Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Baleizão quer estrada de acesso à aldeia “reparada com urgência”

Zé LG, 11.03.20

202003091938422463 baleizão..jpgA Junta de Freguesia de Baleizão está preocupada com “o mau estado” que apresenta “a estrada de acesso à aldeia”, pede a “reparação urgente” da mesma, afirma que já “solicitou à Câmara de Beja intervenção nesta matéria” e que a autarquia “não responde” se vai, ou não, intervencionar este troço que, segundo Silvestre Troncão, está “intransitável”.

"E se Beja fosse o plano B?"

Zé LG, 11.03.20

image.jfif"Construir no Montijo, numa zona de proteção de aves, significaria também impactos diretos na qualidade de vida de milhares de pessoas, sobretudo devido ao ruído. Vai o Montijo mitigar o problema de ter um aeroporto junto a uma grande cidade? Basta olhar o mapa para se perceber que não. Seria a oportunidade de o Governo mostrar genuíno interesse pelo interior. A Base Aérea de Beja, com capacidade para aviões de grandes dimensões, está à disposição e potenciaria a criação de acessibilidades rodoviárias e ferroviárias para o interior alentejano. Uma solução, sem dúvida, com múltiplos benefícios."

Paula Ferreira

Aeroporto no Montijo chumbado pela Proteção Civil

Zé LG, 09.03.20

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) emitiu um parecer desfavorável sobre o projeto do aeroporto do Montijo, defendendo que existe "suscetibilidade elevada" a sismos e 'tsunamis' e ao risco de acidentes com aves e aeronaves.

mw-860.jpgSegundo o parecer da ANEPC, enviado à Agência Portuguesa do Ambiente (APA), com data de 11 setembro de 2019, a construção do aeroporto do Montijo "não deverá ser alheia à definição e concretização de medidas de minimização associadas à gestão dos riscos de acidente grave ou catástrofe com expressão na área de intervenção do projeto", referindo que os riscos terão de ser acautelados de forma antecipada, para melhor precaver a segurança de pessoas e bens.

Obras de manutenção e reparação na Estrada Municipal da Salvada arrancam amanhã

Zé LG, 08.03.20

A Câmara Municipal de Beja vai proceder a trabalhos de manutenção e reparação da Estrada Municipal 511, entre Beja e a Estrada Nacional 391, nas proximidades da Salvada. Os trabalhos têm início previsto para o dia 9 de Março e conclusão a 9 de Abril. O Executivo da Junta de Freguesia de Cabeça Gorda congratula-se com as obras mas recorda que é preciso uma reparação global naquela estrada.

202002182240339492.jpgDurante o período de intervenção na estrada, o trânsito será efectuado por percursos alternativos com excepção para o dia 18 de Março, em que a estrada será aberta apenas para a passagem da Volta ao Alentejo.

IP Patrimónios cede à Câmara de Cuba terreno e imóveis da Estação Ferroviária para construção de residência de estudantes

Zé LG, 14.02.20

20200212103358963 cuba.jpgA Câmara Municipal de Cuba e a Empresa Infraestruturas de Portugal, através da IP Patrimónios, assinaram um contrato tendo em vista a subconcessão de uso privativo do terreno e dos imóveis junto da Estação Ferroviária de Cuba, com vista à utilização daquele espaço para a construção de uma residência de estudantes, com 6 fogos habitacionais, que poderão albergar até 24 estudantes.

João Português, presidente da Câmara Municipal de Cuba, afirma que esta intervenção, com um orçamento a rondar os 400 mil euros, surge no âmbito do projecto de Reabilitação do Jardim dos Combatentes da Grande Guerra.

Governo mão se comprometeu com sugestões do Beja Merece+

Zé LG, 14.02.20

202002122224083871.JPGDa reunião com o ministro do Planeamento, o Beja Merece+ trouxe a indicação de que “o Governo vai verificar se ainda é possível fazer candidaturas aos projetos de acessibilidades, rodoviárias e ferroviárias, no 2020”, conforme sugeriu o Movimento, no sentido de “evitar os atrasos do 2030”.

Hélio Bernardino concretizou as propostas que foram efetuadas ao ministro do Planeamento, no sentido de “ainda serem efetuadas as candidaturas ao 2020 dos projetos que são necessários avançar”. Deixou claro, contudo, que “o Governo não deu resposta à sugestão do movimento, mas disse que iria verificar se ainda é possível no 2020”. A resposta está prometida a “breve trecho”.

Implementação de Percursos Acessíveis em Beja já começou

Zé LG, 13.02.20

imgLoaderUrl.ashx.jpgAs obras de Implementação de Percursos Acessíveis – Fase 1A, que englobam intervenção nos largos de S.to Amaro e Dr. Lima Faleiro, nas ruas D. Dinis, D. Manuel I e Alcobaça, largo dos Prazeres, ruas Abel Viana e Infantes, largo da Conceição e rua do Sembrano, já começaram, com os trabalhos do 1º troço nas ruas D. Dinis e D. Manuel I até à rua de Alcobaça e no largo Dr. Lima Faleiro, sendo necessário interromper o trânsito na rua D. Dinis, a partir do largo de S.to Amaro, nos largos Dr. Lima Faleiro e parte do Lidador e na rua D. Manuel I.

Câmara de Almodôvar “exige” construção da Barragem de Oeiras

Zé LG, 12.02.20

090520162311-503-botaa.jpgA Câmara Municipal de Almodôvar vai promover uma Petição Pública em defesa da construção da Barragem de Oeiras. Numa altura em que se agravam os problemas de seca tendo em conta as alterações climáticas a construção desta barragem, cujos projectos remontam aos anos 90, volta à ordem do dia.

António Bota, presidente da Câmara de Almodôvar, considera que esta barragem beneficia a sub-região do campo branco e até alguns concelhos algarvios, pelo que é fundamental que exista vontade política para a concretização do projecto. Com esse objectivo vai ser lançado o desafio à população para que se junte ao município nesta reivindicação.