Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Direção da Delegação Distrital de Beja da ANAFRE reuniu em Vidigueira com presidentes das juntas de Freguesia dos concelhos de Cuba e Vidigueira

201810151637589696.jpg

A sede da Junta de Freguesia de Vidigueira recebeu no passado dia 11, a Direção da Delegação Distrital de Beja da ANAFRE para uma reunião de coordenação. Neste encontro, que marcou o regresso às reuniões descentralizadas, foram ouvidos os presidentes de Junta dos concelhos de Cuba e Vidigueira. A descentralização de competências foi um dos temas “em cima da mesa”.

Estas reuniões descentralizadas tem como objetivo ouvir os presidentes de Junta e criar uma maior proximidade entre as freguesias e a Delegação, para que em conjunto se possam resolver os problemas que são comuns à maioria das freguesias do distrito.

Ler e ouvir mais aqui e aqui.

“Plataforma Alentejo debate a importância da Ferrovia em Sines”

201809122220159159.JPG

“A Importância Estratégica da Ferrovia do Alentejo no Sistema Portuário Nacional- Alqueva-Aeroporto do Alentejo/Beja” é o mote para um debate que vai decorrer, hoje, às 10h00, no auditório da Administração do Porto de Sines.

A sessão de abertura está a cargo de Luis Arroz, em nome da Plataforma Alentejo, seguem-se as intervenções de Jorge d'Almeida, Presidente da Comunidade Portuária de Sines, Carlos Vasconcelos, Presidente do Conselho de Administração da Medway e Manuel Tão, Professor e Investigador da Universidade do Algarve, especialista em transportes.

Beja recebe prospectores de negócio de oito países

Prospectores de negócio na área agro-alimentar de  Espanha, França, Polónia, Noruega, Canadá, Estados Unidos da América, México e Brasil estão, hoje, em Beja.

Esta visita que surge através do projecto Alentejo Export, pretende ser uma oportunidade para empresas e empresários, poderem mostrar, promover e negociar os seus produtos e os seus serviços.

201809181534518349.jpg

Filipe Pombeiro, presidente da Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral afirma que esta acção pretende fazer “um encontro entre a procura e a oferta”, para que as empresas da região “possam fazer negócios e internacionalizar-se”.

 

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE BEJA REÚNE HOJE

A Assembleia Municipal de Beja reúne hoje, às 18 horas, em sessão ordinária no Salão Nobre do edifício do ex-Governo Civil.

Os eleitos vão votar a delegação de Competências da Assembleia Municipal no Presidente da Câmara no que se refere à repartição plurianual de encargos, a proposta de adesão do Município de Beja à Associação Nacional das Assembleias Municipais e a repartição de encargos relativa à Empreitada de Zona de Acolhimento Empresarial Norte e designar um representante para a CPCJ – Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Beja.

“SETEMBRO AMARELO” SUGERE “A ARQUITETURA E A SAÚDE MENTAL”

As iniciativas do “setembro amarelo” juntam, esta semana, em Beja, alunos do mestrado integrado em Arquitetura, da Faculdade de Arquitetura da Universidade Lusíada de Lisboa. Esta atividade tem como pano de fundo o tema “A arquitetura e a Saúde Mental”, como objetivo pensar os espaços na ótica da prevenção do suicídio e apresentar propostas para a Rua da Lavoura onde estão os silos de Beja.

rua lavoura.jpg

Esta atividade termina sexta-feira, dia 21, com a realização de uma oficina de trabalho, durante a manhã, dedicada ao tema “Espaços na prevenção do suicídio”, que conta com a participação de Ana Matos Pires, de Sónia Farinha Silva e Maria Teresa Valadas, da ULSBA, assim como de Helena Botelho e Fernando Hipólito, da Faculdade de Arquitetura, da Universidade Lusíada de Lisboa.

Como resultado deste trabalho ficará patente ao público, na Santa Casa da Misericórdia, a exposição, com seis propostas para a Rua da Lavoura, em Beja, onde são apresentadas soluções para a reabilitação dos silos dos Moinhos de Santa Iria.

PROJETO ALENTEJO CIRCULAR EM DEBATE EM BEJA

Alentejo Circular.jpg

No âmbito do projeto Alentejo Circular, ou seja do roteiro para a sustentabilidade e competitividade empresarial, organizado pelo ISQ e a Universidade de Évora, Beja recebe hoje, durante toda a manhã, nas instalações do NERBE/AEBAL, mesas redondas e sessões de networking empresarial.

As mesas redondas começam, em Beja, às 09.40 horas para terminarem às 11.30 horas, seguem-se sessões de networking empresarial b-2 match e o encerramento está previsto para as 13.00 horas.

O Roteiro Regional para a Sustentabilidade e Competitividade Empresarial do projecto Alentejo Circular arrancou ontem em Évora e termina sexta-feira em Portalegre.

Os Roteiros permitem apresentar a discutir as boas práticas com os agentes económicos, explica Cristina Ascensão, gestora de projectos no Instituto de Soldadura e Qualidade.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Penso que é facial perceber quem falta a verdade. ...

  • Anónimo

    Bons tempos.

  • Anónimo

    Tem toda a razão, às vezes parecem miúdos que pela...

  • Anónimo

    Como estão as contas afinal?

  • Luis Palminha

    Se não me engano, a resposta a essa pergunta foi p...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.