Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Jovem de Castro Verde lidera Associação de Estudantes do ISTécnico

Zé LG, 10.11.21

Goncalo-Mamede-pftkjz7qtbuwus0tbxkt2q6iysvc5heiyzqO jovem Gonçalo Mamede, de 22 anos e natural de Castro Verde, é o novo presidente da Associação de Estudantes do Instituto Superior Técnico (AEIST) de Lisboa, uma das universidades nacionais de referência na área das engenharias.

Licenciado em Ciências da Engenharia – Ramo de Engenharia do Ambiente e a frequentar o segundo ano do mestrado em Engenharia do Ambiente, Gonçalo Mamede foi eleito no final da passada semana e admite que é “uma honra” e “uma enorme responsabilidade” presidir à AE do IST. “Mais do que honrar os grandes nomes que já passaram por esta casa, tenho ainda a ambição de fazer melhor e continuar o rumo de crescimento da associação”, afiança.

Quem ganhou e perdeu o quê e para quem em Lisboa

Zé LG, 30.09.21

Lisboa.jpgMuito se tem falado na vitória do PSD (e CDS) em Lisboa. Analisando os dados, verifica-se que a votação na coligação de direita para a Assembleia Municipal foi inferior (- 0,92) à soma obtida pelo PSD e CDS, há quatro anos, enquanto para a Câmara Municipal foi superior (2,45), de onde se pode concluir que a vitória foi mais de Carlos Moedas do que da coligação de direita. Mas, mesmo esta, importa referir que foi alcançada com 34,26% (7 eleitos) contra 50.02% (10 eleitos) dos partidos da "geringonça".

A descida significativa da votação no PS, quer para a Assembleia Municipal quer para a Câmara Municipal foi sensivelmente igual, tal como a registada pelo BE, enquanto a subida registada na CDU foi mais acentuada para a Câmara Municipal, com natural influência de João Ferreira.

Quanto à questão, muito discutida, de onde vêm os votos alcançados pelo Chega e pela IL, parece, neste caso, mais ou menos evidente.

IL de Odemira critica Carlos Moedas por referir a existência de “Odemiras em Lisboa”

Zé LG, 25.08.21

Iniciativa-Liberal-pc4i03xbefarqblru7ea7dhdrtm3ttoA Iniciativa Liberal (IL) de Odemira acusa o candidato (que é natural de Beja) da coligação PSD/CDS-PP à Câmara de Lisboa de utilizar o nome do concelho do Litoral Alentejano “em vão”, considerando que Odemira “não é um adjetivo e muito menos um adjetivo pejorativo”, a propósito da recente entrevista de Carlos Moedas ao “Diário de Notícias”, em que se referiu à existência de “Odemiras em Lisboa”, concluindo que: “É infeliz constatar que a vivência em Lisboa e os tempos nos corredores de Bruxelas causaram-lhe amnésia do que é a realidade do seu Alentejo natal. Não sabemos se conhece bem Lisboa, mas desconhece Odemira”.

Bejense Carlos Moedas é candidato do PSD à Câmara de Lisboa

Zé LG, 25.02.21

Rui Rio recebeu hoje, na sede nacional do PSD, Carlos Moedas e anunciou o ex-comissário europeu como candidato da coligação PSD/CDS a Lisboa.

CM.png

Nascido em Beja em 1970, Carlos Moedas licenciou-se em Engenharia Civil pelo Instituto Superior Técnico, em 1993, e é atualmente administrador da Fundação Calouste Gulbenkian, para o mandato 2020-2025.

Com um percurso profissional na área financeira e de investimentos, da sua carreira política destaca-se a eleição como deputado por Beja em 2011, ano em que viria a desempenhar funções como secretário de Estado ajunto do primeiro-ministro, Passos Coelho, coordenando a estrutura de ligação com a ‘troika’, a ESAME. Em 2014 foi nomeado comissário europeu, responsável pela Investigação, Inovação e Ciência.

Jorge Serafim convidado para expor no 40.º Salão Internacional de Pintura Naif do Casino do Estoril

Zé LG, 08.09.20

imgLoader2.ashx serafim.jpgA Galeria de Arte do Casino Estoril acolhe, até 15 de setembro, o 40.º Salão Internacional de Pintura Naif, considerado o mais antigo do mundo e uma referência desta modalidade pictórica. Jorge Serafim apresenta-se, estreante, como um dos artistas plásticos presentes, com quatro obras: “duas referentes às ilustrações que fiz para o livro O Afinador de Memórias e as outras duas, a que chamei “Dom Quixote De La Ansiedade” I e II, já realizadas neste contexto pandémico.”

Não há qualquer política, em Beja, para as artes plásticas. Temos belíssimos artistas plásticos e fotógrafos, nascidos nesta terra, que não têm, aqui, um sítio para expor, perdendo-se assim a possibilidade de fortalecerem a relação umbilical com a cidade que os viu nascer.”

Porque não foram retomados comboios Beja/Lisboa/Beja suprimidos na Páscoa?

Zé LG, 26.05.20

070320141642-713-ESTAODECOMBOIOSDEBEJA comboios.jpNo fim-de-semana de Páscoa, a CP suprimiu horários de comboios na linha Beja/Lisboa/Beja. Mais de um mês depois, os horários, que deveriam ter sido retomados depois de 13 de abril, mantêm-se suprimidos. O Beja Merece+ vai “pedir esclarecimentos à CP” e alerta para “o perigo” desta questão, dizendo que “pode colocar em” risco “as promessas efetuadas e legisladas para esta linha.”

Florival Baiôa, do Beja Merece+, teme que esta situação tenha sido “uma desculpa” alerta para que esta tomada de decisão “pode fazer perigar as promessas efetuadas para esta linha e que já estão legisladas”. Defende que as “instituições de Beja têm de fazer algo” em relação a esta matéria, avançando que o Beja Merece+ vai “confrontar a CP, no sentido de perceber o que pretende efetivamente”.

Florival Baiôa lembrou que “até à pandemia, o número de passageiros a utilizar o comboio, na linha em causa, tinha aumentado”.

Antigo presidente (PSD) da extinta Junta de Freguesia de São Jorge de Arroios, em Lisboa, foi condenado a oito anos de prisão

Zé LG, 22.02.20

João Taveira (PSD) foi condenado a oito anos de prisão, após ser julgado por seis crimes de peculato, cometidos entre 2005 e 2009. Para o Tribunal, não há dúvidas de que se aproveitou das “funções que exercia”.

Gastaram mais de 300 mil euros em viagens, restauração, combustível e na contratação de serviços e avenças, alguns celebrados com familiares. Utilizaram a construção da Casa da Lusofonia para “retirar dinheiro” à junta ou para “custear” despesas com viagens à Guiné-Bissau e Brasil, com despesas para a freguesia de 40.755 euros. Atribuíram “de forma irregular” bolsas de estudo a quatro bolseiros que “não eram residentes” na junta, sendo um deles João Belchior, membro dos órgãos da Secção E do PSD de Lisboa. Celebraram contratos de assessoria, consultoria e prestação de serviços com elementos dos órgãos da Secção E do PSD Lisboa, nomeadamente João Belchior, Francisco Catalão e Nuno Lopes, irmão de Rodrigo Neiva Lopes. A namorada de Rodrigo Neiva Lopes recebeu 32.730 euros a título de prestação de serviços. A mulher de João Taveira recebeu indevidamente da junta mais de 6.000 euros, entre 2008 e 2009. O ex-presidente da junta determinou que a junta pagasse 7.005 euros a um restaurante, sua propriedade…

Mértola em... “Lugares Encantados, Espaços de Património”

Zé LG, 05.02.20

IMG_20200130_191953.jpg“Lugares Encantados, Espaços de Património” é a exposição que vai ficar no Museu Nacional de Etnologia, até ao próximo mês de outubro. São quatro os sítios à volta dos quais se reflete o significado da patrimonialização: Fátima, Sintra, Mouraria de Lisboa e Mértola. É um trabalho de grande interesse onde Mértola aparece bem de destaque. O binómio arqueologia-Festival Islâmico está no centro dos tópicos sobre a vila. O diretor do Museu Nacional de Etnologia fez questão de referir o contributo do Museu de Mértola.

Petição do Beja Merece+ é discutida e votada no Parlamento a 5 de julho

Zé LG, 24.06.19

A discussão, análise e votação da petição do Beja Merece+ são feitas, no Parlamento, no dia 5 de julho. O Beja Merece+ quer que sejam muitos os alentejanos a acompanhar o movimento e está a apelar à inscrição da população no autocarro que rumará a Lisboa naquela data.

201906212019093113.jpg

Recorde-se que em maio de 2018, a petição foi entregue com mais de 26 mil assinaturas e por mais de 500 alentejanos.

Na petição é exigida a conclusão da A26 (Sines - Beja – Ficalho) e a eletrificação da linha de caminho de Ferro Casa Branca - Beja – Funcheira, assim como investimento no aeroporto de Beja e melhores serviços de saúde para o Baixo Alentejo.

PEV Interpelou o Governo sobre "Combate às Alterações Climáticas: a Importância do Setor dos Transportes”

Zé LG, 06.06.19

PEV.jpgPara assinalar o dia Mundial do Ambiente, o Partido Ecologista Os Verdes, através do deputado José Luís Ferreira, lembrou o compromisso assumido pelo governo e que falta cumprir relativamente à eletrificação de Beja /Casa Branca devolvendo a ligação direta da capital do Baixo Alentejo com Lisboa.

Roteiro “Pelos Campos de Beja-Histórias que convidam à visita” apresentado em Beja e Lisboa

Zé LG, 05.06.19

201906041123074993.jpg

Segundo a autarquia bejense “é um documento para várias percepções: os textos permitem conhecer o génio destes lugares, e as ilustrações de Susa Monteiro são um convite que alimenta e enriquece o imaginário da visita”.
Este roteiro está integrado numa linha de publicações intitulada Caminhos da Memória e terá em breve a acompanhá-lo um outro roteiro dedicado às ruas de Beja, “Pelas Ruas de Beja-Histórias que convidam à visita” terão ambos traduções em inglês e em espanhol.

No próximo sábado, o roteiro vai ser apresentado, em Lisboa, na Feira do Livro, a partir das 17h00.

ERT promove Alentejo e Ribatejo na Feira do Livro de Lisboa

Zé LG, 05.06.19

ERT-768x432.jpgA Entidade Regional de Turismo do Alentejo / Ribatejo está presente, pela primeira vez e forma inédita, na Feira do Livro de Lisboa, a decorrer no Parque Eduardo VII, até ao próximo dia 16 Junho, “por onde passam milhares de pessoas, a diversidade da oferta turística do Alentejo e o Ribatejo é promovida num stand em formato de livro gigante”, que os visitantes são convidados a “percorrer as páginas do território”, “ficando assim a conhecer alguns dos principais pontos de atração turística (…)”.
Para além de informações sobre os destinos, o stand é palco de atuações de grupos de cante, provas de produtos endógenos e apresentações de livros, com a presença dos escritores.

Daqui e daqui.

Trabalhadores da administração pública manifestam-se, esta tarde, em Lisboa

Zé LG, 10.05.19

Manifestao.jpgO protesto, convocado pela Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, está marcado para as 14.30 horas, no Marquês de Pombal, os manifestantes seguem depois a pé em direcção à Residência Oficial do 1º Ministro, António Costa.

Os aumentos salariais e as progressões nas carreiras são dois dos motivos que levam ao protesto. As expectativas dos trabalhadores em relação a este Governo saíram goradas porque, em final de mandato, continua a faltar a reposição de vários direitos que tinham sido retirados.