Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PCP e BE homenageiam Catarina Eufémia

Zé LG, 18.05.24

438162991_765573265680728_3208593198877994493_n.jpgEste ano, assinalam-se 70 anos da morte de Catarina Eufémia, assassinada em Baleizão no dia 19 de maio, e, para o próximo domingo, estão marcadas iniciativas do PCP e do Bloco de Esquerda.

A homenagem do PCP, conta com as presenças do secretário-geral, Paulo Raimundo, e do cabeça de lista da CDU ao Parlamento Europeu, João Oliveira, e decorre desde as 11.00 horas, no Largo da Igreja, terminando com um comício, no Parque da Bela Vista.

A homenagem do BE, começa às 17.00 horas, com um Roteiro Histórico, desde o Largo Catarina Eufémia, terminando no cemitério de Baleizão com uma homenagem a Catarina Eufémia e ao seu sobrinho Manuel da Saudade, dinamizador da UCP “Terra de Catarina”, com a presença do líder parlamentar do BE, Fabian Figueiredo.

"Como não ser feminista? Como não erguer a voz?"

Zé LG, 09.03.24

432148677_10219355189631006_1645467154206969203_n.jpg«Quando andava na escola primária os meninos fugiam atrás das meninas para lhes levantarem as saias. Elas gritavam. Eu encostava-me à parede do recreio, procurava a invisibilidade e, em silêncio, agradecia não ser moça do seu agrado.

A primeira vez que um homem me forçou a um beijo na boca eu tinha 8 anos. Foi na Vidigueira, à porta do café que existia em frente ao antigo edifício da rádio. Ele tinha a idade dos meus pais e eu sabia quem era. Só contei à minha mãe o ano passado. Fez-se silêncio!

 

Gestora da Herdade Cortes de Cima eleita um dos 40 líderes jovens mais promissores da Europa

Zé LG, 09.03.24

1876825.jpgAnna Jorgensen, da Herdade Cortes de Cima, no concelho de Vidigueira, foi eleita um dos 40 líderes jovens mais promissores da Europa, pela Friends of Europe, com sede em Bruxelas, que justifica a escolha com a “missão” que esta enóloga e gestora abraçou, apostar numa “produção sustentável e biológica, com impacto ambiental mínimo”, designadamente “práticas que permitem reduzir a irrigação e a policultura, para aumentar a resiliência da vinha a longo prazo”, particularmente relevantes, numa região como o Alentejo, que “enfrenta desafios acrescidos em matéria de alterações climáticas, por exemplo a escassez de água”, tendo, em dois anos, reduzido os hectares de vinha, para metade, usando a terra de forma mais “sábia”, produzindo uvas de maior qualidade, e introduzindo “biodiversidade animal e plantas”. Daqui e daqui.

“Talvez faltem Odetes Santos na política actual!”

Zé LG, 30.12.23

Sem nome (86).png«Talvez faltem Odetes Santos na política actual! Assiste-se cada vez mais, ao vociferar (ou papaguear) de frases feitas, a manifestações politicamente correctas, mas que na realidade, poucas consciências despertam, ao contrário da figura de OS! Dá trabalho, causa incómodos, e esboroa o status quo "porreirista" em que os partidos vivem! Este modus vivendi partidário, vai permitindo empregar boyada mal preparada, carreirista e oportunista q.b.! Fazem falta figuras incómodas (ou pouco acomodadas), ousadas e problematizadoras por tudo aquilo que acrescentam às estruturas políticas, como uma espécie de espaço de debate e de auto análise! Por essa mesma razão, se assiste cada vez mais, a uma perpetuação do poder, que nem com a substituição esporádica dos actores e dos líderes, se consegue reinventar e/ou transformar positivamente! Anónimo, 28.12.2023», aqui.

“Parece-me que estamos a viver uma situação muito perigosa de regressão da liberdade.”

Zé LG, 02.11.23

Sem nome (61).png«No passado foi difícil recuperarmos em Espanha as nossas liberdades, sofremos censura. Por isso, estou demasiado velha para aceitar qualquer tipo de censura e não vou exercer autocensura. Estou aberta ao debate, a discutir com os outros as suas posições, sejam elas quais forem, e elas podem, ou não, convencer-me. Mas, o debate parece-me ser o que nos faz avançar, o que nos faz progredir. O que não estou disposta a fazer é que me imponham o que devo pensar. Preocupa-me muito que haja muita gente com medo de não ser, como dizemos em Espanha, politicamente correto. Isto não se refere apenas à política, refere-se a todos os aspetos da vida. Portanto, esta cedência de liberdade por medo do que as redes sociais possam dizer, por medo do que aqueles que foram eleitos possam fazer…não sei, acho que estamos a viver numa espécie de big brother, aquilo ao que George Orwell chamava o Ministério da Verdade. Vivemos numa sociedade absolutamente orwelliana, em que nos dizem o que temos de pensar, o que temos de dizer, parece-me absolutamente monstruoso. Essa é a semente do fascismo.» - Julia Navarro, escritora espanhola, romancista premiada, em entrevista a Jorge Andrade, aqui.

Morreu Helena Cara Nova

Zé LG, 13.06.23

Helena.png

Maria Helena Saramaga Cara Nova, de 66 anos, natural de Beja, morreu ontem no Hospital em Torres Vedras. O funeral realiza-se amanhã, às 11:30, da Casa Mortuária para o Cemitério de Beja.

A Helena Cara Nova era uma mulher bem disposta, que cultivava as amizades, para quem tinha sempre uma palavra ou gesto de simpatia. Recordo a forma amiga e simpática com que sempre me tratou.

Trabalhou na Associação Comercial do Distrito de Beja e foi Delegada do INATEL, tendo nessa qualidade contribuído para a afirmação da OVIBEJA com os festivais de folclore. Foi fundadora do PPD/PSD em Beja, tendo exercido alguns cargos de direcção e sido eleita em órgãos autárquicos.

À família e ao PSD apresento os meus sentidos pêsames.