Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Câmara de Beja, entre outras, vai substituir coberturas de fibrocimento das Escolas

Zé LG, 03.08.20

202007311653327144 beja.jpgA Câmara Municipal de Beja anuncia que assinou com o Ministério da Educação um acordo de colaboração para a remoção de fibrocimento, com amianto na sua composição, em equipamentos escolares.

De acordo com o município bejense, o vereador Arlindo Morais representou a autarquia na assinatura do acordo, que financiará a 100%, a remoção de cerca de 6500 m² de amianto, ainda, existente nas Escolas de Mário Beirão e Santiago Maior.

Recorde-se que, no distrito de Beja além das escolas Mário Beirão e Santiago Maior, em Beja, estão, também, contempladas a escola Secundária de Aljustrel, a Básica e Secundária de Almodôvar, a Escola Básica e Secundária de Ferreira do Alentejo, a Básica e Secundária de Mértola, a Escola Básica de Odemira e as duas escolas Básicas de Serpa.

“As escolas têm um papel fundamental na prevenção dos maus tratos na infância”

Zé LG, 09.05.20

maustratos-768x512.jpgO número de casos de maus tratos a crianças não tem sofrido “um aumento significativo” durante a pandemia da Covid-19. Esta realidade mostra que os maus tratos estão a diminuir, mas por outro lado pode querer dizer que as denuncias “não estão a chegar às CPCJ’s- Comissão de Proteção de Crianças e Jovens”.

Maria Manuel Coelho, coordenadora da equipa regional do Alentejo da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens defende que “a prevenção [dos maus tratos] é a grande aposta” para por fim a este flagelo. Em Portugal, ainda “existem muitas situações graves que não deviam acontecer”. Em seu entender “as escolas têm um papel fundamental, para mostrar que [os maus tratos] não são aceitáveis”.

EB de Santiago Maior “escola de referência” em Beja

Zé LG, 17.03.20

260720161652-878-escolasantiagomaior.jpgA lista de escolas de referência do Baixo Alentejo que vão concentrar as refeições e o acolhimento dos filhos dos médicos e técnicos de saúde, bem como das restantes equipas de segurança e emergência, como decorre da lei já foi divulgada. Na cidade de Beja a EB de Santiago Maior é o estabelecimento de ensino de referência que, nesta fase, vai servir os Agrupamentos nº 1 e nº 2.

Veja aqui a lista de escolas de referência divulgada pelo Comando Distrital de Operações e Socorro de Beja da Autoridade Nacional de Emergência Protecção Civil.

Escolas encerradas a partir de hoje

Zé LG, 16.03.20

encerradas-768x432.jpgO Governo decretou, na passada quinta-feira, a suspensão de todas as actividades lectivas presenciais em todo o país a partir desta segunda-feira, como forma de combater a propagação do novo vírus Covid-19, depois da Organização Mundial da Saúde ter declarado pandemia mundial.

Os estabelecimentos de ensino vão estar encerrados pelo menos até dia 9 de Abril, altura em que será reavaliada a situação, explicou o Primeiro Ministro António Costa.

Para além das escolas, também espaços de animação, restauração e outros estão encerrados ou com acesso limitado.

Parabéns à Câmara de Beja e aos seus Serviços de limpeza Urbana!

Zé LG, 21.02.20

IMG_2304.JPG

IMG_2311.JPG

Se muitas vezes criticamos a Câmara Municipal de Beja, pelo que não faz ou faz mal, também devemos criticar, elogiando, quando faz bem, como foi o caso desta manhã, em que, logo a seguir ao corso carnavalesco das escolas, uma brigada dos serviços urbanos fez a limpeza das ruas por onde passou o corso.

“Quando se unem Funcionários, Alunos, Professores, Pais e Encarregados de Educação na mesma luta, tenho a certeza que a razão lhes assiste”

Zé LG, 05.12.19

"Temos assistido desde o início oficial do ano lectivo, a contestações e a várias iniciativas dos trabalhadores, encarregados de educação e professores, com o objectivo de questionar, reivindicar e exigir melhores condições de trabalho.
Não têm sido levantadas as questões que envolvem os baixos salários, e outras questões materiais que normalmente são exigidas.
Estamos perante uma nova exigência legítima, onde a falta de recursos humanos levam outros à exaustão. Verificamos também a existência da consciência dos trabalhadores, relativamente às responsabilidades que a sua função encerra, alegando e declarando...."que não podemos trabalhar assim. Assim não podemos continuar a assumir as nossas responsabilidades".
...
Estamos perante uma evidência.… as crianças não estão seguras nas escolas, os pais preocupados, os professores também.
Será que é incomportável para o Governo criar algumas centenas de postos de trabalho para responder a estas preocupações ? Será que temos assim tantas dificuldades financeiras enquanto país, que não estejamos disponíveis para este minúsculo investimento ?
… CGP - Anónimo 04.12.2019 12:24", aqui.

O que faz o Executivo da Câmara de Beja para atenuar a falta de condições das Escolas?

Zé LG, 04.12.19

A Associação de Pais e Encarregados de Educação organizou, ontem, uma manifestação junto da Escola de Santiago Maior, de Beja, com o objectivo de dar visibilidade a um problema que se tem vindo a arrastar de ano para ano - a falta de assistentes operacionais e de condições de funcionamento da Escola.

Compareceram no local, em apoio às reivindicações dos Pais e Encarregados de Educação e também dos Alunos, o vereador Vítor Picado, da CDU, Manuel Nobre, do Sindicato dos Professores, e, no final, José Eugénio, Director do Agrupamento Escolar a que a Escola pertence, entre outro.

201912030914386990.jpg

Presidente da Câmara, vereadores ou quaisquer outros eleitos do PS nem vê-los… Porquê? Porque acham que está tudo bem? Porque lhes pesa alguma coisa na consciência? Porque a subserviência partidária e ao governo é mais forte que a defesa que dizem fazer do concelho e da população que os elegeram?

O que tenciona fazer o Executivo da Câmara de Beja, do PS, para tentar resolver o problema da falta de condições das Escolas? Será que um dia destes vamos assistir à publicação de mais uma carta do presidente da Câmara ao ministro da Educação a pedir a sua intervenção para fazer qualquer coisinha, como fez em relação às estradas?...

Escolas de Beja encerradas devido à greve dos trabalhadores não docentes

Zé LG, 30.11.19

20181016211413374.jpgAs escolas do ensino básico Mário Beirão, Santa Maria e Santiago Maior assim como, as secundárias D.Manuel I e Diogo de Gouveia, na cidade de Beja encerraram ontem devido à greve dos trabalhadores não docentes, que reivindicam “o fim da precariedade e a integração dos actuais trabalhadores precários e a contratação imediata de mais 6000 trabalhadores para os quadros” e “uma nova portaria de rácios e dignificação salarial e funcional, o fim do processo de desresponsabilização do Estado central e de descentralização/municipalização da escola pública” e ainda uma “escola pública universal, inclusiva e de qualidade”.

Agrupamento de Escolas n.º 1 de Beja promoveu “Somos Capazes”

Zé LG, 29.11.19

201811291808185232.jpg“Somos Capazes”, pelo terceiro ano consecutivo, celebra “o trabalho, o empenho, a dedicação e o sucesso dos alunos e reunir toda a comunidade escolar para dar a conhecer as diferentes capacidades e talentos dos alunos daquele Agrupamento. E pretende mostrar até onde “os alunos chegaram e incentivá-los a ir mais longe no desenvolvimento dos seus conhecimentos e capacidades ao nível académico, artístico, físico, ético e social”.

Degradação das escolas do Mega-Agrupamento nº 1 de Beja

Zé LG, 29.11.19

11225460_113653692305457_7134976497734334364_n.png"É triste de ver a continua degradação, a todos os níveis, das três escolas que constituem o Mega Agrupamento da Diogo Gouveia". Anónimo 28.11.2019 00:16
"Seria interessante perceber qual a opinião da Direção do Agrupamento sobre este assunto, e sobre outros que tem vindo a contribuir para a degradação destas escolas". Anónimo 28.11.2019 00:21
Daqui.

Escolas encerram hoje

Zé LG, 29.11.19

image.jpg

Greve Nacional dos trabalhadores não docentes por:
> Fim da Precariedade e a integração dos atuais trabalhadores precários!
> A contratação imediata de mais 6000 trabalhadores para os quadros!
> Uma nova Portaria de Rácios e dignificação salarial e funcional!
> O fim do Processo de Descentralização\Municipalização da Escola Pública!
> Uma Escola Pública Universal e Inclusiva e de qualidade!
Daqui.

Criada a Bio região da Margem Esquerda do Guadiana

Zé LG, 30.10.19

bio.JPGFoi assinado o documento que oficializa a criação da Bio Região da MEG-Margem Esquerda do Guadiana, durante a sessão de adesão da MEG à INNER-Rede Internacional de Bio Regiões.

A MEG integra agora uma rede internacional de cerca de meia centena de territórios BIO em todo o mundo e passa a ser a quarta Bio Região em Portugal.

De referir que, ao abrigo do PDR2020, foi aprovado um pedido e apoio que garante financiamento para a dinamização da Bio Região da MEG na sua fase inicial.

Município de Alvito e ASAE assinaram protocolo para garantir a qualidade e segurança das refeições escolares

Zé LG, 29.10.19

Foi ontem assinado o protocolo entre o Município de Alvito e a ASAE, com o objetivo de garantir a qualidade e segurança das refeições escolares fornecidas nos refeitórios de responsabilidade municipal e sensibilizar e capacitar a população escolar, em especial, e a comunidade educativa em geral, em matéria de higiene e segurança alimentar.

alvito.jpg

Município de Alvito alarga Regime de Fruta Escolar às crianças do Ensino Pré-Escolar

Zé LG, 01.10.19

137 Alunos do Concelho beneficiam do Regime de Fruta Escolar

alvito.jpg

Embora o Regime de Fruta Escolar se aplique apenas aos alunos do 1.º Ciclo, por decisão do Município de Alvito, a medida foi também alargada às crianças do Ensino Pré-Escolar, sendo os custos decorrentes deste alargamento suportados inteiramente pelo Município.
Boas aliadas da alimentação infantil, a fruta não costuma enfrentar grande resistência das crianças para incorporá-la no cardápio diário. É tudo uma questão de adquirir o hábito de consumi-las.
As frutas consumidas duas vezes por semana pelas crianças na Escola são a maçã, pera, banana, pêssego, clementina, cenoura e laranja.

Câmara de Cuba amplia Escola Básica de Faro do Alentejo

Zé LG, 05.08.19

cuba.jpgA intervenção está a decorrer durante o actual período de interrupção escolar, sendo que no arranque do próximo ano lectivo os alunos daquele estabelecimento de ensino já terão à sua disposição um novo espaço.

Esta obra surge no âmbito de um conjunto de intervenções a nível de requalificação ou construção de novas valências, levadas a cabo pelo município de Cuba, nos estabelecimentos de ensino do concelho.

Câmara de Beja prossegue instalação de ar condicionado nas escolas

Zé LG, 17.07.19

arcon-768x432.jpgAté ao momento já foram realizadas instalações em cinco escolas: Cabeça Gorda, Baleizão, Beringel, Nossa Senhora das Neves e Penedo Gordo. Os trabalhos tiveram início logo após a conclusão do ano lectivo.

Está ainda prevista a colocação de equipamentos de ar condicionado nos estabelecimentos de ensino de Santa Vitória, São Matias e Trigaches.

A Câmara de Beja anunciou a colocação de 42 equipamentos em nove escolas Básicas de Freguesias Rurais do concelho. A empreitada tem um custo superior a 39 mil euros.

Mercado Rural do Início do Século XX em Mértola

Zé LG, 03.04.19

mercado.jpgO Largo Vasco da Gama, na vila de Mértola recebe hoje, entre as 9.00 e as 13.00 horas, mais uma edição do Mercado Rural do início do século XX, promovida pelo grupo de História do Agrupamento de Escolas de Mértola.

As crianças, vestidas à época, recriam um antigo mercado, onde não faltam os produtos tradicionais da época e da região, como ovos, legumes, queijos e outros, todos vendidos a granel.

Beja na criação da Rede de Bibliotecas José Saramago

Zé LG, 02.03.19

IMG_6410.JPGA criação da Rede de Bibliotecas José Saramago é uma iniciativa da Câmara Municipal de Beja, através da sua Biblioteca Municipal, em parceria com a Fundação José Saramago. No dia 22 de março, será assinado o compromisso público fundador desta rede, entre a Fundação Saramago e as entidades tutelares das Bibliotecas que tem o nome de José Saramago: as Câmaras Municipais de Beja, Loures, Odemira, Feijó (Almada) e Avis e o Instituto Politécnico de Leiria, para a divulgação conjunta e consertada da obra de José Saramago - Prémio Nobel da Literatura 1998, através da realização anual de atividades de promoção do livro e da leitura.

In: B NEWSLETTER | março 2019 | Câmara Municipal de Beja