Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Champimóvel - "O futuro da ciência" em Alvito

imgLoader.ashx.jpeg

Alunos do Concelho de Alvito podem visitar o camião da Fundação Champalimaud, entre 4 e 8 de Fevereiro, no espaço exterior do Pavilhão Gimnodesportivo e aproveitar a oportunidade de participar numa apresentação dinâmica e divertida, num simulador animado e interativo, que pretende despertar a sua curiosidade para os temas científicos.

Horário de Funcionamento | 9h - 12h30 e 14h - 17h

Pousada de S. Francisco mostra trabalhos de doentes do Hospital de Beja

Pousada-Beja-768x512.jpgNo âmbito da actividade “Arte Terapia” desenvolvida no Hospital de Dia de Psiquiatria, da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) está patente ao público, na Pousada de S. Francisco, em Beja, uma exposição de pintura dos utentes do serviço.

Os trabalhos estão à venda e as receitas revertem para o Hospital de Dia.

A exposição pode ser visitada até 31 de Janeiro de 2019.

“Gregos, Egípcios e Fenícios em Beja?”

Museu-Sembrano-Beja-768x432.jpgé o título de uma exposição que a EDIA inaugura, esta noite, no Núcleo Museológico da Rua do Sembrano, inserida no ciclo de exposições que está a desenvolver com base no espólio descoberto durante as intervenções arqueológicas realizadas na construção de Alqueva.

Antes da inauguração da exposição tem lugar a conferência “Um ainda Admirável Mundo Novo: Necrópoles rurais sidéricas dos plainos de Beja”, aberta ao público, por Rui Mataloto, arqueólogo no Município de Redondo, investigador na área do Alentejo Interior sobre diversos temas, com particular enfoque na Idade do Ferro.

Esta exposição pode ser visitada de terça a domingo, entre as 9:30h e as 12:30h e das 14:00h às 18:00h.

“Vila Alva. Terras de Vinho” em exposição a partir do dia 10 na Adega do Mestre Daniel

VilaAlva_expo_web.jpg

No âmbito do projecto para a sua reactivação, a Adega do Mestre Daniel, em Vila Alva, acolhe a partir do próximo dia 10 de Novembro a exposição “Vila Alva. Terras de Vinho”, da iniciativa de Daniel Parreira, com a colaboração de Samuel Pernicha e João Taborda.

No ambiente cénico da renascida adega, embalada pela melodia do vinho a sangrar de velhas talhas, envolta em encantatórios aromas, esta exposição,constituída por 10 painéis temáticos, é uma inebriante viagem no tempo.

O visitante principia a jornada pelos vinhedos de Vila Alva, recuando à época da ocupação romana. Depois, é convidado a conhecer esta aldeia e o quotidiano das suas gentes, já nos meados do século XX. A aventura prossegue no sombrio interior de velhas adegas, à descoberta de talhas centenárias, de símbolos de mestres talheiros e marcas de fabricantes mais próximos. A viagem continua com a iniciação aos segredos do vinho de talha, tal como era produzido pelo Mestre Daniel, terminando no universo das vendas,entre copos e singelos petiscos. No final, mas como num regresso às origens, os visitantes poderão provar o vinho novo e sentir-se irmanados… na comunhão de uma moda!

Esta exposição conta ainda com duas obras do mestre Chico Taborda que, com um rigor mágico, reproduzem os ambientes de uma adega tradicional e de uma venda d’outros tempo.

Comentários recentes

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.