Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“Quando se unem Funcionários, Alunos, Professores, Pais e Encarregados de Educação na mesma luta, tenho a certeza que a razão lhes assiste”

"Temos assistido desde o início oficial do ano lectivo, a contestações e a várias iniciativas dos trabalhadores, encarregados de educação e professores, com o objectivo de questionar, reivindicar e exigir melhores condições de trabalho.
Não têm sido levantadas as questões que envolvem os baixos salários, e outras questões materiais que normalmente são exigidas.
Estamos perante uma nova exigência legítima, onde a falta de recursos humanos levam outros à exaustão. Verificamos também a existência da consciência dos trabalhadores, relativamente às responsabilidades que a sua função encerra, alegando e declarando...."que não podemos trabalhar assim. Assim não podemos continuar a assumir as nossas responsabilidades".
...
Estamos perante uma evidência.… as crianças não estão seguras nas escolas, os pais preocupados, os professores também.
Será que é incomportável para o Governo criar algumas centenas de postos de trabalho para responder a estas preocupações ? Será que temos assim tantas dificuldades financeiras enquanto país, que não estejamos disponíveis para este minúsculo investimento ?
… CGP - Anónimo 04.12.2019 12:24", aqui.

O que faz o Executivo da Câmara de Beja para atenuar a falta de condições das Escolas?

A Associação de Pais e Encarregados de Educação organizou, ontem, uma manifestação junto da Escola de Santiago Maior, de Beja, com o objectivo de dar visibilidade a um problema que se tem vindo a arrastar de ano para ano - a falta de assistentes operacionais e de condições de funcionamento da Escola.

Compareceram no local, em apoio às reivindicações dos Pais e Encarregados de Educação e também dos Alunos, o vereador Vítor Picado, da CDU, Manuel Nobre, do Sindicato dos Professores, e, no final, José Eugénio, Director do Agrupamento Escolar a que a Escola pertence, entre outro.

201912030914386990.jpg

Presidente da Câmara, vereadores ou quaisquer outros eleitos do PS nem vê-los… Porquê? Porque acham que está tudo bem? Porque lhes pesa alguma coisa na consciência? Porque a subserviência partidária e ao governo é mais forte que a defesa que dizem fazer do concelho e da população que os elegeram?

O que tenciona fazer o Executivo da Câmara de Beja, do PS, para tentar resolver o problema da falta de condições das Escolas? Será que um dia destes vamos assistir à publicação de mais uma carta do presidente da Câmara ao ministro da Educação a pedir a sua intervenção para fazer qualquer coisinha, como fez em relação às estradas?...

Escolas de Beja encerradas devido à greve dos trabalhadores não docentes

20181016211413374.jpgAs escolas do ensino básico Mário Beirão, Santa Maria e Santiago Maior assim como, as secundárias D.Manuel I e Diogo de Gouveia, na cidade de Beja encerraram ontem devido à greve dos trabalhadores não docentes, que reivindicam “o fim da precariedade e a integração dos actuais trabalhadores precários e a contratação imediata de mais 6000 trabalhadores para os quadros” e “uma nova portaria de rácios e dignificação salarial e funcional, o fim do processo de desresponsabilização do Estado central e de descentralização/municipalização da escola pública” e ainda uma “escola pública universal, inclusiva e de qualidade”.

Agrupamento de Escolas n.º 1 de Beja promoveu “Somos Capazes”

201811291808185232.jpg“Somos Capazes”, pelo terceiro ano consecutivo, celebra “o trabalho, o empenho, a dedicação e o sucesso dos alunos e reunir toda a comunidade escolar para dar a conhecer as diferentes capacidades e talentos dos alunos daquele Agrupamento. E pretende mostrar até onde “os alunos chegaram e incentivá-los a ir mais longe no desenvolvimento dos seus conhecimentos e capacidades ao nível académico, artístico, físico, ético e social”.

Degradação das escolas do Mega-Agrupamento nº 1 de Beja

11225460_113653692305457_7134976497734334364_n.png"É triste de ver a continua degradação, a todos os níveis, das três escolas que constituem o Mega Agrupamento da Diogo Gouveia". Anónimo 28.11.2019 00:16
"Seria interessante perceber qual a opinião da Direção do Agrupamento sobre este assunto, e sobre outros que tem vindo a contribuir para a degradação destas escolas". Anónimo 28.11.2019 00:21
Daqui.

Escolas encerram hoje

image.jpg

Greve Nacional dos trabalhadores não docentes por:
> Fim da Precariedade e a integração dos atuais trabalhadores precários!
> A contratação imediata de mais 6000 trabalhadores para os quadros!
> Uma nova Portaria de Rácios e dignificação salarial e funcional!
> O fim do Processo de Descentralização\Municipalização da Escola Pública!
> Uma Escola Pública Universal e Inclusiva e de qualidade!
Daqui.

Criada a Bio região da Margem Esquerda do Guadiana

bio.JPGFoi assinado o documento que oficializa a criação da Bio Região da MEG-Margem Esquerda do Guadiana, durante a sessão de adesão da MEG à INNER-Rede Internacional de Bio Regiões.

A MEG integra agora uma rede internacional de cerca de meia centena de territórios BIO em todo o mundo e passa a ser a quarta Bio Região em Portugal.

De referir que, ao abrigo do PDR2020, foi aprovado um pedido e apoio que garante financiamento para a dinamização da Bio Região da MEG na sua fase inicial.

Município de Alvito e ASAE assinaram protocolo para garantir a qualidade e segurança das refeições escolares

Foi ontem assinado o protocolo entre o Município de Alvito e a ASAE, com o objetivo de garantir a qualidade e segurança das refeições escolares fornecidas nos refeitórios de responsabilidade municipal e sensibilizar e capacitar a população escolar, em especial, e a comunidade educativa em geral, em matéria de higiene e segurança alimentar.

alvito.jpg

Município de Alvito alarga Regime de Fruta Escolar às crianças do Ensino Pré-Escolar

137 Alunos do Concelho beneficiam do Regime de Fruta Escolar

alvito.jpg

Embora o Regime de Fruta Escolar se aplique apenas aos alunos do 1.º Ciclo, por decisão do Município de Alvito, a medida foi também alargada às crianças do Ensino Pré-Escolar, sendo os custos decorrentes deste alargamento suportados inteiramente pelo Município.
Boas aliadas da alimentação infantil, a fruta não costuma enfrentar grande resistência das crianças para incorporá-la no cardápio diário. É tudo uma questão de adquirir o hábito de consumi-las.
As frutas consumidas duas vezes por semana pelas crianças na Escola são a maçã, pera, banana, pêssego, clementina, cenoura e laranja.

Câmara de Cuba amplia Escola Básica de Faro do Alentejo

cuba.jpgA intervenção está a decorrer durante o actual período de interrupção escolar, sendo que no arranque do próximo ano lectivo os alunos daquele estabelecimento de ensino já terão à sua disposição um novo espaço.

Esta obra surge no âmbito de um conjunto de intervenções a nível de requalificação ou construção de novas valências, levadas a cabo pelo município de Cuba, nos estabelecimentos de ensino do concelho.

Comentários recentes

  • Zobaida

    Regime comuno-socialista??? Isto não é um problema...

  • Anónimo

    E um post sobre a mãe de um aluno que agrediu uma ...

  • Anónimo

    Também lá andaste Janeca eu sei, desculpa não me l...

  • João Espinho

    A última vez que falei com ele foi, precisamente,...

  • Anónimo

    Sim amigo recordo com saudade.....O Velho "Sesimbr...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds