Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Carlos Borralho apresenta livro sobre “Sistemas de planeamento e controlo de gestão”

201901141117328736.jpgO auditório da Biblioteca Municipal José Saramago em Beja recebe, esta noite, às 21.30 horas, no âmbito das “Conversas com B de Beja”, a apresentação do livro “Sistemas de planeamento e controlo de gestão : fundamentos e ferramentas de suporte”, da autoria de Carlos Borralho, a cargo de João Paulo Trindade e João Carlos de Magalhães.

O autor é Doutor em Gestão, Mestre em Organização e Sistemas de Informação, Licenciado e Bacharel em Gestão de Empresas, que em como actual foco de investigação o e-government, o e-business, o impacto económico e, naturalmente, o controlo de gestão.

Napoleão Mira lançou “Olhares: Relatos da Índia”

201901030711431.jpgA Índia é uma terra de contrastes, apaixonante e de cores vivas, mas também a paisagem do novo livro de Napoleão Mira, que depois de duas viagens à Índia não deixou de registar em palavras o que viu e sentiu. Assim nasceu Olhares: Relatos da Índia, livro que o autor entradense lançou em Dezembro e que está a venda, através do site www.napoleaomira.com ou contactando directamente o autor.

“Um certo e incerto Alentejo”, de António José da Costa Neves, vence Prémio Literário Joaquim Mestre

Foto E. S. Tagino.JPG

capa Um certo incerto Alentejo.jpg

É apresentado ao público, amanhã, 15, pelas 16:30, na Biblioteca Municipal de Beja – José Saramago, a obra vencedora da 1ª edição do Prémio Literário Joaquim Mestre.

O romance intitulado “Um certo e incerto Alentejo”, da autoria de António José da Costa Neves, foi escolhido por unanimidade pelo júri do concurso, e a publicação acontece neste final de ano, conforme previsto no regulamento do prémio.

O Prémio Literário Joaquim Mestre foi instituído pela ASSESTA – Associação de Escriores do Alentejo em parceria com a Direção Regional de Cultura do Alentejo e contou com o apoio do Município de Beja.

 

Miguel Rego apresenta “Mar de um tempo sem âncoras” em Castro Verde

46756797_2448088305207302_9189199005010100224_n.jp

A apresentação do livro vai ser feita pelo professor e escritor Vítor Encarnação e pelo editor Mário Galego, no âmbito do projecto “Livros que falam” da Universidade Sénior de Castro Verde, hoje, às 18.00 horas, nas instalações da Universidade. Está também previsto um momento cultural com os professores do Conservatório Regional do Baixo Alentejo, Vasken Fermanian, violino, e José Micael, guitarra clássica.

 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Então já se nota os efeitos do saneamento politico...

  • Anónimo

    Mais tarde o mais cedo, assim os nossos representa...

  • Anónimo

    É óbvio que não és comunista...

  • Anónimo

    Muito bem. A cegueira partidária não pode deixar d...

  • Anónimo

    Teremos de concluir,perante o que aqui dizem,neste...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds