Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“Ovibeja deverá ser entendida como uma voz da região. Sem quintais, ou quintinhas.”

Zé LG, 14.05.22

OPINIAO_RUI_GARRIDO-768x364.jpgA agricultura e o mundo rural mobilizam-se no campo, mas é na cidade que germina a sua capacidade de se interligar e interrelacionar com todos. Uma das grandes expressões do mundo rural é a Ovibeja que, na edição deste ano nos trouxe a gratificação de nos sentirmos todos juntos, superando as expectativas, e a média dos anos anteriores, em relação ao número de visitantes e também de participantes nos colóquios.

Podemos dizer que Ovibeja é uma instituição na região. É festa, é tradição, ruralidade, mas é, sobretudo, intervenção cívica. É um evento que, ao reunir as diferentes áreas de atividade da região, diferentes sensibilidades, áreas de formação e de intervenção, deverá ser entendida como uma voz da região. Sem quintais, ou quintinhas. Porque, o mais importante é saber potenciar a atenção suscitada sobre a região.

“Mundo Rural no Montado Séc. XX” em exposição em Portel

Zé LG, 06.02.22

Untitled-1-690x450.jpg

Decorre até ao final deste mês, no Pavilhão Temático – A Bolota, em Portel, a exposição “Mundo Rural no Montado Séc. XX”, com um vasto espólio de fotografias e objectos agrícolas do século passado, da autoria de Fernando Gil.

A exposição pode ser visitada de 3ª Feira a Domingo, das 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 18h00.

Porque não se faz o que é necessário e custa pouco?

Zé LG, 12.09.21

IMG_7634.JPGO Largo Francisco Miguel Duarte é um dos poucos espaços públicos do Penedo Gordo onde as pessoas, podem conviver, realizando-se aqui algumas festas familiares . Há quatro ou cinco anos, o Parque Infantil foi talmente remodelado, encontrando-se em boas condições de utilização. Entretanto, por diversas vezes, tenho "desafiado" as autarquias a dotarem o espaço de equipamentos de recolha de lixo e de iluminação que permita uma melhor e mais prolongada utilização. Até agora, é o que se (não) vê...

IMG_7978.JPG

Pedro do Carmo diz que o Mundo Rural precisa “de respostas justas, sustentáveis e adequadas à diversidade das realidades” da Europa

Zé LG, 21.06.21

Pedro-do-Carmo-Conferencia-Interparlamentar-2021-p“Não há nenhuma razão válida para que as políticas europeias e os instrumentos de apoio não respondam aos desafios estruturais e as novas realidades. Não respondam às pessoas e aos territórios. É possível transformar a vida das pessoas, as atividades económicas e os territórios, como fizemos com o projeto do Alqueva”, advogou o presidente da Comissão Parlamentar de Agricultura e Mar (e deputado do PS eleito por Beja).
Pedro do Carmo defende que “tem de haver uma preocupação com a sustentabilidade das pessoas nos territórios rurais, com investimentos que contribuam para a produção de bens de qualidade, a criação de postos de trabalho, a fixação de populações e os novos equilíbrios ambientais”.
“O mundo rural tem futuro e quer fazer parte da construção do futuro. Conjugar a coesão, a renovada Agenda Rural e novas soluções de Política Agrícola Comum são fundamentais para a sustentabilidade e para que existam instrumentos que não deixem ninguém para trás”, afirmou Pedro do Carmo, rematando: “Não deixar ninguém para trás” e “fazer tudo pelo reforço da coesão e a inversão de tendências negativas do mundo rural são apenas dois dos grandes desafios. Precisamos de estar sintonizados com as pessoas e com os territórios rurais”.

“Recenseamento Agrícola 2019 confirma penalização da Agricultura Familiar”

Zé LG, 26.12.20

Numa primeira análise aos resultados preliminares do Recenseamento Agrícola 2019, divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) a 18 de Dezembro, a CNA assinala com preocupação o encerramento de 15,5 mil explorações agrícolas nos últimos dez anos, quebra registada, sobretudo, entre os pequenos e médios agricultores, a Agricultura Familiar.

202006011640075390.jpgA Agricultura Familiar é fundamental para fixar as populações nos territórios rurais, para fortalecer as economias locais, para abastecer os mercados locais com alimentos culturalmente adequados, para reduzir a dependência alimentar do exterior, para preservar a agrobiodiversidade e mitigar as alterações climáticas." Pode ler-se no documento enviado à nossa redação.

“A Pecuária Extensiva Face aos Novos Desafios da PAC” em debate entre portugueses e espanhóis

Zé LG, 20.10.20

cartaz-webinar-pt-1024x523.jpg

Este webinar, que substitui o II Congresso Luso-Espanhol de Pecuária Extensiva e Desenvolvimento Rural, mantém os grandes temas da actualidade, designadamente, a reflexão em conjunto sobre os novos desafios da PAC à pecuária extensiva. Esta abordagem é feita entre pares, no interior do setor produtivo, mas também dirigida ao público em geral tendo em conta a necessidade de debater a autossuficiência e a segurança alimentar, a saúde, o bem-estar animal, a defesa da dieta mediterrânica e a preservação da biodiversidade. Para inscrição ou mais informações sobre o webinar consultar o portal: https://congresso-pecuaria-extensiva.pt/

Os 15 melhores hotéis rurais do Alentejo

Zé LG, 28.06.20
  1. 1. The Lodge – Herdade do Zambujal (9.8) — Castro Verde
  2. 2. Casas de Juromenha (9.6) — Juromenha
  3. 3. TEIMA, Alentejo SW (9.6) — São Teotónio
  4. 4. Casa da Urra (9.5) — Portalegre
  5. 5. Monte da Estrela – Country House & SPA (9.5) — Mourão
  6. 6. Casa do Roxo (9.5) — Beja
  7. 7. Herdade Do Touril (9.4) — Zambujeira do Mar
  8. 8. Naturarte Campo (9.4) — Vila Nova de Milfontes
  9. 9. Monte Da Galrixa (9.3) — Zambujeira do Mar
  10. 10. Alentejo Marmòris Hotel & Spa (9.3) — Vila Viçosa
  11. 11. A Serenada Enoturismo (9.2) — Grândola
  12. 12. Hotel da Barrosinha (9.2) — Alcácer do Sal
  13. 13. Herdade da Rocha – Boutique Lodge (9.0) — Crato
  14. 14. Herdade do Vau (9.0) — Beja
  15. 15. Monte Gois Country House e Spa (9.0) — Almodôvar

14539261 Vau.jpg

Esta classificação foi atribuída com base na opinião do utilizadores da maior central de reservas de hotéis do mundo, o Booking.com. Pode ver mais aqui.

Vale o que vale, como qualquer outra, mas serve para divulgar e promover o turismo n(do) Alentejo.

Plano de Intervenção em Espaço Rústico do Trancoso e Fonte da Telha em discussão pública, em Alvito

Zé LG, 13.06.20

Trancoso.jpgO Plano de Intervenção no Espaço Rústico (PIER) consubstancia uma modalidade específica de Plano de Pormenor (PP) cujo objetivo decorre da oportunidade deredinamização da atividade agrícola, indo de encontro àsOpções Estratégicas de Base Territorial, para o Concelho de Alvito, definidas pelo Plano Regional de Ordenamento do Território do Alentejo (PROTAlentejo), bem como dos objetivos estratégicos de desenvolvimento preconizado no Plano Diretor Municipal(PDM), designadamente nos referentes ao ‘Desenvolvimento Sustentado da Economia’ nos quais o turismo e o setor primário assumem um caráter preponderante

Os documentos que constituem a proposta poderão ser consultados no sítio da internet do Município de Alvito em https://www.cm-alvito.pt/pt/menu/418/plano-de-intervencao-em-espaco-rustico.aspx.

Exposição “Os Campos do Baixo Alentejo da década de 1950” em Vidigueira

Zé LG, 26.01.20

O Museu Municipal de Vidigueira tem patente até 21 de fevereiro, a exposição “Os Campos do Baixo Alentejo da década de 1950”.

20200123163137436.jpgA exposição é promovida pelo Museu da Ruralidade de Entradas-Castro Verde e pretende mostrar “um conjunto de peças relacionadas com as atividades agrícolas do Baixo Alentejo da década de 1950”.

Ourique faz manutenção de caminhos rurais

Zé LG, 06.11.19

Ourique-768x432.jpgA Câmara de Ourique está a realizar um conjunto de intervenções nos caminhos rurais da freguesia, que serão de seguida, extensivos a outros pontos do concelho “como meio de assegurar melhores condições de mobilidade em espaço rural, para os residentes e para todos envolvidos nas diversas atividades rurais”.

Estas vias rurais destinadas a permitir a acessibilidade ao espaço rural e às explorações agrícolas, pecuárias e silvícolas são fundamentais para o tráfego, a entrada dos fatores de produção e o escoamento dos produtos.

 

“XII Jornadas FENAREG” debatem, em Odemira, Agricultura-Ambiente-Território

Zé LG, 30.10.19

A FENAREG e a Associação de Beneficiários do Mira organizam a 6 e 7 de Novembro, em Odemira, o Encontro Regadio 2019 “XII Jornadas FENAREG”, que terão como tema central o trinómio Agricultura-Ambiente-Território e os desafios dos Aproveitamentos Hidroagrícolas para além da gestão da água.

regadio.jpg

Este evento assinala o 50º aniversário do Aproveitamento Hidroagrícola do Mira, um perímetro de rega com 12 mil hectares de área beneficiada, cuja origem da água é a albufeira criada pela Barragem de Santa Clara, no rio Mira, onde se pratica uma agricultura de regadio com vocação exportadora e um forte contributo para o desenvolvimento sócio-económico do território do sudoeste alentejano e da costa vicentina.

Estrela eleita “Aldeia dos Sonhos 2019”

Zé LG, 20.10.19

estrela.jpg

A Aldeia dos Sonhos é um programa promovido e organizado pela Fundação INATEL, pelo sexto ano consecutivo, dirigido a aldeias com menos de 100 habitantes.

Constituída por 50 residentes permanentes, a localização, isolamento e simplicidade conferem à Aldeia da Estrela um encanto especial, cheio de potencialidades turísticas. É um local paradisíaco, com magnificas paisagens e onde podemos respirar a calma e a tranquilidade alentejanas.

Arronches inaugura Centro Interativo da Ruralidade

Zé LG, 22.06.19

museu.jpgO novo Centro Interativo da Ruralidade de Arronches (CEIRA), no Alto Alentejo, uma homenagem ao agricultor, aos trabalhadores do campo e ao duro trabalho da terra noutros tempos, vai expor mais de mil utensílios e peças agrícolas que foram sendo recolhidas ao longo de anos pelos agricultores da região.

Este novo museu em Arronches resulta da recuperação de um antigo lagar de azeite, num investimento de cerca de 800 mil euros, e vai ser inagurado no próximo dia 23 de junho, por altura das festas populares de S. João.

Imagem de capa de postal da Coleção de Énio Semedo.

Roteiro “Pelos Campos de Beja-Histórias que convidam à visita” apresentado em Beja e Lisboa

Zé LG, 05.06.19

201906041123074993.jpg

Segundo a autarquia bejense “é um documento para várias percepções: os textos permitem conhecer o génio destes lugares, e as ilustrações de Susa Monteiro são um convite que alimenta e enriquece o imaginário da visita”.
Este roteiro está integrado numa linha de publicações intitulada Caminhos da Memória e terá em breve a acompanhá-lo um outro roteiro dedicado às ruas de Beja, “Pelas Ruas de Beja-Histórias que convidam à visita” terão ambos traduções em inglês e em espanhol.

No próximo sábado, o roteiro vai ser apresentado, em Lisboa, na Feira do Livro, a partir das 17h00.