Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Antiga Sede do Partido Comunista da Bulgária, abandonada após uma década de utilização

Esta é uma imagem da antiga sede do Partido Comunista da Bulgária. Do lado de fora, ela parece o covil do vilão de um filme de James Bond. E seu interior não é muito diferente! O edifício tem exatamente a forma de um disco voador. (foto de Dimitar Kilkoff)

sede pcb.jpg

O prédio foi usado por uma década, entre os anos de 1981 e 1991. O partido entrou em colapso após a queda da União Soviética e ninguém assumiu o controle do local. Agora, é um espaço vazio. Mas há planos para restaurá-lo.

“O Alentejo tem uma luz especial, diferente” afirma Jerónimo Heitor Coelho

coelho.jpgCom 12 anos “experimentou” a fotografia no FAOJ – Fundo de Apoio aos Organismos Juvenis, de Beja, e o mistério da câmara escura entranhou-se nele, como uma paixão. O seu trabalho fotográfico tem merecido inúmeras distinções nacionais e internacionais. Em 2014, a Associação Portuguesa de Profissionais de Imagem atribuiu-lhe o título de “Duplo Mestre Fotógrafo”, pela acumulação de méritos fotográficos. Em 2015, a Academia Internacional de Gastronomia, reunida em Paris, concedeu-lhe o “Prix de la Littérature Gastronomique”, pelo seu livro Comer em Évora. Atualmente desenvolve o seu trabalho nas áreas da fotografia de retrato, comercial, documental e industrial – arquitetura e interiores.

Está patente, na Pousada do Castelo de Alvito, até ao próximo dia 6 de outubro, a exposição de fotografia “Alentejo – ontem, hoje, amanhã”, da autoria de Jerónimo Heitor Coelho. Uma exposição onde o público poderá observar o “pensamento pictórico” incluso no trabalho do autor, seja “na harmonia das arquiteturas ou no equilíbrio dos espaços, seja na composição dos interiores ou na densidade humana dos retratos”.

Leia aqui a sua entrevista ao Quadro de Honra do Diário do Alentejo.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não concordo. Como bem diz, dada a manifesta incap...

  • Anónimo

    Esta questão tem acontecido com a conivência de vá...

  • Anónimo

    Lixo e buracos nas ruas e estradas constituem a im...

  • Anónimo

    Uma gestão camarária que nem do lixo dá conta!Quan...

  • Anónimo

    Continua a apresentar boas respostas. Durante 40 a...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.