Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Tribunais de Família e Menores e do Trabalho de Beja mantêm-se nos contentores

Zé LG, 13.09.21

Tribunal-Trabalho_800x800.jpgOs dois tribunais funcionam há três anos em instalações provisórias, conhecidas como o “Tribunal dos contentores”. No limbo do início da mudança para o RI1, o Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça (IGFEJ) comunicou ao responsável pelas instalações do tribunal, que “a mudança já não iria acontecer e que o mesmo continuava naquele espaço”.

Os Tribunais de Família e Menores e do Trabalho vivem esta situação transitória desde 2018, aguardando que o novo Palácio da Justiça de Beja seja construído, cujo concurso foi lançado recentemente pela terceira vez, não sendo ainda conhecida a decisão sobre o eventual vencedor do mesmo, nem quando poderão começar as obras.

Jorge Pulido Valente critica Câmara de Mértola por gastar mais de 4 milhões de euros numa “obra do regime”

Zé LG, 26.08.21

261020161739-594-MERTOLA.jpg“Mas outras prioridades de investimento do orçamento municipal deveriam ter sido assumidas, evitando, por exemplo, gastar mais de 4 milhões de euros (sem financiamento comunitário) num mega pavilhão multiusos, claramente uma obra de regime, sobredimensionada para as necessidades locais e de muito reduzido retorno para a economia da comunidade, quando faria muito mais sentido que Mértola já tivesse um Parque Logístico e Empresarial , projectado há mais de 1 década, que desse resposta às necessidades de expansão das empresas locais e de captação de novos investimentos e de criação de emprego.”
Jorge Pulido Valente, Técnico Superior na Câmara Municipal de Mértola na área do Planeamento e Desenvolvimento, aqui.

Mais um gigante dos céus no Aeroporto de Beja

Zé LG, 27.07.21

943885_airbus-a330-300-large_tcm110-3651-690x450.jA empresa portuguesa Hi Fly ampliou a sua frota com mais um Airbus A330-300, que aterrou em Beja, onde a empresa tem os seus hangares, na passada Quarta-Feira.

Pode transportar 249 passageiros na configuração de duas classes, e conta com 46 poltronas de alto conforto que se podem tornar camas em Classe Executiva e com 203 poltronas em Classe Económica.

Piscina Municipal de Ferreira do Alentejo abriu hoje portas

Zé LG, 01.07.21

Piscina-Ferreira-768x509.jpgComeçou, nesta quinta-feira, dia 1, a época balnear na Piscina Municipal Descoberta de Ferreira do Alentejo, que funcionará de terça a domingo das 10:00 às 20:00 horas, depois do espaço ter sido melhorado com várias intervenções que decorreram, ao longo dos últimos meses, e ter sido estabelecido um plano de contingência de modo que sejam cumpridas todas as regras da Direção Geral da Saúde.

Clínica de Diagnósticos de Sines transformada em Hospital Particular do Alentejo

Zé LG, 23.06.21

202106211751187469.jpgO Hospital Particular do Alentejo - o primeiro hospital privado do litoral alentejano -, é inaugurado oficialmente hoje na cidade de Sines e integra o Grupo HPA Saúde, tomando o lugar da maior e mais antiga clínica estabelecida na região – a CLÍDIS, Clínica de Diagnósticos de Sines – que opera há 44 anos, em conjunto com vinte e quatro postos de colheitas de análises clínicas, espalhadas pelos distritos de Setúbal e Beja.

Para se transformar em hospital, houve necessidade de executar grandes alterações físicas ao edifício, por forma a que agora seja possível disponibilizar duas salas de bloco operatório, um internamento, uma unidade de cuidados intermédios e um serviço de imagiologia renovado que possui tecnologia diferenciada, nomeadamente a única ressonância magnética da região.

O Grupo HPA Saúde tem planeado num futuro próximo construir de raiz um edifício em espelho relativamente a este original, prevendo-se que aí se estabeleçam a maior parte dos serviços de ambulatório, permitindo que no edifício atual se expanda por exemplo o internamento.

Câmara de Ponte de Sor investe 9 milhões em reabilitação de antiga fábrica par criação de um centro empresarial e tecnológico

Zé LG, 12.06.21

delphi-ponte-sor-centro-empresarial-obra-696x392.jA Câmara Municipal de Ponte de Sor anunciou que deverá avançar ainda este ano com a reabilitação da antiga fábrica Delphi, para criar um centro empresarial e tecnológico, num investimento de nove milhões de euros, com comparticipação de fundos comunitários. Recorde-se que o município adquiriu o edifício da antiga fábrica Delphi, que fechou as portas em dezembro de 2009.

A autarquia sublinha que o Centro Empresarial e Tecnológico de Ponte de Sor vai ser um espaço “polivalente, moderno, tecnológico, ambientalmente sustentável e atrativo”, que pretende acolher empresas, projetos de investigação e promover a qualificação e formação de pessoas para as necessidades regionais, dando assim “resposta às muitas solicitações” que têm sido dirigidas à autarquia por parte do tecido empresarial. O espaço vai também contar com um centro museológico evocativo da sua memória histórica e com apoio de equipamentos como auditório, centro de exposições, cafeteira, entre outros.

Mercado Municipal de Serpa reabriu hoje

Zé LG, 29.05.21

202105280846459263.PNGO Mercado Municipal de Serpa reabriu, hoje, depois de obras profundas de requalificação, que visaram a valorização global do equipamento, mas também a criação de um conceito mais amplo que pretende integrar os mercados de proximidade do concelho numa rede municipal, com atratividade turística.

Apesar de inovador e com uma abordagem mais contemporânea, graças às novas valências, bastante visíveis na Loja do Queijo, na Loja dos Vinhos, no Centro Interpretativo do Queijo e numa nova cozinha experimental, o novo Mercado conta também com o elemento mais tradicional dos mercados, a venda de proximidade.

Portalegre criou a “Academia do Hidrogénio”

Zé LG, 16.05.21

biobip_0.pngFoi no Bioenergy and Business Incubator of Portalegre (BioBIP) do Instituto Politécnico de Portalegre (IPP) que o Secretário de Estado da Energia, João Galamba, assistiu à apresentação da Academia para o Hidrogénio, que resultou de uma candidatura efetuada no âmbito da Estratégia Nacional para o Hidrogénio (EN-H2) do Governo Português, ao Important Project of Common European Interest (IPCEI).
O IPP dispõe de um centro de experimentação semi-industrial, a BioBIP Energia, onde tem sido desenvolvida formação e investigação na área da bioenergia, um espaço com cerca de 1000m2, onde são trabalhados e a desenvolvidos um conjunto de projetos como o vetor energético que tem como base o hidrogénio.

CIMBAL entrega equipamentos de combate a incêndios

Zé LG, 15.04.21

CIMBAL-entrega-equipamentos-768x512.jpgA CIMBAL acompanhou a entrega de equipamentos (sirenes e altifalantes; pontos de água; kits 1ª intervenção e biotrituradores/ estilhaçadores) destinados à Proteção de Aglomerados Populacionais, aquiridos, depois, do Conselho Intermunicipal ter decidido, em outubro de 2019, dotar os treze municípios da CIMBAL de melhores condições de proteção contra riscos de incêndios, tendo, para o efeito, submetido uma candidatura – entretanto aprovada, pelo ALENTEJO 2020, num valor superior a 911 mil euros – com um conjunto de investimentos para proteção das populações do Baixo Alentejo.

“Um investimento que é sustentado por uma campanha alargada de informação e sensibilização da população e de grupos alvo específicos, responsáveis pela utilização dos equipamentos e pela operacionalização das ações de prevenção”, revela a CIMBAL.

Ministro da Administração Interna inaugura “novos” postos da GNR de Serpa e Barrancos, concluídos há vários meses

Zé LG, 09.04.21

cabrita-768x432.jpgEduardo Cabrita, ministro da Administração Interna (MAI) inaugura, hoje, dia 9, os “novos” postos da GNR de Serpa e Barrancos, às 10:00 horas e às 12:30 horas, respectivamente,  depois de as obras em ambos os postos estarem concluídas há vários meses.

Empresa dona do Zmar entrou em insolvência. O administrador de insolvência diz que pretende reabrir as portas do eco camping resort.

Zé LG, 06.04.21

59165754c1d9be0efdb0a8d5ae353407-754x394.pngO administrador de insolvência diz que o objetivo é voltar a reabrir as portas do eco camping resort. Os credores reúnem-se no dia 27 de abril para decidir o futuro da empresa. A Deco aconselha os consumidores interessados e que disponham de créditos a contactarem o administrador de insolvência através de carta registada ou de correio eletrónico.
O Zmar abriu as portas em 2009, num investimento de 30 milhões de euros e conta com uma extensão de 81 hectares, 280 casas em madeira e um parque aquático com três piscinas, ficando localizado na Herdade A-de-Mateus na estrada entre a Zambujeira do Mar e Vila Nova de Milfontes, mas mais próximo da primeira.

Ourique vai ter Hotel de 5 estrelas

Zé LG, 03.04.21

Está para breve o início das obras de construção do Hotel de 5 estrelas no concelho de Ourique. Trata-se de um investimento privado que vai nascer na Herdade da Torre Vã.

202103271719177552.pngO edifício principal, datado de 1872, será reabilitado e adaptado. Anexos ao edifício principal, serão aproveitados os antigos edifícios de apoio agrícola.Numa outra área da Herdade, e em estreita relação com construções rurais pré-existentes, serão construídas 10 moradias individuais, as “Casas da Herdade”.

Câmara Municipal vai criar Centro de Interpretação do Barranquenho, para garantir a “sobrevivência desta língua minoritária”

Zé LG, 20.03.21

202103182049306839.jpgA Câmara Municipal de Barrancos quer preservar para o futuro o barranquenho e para isso está a trabalhar na criação de um Centro de Interpretação que vai ser instalado num casa “senhorial”, próxima do Museu de Etnografia local, que vai ser partilhada com a Biblioteca Municipal, para “guardar, registar e ser visitável mostrando/preservando a identidade cultural de Barrancos”

João Serranito Nunes explica que “em Barrancos se falam três línguas: o barranquenho, o português e o castelhano” e que a ideia “é deixar para o futuro este legado linguístico”, através de “um dicionário, uma língua estruturada e uma grafia, que permita ser ensinada na escola, fazendo com que o barranquenho deixe de ser só oralidade e salvaguardando assim, a permanência da língua”.

Palácio da Justiça de Beja continua “na estaca zero”, apesar do governo ter tido “todo o tempo do mundo para resolver este assunto”

Zé LG, 11.03.21

21921116_ykoYf-690x450.jpegO presidente da Câmara de Beja relembrou o governo de “que nos termos do protocolado entre a Câmara Municipal de Beja e o Instituto de Gestão Financeira do Ministério da Justiça, se a construção do Palácio da Justiça não se iniciar até 30 de outubro de 2022, o terreno cedido reverterá de novo para o Município” e que “Será exatamente isso que faremos se estivermos na Câmara.”

Paulo Arsénio afirma ainda que “Se até 30 de outubro de 2022 a construção do equipamento não se iniciar, caberá ao governo em funções solucionar por meios próprios a questão do terreno para a edificação pretendida, e suportar os custos de adaptação do projeto já existente ou de elaboração de novo projeto”, recordando “que o terreno onde está prevista a construção do equipamento foi cedido pelo Município de Beja a título gratuito e que os custos com o projeto também ficaram a cargo do Município de Beja.”

Paulo Arsénio relembrou ainda ao governo “que desde que o segundo concurso ficou deserto em setembro de 2019 não houve qualquer novo desenvolvimento sobre o assunto pese as múltiplas instâncias da CM Beja”, pelo que “tem pouco mais de um ano e meio para iniciar a construção do Palácio da Justiça de Beja” e que “O tempo continua a correr.”

MESA pretende instalar Centro Logístico em Beja

Zé LG, 04.03.21

Mesa-768x576.jpgDepois de ter inaugurado, em Janeiro deste ano, um novo hangar no Terminal Civil do Aeroporto de Beja, dedicado à manutenção de aviões, num investimento de 30 milhões de euros, a MESA, do Grupo HiFly, vai avançar, agora, com um novo centro logístico de suporte às actividades de manutenção, com cerca de 6.000m2.
Depois de “alguns momentos de hesitação sobre a localização do novo centro logístico da empresa”, o presidente do município revela que “a escolha recaiu sobre o município de Beja”, acrescentando que o próximo passo é “reunir condições entre a autarquia e a Mesa”, de forma a ser “encontrada uma solução que permita a instalação do Centro Logístico”, que a Câmara Municipal considera “muito importante para Beja”.

Entrega de computadores a crianças carenciadas pela Fundação EDP começa na Escola n.º 1 de Beja

Zé LG, 13.02.21

edp-computadores.pngA Fundação EDP vai doar três mil computadores a alunos em situação de vulnerabilidade, o que corresponde a uma verba de milhão de euros, anunciou a instituição em comunicado.

De acordo com a fundação, os primeiros computadores serão entregues nos próximos dias na Escola n.º 1 de Beja, de forma a apoiar o ensino à distância. Os restantes computadores vão ser distribuídos às escolas identificadas consoante a disponibilidade dos fornecedores.

A verba deste programa vai ser canalizada para apoiar escolas e alunos em contexto vulnerável, dos seis aos 14 anos. Os computadores vão ficar disponíveis para a utilização dos alunos das escolas selecionadas “durante o seu percurso letivo”.

Pavilhão Municipal de Beja "transformado" em estrutura para vacinação contra a covid 19

Zé LG, 06.02.21

202102041837562215.jpgA vacinação contra a covid-19 de pessoas prioritárias e não residentes em lares de terceira idade arranca na próxima 4ªfeira, em Beja, revelou o presidente da Câmara Municipal. A campanha de vacinação à população, em Beja, vai decorrer no Pavilhão Municipal João Serra Magalhães.

Segundo Paulo Arsénio poderão ser vacinadas “350 pessoas por dia”, com base nas informações prestadas pelas autoridades de saúde, segundo as quais “uma equipa de quatro pessoas consegue fazer 50 vacinações por hora”, nesta estrutura que “é previsível” que permaneça “montada até 31 de agosto”.

Numa primeira fase, vão ser vacinados contra a covid-19 os idosos com mais de 80 anos e pessoas entre os 50 e os 79 anos e com comorbilidades.

Beja vai ter de continuar à espera da Ressonância Magnética?

Zé LG, 19.12.20

130420151031-871-HospitalBeja.jpgO concurso para aquisição e obras para receber o equipamento Ressonância Magnética no Hospital de Beja, no valor de cerca de 1 milhão de euros, recebeu propostas, mas todas com montantes acima do estabelecido. Isto significa que o processo voltou à “estaca zero”, que vai ter de ser reavaliado e muito provavelmente terá de ser aberto novo concurso. Resta saber se será possível aumentar o valor proposto inicialmente. Neste contexto é possível dizer que Beja vai ter de continuar à espera para ver esta situação resolvida.