Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Terras Sem Sombra em Serpa

Festival-768x432.jpgSerpa é o segundo destino proposto pelo programa do Terras sem Sombra (TSS) 2019, que sugere para este sábado, e domingo, ouvir as vozes das aves na natureza, escutando-as em obras de grandes compositores, aprender a entoar o cante, preservar as raças de gado do Alentejo e conhecer o genoma do sobreiro.

Leia e oiça mais aqui e aqui.

“Terras sem Sombra” levou comitiva aos EUA para apresentar o Festival e o Alentejo

201901111642511831.jpgA 15ª edição do Terras sem Sombra (TSS) tem como país convidado os Estados Unidos da América (EUA) e já está em terras do Tio Sam para fazer a apresentação do Festival de 2019 e do cante alentejano, património imaterial da humanidade.

O TSS tem uma delegação de 50 pessoas nos EUA até ao dia 16 deste mês e afirmar o Alentejo enquanto destino privilegiado de arte e natureza é o objetivo do Festival, uma organização da Associação Pedra Angular, que apresenta, em 2019, a 15.ª edição.

Centro Interpretativo para o Cante Alentejano vai ser criado em Serpa

201812261526079364.jpgA Câmara de Serpa tem em exposição, na Casa do Cante, o projecto de Arquitectura do Centro Interpretativo para o Cante Alentejano, da autoria de João Abreu.

A obra tem o valor de 120 mil euros e um prazo de execução de 10 meses.

Com a construção do Centro Interpretativo, a autarquia pretende criar “um espaço expositivo maior, que permita uma utilização mais ampla”.

Projeto Os Gerúndios convida a ouvir e a dançar

201810161744145688.jpg

Elias Caliço e Rodrigues Rosa, alter egos de Paulo Ribeiro e Manuel Nobre, acabam de estrear Os Gerúndios, um projeto musical que contém diferentes sonoridades, e ritmos, que convidam à dança. “Dança comigo Delfina” é o single de estreia, que já pode ouvir na página oficial de facebook d'Os Gerúndios.

Os dois músicos alentejanos reuniram-se, recentemente, para compor e produzir temas “ao sabor de ideias que vão surgindo naturalmente” e que depois desenvolvem em conjunto, em casa ou no estúdio, “de forma desapressada”, tal como revela Paulo Ribeiro.

Concerto Solidário para Associação de Amigos das Crianças da Buganvília

Concerto Solidário: 13 de Outubro pelas 21h00 na Capela da Verónica (Rua da Verónica, 31), Campo de Santa Clara.

LOGOS1.jpg

Rui de Luna convida para um concerto de autor para angariação de fundos para a Associação de Amigos das Crianças da Buganvília, onde se pretende reunir fundos para apoiar o Natal destas crianças e colónias de férias. 
Venha assistir e ajude esta causa.  

Maria Antónia Goes

Filipa Soveral

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se eles viessem da margem esquerda, só paravam no ...

  • Anónimo

    O chamado comentário de caca!...Ou "porque no te c...

  • Viriato

    O debate não deve ter ido ao encontro daqueles que...

  • Anónimo

    O conselho consultivo tem existido para cumprir a ...

  • Anónimo

    Depois seria possível a travessia dos elefantes, s...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds