Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

CDU acusa a Câmara de Aljustrel de “discriminar” população de Ervidel

Zé LG Zé LG, 24.01.20

202001221011291851.jpgManuel Nobre, da CDU de Aljustrel, afirma que o sentimento de discriminação “paira” entre a população e aponta alguns exemplos concretos: rede de águas, atrasos no fornecimento de alguns materiais para execução de obras protocoladas com a Câmara e o incumprimento nas transferências dos valores que são devidos pelas obras realizadas pela Junta de Freguesia, assim como, o encerramento do Museu Rural.

CDU acusa a EMAS de Beja de conseguir aumento dos proveitos às custas dos orçamentos familiares e pede revisão do tarifário

Zé LG Zé LG, 15.01.20

201903011553534329.jpgOs eleitos da CDU na Câmara Municipal de Beja informam que votaram contra a “manutenção da fatura da água” aprovada “pelo Executivo PS” por considerarem que a “injustiça” se mantém. Pedem a revisão do tarifário da EMAS e que seja cumprido o parecer da ERSAR que diz que «No caso do serviço de AR – Águas Residuais, a cobertura de gastos, com um indicador de 176%, é insatisfatória por ser excessiva, merecendo por isso uma reapreciação»”, dando razão à “leitura” desta situação por parte dos vereadores da CDU.

“Nas unidades públicas os riscos têm outras naturezas”

Zé LG Zé LG, 05.01.20

“Os riscos que a gestão de uma unidade privada corre prendem-se com as oportunidades de negócio. Nos relatórios das grandes empresas, frequentemente uma qualquer redução de lucros é vista como um prejuízo. Nas unidades públicas os riscos têm outras naturezas. O risco principal, do ponto de vista estratégico, é falhar o cabal cumprimento da sua missão. Por vezes, é consequência do risco de o financiamento ser curto para garantir a realização de todo o leque de serviços. Para além das metas contabilísticas, ainda há os riscos sociais. O risco de não garantir o acesso atempado a diagnósticos e tratamentos, por exemplo...
Zobaida 03.01.2020 00:20", aqui.

PSD não concorda com a forma com que a Câmara de Alvito tratou alguns projectos

Zé LG Zé LG, 05.01.20

21442856_hpeCc.jpegA Comissão Instaladora da Concelhia de Alvito do PSD quer esclarecimentos do exectivo camarário relativamente à construção do novo edifício da Escola Profissional, defendendo a aposta na Escola Profissional mas afirmando que “não pode concordar com a forma como este executivo organizou um projecto que vai ficar bastante caro aos cofres da autarquia e aos contribuintes”. Condisera ainda que há questões relacionadas com a construção de uma creche/infantário em Vila Nova da Baronia, através de financiamentos públicos e sobre a responsabilidade da Santa Casa da Misericórdia de Alvito, que deixam alguma “desconfiança”.

“O risco é inerente à gestão, na coisa pública e no privado”

Zé LG Zé LG, 02.01.20

“O risco é inerente à gestão, na coisa pública e no privado. Quem diz ou fizer o contrário não é verdade. Se se intitulam gestores ou administradores, da coisa pública, sem resultados e respectiva avaliação o mesmo é dizer sem correr riscos, então ano estão a gerir. Até mesmo para gerir défices na saúde, é preciso saber gerir, correndo riscos, razão pela qual, mesmo sendo os hospitais sub financiados, há décadas, uns são muito melhores do que outros e têm melhores resultados. Não estão todos no mesmo patamar.
Anónimo 31.12.2019 14:03”, aqui.

As prendinhas de João Espinho para Paulo Arsénio e seus indefectíveis

Zé LG Zé LG, 22.12.19

"As duas primeiras relacionam-se com o Movimento Beja Merece+ (BMM). Arsénio despreza o BMM, não gosta que o movimento cívico lhe desvie os holofotes que quer só virados para si. Diria mesmo que Arsénio combate contra tudo o que mexa e não tenha origem na corte socialista. …

A seguinte prendinha tem a ver com a praça da portagem em “Grândula” (sic!) sul e o troço de autoestrada que teima em não ser concluído. … Tentando manobrar a opinião pública, anuncia uma reunião com o Ministro do das Infraestruturas. ... Mas… plof! Ou um ataque ministerial de diarreia ou a irrelevância de Arsénio junto do poder central, levaram ao cancelamento da reunião. …

bombones-ferrero-rocher-t16.jpg

Não quero deixar passar a ocasião para oferecer aos seus indefectíveis uma caixinha de chocolates. Para quando sua excelência o presidente disser: “arsenetes, aptece-me algo!”

Os votos para o ano novo é que atenda os anseios dos bejenses. Não basta anunciar algumas pinturas, arranjos de azulejos e algum alcatrão ou brita nas estradas municipais. É preciso fazer mais. Muito mais."

Carlos Moedas eleito para a administração da Gulbenkian

Zé LG Zé LG, 21.12.19

imgLoader2.jpgO “Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian elegeu, por unanimidade, o novo membro executivo (o antigo comissário europeu Carlos Moedas), que completa o conjunto de nove elementos do conselho de administração da Fundação”.

“Carlos Moedas passa a integrar este órgão, completando a equipa liderada por Isabel Mota e composta por Martin Essayan, José Neves Adelino e Guilherme de Oliveira Martins (administradores executivos), Emílio Rui Vilar, Graça Andersen Guimarães, António Feijó e Pedro Norton (administradores não executivos)”, estando agendada a tomada de posse para 7 de janeiro.

Micro e Pequenas Empresas de Beja vão ter que pagar Derrama

Zé LG Zé LG, 21.12.19

79644724_636675357105323_3573150741432369152_o.jpg"... E isto devido a inércia, desorganização e adormecimento do executivo de maioria PS que em tempo útil não desenvolveu os procedimentos para a elaboração do "Regulamento de Benefícios Fiscais" que enquadraria, nos termos da lei (que entrou em vigor no dia 01 de Janeiro de 2019), esta isenção, que foi aprovada em Assembleia Municipal no passado mês de Novembro.

Enfim... Ainda que seja uma taxa "reduzida", é mais um imposto que poderia ter sido evitado. Perdem os pequenos empresários...", acusa Vitor Picado, aqui. e a CDU em Nota de Imprensa.

Leia e oiça mais sobre o assunto aqui e aqui.

Município de Vidigueira foi, novamente, distinguido com o “Selo de Qualidade Exemplar de Água para Consumo Humano”

Zé LG Zé LG, 14.12.19

201912111634281861.jpgO Município de Vidigueira revela que foi, novamente, distinguido com o “Selo de Qualidade Exemplar de Água para Consumo Humano”, atribuído pela Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR), que “pretende evidenciar a existência de um rigoroso sistema de avaliação dos serviços prestados aos consumidores, os quais têm oportunidade de conhecer melhor as entidades que lhes prestam os melhores serviços em diferentes áreas”.

CDU e PS trocam acusações em Castro Verde

Zé LG Zé LG, 21.11.19

201911190752451.jpgA CDU acusa a gestão do PS na Câmara de Castro Verde de evidenciar "falta de preparação, sendo "marcada pela falta de visão estratégica, que se baseia na resposta imediata e populista", que "tem revelado incompetência e uma manifesta falta de critérios que, tem conduzido a opções políticas questionáveis", acrescentando que, entre outros pontos, a dívida corrente "não pára de crescer” e que há "desorientação" na política cultural. "Se tivermos em conta o programa eleitoral que o PS apresentou, o futuro que anunciou parece cada vez mais distante".

O PS diz que a "A CDU esconde verdades, ignora o estado em que deixou a Câmara e não faz uma oposição séria” e afirma que conseguiu, "em dois anos, iniciar obras” e “assegurar fundos comunitários para a Zona de Actividades Económicas, garantir a instalação de fibra óptica em Castro Verde, reduzir a taxa de IRS de 5 para 4%, lançar com sucesso o primeiro 'Orçamento Participativo' no concelho, … lançar os programas 'Castro Verde XXI' e 'Castro Jovem', criar o festival 'Sabores do Borrego', conceber uma nova imagem do Município e renovar o 'Campaniço'".

Daqui.