Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

AQUI NÃO COMES

Zé LG, 28.02.21

Asset-3.pngO primeiro estabelecimento AQUI NÃO COMES surgiu em Beja, em meados do ano 2020, em plena pandemia, para satisfazer as novas necessidades dos clientes, respeitando as normas da Direção Geral de Saúde, que obrigaram os restaurantes a fechar e a servirem refeições apenas em take-away (a levantar nos estabelecimentos) e/ou com delivery (entregas ao domicílio).
Criado com o novíssimo conceito de Dark Store (“loja destinada a servir clientes que não estão fisicamente na loja”), o AQUI NÃO COMES foi pensado durante a pandemia, com uma estratégia perfeitamente direcionada para a nova tipologia de clientes que encomendam à distância para levantar na loja ou para entrega ao domicílio.

A aposta dos três amigos alentejanos que criaram o AQUI NÃO COMES está a ter um grande sucesso ao ponto de ter chamado a atenção de novas investidoras que levaram o mesmo conceito e marca AQUI NÃO COMES para Lisboa, sendo já dois AQUI NÃO COMES independentes a operar o mesmo conceito e sabores do Alentejo.

Leia o artigo completo, aqui.

PCP questiona governo sobre a situação dos trabalhadores do refeitório e a suspensão do fornecimento de refeições no IPBeja

Zé LG, 15.10.20

201812241225153249 dias.pngEm causa está o término da prestação de serviços da empresa que até então assegurava as refeições no refeitório do IPBeja.

A empresa terá deixado de prestar serviços a 31 de julho. Nessa altura, enviou uma carta aos trabalhadores a informar que manteriam o contrato de trabalho, com todos os direitos e obrigações, sendo a sua nova entidade patronal o Instituto Politécnico de Beja, que “não assume qualquer obrigação com os trabalhadores alegando que os mesmos são da responsabilidade da empresa” em questão.

“Com este impasse os trabalhadores estão em casa, sem vencimento e sem direito, no mínimo, ao respetivo subsídio de desemprego”.

 O PCP quer saber “que conhecimento tem o Governo relativamente à situação em que se encontram os trabalhadores do refeitório do SAS- IPBeja” e “que medidas urgentes vai o Governo tomar para que sejam respeitadas todas as obrigações e os direitos para com estes trablhadores”; se o “Governo não entende que o Instituto Politécnico de Beja está a faltar ao apoio que deverá garantir aos estudantes”, uma vez que “atualmente não é assegurado o fornecimento de refeições no refeitório do SAS- IPBeja; e que “medidas que vai tomar para que seja recuperado o fornecimento de refeições”.

Leia também aqui.

Câmara de Vidigueira promove Semana Gastronómica do Gaspacho e da Tomatada

Zé LG, 14.08.20

2020-SG-GASPACHO-E-TOMATADA---NET_484X383.jpgIntegrada nesta iniciativa vai decorrer online, hoje, a partir das 16 horas, "conversas de cozinha - valorizar e promover a gastronomia local", com o seguinte programa:

Tema: "Gastronomia em tempo de Pandemia" - Amílcar Malhó | Jornalista de Gastronomia e Vinhos  

Tema: "Reinventar a minha cozinha - dinâmicas de promoção do património gastronómico" Saudade Campião | Chef de cozinha (Restaurante A Pipa - Beja).

Consulte AQUI as ementas dos restaurantes aderentes: A Cascata | Canto do Rossio | O Raposo | O Trilho | País das Uvas | Restaurante Quetzal | Taberna da Tia Jacinta.

“Do prado ao prato é o convite da ACOS para esta Páscoa”, com receitas de borrego

Zé LG, 09.04.20

A agricultura não pode parar porque é preciso acompanhar o ciclo biológico das plantas e dar de comer aos animais e acompanhar o seu normal ciclo produtivo e reprodutivo. A pandemia trouxe alterações às rotinas, mas também reforçou a união entre todos e o sentido de soberania e segurança alimentar.

A ACOS continua a escoar com regularidade os produtos animais dos associados que aderiram aos seus circuitos de comercialização, designadamente para o mercado nacional e para a exportação. Este dado vem reforçar a convicção de que, mesmo em tempos de crise, se os produtores agrícolas estiverem agrupados, são mais fortes e conseguem superar as dificuldades com mais segurança.

Capturar.PNG

A Covid-19 fez cancelar a edição deste ano da Ovibeja mas não cancela a Páscoa. Podemos consumir o tradicional borrego ou cabrito de origem nacional. A proposta é, com todo o tempo deste mundo, aprender e ensinar a cozinhar, seguindo as receitas gastronómicas dos nossos pais e dos nossos avós, bem como outras mais recentes.

Para ajudar a manter a tradição e procurando sempre inovar, a ACOS divulga nas redes de comunicação online (site www.acos.pt e facebook) receitas de borrego inscritas em publicações editadas por altura da Ovibeja. Esta é uma iniciativa de “Todo o Alentejo deste Mundo!” para Todo o nosso Mundo saborear o Alentejo, o borrego, o cabrito e também os queijos tradicionais de ovelha e de cabra.

Morreu Manuel Fialho

Zé LG, 26.03.20

fialho.pngManuel Fialho, fundador do mítico restaurante eborense que leva o seu nome, “o Fialho”, faleceu ontem, 25 de março. Manuel Fialho foi um dos grandes da gastronomia tradicional alentejana e que tão bem honrava no seu restaurante e em diversas livros gastronómicos.
Vítor Silva, presidente da Agência de Promoção Turística do Alentejo diz mesmo que “O Alentejo perde uma figura de vulto que tanto contribuiu para a gastronomia, a cultura e o turismo do Alentejo” e António Ceia da Silva, presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, que foi “uma grande referência não só para o Turismo do Alentejo, mas também de Portugal. Nunca teremos a noção daquilo que efetivamente lhe ficámos a dever. Mas, principalmente, foi um grande amigo, um companheiro de luta.”

Semana Gastronómica do Queijo começa hoje em Serpa

Zé LG, 21.02.20

brochura_site_001.jpg

A Semana Gastronómica pretende ser um factor de promoção não apenas da Feira do Queijo do Alentejo, que vai decorrer entre 28 de Fevereiro e 1 de Março mas também da gastronomia local enquanto património cultural e produto turístico, ao mesmo tempo que incentiva a inovação e a criatividade nos pratos da gastronomia local, como forma de cativar novos clientes. Consulte lista de restaurantes aderentes.

Alvito convidou a conhecer novas experiências no concelho

Zé LG, 08.02.20

202002061950169377.jpgA Câmara Municipal de Alvito e a SPIRA estão a promover “dois dias de emoção e novas experiências no concelho, dando a conhecer costumes e tradições do Alentejo”, que terminam hoje.

“Com o intuito de promover o concelho e atrair turistas e visitas de grupo, programámos dois dias para ter tempo de ver, sentir e degustar o melhor que o Alentejo tem”, refere a organização, esclarecendo que a oferta destes dois dias assenta no “Património Cultural Edificado, no Cante, no Vinho, na Gastronomia, nos Produtos e Produtores.

Feira de Doçaria Conventual e Regional de Beja

Zé LG, 14.11.19

cartaz doces_page-0001.jpgO curso profissional de Técnico de Animação em Turismo do Agrupamento de Escolas nº 2 de Beja organizam mais uma Feira de Doçaria Conventual e Regional de Beja, este ano, integrada no Congresso Internacional sobre Mariana Alcoforado, onde se poderá comprar bolos, licores e compotas, peças de artesanato, assistir a momentos musicais e de dança/ginástica, a um workshop de doces para diabéticos e, ainda, assistir à leitura de alguns excertos das cartas de Mariana Alcoforado.