Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“O sistema financeiro global é uma imoralidade. Favorece os ricos e castiga os pobres”, disse Guterres

Zé LG, 22.01.22

Guterres.png… que recordou que enquanto as economias com mais poder estão a recuperar da recessão, os países com mais baixos rendimentos experimentam “o seu crescimento mais lento em uma geração”.

Estes desequilíbrios não são um erro, mas uma característica do sistema financeiro mundial”, insistiu Guterres, para defender a necessidade de mudanças, mostrando-se muito crítico com a importância dada às agências de notação financeira, que de forma rotineira dão más notas aos países pobres, deixando-os assim sem acesso a financiamentos privados.

Não disse nada que não se soubesse, mas é importante que quem desempenha as suas funções denuncie estes crimes contra a humanidade. Porque é disso que se trata, quando uns poucos condenam à fome, à miséria e à morte tantos milhões...

CA da ULSBA reúne com chefes de equipa das urgências demissionários ou representantes

Zé LG, 18.01.22

202112300936231013.jpg“O Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo tomou conhecimento pela comunicação social do pedido de demissão do cargo de Chefes de Equipa do Serviço de Urgência da ULSBA e do pedido de reunião por parte destes médicos.

Face ao sucedido, e após conversa com a Direção do Serviço de Medicina e com os Coordenadores do Serviço de Urgência, informamos que amanhã, dia 19 de janeiro, pelas 9h30m, o Conselho de Administração da ULSBA reunirá com os médicos signatários ou representantes, e desta reunião dará nota.”

"Fechámos a porta" em 2021! - diz Paulo Arsénio

Zé LG, 04.01.22

270083462_1343568612742045_4432586460293784279_n.j

«✅ Execução orçamental de extraordinários 87,04%;

✅ Menos de 50 faturas de pagamento a fornecedores a transitarem para 2022;

✅ Últimos apoios de 2021, aprovados na reunião de Câmara de 29.12.2021, pagos ao Coro de Câmara de Beja, ao Salvadense e ao Banco Alimentar contra a Fome, delegação de Beja, este último com a verba inicialmente destinada/prevista para o fogo-de-artifício da passagem de ano que não se realiza;

Previsão para 2022 de transição de perto de 6 milhões de euros no Orçamento para compromissos de obras em curso e de muitas a lançar ainda no âmbito do Quadro Comunitário de Apoio Portugal 2020.

Caminhamos com passos seguros e firmes rumo ao futuro, fazendo a diferença. Com projetos; Com financiamentos; Com sustentabilidade financeira; #bejacentrodosul»

Paulo Arsénio, presidente da Câmara Municipal de Beja, aqui.

“E como esquecer… a “visita histórica” e “amiga” que um deputado da nação se deu ao luxo de promover para me pôr na linha?”

Zé LG, 02.01.22

Diário-Alentejo-barriga_800x800-160x160.jpg«... Já me perguntaram se estou “contente” com o desfecho da “novela”. E a minha resposta tem sido esta: sim! E não! Ao mesmo tempo.
Estou contente, claro, porque procurei na Justiça a justiça que não encontrei fora dela. E ela fez-se, a Justiça!
Simultaneamente, enquanto cidadão e contribuinte, senti-me vexado. Vi-me espoliado dos meus direitos enquanto trabalhador, despedido de forma vil, ameaçado, vítima de calúnias e de intrujices, coagido. Por muito boa que seja a decisão final dos tribunais, quem poderá esquecer e ficar feliz com tanta e tamanha infâmia?
E como esquecer? Esquecer as pressões inenarráveis dos meus patrões, ainda para mais autarcas eleitos e com deveres de defesa do bem público? As suas tentativas de intercedência política na vida editorial do jornal que dirigia? A “visita histórica” e “amiga” que um deputado da nação se deu ao luxo de promover para me pôr na linha?
O concurso maquiavélico, viciado, para não dizer pornográfico, para diretor do DA engendrado pelo secretário da instituição e pelos seus fantoches de mão? A campanha de difamação das redes sociais e nos blogues que contra mim promoveram?
A campanha difamatória que fomentaram junto dos meus atuais “patrões” com o intuito de me prejudicarem a mim e à minha família? E a mentira? É muito difícil conviver com ela. Fica atravessada na goela. Jamais me esquecerei das caras deslavadas de Jorge Rosa e de Fernando Romba, no Tribunal de Trabalho de Beja, perante uma juíza de direito, impávidos, profissionais do ilusionismo, a afirmarem que quase nem me conheciam, que não sabiam quem dirigia de facto o DA, que desconheciam se eu tinha assento no jornal ou se me relacionava com as pessoas que lá trabalhavam… sinto pena e sinto vergonha por eles. Ao mesmo tempo. ...» Paulo Barriga. Aqui.

"A pandemia veio por a nu a necessidade de as empresas olharem para os seus colaboradores"

Zé LG, 13.12.21

"Menos stress e mais qualidade de vida no trabalho é igual a mais produtividade. Se aplicado corretamente e com o devido acompanhamento o conceito traz ganhos a todos: às empresas e aos seus trabalhadores e colaboradores. Esta é pelo menos a filosofia da WorkWell, pioneira em Portugal no setor de "corporal wellness". Ou seja, é especializada no bem-estar das empresas para estas potenciarem os seus resultados."

“ULSBA saúda e apoia os movimentos sociais e de cidadania que procuram dar força à instituição e à região”

Zé LG, 26.11.21

259122632_5280967921930423_3138682635935549414_n.jO Conselho de Administração (CA) da ULSBA responde às denúncias públicas da “crónica falta de especialistas” no Hospital de Beja e outras matérias relacionadas com o funcionamento dos serviços, esclarecendo:

“Desde há vários anos que a ULSBA e o Hospital José Joaquim Fernandes como instituição integrante, se debate com grandes dificuldades na captação e fixação de médicos especialistas para os seus quadros, tendo várias especialidades hospitalares com um só especialista, como é o caso da pneumologia, neurologia, hematologia, entre outras.” E dá conta das diligências que tem feito para as colmatar.

Garante depois que, “Nos últimos anos, a ULSBA tem, ..., investido em equipamentos nas mais diversas áreas, ... “ e “Sempre temos defendido, em sede própria e junto da tutela, a construção da 2ª fase do hospital, algo que, infelizmente, até ao presente momento ainda não foi possível concretizar, mas da qual não desistiremos nunca.”

E termina afirmando: “A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo saúda e apoia os movimentos sociais e de cidadania que procuram dar força à instituição e à região e que têm como foco a melhoria dos cuidados de saúde e das condições oferecidas aos utentes, alertando todavia para o facto de que situações avulsas e descontextualizadas, no meio de outras verdadeiramente importantes, não contribuirão para esse propósito e são geradoras de ruído mais prejudicial para a instituição do que construtivas.”

Marcelo Guerreiro eleito presidente da Resialentejo

Zé LG, 24.11.21

Marcelo-Guerreiro-2-pghh0gdoewbiy4ymgoo2kx5x6hrbvtO autarca Marcelo Guerreiro, de Ourique (PS), é o novo presidente do conselho de administração da empresa intermunicipal Resialentejo – Tratamento e Valorização de Resíduos, sucedendo no cargo a António Bota, de Almodôvar. O novo conselho de administração da Resialentejo inclui ainda como vogais: Rui Marreiros, de Beja (PS), e Odete Borralho, de Serpa (CDU).

O socialista Álvaro Azedo, presidente da Câmara de Moura, continua a presidir à Assembleia Geral da Resialentejo.

“política de destruição do SNS” está a "matar" o Hospital de Beja

Zé LG, 22.11.21

259122632_5280967921930423_3138682635935549414_n.jA propósito de mais algumas denúncias sobre as deficientes condições de funcionamento do Hospital de Beja, divulgadas por Bruno Ferreira, aquiJosé R. R. Janeiro  escreveu um comentário de que destaco: «O que falha, neste caso, não são as pessoas. É toda uma estrutura de apoio que se vem degradando para interesse da "morte do Hospital" em benefício do privado. Todos amamos o SNS mas ele não existe se não houver uma forte vontade política de apoio. O que assistimos actualmente é uma política de destruição do SNS a todos os níveis e consequente facilitismos à implantação do privado.»

Face às situações denunciadas que, a corresponderem à verdade, acabarão mesmo por acabar com o Hospital, tal como era e de que necessitamos, algumas perguntas se impôem: O que é feito do Conselho Consultivo? Ainda existe? Se existe, que posições tem tomado? E o represente dos municípios? Que faz ele? Informa-os do que se passa? E os municípios que posições têm sobre estas questões?

Tenente-coronel Frederico Galvão da Silva é o novo comandante do Comando Territorial de Beja da GNR

Zé LG, 18.11.21

14690944_10209477840256866_7675009366930370131_n (Sucedendo no cargo ao coronel Altide Cruz, o tenente-coronel Frederico Galvão da Silva, de 46 anos e natural de Vidigueira, tomou posse, hoje, como novo comandante do Comando Territorial de Beja da GNR, onde já foi Chefe da Secção de Recursos Humanos e Justiça do Comando Territorial de Beja e 2.º Comandante. Na sua folha de serviço constam igualmente vários louvores e condecorações. Daqui e daqui.

Bloco Central reparte entre si lugares da Administração da EMAS

Zé LG, 18.11.21

202111171856594242.jpgA Câmara de Beja nomeou o novo Conselho de Administração da EMAS, que terá como presidente Rui Marreiros, atual vice-presidente da Câmara Municipal e ex-administrador executivo da EMAS, Diogo Nascimento, técnico da EDIA, que foi número dois na lista liderada pelo PSD candidata à Câmara e Carla Cavaco, chefe da Divisão de Sustentabilidade e Inovação da EMAS, como nova Administradora Executiva.
A proposta foi aprovada, com três votos a favor e com os votos contra dos vereadores da CDU, que reconhecendo a competência dos nomes propostos lamentaram ter ficado de fora da solução que propuseram. Daqui e daqui.

Filomena Mendes substituiu José Robalo na ARS do Alentejo

Zé LG, 17.11.21

202111171813024672.PNGMaria Filomena Ferreira Mendes, até agora, presidente do conselho de administração do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), foi nomeada para presidente do conselho diretivo da ARS do Alentejo, “com efeitos ao dia de hoje”, substituindo José Robalo, que terminou o mandato, que desempenhava desde outubro de 2011.

Licenciada em Economia e doutorada em Sociologia, na especialidade de Demografia, pela Universidade de Évora, presidia ao hospital de Évora desde 2016, depois de já ter liderado o HESE entre 2009 e 2013.

Mantêm-se “em funções os demais membros do conselho de administração” do HESE.

Trabalhadores (também) são pessoas

Zé LG, 17.11.21

fg436_1.jpgÉ cada vez mais frequente ouvir tratar os trabalhadores como (simples) factores de produção ou recursos humanos das empresas e outras organizações, como se não fossem mais do que isso, como se não fossem pessoas, com vida própria. Encarar os trabalhadores apenas como factores de produção ou recursos humanos e como despesa em vez de investimento, contribui para a sua desvalorização e desmotivação.

O caminho da gestão das organizações deve ser outro e contar com os trabalhadores como pessoas, com vida e vontade próprias, que devem ser consideradas, motivando-os e envolvendo-os, de forma a desenvolverem o sentimento de apropriação da organização, ou seja, fazerem com que sintam que trabalham nela e não para ela, que sintam os problemas dela como seus e participem activamente na procura das suas soluções.

Para que tal aconteça, o trabalho e os trabalhadores devem ser reconhecidos como determinantes no sucesso das organizações e revalorizados e dignificados. Ao contrário do que frequentemente acontece, com as empresas a suportarem, praticamente sem reclamarem, aumentos do custo da energia, de matérias-primas e de equipamentos e a despedirem ou fazerem tudo para evitar a actualização dos salários e a melhoria das condições de trabalho, mesmo quando aquela não acompanha o valor da inflacção ou têm lucros chorudos.

Fátima Carvalho propõe-se “incrementar a notoriedade e o reconhecimento público” do IPBeja

Zé LG, 03.11.21

imgLoader2.ashx.jpg… “com base na qualidade da formação, no desenvolvimento de projetos de investigação e desenvolvimento e na prestação de serviços” à comunidade.

A nova presidente do IPBeja diz ser “imperativo” intensificar a relação da instituição com a comunidade (empresas e entidades públicas e privadas), estimulando a realização de iniciativas conjuntas de interesse mútuo, incluindo a “análise e concretização de eventuais parcerias para acesso aos diversos programas e fundos europeus, nomeadamente no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, visando uma aposta na inovação que permita alavancar as transições digital e verde”.

Ler toda a entrevista de Fátima Carvalho ao Diário do Alentejo.

Quem se importava de pagar mais impostos?

Zé LG, 01.11.21

carga fiscal 001.jpgPortugal é, de acordo com o mapa anexo, o 5º país da Zona Euro com menor carga fiscal. Não é por isso que reclamamos tanto pagar menos impostos, mas pela utilização que os governos lhes dão.

Quem se importava de pagar mais impostos se tivesse melhores serviços públicos de Saúde, Educação e Segurança Social? 

É a menos boa prestação destes e de outros serviços públicos que leva muitos dos que podem pagá-los a recorrer a serviços privados, contribuindo para enfraquecer ainda mais os públicos e, desta forma, prejudicar os que não têm possibilidades de recorrer a serviços privados.

Por isso, o caminho não é reclamar menos impostos (pelo menos, enquanto adívida pública for tão elevada) mas a exigência de melhor utilização da sua receita, através de melhores opções e gestão, investindo mais e melhor no que é essencial e mais importante, cortando no que é supérfluo e  desnecessário, nas sobreposições e combatento eficazmente a corrupção e o compadrio.

Hugo Hilário reeleito presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo

Zé LG, 29.10.21

248004801_4533309060079229_20860099594200238_n.jpgO presidente da Câmara de Ponte de Sor, Hugo Hilário (PS), foi reeleito presidente do Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), que integra como vice-presidentes Rogério Silva (PSD), presidente da Câmara Municipal de Fronteira, e Nuno Silva (CDU), presidente da Câmara Municipal de Avis.

União de Freguesias de Salvador e Santa Maria da Feira elegeu os seus órgãos, à terceira tentativa

Zé LG, 29.10.21

249466848_381989513490364_1422252332184606467_n.jpDepois de o presidente da Junta ter proposto duas listas para a eleição dos vogais da Junta de Freguesia, que foram rejeitadas, “à terceira foi de vez”. Na primeira lista constavam, apenas, eleitos do PS e a segunda proposta era composta por dois eleitos do PS e dois da CDU. Ambas foram inviabilizadas. A terceira proposta apresentada por António Ramos foi aprovada com 12 votos a favor e um contra.

Assim o executivo presidido por António Ramos (PS), é constituído por Bruno Sustelo, Custódia Alho e Rita Brito, eleitos pelo PS e por Hugo Carulo eleito pela coligação Beja Consegue, liderada pelo PSD.

Para a votação da mesa da Assembleia de Freguesia foram apresentadas duas listas, a Lista A e a Lista B. A lista B ganhou com 7 votos a favor, tendo a Mesa da Assembleia de Freguesia ficado a ser presidida por Evaristo Amaro (CDU), com Maria Costa Lobo (PS) como 1ª Secretária e Linabela Martins, (Beja Consegue) 2ª Secretária.

Vítor Proença reeleito presidente da CIMAL

Zé LG, 28.10.21

imgLoader2.ashx.jpgO novo conselho intermunicipal, órgão executivo da CIMAL, composto pelos presidentes dos municípios de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém e Sines (Setúbal) e Odemira (Beja), reelegeu o presidente da Câmara de Alcácer do Sal, Vítor Proença (CDU), para seu presidente e para vice-presidentes, elegeu o presidente da Câmara de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha (CDU) e o presidente da Câmara de Sines, Nuno Mascarenhas (PS). A lista única foi aprovada por unanimidade.

CDU exige nova eleição da Junta e da Mesa da Assembleia da União de Freguesias de Moura e Santo Amador

Zé LG, 27.10.21

logotipo_site.pngDe acordo com a CDU, “foi dada posse a um eleito do Partido Socialista no lugar de outro, que por motivos de saúde não podia estar presente, quando essa opção está vedada, uma vez que no ‘ato de instalação quem falta não é substituído, pois só pode ser substituído quem tenha tomado posse e assim seja titular de um mandato’. Desta situação, decorreu ainda o facto de a mesma pessoa ter sido eleita para a Junta, sem ter sido eleita para a Assembleia de Freguesia.

Pelouros atribuídos na Câmara de Beja

Zé LG, 25.10.21

20211025151750772.png

Presidente da Câmara Municipal, Paulo Arsénio (PS) - Divisão Administrativa e Financeira, Gabinete de Apoio ao Investimento, Divisão de Turismo e Património, Divisão de Cultura, Serviço de Empreitadas, Gabinete Jurídico e Gabinete de Comunicação.

Vereador a tempo inteiro Rui Marreiros (PS) - Divisão de Ambiente e Sustentabilidade, Divisão de Administração Urbanística, Divisão de Serviços Operacionais (com exceção do Serviço de Empreitadas), Serviço Municipal de Proteção Civil, Gabinete de Gestão da Mobilidade e Gabinete de Apoio aos Eleitos.

Vereadora a tempo inteiro Marisa Saturnino (PS) - Divisão de Desenvolvimento e Inovação Social, Gabinete de Recursos Humanos, Divisão de Educação, Desporto e Juventude e Partido Médico Veterinário

Aos três vereadores da CDU, Vítor Picado, Fátima Estanque e Rui Eugénio e ao vereador da coligação Beja Consegue!, Nuno Palma Ferro, não foi atribuído qualquer pelouro.

As reuniões da Câmara Municipal serão quinzenais, às quartas-feiras, alternadamente às 10.00 e às 17.30 horas.