Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Infraestruturas de Portugal iniciou obras em estradas de Beja e Moura

Zé LG, 04.10.21

A Infraestruturas de Portugal avançou hoje com a obra de substituição de um aqueduto na EN 391, entre as Freguesias de Salvada e Quintos, concelho de Beja. A via está cortada ao trânsito e a circulação faz-se por um desvio criado pela EM 511, num período estimado de 15 dias, pelo que deverá terminar a 22 de outubro.

Infraestruturas-Portugal-obra-Beja-768x432.jpg

No concelho de Moura a Infraestruturas de Portugal está a requalificar a EN386, entre a Barragem da Amoreira e a entrada da cidade de Moura, obrigando à circulação alternada na via, com recurso a semáforos durante o dia. Os trabalhos deverão terminar a 18 de outubro.

“Não investir na Linha do Alentejo é impedir este território de potenciar os seus recursos”, acusou Jerónimo de Sousa

Zé LG, 15.09.21

202109141555513344.jpgJerónimo de Sousa esteve em Beja, no Largo da Estação, para fazer uma declaração sobre a ferrovia. O secretário-geral do PCP frisou que “não investir na Linha do Alentejo” é impedir este território de avançar, lembrando que a opção do Governo foi “criar um ramal Beja/Casa Branca e daqui a oito anos”.

O secretário-geral do PCP afirmou que “a Linha do Alentejo é uma prioridade de interesse nacional” e exigiu “a eletrificação desta linha em toda a sua extensão, com ligações rápidas a Lisboa, Faro, Sines e aeroporto de Beja”.

Associação ZERO considera “inconcebível” a construção do bloco de rega de Messejana

Zé LG, 30.08.21

imgLoader2.ashx.jpgA associação ambientalista ZERO considerou “inconcebível” a construção do bloco de rega de Messejana, incluído na expansão do Alqueva, por poder implicar “riscos sérios para a sustentabilidade” e pressões hídricas numa albufeira do Alentejo e ser “mais um projeto público sem visão” e um investimento de “20 milhões de euros sem um diagnóstico aceitável das pressões hídricas na albufeira do Monte da Rocha”.
A situação da agricultura de regadio ligada à utilização da água do Monte da Rocha é “preocupante”, porque o bloco de rega proposto é “incompatível” com vários instrumentos de ordenamento do território em vigor, ocupará solos “desadequados para o regadio” e irá por “em causa” habitats e espécies protegidas, levando a “pressões negativas” sobre espécies protegidas presentes na área do bloco, “causando a fragmentação adicional” e a perda de habitats “relevantes”, e porque “as medidas de proteção dos aglomerados urbanos são insuficientes ou nulas” e “não se prevê uma monitorização das práticas [agrícolas] dos beneficiários”.

“Remodelação da rede pública de distribuição de água da Rua Grande em Baleizão” concluída

Zé LG, 23.08.21

2021-BALEIZAO-Rua-Grande_800x800.jpgA EMAS concluiu a empreitada de “Remodelação da rede pública de distribuição de água da Rua Grande em Baleizão”, num investimento na ordem dos 105 mil euros, que permitiu a renovação integral da rede, nomeadamente a conduta, respetivos acessórios e ramais domiciliários, ao longo de toda a extensão da artéria.

A EMAS recorda que a intervenção foi realizada no âmbito do programa de Controlo e Redução de Perdas nos Sistemas de Distribuição de Água do concelho de Beja e terá como principais benefícios, a redução da água não faturada e a eliminação de roturas, diminuindo assim o número de interrupções de serviço, proporcionando uma enorme melhoria na qualidade do abastecimento de água prestado à população.

Alqueva conta com mais uma praia

Zé LG, 08.08.21

Foi inaugurada, na passada quarta feira, a segunda praia do concelho de Portel, junto da aldeia de Alqueva. A nova infraestrutura junta-se à praia da Amieira, localizada, também, na albufeira de Alqueva e no concelho de Portel.

Praia-Alqueva-Inauguração-768x576.jpg

A inauguração da nova praia fluvial, projetada e concretizada pela Câmara Municipal de Portel, contou com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques. A cerimónia marcou a abertura oficial deste novo equipamento, localizado junto da aldeia que deu nome à barragem.

REQUALIFICAÇÃO DO COMPLEXO DESPORTIVO FERNANDO MAMEDE

Zé LG, 01.08.21

20541570_2BTLD.jpeg"Para já, está a decorrer a substituição de relva sintética do campo nº1, um processo que será rápido, e a que se segue a obra de requalificação do campo relvado natural.
Recorde-se que este projeto do Município de Beja contempla intervenções nos campos relvados natural e sintéticos, na pista de atletismo, a criação de novos balneários e bancada coberta, bem como de um novo campo de futebol de apoio que representa um investimento total de 830.000€."

Sines vai ter “o maior investimento industrial dos últimos 10 anos”

Zé LG, 09.07.21

202107080923517435.jpgÉ um investimento da Repsol, que vai não só contribuir para a descarbonização da economia portuguesa, como vai focar-se nos objetivos que temos de aumentar as exportações e diminuir as importações", avançou o secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias.

Trata-se de um projeto de ampliação do Complexo Industrial de Sines da petrolífera Repsol, com a construção - prevista para arrancar este ano e terminar em 2025 - de duas novas fábricas de materiais poliméricos de alto valor acrescentado, 100% recicláveis, para as indústrias automóvel, farmacêutica ou alimentar, entre outras, que tem prevista a criação de 75 novos empregos permanentes e uma média de 550 postos de trabalho, que poderão chegar a um pico de mais de 1.000 durante a fase de construção.

Unidos Por Mértola e pelas Pessoas propõe Praia Fluvial nas Azenhas do Guadiana

Zé LG, 06.07.21

202107050924332068.PNGUma proposta que surge depois do Movimento ter “ouvido a população local que habitualmente frequenta a zona das Azenhas do Guadiana e os muitos turistas que a procuram sobre o que é necessário fazer naquele espaço natural fantástico, para criar melhores condições de usufruto e segurança e, simultaneamente, preservar os valores ambientais”, tendo “muitos dos intervenientes locais” manifestado “o seu descontentamento pela pouca atenção que a Câmara Municipal dispensa a esta área turística e de lazer, a qual conta com cada vez maior procura por parte da população local e visitantes.”

APS concessiona Porto de Recreio de Sines

Zé LG, 01.07.21

A Administração dos Portos de Sines e do Algarve celebrou o Contrato de Concessão do Porto de Recreio de Sines com a empresa “Mermaid Objective”, pelo prazo de 10 anos, a partir de 1 de julho, na sequência do concurso público realizado.

202106291735108293.jpgRecorde-se que em Sines está localizado o único porto de recreio da costa marítima entre Setúbal e o Algarve, sendo por isso ponto de paragem das embarcações que percorrem a costa portuguesa, contribuindo para o desenvolvimento turístico de Sines e de toda a Costa Vicentina.

Câmara de Barrancos e NERBE/AEBAL assinaram protocolo para gestão da incubadora de empresas

Zé LG, 25.06.21

202106231603194152.jpgFoi assinado, esta semana, um Protocolo de colaboração, entre o NERBE/AEBAL e o município barranquenho, para a Gestão da Incubadora de Empresas do Concelho de Barrancos.
O município de Barrancos, com a Incubadora de Empresas, aposta na criação de uma estrutura que possa dar apoio ao lançamento de novas ideias de negócio, assim como permitir a potenciais empresários ou a outros profissionais a instalação no concelho.
O NERBE/AEBAL será a entidade gestora da Incubadora de Empresas. A Estêva- Associação para o Desenvolvimento do Concelho de Barrancos, devido ao conhecimento que tem do mercado local, é o parceiro local com o objetivo de criar as condições ao bom funcionamento da Incubadora, sendo entidade cogestora.

Presidente da Câmara de Alvito garante que “tudo fará para que o edifício (da estação ferroviária de Alvito) se possa manter de pé”

Zé LG, 22.06.21

Estação-de-Alvito-768x400.pngAntónio João Valério, presidente da Câmara de Alvito diz-se “surpreendido” com a notícia que dá conta da intenção da Infraestruturas de Portugal (IP) de querer demolir a centenária estação ferroviária de Alvito, porque os “edifícios estão em adiantado estado de degradação e não têm condições de habitabilidade”, segundo alega a empresa.

“É um facto que a estação está inactiva e em estado de abandono há muitos anos”, admite o autarca, discordando, contudo, desta intenção da IP, justificando que “poderá ser encontrada uma alternativa para aquele edifício” que data do século XIX, na altura em que foi construída a Linha do Alentejo.

António João Valério, esclarecendo que, até ao momento, a autarquia de Alvito não foi informada oficialmente sobre esta matéria, aguarda uma “comunicação oficial do assunto” afirmando que “tudo fará para que o edifício se possa manter de pé” e que o seu maior desejo é que o edifício fosse recuperado e voltasse a desempenhar as funções para as quais foi construído”.

Fábrica vai ser instalada da ZILS de Sines, no âmbito da Economia Circular

Zé LG, 17.06.21

202106151829129942.jpgA empresa BB&G – Alternative Worldwide Environmental Solutions, Lda., em Portugal desde o final de 2018, integrada no Grupo Respol, irá avançar com a implementação de uma unidade industrial em Sines, na ZILS - Zona Industrial e Logística de Sines, com um investimento de 10 milhões de Euros e irá a criação de cerca de 40 postos de trabalho directos. A instalação está prevista começar ainda durante o ano de 2021 e o início de funcionamento no 1º trimestre de 2023.

Primeira fábrica de processamento de nozes em Portugal inaugurada em Évora

Zé LG, 17.06.21

nozes_0.pngA primeira fábrica de processamento de nozes em Portugal, da empresa agroindustrial Sogepoc, vai ser inaugurada pelos ministros da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, e da Agricultura, Maria do Céu Antunes, na próxima sexta-feira, no concelho de Évora. A fábrica, um investimento de 6,2 milhões de euros que cria de cerca de 80 empregos diretos e indiretos, tem capacidade para processar 4.000 toneladas, “não só a produção do Grupo Sogepoc, mas também a de terceiros”, que passam “a ter soluções de processamento e para o crescimento do setor no país”. A linha de processamento vai permitir, entre outros, o “descasque de nozes e a produção de produtos derivados inovadores, como o óleo de noz ou leite de noz”.

Praia do Ecoparque do Alentejo Central deverá abrir este verão

Zé LG, 15.06.21

imgLoader2.ashx - praia.jpgA praia fluvial do Ecoparque do Alentejo Central, que está a ser construído na barragem de Albergaria dos Fusos, no concelho de Cuba, deverá ser inaugurada ainda neste verão. As outras componentes do projeto deverão estar concluídas até ao final do ano. Para além da praia fluvial, o complexo incluirá, assim, um centro para apoio à prática de desportos náuticos; um centro de BTT e ‘cycling’ e pesquisa multimédia com balneários e uma oficina para apoio e dinamização do turismo ligado à prática da modalidade; uma área de serviço para autocaravanas; uma torre de observação de aves; e um bar de apoio.
Segundo o presidente da Câmara de Cuba, João Português, a obra encontra-se “a decorrer dentro da normalidade possível na atual conjuntura e com os cuidados permanentes em concretizar o projeto em pleno respeito pelo espaço envolvente”.

Modernização do troço ferroviário entre Casa Branca e Beja só lá para 2028, se tudo correr bem….

Zé LG, 15.06.21

imgLoader2.ashx.jpgA Infraestruturas de Portugal (IP) prevê que a modernização do troço ferroviário entre Casa Branca e Beja, cuja elaboração dos estudos está em concurso público, fique concluída apenas em 2027... porque o período para o desenvolvimento de um projeto de investimento ferroviário “não pode durar menos de sete anos” e “metade desse tempo é para o projeto”.

O concurso público para a elaboração dos estudos e projetos necessários para a modernização do troço ferroviário entre Casa Branca e Beja da Linha do Alentejo e da execução de uma ligação ao Aeroporto de Beja foi publicado em maio passado em “Diário da República”.

Ou seja e “se tudo correr bem”, lá para 2028 (e não 2027, como tenho lido) talvez possamos ter a linha modernizada. E tão contentinhos que eles andam a anunciar o “amanhã prometido”, conseguido pela sua empenhada e intensa acção nos bastidores… Serão necessários, pelo menos, mais dois mandatos para concretizar a promessa.

Ampliada a eletrificação da Serra de Serpa a mais 25 casas e explorações

Zé LG, 14.06.21

SERPA-eletrificacao-da-serra_800x800.jpgVai ser ligada hoje, dia 14 de junho, mais uma fase da eletrificação rural da Zona da Neta – Pulo do Lobo na Serra de Serpa, num momento que irá ser assinalado, pelas 11.00 horas, com uma sessão oficial, no edifício da antiga Escola Primária de Cabeceiras de Vale Queimado.

A obra agora concluída, resultou de um acordo de colaboração celebrado em fevereiro de 2019, entre a Câmara Municipal de Serpa e a EDP Distribuição (atual E-Redes), que permitiu a construção de cerca de nove quilómetros de linhas aéreas de Média Tensão, bem como de redes aéreas de Baixa Tensão e pela instalação de oito Postos de Transformação, com uma potência total instalada de 400 kVA.

Desde o início da eletrificação da Serra de Serpa foram já beneficiadas cerca de 250 habitações e explorações.

Odemira tem 12 praias com Bandeira Azul

Zé LG, 13.06.21

202106111030495174.jpgEm 2021 o concelho de Odemira conta com 12 praias com Bandeira Azul, o símbolo de qualidade e excelência, atribuído pela ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa.

As praias do Malhão Norte, Malhão Sul, Franquia, Farol, Furnas Rio, Furnas Mar, Almograve Norte, Almograve Sul, Zambujeira do Mar, Alteirinhos e Carvalhal e a praia fluvial de Santa Clara vão hastear a Bandeira Azul.

Cerimónia Oficial do primeiro Hastear da Bandeira Azul em águas interiores será realizada na Praia Fluvial da Albufeira de Santa Clara, no dia 15 de junho, pelas 11.30 horas, data que marca também o início oficial da época balnear no concelho de Odemira.

Época balnear da Praia Fluvial de Cinco Reis abre no dia 10

Zé LG, 06.06.21

191115763_3643247729113350_586972031699192075_n.pndepois da Câmara Municipal de Beja ter procedido a intervenções de requalificação no espaço visando melhorar as condições de fruição do espaço, incluindo o aumento do areal da praia, a melhoria das acessibilidades, novas instalações sanitárias, novo posto de praia, cobertura parcial da esplanada, novos equipamentos no parque infantil e arranjos paisagístico, alargando a área de vigilância a toda a praia, que passa a estar vigiada pela equipa de nadadores salvadores.

O Município mantém, numa parceria com a União de Freguesias de Santiago Maior e S. João Baptista, a figura dos assistentes de praia no sentido de assegurar o normal funcionamento da mesma e o cumprimento das regras de segurança e higiene em contexto de pandemia.

A Bandeira Azul será hasteada em cerimónia agendada para final de junho.