Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Maria de Jesus Ramires é a nova presidente da CPCJ de Beja

jesus.jpgA professora, e ex-presidente da União das Freguesias de Beja de Salvador e Santa Maria da Feira, Maria de Jesus Ramires foi eleita, presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Beja.

Maria de Jesus Ramires assume um mandato de três anos à frente dos destinos da CPCJ de Beja e assegurou que ficou surpreendida, e grata, pela forma como lhe foi confiada estas novas funções, que garante encarar como missão.

A professora Maria Regina Martins foi designada secretária da Comissão, funções que eram desempenhadas por Maria de Jesus Ramires.

Alvito combate pobreza infantil

CMALVITO-768x432.jpgA Câmara de Alvito, em parceria com a Terras Dentro,  tem em curso o VITA 9-4G. O projecto, inserido nos Contratos Locais de Desenvolvimento Social, tem como meta “a intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza infantil”.

Os agregados familiares com baixos rendimentos, em situação de risco de exclusão social, e com crianças a seu cargo, beneficiários/as RSI, imigrantes, são os principais destinatários.

Incorpora Portugal para a integrar Cáritas, Cercibeja e Cercicoa

isaurindo.jpgA Cáritas Diocesana de Beja, a Cercibeja e a Cercicoa passaram a integrar o programa Incorpora Portugal, da Fundação La Caixa, num trabalho de colaboração e partilha através da implementação de uma metodologia colaborativa, inovadora e testada desde 2006 em Espanha, e que se vai implementar nesta região, tendo em vista a integração laboral de grupos sociais vulneráveis, renovando-se constantemente em função das necessidades do mercado.
Isaurindo Oliveira, presidente da Cáritas de Beja, destaca a importância do projecto, afirmando que este é um serviço importante, mas complementar ao trabalho já desenvolvido pelas equipas e serviços instituição.

APPACDM de Moura iniciou a construção do “Montinho da Autonomia”

moradia.jpgA APPACDM de Moura iniciou a obra de construção de uma moradia autónoma para cinco clientes da instituição. É uma solução defendida pela actual direcção para a sustentabilidade da APPCDM de Moura.

O Presidente da Instituição, António Ildefonso, sublinhou que: “Estimamos o prazo de execução da obra de cerca de 8 meses, ou seja no inicio de 2020 temos a obra concluída.”

A implementação de uma Residência autónoma para pessoas portadoras de deficiência é uma necessidade identificada pelo Concelho Local de Acção Social. 

A residência autónoma vai chamar-se “Montinho da Autonomia” tendo em conta que a sua localização será no laranjal, terá capacidade total para 5 clientes, será na tipologia T5. Todos os quartos serão individuais com casa-de-banho privativa, para potencializar a privacidade e autonomia dos clientes. 

Balcão de Inclusão de Beja apoia pessoas com deficiência

21558930_130962474304665_3410701511331641888_n.jpgO Balcão de Inclusão da Câmara de Beja, que resulta do protocolo celebrado entre a Câmara de Beja e o INR- Instituto Nacional para a Reabilitação, e está instalado no gabinete de desenvolvimento e inovação social, tem prestado apoio a várias pessoas com deficiência e incapacidade.

Por outro lado, tem efectuado um levantamento das necessidades dos cidadãos portadores de deficiência bem como dos constrangimentos arquitectónicos para pessoas com mobilidade reduzida.

“Migrações - Diferentes Olhares” na EDIA

A EDIA e a Cáritas Diocesana de Beja promovem, esta tarde, a iniciativa "Migrações - Diferentes Olhares”, no Edifício da EDIA.

edia.jpgA mesma pretende estimular o interesse e promover o diálogo e o encontro entre todos, para uma melhor compreensão sobre a relação entre as Migrações e o Desenvolvimento.

Posteriormente, realiza-se um momento de apresentação das respostas que existem, localmente, no âmbito da imigração e um espaço de partilha e debate.

“Eu Sou” apresentado hoje na Escola Secundária Diogo de Gouveia

20190607143449231.jpg

O Agrupamento de Escolas Nº 1 de Beja desenvolveu, durante este ano lectivo, o projecto pedagógico-educativo Diversidade Cultural, que culminou com a produção do documentário “Eu Sou” com a participação de alunos de diversas nacionalidades e etnias, de diferentes anos de escolaridade. A apresentação do documentário realiza-se, esta tarde, às 14.30 horas, no anfiteatro da Escola Secundária Diogo de Gouveia.

O filme pode ser visualizado através do link https://vimeo.com/336833663

Alvito aposta no acolhimento e na integração de proximidade de Migrantes

claim-768x432.jpgO Centro Local de Apoio à integração de Migrantes de Alvito (CLAIM) já está a funcionar. O centro tem como meta “facilitar os processos de integração dos migrantes que Alvito recebe”, refere a autarquia.

O CLAIM proporciona aos cidadãos migrantes “respostas locais, articuladas ao nível das necessidades de acolhimento e integração de proximidade e visa dar resposta às necessidades em diferentes áreas”, adianta a mesma fonte.

O Centro funciona na Biblioteca Municipal de Alvito nas primeiras e terceiras quartas-feiras de cada mês, entre as 16.30h e as 19 h.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.