Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Hospital Central do Alentejo com mais 40ME do FEDER

Zé LG, 24.01.24

202107302243594580.jpgMais de 40 milhões de euros do FEDER vão financiar a construção do novo Hospital Central do Alentejo, em Évora, anunciou hoje a Comissão Europeia (CE), que é também financiado pelo PORAlentejo 2020 e vai substituir o atual Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE).
Quando a empreitada foi lançada, foi divulgado que o investimento total era de cerca de 210 milhões de euros, já que aos cerca de 180 milhões da construção se juntam perto de mais 30 milhões para equipamento de tecnologia de ponta, o que leva a CE a qualificá-lo como “ultramoderno”.
“O novo espaço passará a ser o hospital principal da zona central da região do Alentejo, eliminando a necessidade de os doentes percorrerem longas distâncias para acederem a tratamentos e cuidados de emergência”, realçou a CE.
Em construção pela Aciona, o hospital vai ocupar uma área de 1,9 hectares, estando agora as obras previstas terminar no final de 2024. Leia tudo aqui.

Centros de saúde abertos aos fins de semana para aliviar Hospital de Beja

Zé LG, 12.01.24

CS.pngNos próximos fins de semana até ao final de janeiro (sábado e domingo), vai estar a funcionar o regime de consulta aberta para doença aguda, no Centro de Saúde de Beja e na Unidade de Saúde Familiar Alfa Beja, no período entre as 8.00 e as 20.00 horas, para toda a população da área de abrangência da ULSBA, independentemente da área de residência.
Além disso, revela, ainda, que estarão também abertas, em regime de consulta aberta para doença aguda, as seguintes Unidades de Saúde da ULSBA:
Centro de Saúde de Aljustrel, das 8:00 às 13:00
Centro de Saúde de Almodôvar, das 8:00 às 13:00
Centro de Saúde de Cuba, sábados das 8:00 às 20:00 e domingos das 8:00 às 14:00
Centro de Saúde de Ferreira do Alentejo, das 8:00 às 13:00
Centro de Saúde de Mértola, das 9:00 às 15:00
Centro de Saúde de Ourique, das 8:00 às 13:00
Os serviços de urgência do Hospital de Beja, e os SUB de Moura e Castro Verde estarão a funcionar em pleno e sem quaisquer restrições 24horas/dia.             Daqui, daqui, daqui e daqui.

Avião da Base Aérea de Beja permitiu salvar vida de bebé açoreano

Zé LG, 20.12.23

primeiro-transporte-aeromdico-do-kc-390_53406755332_o.jpgO novo avião KC-390, que aterrou em Beja no passado mês de outubro e que é um dos  cinco KC-390 adquiridos à Embraer, já conta com uma história feliz no palmarés da sua utilização. Esta segunda-feira, 18 de dezembro, este avião fez o primeiro transporte médico aéreo. Os Rinocerontes da Esquadra 506, sedeada na Base Aérea de Beja, foram a ponte essencial para salvar a vida de um bebé de apenas quatro dias entre os Açores e Lisboa. Este transporte foi crucial e determinante para que recebesse os cuidados neonatais fundamentais à sobrevivência. Veja aqui as fotos disponibilizadas pela Força Aérea.

Governo encarregou a ULSBA de fazer estudos técnicos para a ampliação do Hospital de Beja

Zé LG, 12.12.23

HOSPITAL_-Obrigado_800x800.jpgO Governo determinou a realização de estudos técnicos pela ULSBA para a ampliação do hospital de Beja, para que “faça uma análise sobre o atual perfil assistencial do hospital”, que aponte “que outras valências e respostas são necessárias criar naquele hospital, que olhem também para o atual programa funcional do hospital, como é que estão estabelecidos os circuitos de funcionamento e que estudem a necessidade de alargar o edifício do hospital”, revelou o secretário de Estado da Saúde, Ricardo Mestre, acrescentando que também deve ser feita uma avaliação económica sobre a ampliação da unidade hospitalar e a identificação de fontes de financiamento para o projeto, tendo o relatório final de ser concluído até 30 de junho de 2024 e dirigido ao membro do Governo responsável pela área da saúde. Para este trabalho, a ULSBA vai contar com a colaboração da Administração Central do Sistema de Saúde e da direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, entre outras entidades.

Urgências do Hospital de Évora com horários e equipas reduzidas

Zé LG, 08.11.23

202209261328482183.jpgO Serviço de Urgência Pediátrica do hospital de Évora, tal como no início deste mês, vai voltar a funcionar com equipa reduzida, a partir de hoje e durante vários dias, entre as 21:00 e as 09:00. “Serão assistidos os doentes que sejam referenciados pelo CODU/INEM, pela Linha de Saúde 24 ou por outros médicos”, precisou o HESE.

Além deste constrangimento, o mesmo hospital alentejano está, desde esta segunda-feira e até domingo, no período entre as 19:00 e as 08:00, sem Urgência de Cirurgia Geral, enquanto a Urgência de Medicina Interna só está a atender situações pré-triadas ou urgentes. Entre as 08:00 e as 19:00, “o Serviço de Urgência Polivalente funcionará como habitualmente”, comunicou também, na altura.

Ana Matos Pires teve homenagem “surpresa”

Zé LG, 13.10.23

202310122009243223.jpg

À margem da sessão “Uma década de Serviço de Psiquiatria da ULSBA” que decorreu, ontem à tarde, no âmbito do X Encontro da Saúde Mental do Baixo Alentejo, a diretora do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental da ULSBA considerou que o único efeito secundário da pandemia foi colocar a “saúde mental” em cima da mesa, mas ainda há um “investimento”, a vários níveis, que tem de ser feito.

No final da sessão foi preparada uma homenagem “surpresa” a Ana Matos Pires pelo trabalho que tem sido feito ao longo destes 10 anos e que permitiu colocar o Serviço de Psiquiatria da ULSBA como uma referência a nível nacional. Ana Matos Pires ficou emocionada e afirmou que o “grande presente” destes 10 anos é que trabalha com “gente magnífica”, frisando que só é possível fixar médicos, de qualquer especialidade, se houver uma aposta nos jovens médicos que começam a sua formação na especialidade (internato) porque é fundamental dar-lhes a melhor formação possível.

Exigida reversão “imediata” do Hospital de São Paulo para o SNS

Zé LG, 09.10.23

20220704131843688.jpgA urgência do Hospital De São Paulo, em Serpa, está encerrada desde dia 30 de setembro “sem perspetivas de reabrir”, diz o Movimento em Defesa daquela Unidade de Saúde, que teme “o encerramento definitivo deste serviço” e lamenta que “embora tenha conhecimento desta situação, o Ministério da Saúde continua a ignorar o incumprimento do acordo e teima em não ativar as cláusulas XXV e XXVI que indicam que em caso de incumprimento o Hospital reverte novamente para o Ministério da Saúde”.

A Câmara Municipal de Serpa enviou uma carta ao ministro da Saúde, à ULSBA, à ARS do Alentejo e à Misericórdia de Serpa, a solicitar esclarecimentos, na sequência do encerramento do serviço de atendimento permanente do Hospital de São Paulo, por períodos diários sucessivos nos últimos dias.

A Comissão Concelhia de Serpa do PCP "repudia uma vez mais o encerramento das urgências do Hospital de São Paulo" e reafirma "a necessidade da intervenção imediata do Governo do Partido Socialista (PS) no sentido de garantir a prestação de serviços de saúde adequados a que as populações locais têm direito e exigem."

Cirurgia em risco no Hospital de Beja, alerta bastonário da Ordem dos Médicos

Zé LG, 12.09.23

Sem nome (43).pngO bastonário da Ordem dos Médicos, Carlos Cortes, apela ao Ministro da Saúde que “olhe mais” para a ULSBA e defendeu uma “discriminação positiva” para o Hospital de Beja bem como o reforço da capacidade de captação de médicos.

Num encontro com médicos, realizado ontem, após uma visita ao Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, Carlos Cortes ouviu “relatos muito preocupantes de algumas especialidades que, se nada for feito, deixarão de ter capacidade de resposta”, dada a falta de médicos, apontando áreas como a cirurgia, a urologia e otorrino “que já tem uma grande deficiência de resposta”, avisando que “A cirurgia geral vai ter muitas dificuldades, se nada for feito nos próximos tempos, em dar uma resposta urgente”.

“O Ministro da Saúde, em vez de fazer anúncios de criação de dezenas de Unidades Locais de Saúde (ULS) por todo o país deveria olhar para as dificuldades das Unidades Locais existentes e resolver os seus problemas”, disse Carlos Cortes.

Leia e oiça aqui e aqui.

MP pede absolvição do CA da ULSBA por vacinação com “sobras”

Zé LG, 11.09.23

astrazeneca-vacinacao-professores-Faro-Covid19-Coronavirus-NC-7-of-11-2-848x565.jpgO Ministério Público MP) pediu a absolvição do conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, a ser julgado por abuso de poder na vacinação contra a Covid-19.

“Nas contingências que ficaram provadas ao longo do julgamento, nada podia ser feito para além daquilo que os arguidos fizeram, porque senão as vacinas iam para o lixo”, indicou Sofia Batista, advogada de defesa do CA da ULSBA, revelando que o MP defendeu a absolvição dos seis arguidos, todos membros do CA da ULSBA, “por entender que se provou que o procedimento adotado por eles, numa lógica de aproveitamento das vacinas sobrantes, foi o correto e o mais protetor do interesse público”. A leitura da sentença ficou agendada para 11 de Outubro.