Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"IN Castro é uma mais-valia evidente para Castro Verde"

Zé LG, 28.11.20

202011250735361.jpgO IN Castro-Centro de Ideias e Negócios de Castro Verde atingiu pela primeira vez a sua capacidade máxima de acolhimento físico de empresas, com 20 empresas instaladas e mais sete projectos empresariais com domiciliação virtual. David Marques, vice-presidente da Câmara de Castro Verde, frisa que este é um sinal "muito positivo" para a economia local e que “a grande aposta do Município é a infra-estruturação da Zona de Actividades Económicas (ZAE), projecto fundamental em toda a estratégia de afirmação e de dinamização económica do concelho e que, em complementaridade com todo o trabalho já referido, permitirá atrair mais empresas e criar mais postos de trabalho no concelho.”

Câmara de Moura intervém para prevenir riscos de cheias e incêndios

Zé LG, 14.11.20

10467_big noura.jpgForam realizados trabalhos de limpeza e desobstrução da linha de água que se encontra localizada entre a ponte “Sua Alteza” e a ponte do cemitério, em Moura, com o objectivo de garantir as condições de escoamento dos caudais líquidos e sólidos (areia, lama e sedimentos) em situações hidrológicas normais ou extremas.

Estes trabalhos realizados contribuem, para a minimização de riscos em situação de cheia e também em situação de incêndio, dado o vasto material combustível que o local apresentava. Esta intervenção foi promovida pela autarquia de Moura.

Inaugurado novo serviço de urgência do Hospital do Litoral Alentejano

Zé LG, 13.11.20

202011131449159867 inaug.JPGForam inauguradas oficialmente esta sexta-feira, as novas instalações do Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, com a presença do primeiro-ministro, António Costa e da ministra da Saúde, Marta Temido.

202011131532138949 Sant.jpg

As novas instalações do Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), representa um investimento total de 2,4 milhões de euros, e vai servir uma população de cerca de 100 mil habitantes dos concelhos de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines e Odemira.

Abatimento de pavimento obriga a corte de tráfego na estrada entre Pias e Brinches

Zé LG, 13.11.20

EN-392.jpgA Infraestruturas de Portugal (IP) informa que, em virtude de um abatimento do pavimento identificado ao quilómetro 79,4 da EN392, torna-se necessário, por forma a garantir a segurança de pessoas e bens, proceder ao corte de tráfego nesta via de ligação entre Pias e Brinches, no concelho de Serpa.

A IP está já a realizar os trabalhos de reparação, tendo em vista a rápida reposição das condições de circulação neste local, o que se prevê possa ocorrer ainda na primeira quinzena de dezembro. A zona de trabalhos e respetivo desvio de trânsito estão devidamente sinalizados no local.

Observatório do Baixo Alentejo defende a criação de um Gabinete para gestão da plataforma logística do aeroporto de Beja

Zé LG, 10.11.20

261220161606-705-AeroportoBeja9.jpgO Observatório do Baixo Alentejo (OBA) defende a criação de um Gabinete para gestão da plataforma logística do aeroporto de Beja, essencial para capacitar aquele espaço, permitindo a instalação e desenvolvimento das atividades empresariais.

Tendo como premissa, que o “aeroporto é decisivo para desenvolver toda a região, incluindo Sines e Sevilha”, a criação deste Gabinete é, segundo o OBA, a solução mais viável para a dotar o espaço envolvente do aeroporto de Beja de dinâmica, criando condições atrativas ao investimento privado. Nesse sentido, o OBA já iniciou um conjunto de reuniões para sensibilizar os diversos parceiros institucionais e empresariais para a importância desta proposta, no âmbito de uma estratégia integrada para o desenvolvimento desta infraestrutura.

Alvito, Aljustrel, Castro Verde, Cuba e Vidigueira vão ter estradas arranjadas

Zé LG, 02.11.20

estrada_3.pngTerão em breve início diversos trabalhos de pavimentação em várias estradas do distrito de Beja e que, no seu conjunto, estão orçados em cerca de 2,1 milhões de euros: a EN328, num troço com cerca de 8 quilómetros no concelho de Alvito, entre os quilómetros 5 e 13; a ER2, num troço com cerca de 13 quilómetros nos concelhos de Aljustrel e Castro Verde, entre os quilómetros 627 e 640 e a EN387, num troço com 7,5 quilómetros nos concelhos de Cuba e Vidigueira, entre os quilómetros 20,5 e 28 em Vila de Frades.
A conclusão das intervenções deverá ser em janeiro de 2021 e, até lá, obrigará à circulação e implementação de restrições à circulação por forma a garantir as condições de segurança dos trabalhadores e automobilistas.

OE prevê 147 milhões de euros na ferrovia e 26 milhões para novo Hospital Central do Alentejo

Zé LG, 14.10.20

ferrovia_2.png“Decorrem desde 2019 as empreitadas no Corredor Internacional Sul, cujo investimento autorizado ascende a 466 milhões de euros, designadamente, nas linhas do Leste (modernização e eletrificação do troço entre Elvas-Fronteira), de Évora (construção, em três subtroços, de 80 km de nova linha ferroviária e da subestação de Tração do Alandroal) e na linha de Sines/Sul (modernização da ligação ferroviária). Em 2021, estima-se uma execução de despesa neste âmbito na ordem dos 150 milhões de euros”.

O Governo vai destinar uma verba de quase 26 milhões de euros para os trabalhos de construção do novo Hospital Central do Alentejo, em Évora, segundo a versão preliminar da proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2021.

Albufeira do Roxo com 19,5% da sua capacidade

Zé LG, 03.10.20

No último dia do mês de setembro e comparativamente ao último dia do mês anterior verificou-se uma descida do volume armazenado em todas as bacias hidrográficas.

IMG_5315.JPGNa Bacia do Guadiana, duas barragens estavam entre os 50 e os 80% da sua capacidade limite e sete abaixo dos 50%. Alqueva armazenava 59,3% da sua capacidade máxima.
Na Bacia do Sado, uma albufeira estava entre os 50 e os 80% e nove abaixo dos 50%. O Roxo, que abastece Beja, estava com 19.5% do seu máximo e a barragem do Monte da Rocha a 8,8%.
Na Bacia do Mira, a barragem de Santa Clara armazenava 36,5% de água e a de Corte Brique 40,5% do volume total.

Câmara de Beja melhora acesso ao Bairro da Esperança

Zé LG, 29.09.20

120159145_1037288923370017_6805232001641201876_n-7As intervenções passaram por pavimentação da Rua do Carmo Velho (realizada em julho) no troço Rotunda de Serpa/Espanha, até à entrada do Bairro da Esperança, prevendo-se a marcação horizontal para o mês de outubro; arranjo exterior da frente ao edifício do Centro de Dia do Centro Social, Cultural e Recreativo do Bairro da Esperança e colocação de abrigo de passageiros das carreiras urbanas.

NERBE conta ter um Centro de Incubação daqui a um ano nas suas instalações

Zé LG, 22.09.20

202009181653134613 nerbe.pngO NERBE/AEBAL poderá vir a ter, daqui a um ano, um Centro de Incubação de Base Tecnológica (CIBT), um projeto há muito ambicionado, que vai permitir à associação empresarial alargar a oferta ao nível dos serviços e do espaço, mas também em termos de capacitação dos empreendedores da região.

Recentemente foi lançado o concurso público para a obra de construção do Centro de Incubação de Base Tecnológica, num investimento superior a 600 mil euros, aproveitando as instalações existentes

Além do NERBE/AEBAL, a incubadora vai contar no seu Conselho Consultivo com o CEBAL (Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo), o IPBeja (Instituto Politécnico de Beja) e o COTR (Centro Operativo e de Tecnologia de Regadio).

“Aeroporto, ferrovia e rodovia” inscritos no plano de recuperação económica 2020/30

Zé LG, 19.09.20

No Plano de Recuperação Económica e Social de Portugal 2020-2030 já consta o “aeroporto de Beja, a ferrovia e as acessibilidades rodoviárias”. No documento inicial estas matérias não estavam incluídas, mas “o Beja Merece+ conseguiu que estes projetos estruturantes para o Baixo Alentejo não ficassem de fora”, assegura Florival Baiôa, do movimento.

202001141623475250 Beja+.jpg

Agora, referiu, igualmente, Florival Baiôa e depois desta vitória, “o Beja Merece+ continua a trabalhar com todos, tal como até aqui, em defesa do Baixo Alentejo e reenviou para os políticos os projetos estruturantes para o território para lhes reavivar a memória”.

O Plano de Recuperação Económica e Social de Portugal 2020-2030 já foi apresentado e sobre ele, entre outros aspetos, António Costa Silva, na audição parlamentar, adiantou que defende "a otimização do aeroporto de Beja", que incluiria “uma ligação ferroviária moderna e veloz com Lisboa”. Neste contexto frisou mesmo que "Não podemos correr o risco de ter ativos que não são aproveitados", referindo-se ao aeroporto de Beja.

Ligação de Alqueva à barragem do Monte da Rocha “está atrasado”, o que “para muitas pessoas é muito tarde”

Zé LG, 11.09.20

A campanha de rega deste ano a partir da albufeira do Monte da Rocha foi cancelada devido à seca, afetando três mil hectares, segundo a Associação de Regantes e Beneficiários de Campilhas e Alto Sado (ARBCAS). “A barragem, nesta altura, está com 9% da capacidade. Já há dois anos praticamente que ela não tem qualquer reserva para rega”, porque a água existente é para o abastecimento público.

Sem nome.pngA ARBCAS refere que, “neste momento, está a decorrer uma obra de ligação” do Alqueva “à barragem da Fonte Serne”, também pertencente ao perímetro de rega e que deverá “estar pronta no próximo ano”, mas o projeto do Monte da Rocha “está atrasado”. “Temos esperança de que venha a estar pronto em 2024. Infelizmente, para muitas pessoas é muito tarde, esta ligação já devia estar feita há alguns anos e evitava-se esta tragédia que está a acontecer nesta zona”, defende.

Barrancos tem parque de lazer para ginástica ao ar livre

Zé LG, 26.08.20

117933336_3302619489794815_8891347928889453388_n.jJá abriu a Zona de Lazer "Casa do Porco Preto", propriedade da Freguesia de Barrancos (JFB), composto por zona de lazer/convívio, mobiliário urbano e cinco equipamentos de ginástica/manutenção ao ar livre.

117947692_3302619679794796_1897911328048261646_n.jO espaço, situado frente à unidade industrial Casa do Porco Preto, a cerca de 200 metros do quartel dos BVB, foi criado no terreno cedido pela Barrancarnes, requalificado pela Freguesia de Barrancos.
A Zona de Lazer é destinada a todos os públicos, recomendando a JFB que, na sua utilização, sejam cumpridas as regras sanitárias da DGS para estes equipamentos.

Belenenses SAD estuda mudar-se para o concelho de Grândola

Zé LG, 23.08.20

img_920x519$2019_03_11_17_00_38_1516162.jpgRui Pedro Soares, presidente da SAD do Belenenses, anunciou a intenção de construir um centro de estágio «de excelência» e fixar a equipa no município de Grândola. «Esta equipa, para recuperar a competitividade, precisa de boas condições de trabalho. Se se concretizar a equipa do Belenenses SAD jogar em Grândola, aos adeptos serão criadas, com certeza, condições para poderem assistir aos jogos», ressaltou.
«Queremos ter o mais rapidamente possível uma infraestrutura que seja nossa, cujos campos sejam tratados por nós e que a sua utilização dependa de nós», explicou Rui Pedro Soares, que esclareceu que «O processo está a decorrer rapidamente e é nosso interesse que tenha uma conclusão feliz e rápida, mas, de facto, ainda não está concluído todo este processo. Não vou colocar um 'timing', porque não depende apenas de nós.»

Praia Fluvial de Amieira distinguida como revelação deste ano

Zé LG, 15.08.20

A Praia da Amieira, em Portel, no Alentejo Central, nascida nas margens do grande lago de Alqueva é a praia revelação 2020. A distinção foi atribuída pelo Guia das Praias Fluviais Nacionais, que promove anualmente todos os destinos de praias pelo território nacional, de norte a sul. Construída em 2019 pela Câmara Municipal de Portel, é mesmo capa da revista, que tem distribuição em todos os operadores e promotores turísticos nacionais.

66743496_2447725365459744_1232227341288079360_n-96Junto à aldeia da Amieira, com cerca de 4 500 metros quadrados de relva e um areal de 18 000 mil metros quadrados, a praia da Amieira é a maior das praias da Barragem de Alqueva e dispõe de equipamentos de apoio e lazer como bar, casas de banho, equipamento de apoio para os nadadores salvadores e os chamados apoios de praia, uma piscina flutuante para crianças, um ancoradouro e um parque de merendas e conta também com acesso para utentes com mobilidade reduzida.

Ligação da água de Alqueva à Barragem do Monte da Rocha é prioritária

Zé LG, 13.08.20

A ligação da albufeira do Monte da Rocha, situada no concelho de Ourique, ao Alqueva, através da Barragem do Roxo é para o Governo um projeto prioritário. O projeto de execução da obra encontra-se em fase de elaboração e tudo indica que esteja concluído em outubro deste ano.

20180205210932137 Rocha.jpgPor um lado, irá “permitir o abastecimento público aos 5 concelhos (Ourique, Castro Verde, Almodôvar, Mértola e Odemira ) que recebem a água a partir do Monte da Rocha” e, por outro, esta empreitada irá “garantir o fornecimento de água no perímetro de rega já existente nos concelhos de Ourique e de Santiago do Cacém” e possibilitar “a criação de um novo perímetro de rega nos concelhos de Ourique e de Aljustrel”, potenciando “o desenvolvimento económico da região”.

É tão bom ter a Câmara Municipal do mesmo partido do governo!...

Zé LG, 03.08.20

Odemira exige intervenção urgente na rede viária

imgLoader2.ashx ode.jpgA Assembleia Municipal (AM) de Odemira reiterou o seu “desagrado pela falta de compromisso” do Governo face à degradação da rede viária nacional que atravessa o concelho alentejano. Numa moção, apresentada pelos eleitos do PS e aprovada por unanimidade em reunião da (AM), os deputados municipais criticam "a evolução negativa de um processo que se arrasta há dois anos", depois de terem sido detetados problemas em vários troços que “careciam de intervenção urgente”.

A Câmara de Odemira, de maioria socialista, já mostrou "total abertura e vontade de cooperar", além de ter manifestado junto do Ministério das Infraestruturas e Habitação e da entidade gestora da rede viária nacional, a Infraestruturas de Portugal, "as suas enormes preocupações nesta matéria".

Os eleitos consideraram que “a necessidade de intervenção nestas vias impera e o território de Odemira, que tanto impacto tem no PIB nacional, tem que ser olhado de forma estratégica por quem gere as infraestruturas e economia deste país, tomando medidas de priorização de projetos e investimentos em matéria de acessibilidades”.

“não tratam os assuntos com gritaria” e os resultados estão à vista...

Zé LG, 29.07.20

76756948_805983806500531_2024966755239067648_o car

"Lembram-se da reunião com a administração da CP quando o presidente da câmara mandou uma indireta ao Beja Merece Mais dizendo que não tratam os assuntos com gritaria. Vê-se o resultado dessa reunião, o que melhorou."
Anónimo 29.07.2020, aqui.