Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Inauguração do Centro de Valorização da Viola Campaniça, em São Martinho das Amoreiras

Zé LG, 15.06.24

Centro-Valorizacao-Viola-Campanica_800x800.jpgO Centro de Valorização da Viola Campaniça e Canto de Improviso de São Martinho das Amoreiras vai ser inaugurado hoje, pelas 17.30 horas. A cerimónia contará com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Odemira, Hélder Guerreiro, e do Presidente da Junta de Freguesia de São Martinho das Amoreiras, Nuno Duarte, bem como dos tocadores, cantadores, mestres, alunos e professores, que têm perpetuado este património imaterial da região.

Festival NADA- Na Alma do Alentejo em Beja

Zé LG, 06.06.24

202406032029219726.pngA dar continuidade ao Santa Maria Summer Fest, a Associação Juvenil Culturmais  recomeçou do zero com o NADA- Na Alma do Alentejo, um festival de música alternativa que se caracteriza pela diversidade nacional e internacional. Para além dos concertos, que terão lugar no Parque de Feiras e Exposições, este ano o Festival contará também com uma palestra tertúlia sobre o Cante Alentejano, com a presença dos Cantadores do Desassossego, e exposições de pintura e de fotografia, na Praça da República, patentes ao público no próximo sábado. Daqui

“Conectar o Baixo Alentejo ao Mundo através da Arte, da Ciência e da Ecologia”

Zé LG, 02.06.24

… é o objetivo dos “Encontros de Alvito”, que chegam ao fim, hoje, às 21:45 horas, no Parque dos Encontros, e que este ano teve como mote “O Tempo”.

Encontros-de-Alvito.jpgMais que um festival, a organização do evento considera tratar-se “um movimento que propõe uma transformação”. Gonçalo Pôla, coordenador do Festival, sublinha que se trata de um evento “autêntico e diferenciador”. Ouvir aqui.