Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Exposição “Os Campos do Baixo Alentejo da década de 1950” em Vidigueira

Zé LG Zé LG, 26.01.20

O Museu Municipal de Vidigueira tem patente até 21 de fevereiro, a exposição “Os Campos do Baixo Alentejo da década de 1950”.

20200123163137436.jpgA exposição é promovida pelo Museu da Ruralidade de Entradas-Castro Verde e pretende mostrar “um conjunto de peças relacionadas com as atividades agrícolas do Baixo Alentejo da década de 1950”.

CPCBeja espõe “Arte numa perspetiva diferente” na EDIA

Zé LG Zé LG, 03.12.19

imgLoader2.ashx.jpgA EDIA e o Centro de Paralisia Cerebral de Beja inauguram no dia 3, Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, a 18.ª edição da exposição “Arte numa perspetiva diferente”, dos utentes do Centro de Atividades Ocupacionais do CPCB.
A mostra, cuja abertura está agendada para as 16:00 horas, ficará patente ao público no edifício sede da EDIA, em Beja, até ao dia 6 de janeiro, podendo ser visitada de segunda a sexta-feira, das 09:00 às 18:00 horas.
A receita proveniente da venda dos trabalhos reverterá integralmente para o Centro de Paralisia Cerebral de Beja.

VI Beja ModelShow

Zé LG Zé LG, 30.11.19

201911181541547537.jpgOs Amigos Modelistas do Baixo Alentejo (AMBA) e o Clube de Modelismo da Escola Básica Mário Beirão, do Agrupamento de Escolas Nº 2 de Beja realizaram o VI BEJAMODELSHOW 2019, que se reveste de maior significado e importância por comemorar o 20º aniversário de ambas as associações promotoras. De realçar que o Clube de Modelismo da Mário Beirão é o único a funcionar numa escola pública nacional.

Santiago Macias expõe "Caligrafias" em Moura

Zé LG Zé LG, 11.10.19

sm.jpgCaligrafias é o título da exposição de Santiago Macias, constituída por 35 fotografias, que tem sempre Moura como ponto central. Trata-se de um caminho que reflecte o percurso pessoal e profissional do autor.

A arqueologia islâmica e a História estão em pano de fundo e quase todas as fotografias se ligam de perto a viagens feitas no âmbito de trabalhos de investigação, os quais foram, em diversas ocasiões, pretexto para ir um pouco mais além.

A exposição é inaugurada na sede de Os Amarelos em Moura, no próximo sábado dia 12, às 16horas.