Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Câmara de Almodôvar requalifica estrada que liga Mú a São Barnabé

Almo-768x432.jpg

A Estrada Nacional 506, que liga Mú a São Barnabé, no concelho de Almodôvar, já está requalificada. A intervenção, com um valor superior a 800 mil euros, demorou cerca de oito meses.

António Bota, presidente da Câmara de Almodôvar disse que “as condições da estrada eram péssimas” e que as intervenções deviam ter sido feitas “há 15 anos”.

FENAREG defende que uso eficiente da água deve ser prioridade

Num momento em que se discute o futuro da Política Agrícola Comum (PAC) e se aproximam as eleições para o Parlamento Europeu, a FENAREG – Federação Nacional de Regantes de Portugal defende que “os países do Sul da Europa devem concertar posições para defender o futuro da agricultura de regadio na União Europeia, essencial à produção de alimentos a preços competitivos, à fixação das populações no território e à protecção do Ambiente”.

A Federação sublinha que “as futuras políticas europeias de apoio ao investimento em regadio devem incentivar os agricultores a atingir metas ainda mais ambiciosas de eficiência do uso da água e não centrar os esforços no “corte cego” do uso da água em agricultura”.

A FENAREG defende que a PAC, para o período 2021-2027, deve “apoiar investimentos com base no aumento da produtividade económica da água (ou seja produzir mais kg de determinada cultura agrícola com o mesmo volume de água) e não com base na poupança de água obtida”.

Município de Alvito cria creche em Vila Nova da Baronia

OBRAS ARRANCAM AINDA ESTE ANO

creche de alvito.jpgCom o objetivo de criar uma resposta social inexistente no Concelho de Alvito e proporcionar uma resposta especializada na área da infância à população do Concelho, o Município viu aprovada a candidatura ao Alentejo 2020 para a requalificação de uma antiga escola primária em Vila Nova da Baronia para instalação de uma creche com berçário (dos 3 meses aos 3 anos de idade).

Pretende-se, assim, contribuir para a inclusão das mães das crianças no mercado de trabalho e promover a criação de postos de trabalho, fixando a população jovem na região.

Governo não avança com 2ª fase do Hospital de Beja, apesar da Recomendação da AR

Hospital-de-Beja-768x512.jpgO Programa de Investimentos na Área da Saúde (PIAS), aprovado em Conselho de Ministros e ontem publicado, pretende “alavancar o investimento, a recuperação e a melhoria de infra-estruturas e equipamentos do sector da saúde”, revela o Governo.

Fora do Programa ficou o alargamento do Hospital de Beja, apesar do Projecto de Resolução que recomenda ao Governo a construção da 2ª fase do Hospital Distrital de Beja, apresentado pelo PCP, sido aprovado pela Assembleia da República.

Face à ausência desta obra do Programa de Investimentos, João Dias, deputado do PCP eleito por Beja afirma que o Governo “despreza por completo” o distrito.

Hospital de Beja tem novos equipamentos e iniciou instalação de novo TAC

tac.jpgNo âmbito do investimento na modernização do Serviço de Imagiologia, cujo custo total foi de 1.233.119,14€, e que contou com o apoio do Programa Alentejo 2020 e do FEDER, o Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo informa que inicia hoje, dia 18 de abril de 2019, a instalação do novo equipamento de TAC (Tomografia Axial Computorizada). 

Segundo o Conselho de Administração o Serviço de Imagiologia tem agora melhores e mais modernos equipamentos, estando já a funcionar os novos equipamentos de RX Fixo/Convencional, RX transportável, Ecógrafos (de apoio ao Serviço de Urgência e mamografias), e em curso a instalação do novo Mamógrafo.

Investimento de 40 milhões na canábis medicinal em Aljustrel cria 150 postos de trabalho

marijuana_reuters.jpgEm Portugal, foram investidos, até à data, 160 milhões de euros, mas este valor pode vir a aumentar depois do acordo entre os investidores da Terra Verde ser finalizado. Ao todo, serão criados 750 novos postos de trabalho que variam desde a mão-de-obra agrícola à especializada (farmacêuticos, biólogos e engenheiros químicos).

Com sede em Sintra, a RPK Biopharma, subsidiária do grupo Holigen, vai instalar a sua primeira fábrica em Aljustrel, num terreno de 72 hectares, depois de 18 meses a estudar o negócio. Segundo a imprensa internacional e local, depois de obter a licença por parte da Infarmed para a produção de mais de 500 mil quilos por ano de canábis, o grupo investiu 40 milhões de euros na nova fábrica e prevê a abertura de 150 novos postos de trabalho. A canadiana Flowr detém 19% do projeto.

Reforço do pessoal oficial de justiça e construção do Palácio da Justiça são prioridades para Beja

tribunal.jpgFaltam 24 oficiais de justiça e dois funcionários do regime geral para que o quadro de pessoal do Tribunal Judicial da Comarca de Beja esteja devidamente preenchido, "que pode agravar-se com o tempo dado o envelhecimento dos quadros actuais, as previsíveis reformas e o insuficiente ritmo de substituição" e "determina que o Tribunal continue a laborar com um notório défice de oficiais de justiça, com inevitáveis consequências na sua actividade", sublinha José Lúcio, o juiz-presidente da Comarca, que define como reivindicação prioritária para 2019 "o reforço do pessoal oficial de justiça, avançando-se no preenchimento efectivo dos quadros da Comarca".
A outra grande prioridade identificada pelo juiz desembargador passa pelo lançamento da construção do prometido Palácio da Justiça, "com vista a solucionar as insuficiências do parque judiciário do Núcleo de Beja". Na opinião de José Lúcio, "não é aceitável manter tribunais a funcionar em módulos pré-fabricados por tempo indefinido".

Governo disponibiliza apoios para travar Xylella Fastidiosa

oliveira-768x488.jpgO Ministério da Agricultura Floresta e Desenvolvimentos Rural tem disponível um montante global de dois milhões de euros, para apoiar a construção de estruturas de protecção em viveiros de plantas de espécies ornamentais, de fruteiras e de videiras susceptíveis à contaminação pela bactéria Xylella fastidiosa.

Em Janeiro, a bactéria foi detectada, em território nacional, que afecta um elevado número de espécies de plantas ornamentais e também espécies de culturas de elevado valor económico, como é o caso da oliveira, amendoeira, videira e figueira.

As candidaturas podem ser apresentadas, até dia 30 de Abril, através do portal PDR-2020 em www.pdr-2020.pt e do portal PORTUGAL-2020 em www.pt-2020.pt.

Quem cala, consente

... O assunto ... não é novo, e há uma ano já havia provocado celeuma, o que levou Jorge Barnabé a apresentar queixas formais no Ministério Público, contra autores de comentários no blog Alvitrando...

Logo_do_Partido_Socialista(Portugal).png

Agora, a revista “Sábado” (esse exemplo de “jornalismo”) voltou a pegar no assunto...
O que interessa saber é se, na realidade, as autarquias socialistas, por ruelas e travessas, favorecem as empresas detidas por Barnabé e/ou por familiares deste.
... É ou não verdade que as autarquias socialistas favorecem a contratação das firmas de Jorge Barnabé para a produção de espectáculos nos concelhos que lideram? Se sim, averigúe-se de que forma.
E depois há aquela questão: quando os comunistas dominavam as autarquias, e eu já cá ando há alguns anos, os socialistas vomitavam ódio por as contratações serem sempre feitas aos amigos do PCP. Ora, agora com o PS dominante, a coisa parece ser é igual. Mas como são socialistas, não gostam de críticas, fazem ameaças e, pior, não tentam esconder que o fazem por vingança.
...

Entretanto, a CPD Beja do PSD emitiu uma nota de imprensa afirmando que “o Partido Socialista, os seus dirigentes e autarcas não tencionam esclarecer publicamente os factos referidos na reportagem, optando taticamente por aguardar que a notícia caia no esquecimento.” 

Mesa iniciou obras no Aeroporto de Beja

Aeroporto-Beja-13-768x432.jpgA empresa Mesa começou, este mês, a construir um hangar, que deverá começar a funcionar no 4º trimestre de 2020, e vai servir para manutenção da frota de aviões airbus da companhia aérea Hi Fly e de aviões de vários modelos airbus de outras companhias aéreas com contracto de manutenção com a Mesa. O investimento de 30 milhões de euros prevê criar 150 postos de trabalho.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Tem razão! No entanto é necessário não perder voz,...

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

  • Anónimo

    O Imperador está suficientemente saudável para c...

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

  • Anónimo

    Alguém sabe em que dia desfila o imperador, as oda...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.