNÇÃO CRISTAS NÃO POUPOU CRÍTICAS AO GOVERNO

Assunção-Cristas--768x512.jpg

A líder do CDS-PP criticou os atrasos no PDR 2020. Em seu entender, o Programa de Desenvolvimento Rural está parado por falta de “vontade política” do Governo, por o executivo não querer “injectar” mais verbas no Programa.

Estamos num espaço comum em que todos os agricultores competem uns com os outros. Se nuns Estados há apoios e noutros não há, são os agricultores que ficam desfavorecidos. A agricultura portuguesa e a economia ficam penalizadas”.

 

JOSÉ LUÍS FERREIRA ACHA QUE “OVIBEJA VALORIZA O SETOR AGRÍCOLA”

VERDES.JPG

José Luís Ferreira, deputado do Partido Ecologista “Os Verdes" referiu que este é um momento importante na valorização do setor agrícola. Sobre as necessidades da região afirmou que é inadmissível não estar eletrificada a linha férrea Beja/Casa Branca e e que o IP8 não seja inaugurado, avançando que vai questionar o Governo sobre esta matéria.

publicado por Zé LG às 01:08
29
Abr 18

105.JPG

publicado por Zé LG às 00:44
26
Abr 18

A ULSBA reconhece que existem “dificuldades em várias especialidades, e constrangimentos em atrair e fixar novos profissionais médicos na região”, mas garante “tudo fazer e continuar a fazer, para encontrar soluções concretas para os problemas”.

O Conselho de administração da Unidade Local de Saúde refere que “nos primeiros meses de 2018 (…) existiram “dificuldades nos stocks dos materiais de consumo corrente, que obrigou a um esforço na gestão dos mesmos”, no entanto “não se verificaram falhas que colocassem em causa os tratamentos e cuidados dos doentes”.

publicado por Zé LG às 08:50
Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
24
25
26
27
28
29
30
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Quanto ao relevante disse... nada.Então vamos lá:1...
Incompetência,incompetência...nada fazer nem nada ...
Para o inefável Adalberto, está tudo no melhor dos...
E quem é agora o administrador da Resialentejo? E ...
É uma tendência que se agravará ainda mais, pois o...
Será bom perguntar ao sr Arquiteto José Falcão e s...
Mais valia substituírem este deputado pelo profess...
O deputado João Dias avançou à Voz da Planície, as...
Já não seria sem tempo. Ufffffff
Cuidado, é perigoso comentar. O Ministério Público...
Aquisição de Serviços de Reengenharia e gestão Tra...
É perguntar ao professor Picado. De certeza que el...
E alguém sabe o que é isto?http://www.base.gov.pt/...
A juntar a estes 134 mil.http://www.base.gov.pt/Ba...
Vai aconselhando o jovem autarca nas contratações ...
blogs SAPO