Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

A situação de seca em Portugal “é muito preocupante”

Zé LG, 16.05.23

naom_62d9c0b193195.jpg“Em relação à seca, a situação é muito preocupante, mas hoje estamos muito mais bem preparados do que estaríamos no ano passado, há dois anos ou há três anos em relação a esta matéria. Nós sabemos bem que as secas são cíclicas. Vivemos o abril mais quente de sempre, com três ondas de calor, com temperaturas médias e máximas acima do normal. Hoje a quantidade de água no solo é muito baixa”, explicou Maria do Céu Antunes.

“Nós precisamos de garantir disponibilidade. Temos de o fazer a partir de novas origens, sejam águas residuais tratadas ou da própria dessalinização, onde já existem projetos a serem desenvolvidos. Há também um conjunto de medidas que não diria estruturais, mas que são neste momento conjunturais que os agricultores hoje, por estarmos numa situação de força maior, já podem acionar, como por exemplo, as terras que estão em pousio ou culturas que não se desenvolveram suficientemente poderem ser pastoreadas”, relatou a ministra da Agricultura, no dia que em o Governo apresentou os novos apoios aos agricultores, de 180 milhões de euros, para fazer face ao aumento dos custos de produção.

António Costa engana pensionistas e trata-os como atrasados mentais

Zé LG, 05.09.22

AC.pngAntónio Costa anunciou, esta noite, as medidas para combater o enorme aumento de preços, provocados pela pandemia, pela guerra na Ucrânia e – o que de poucos falam -, pela especulação dos preços que grandes empresas de sectores fundamentais estão a fazer, obtendo lucros pornográficos. Fez a apresentação com pompa e circunstância e com os habituais truques, sendo o mais sádico o utilizado para apresentar os apoios aos pensionistas. Com efeito e tal como disse, a meia pensão que o Estado vai pagar a mais em Outubro é uma antecipação de parte do aumento que teria de ser pago, por força da lei, no próximo ano. Não se trata pois de um apoio, sendo, por isso e desde logo, os pensionistas excluídos dos apoios para fazer face ao aumento do custo de vida. Mas, pior ainda, os pensionistas, para além de irem receber menos do que a que tinham direito no próximo ano irão ser penalizados a partir de 2024, porque, mesmo que se mantenha a lei actualmente vigente, os aumentos a partir daquele ano serão calculados a partir de valores inferiores. Senão vejamos: Um pensionista que tenha uma pensão de 1.000,00 euros, deveria passar a receber 1.080,00 euros (+ou-) em 2023 e a pensão de 2024 seria calculada com base neste valor. Assim, com este golpe de ilusionista, esse mesmo pensionista irá receber 1.040,00 euros (+ou-) em 2023 e a pensão de 2024 será calculada com base neste valor. E assim sucessivamente… Com este golpe de ilusionista, António Costa vai degradar ainda mais o valor das pensões de reforma. A um primeiro-ministro exige-se mais respeito por quem trabalhou toda a vida e investiu na segurança social para ter uma vida digna quando se reformasse.