Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
25
Mai 18

Luiz da Rocha.jpg

publicado por Zé LG às 00:05
16
Mai 18

Câmara-de-Beja-fundo-768x512.jpg

A Câmara de Beja quer estar na primeira linha de apoio aos empresários” assegurou Paulo Arsénio, ontem, na inauguração do Espaço Empresa que entra hoje em funcionamento.

O presidente do Município de Beja anunciou que em breve serão disponibilizados novos lotes para instalação de empresas, à medida das “estritas necessidades dos empresários e da economia” e não “para além das mesmas”, uma vez que os recursos públicos são escassos.

Para além de áreas de fixação de empresas, a Câmara vai criar um Fundo Municipal de Apoio ao Investimento para complementar o financiamento comunitário e os recursos próprios dos empresários.

Paulo Arsénio considera que com verbas até 50 mil euro é possível alavancar um negócio familiar ou de dimensão maior que, “por vezes, fica preso ou pendurado por pontas muito pequenas”.

publicado por Zé LG às 08:53
14
Mai 18

SOMINCOR-768x512.jpg

A empresa concessionária da Mina de Neves-Corvo realizou esta tarde o primeiro “Encontro” com a Comunidades de Castro Verde e tem agendados encontros com as populações de Almodôvar, amanhã; Aljustrel, na quarta-feira; Ourique, na quinta-feira e Mértola, na sexta-feira.

Desta forma a SOMINCOR pretende “contribuir para que todas as pessoas, empresas, associações ou outras entidades conheçam melhor” a sua actividade bem como as “perspectivas e projectos futuros”.

Segundo a empresa, esta aposta “assenta numa política de proximidade com as comunidades onde se encontra inserida, estabelecendo um relacionamento aberto e próximo”.

publicado por Zé LG às 22:43
05
Mai 18

zona empresarial.jpg

Foi submetida uma candidatura ao Portugal 2020 para a criação de uma área de acolhimento empresarial. A intervenção consiste na criação da Área de Acolhimento Empresarial de Beja através da infraestruturação de uma área de 60.051,91 m2, que permitirá a criação de 22 lotes para instalação de atividades industriais, de armazenagem, serviços e atividades comerciais. Será levado a cabo uma intervenção destinada a dotar a área de acolhimento empresarial, de melhores acessibilidades, condições de circulação e de segurança rodoviária, recorrendo-se para tal a uma intervenção ao nível do traçado, da drenagem, da pavimentação das obras acessórias, de sinalização e equipamentos de segurança e obra de arte. A obra representa um investimento de 1.870.594,16€, tem início previsto em setembro e está prevista a sua conclusão em 2020.

In: B NEWSLETTER |maio 2018 | Câmara Municipal de Beja

publicado por Zé LG às 10:27
02
Mai 18

CAE-Aljustrel-768x512.jpg

O Município de Aljustrel vai construir uma nova infra-estrutura para captação de empresas designada de Centro de Negócios de Aljustrel (CNA).

O investimento, a candidatar ao “Alentejo 2020”, ronda 1,1 milhões de euros.

O CNA quer “contribuir para a diversificação e competitividade do tecido empresarial”, estimulando a inovação e empreendedorismo.

Será composto   por   13   gabinetes   de trabalho distribuídos por dois pisos, mas separados por paredes amovíveis, para facilitar a ampliação dos espaços em caso de necessidade.

publicado por Zé LG às 18:53
01
Mai 18

... que "Se uma empresa precisa de Recursos Humanos e não os trata bem, então ela está a dar cabo do seu próprio negócio. A preocupação com as pessoas traz retorno evidente."

António Brandão de Vasconcelos, Chairman da Everis Portugal, in VISÂO de 19/04/2018.

publicado por Zé LG às 12:21
24
Abr 18

logo.png

Os trabalhadores do grupo Águas de Portugal marcam uma greve nacional para esta terça-feira, dia 24 abril.

Os trabalhadores pedem aumento de salários, uniformização de direitos, regularização de vínculos precários, atribuição de carreiras e categorias.

publicado por Zé LG às 00:49
22
Abr 18

vila galé.jpg

O Grupo Vila Galé prepara-se para reforçar o seu investimento no concelho de Beja, onde já tem o Clube de Campo, perto de Albernoa.
Por isso mesmo, o grupo hoteleiro e a Câmara de Beja assinaram nesta semana o contrato que visa a elaboração do projecto de plano de pormenor "Conjunto Turístico Vila Galé e Santa Vitória".
"O Grupo Vila Galé pretende com este projecto construir um novo empreendimento e, desta forma, aumentar a oferta turística na região. Este investimento, na ordem dos 15 milhões de euros, vai permitir a criação de 60 postos de trabalho na fase da construção e 30 na fase da exploração", revela fonte da Câmara de Beja.

publicado por Zé LG às 16:41
20
Abr 18

De acordo com o SCIF/SEF, a exploração laboral em zonas agrícolas, especialmente no Alentejo, "está fora de controlo por falta de capacidade do SEF para fiscalizar a esmagadora maioria das herdades onde trabalhadores ilegais são vítimas de abusos".

"Com a progressiva concretização de projetos de regadio no Alentejo, em especial nas zonas do Alqueva e litoral alentejano, há picos de trabalho sazonal em diversas culturas, o que faz com que, ao longo do ano, estejam sempre a entrar e a sair dezenas de milhares de trabalhadores, boa parte dos quais ilegais. A situação ilegal fragiliza-os e facilita os abusos. O problema é que só uma ínfima parte desses abusos são detetados e reprimidos pelo SEF", disse Acácio Pereira.

O sindicato dos inspetores defende que é necessário discutir medidas como o reforço de meios do SEF nos distritos do Alentejo para permitir uma recolha permanente de informação no terreno e o planeamento de ações de fiscalização que tenham a participação de todas as entidades com competências na matéria.

publicado por Zé LG às 08:50
14
Abr 18

2-estudo-nacional-de-competitividade-regional-1-63

De acordo com a terceira edição do Estudo Nacional de Competitividade Regional, elaborado pela plataforma online Zaask em colaboração com a Universidade Católica Portuguesa, a situação financeira das empresas do distrito de Beja é a pior do país.

As perspectivas dos empresários para o ano de 2018 também não são animadoras e pioraram em relação a 2017, colocando o distrito no último lugar a nível nacional.

Segundo os empreendedores, Beja é o segundo distrito do país onde as receitas das empresas mais diminuíram.

No que respeita ao aconselhamento na criação de novos negócios, os empresários da região são dos menos optimistas, colocando o distrito em penúltimo lugar e longe da média nacional.

 

As receitas das empresas que operam no distrito de Portalegre aumentaram em 2017 e colocam Portalegre no primeiro lugar a nível nacional, de acordo com um estudo nacional de competitividade regional da Zaask hoje divulgado

O distrito de Portalegre alcança o melhor resultado nacional ao nível das receitas das suas empresas e o segundo onde os empresários sentem mais facilidade em contratar trabalhadores.

publicado por Zé LG às 10:07
10
Abr 18

A Câmara de Beja e o IAPMEI — Agência para a Competitividade e Inovação celebram hoje um protocolo tendo em vista a criação de um Centro de Apoio Empresarial.

Este é o primeiro Centro no distrito de Beja. A cidade passa assim a integrar a rede de Centros de Apoio do IAPMEI.

Este “balcão” vai disponibilizar aos empresários “todas as informações que necessitam para instalação de uma empresa”, revelou o presidente da Câmara de Beja. Paulo Arsénio adiantou que o espaço vai abrir as portas na segunda quinzena deste mês.

publicado por Zé LG às 08:47
06
Abr 18

Zé da Luz.jpg

O presidente da Associação de Agricultores do Campo Branco (AACB) defende que se deve começar a pensar na construção de duas novas barragens de média dimensão, uma no concelho de Castro Verde e outra em Almodôvar, que serviriam para "reforço do abastecimento público" e evitar que muita da água que corre nas ribeiras de Cobres e de Oeiras sem perdessem no mar.
"Acho que este é o tempo certo para se avançar com estes projectos. Aproxima-se um novo quadro comunitário de apoio e com certeza que existirá uma medida em que isso se poderia enquadrar", sublinha José da Luz Pereira.

publicado por Zé LG às 08:48
31
Mar 18

Adega-768x512.jpg

O comércio de produtos para a agricultura são a nova aposta empresarial da Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito (ACVCA), com a criação da AV Agro- Comércio de Produtos para a Agricultura.

Este novo sector de negócio tem “como principal ramo de actividade o comércio de uma grande variedade de produtos destinados à agricultura, mas com acompanhamento de promotores experientes no sector”.

Esta nova aposta da adega debruça-se sobre várias áreas de negócio: produtos fitofarmacêuticos, rações, cereais, equipamentos, produtos enológicos, fertilizantes, ferramentas, utensílios, produtos para higiene e saúde animal.

publicado por Zé LG às 10:36
26
Mar 18

Nuno-Faustino-768x512.jpg

O sector de produção de porco alentejano “continua em crescimento, apesar dos problemas que atravessa”, assegura Nuno Faustino, presidente da Associação de Criadores de Porco Alentejano (ACPA).

Em seu entender, é necessário mais investimento e mais indústrias para reduzir a dependência de Espanha. Neste momento mais de 90% do porco alentejano de montanheira é exportado para Espanha, onde é transformado, uma vez que em Portugal não existem unidades que dêem resposta. Neste quadro, a “mais-valia” da transformação da produção fica no país vizinho.

publicado por Zé LG às 12:43
26
Mar 18

vidigueira.JPGA Câmara Municipal de Vidigueira vai organizar, entre 26 e 31 de março, a Semana Empresarial de Vidigueira, com o objetivo de promover a interação entre o conhecimento científico especializado e o exemplo de boas práticas empresariais locais e nacionais.

Esta iniciativa pretende proporcionar o debate sobre os desafios que se colocam à dinamização da base económica e ao reforço da atratividade do território e, ainda, contribuir para a  identificação da estratégia para o incremento da inovação e diversificação no setor agroalimentar e na economia do turismo.

Veja AQUI o programa da Semana Empresarial de Vidigueira.

publicado por Zé LG às 08:48
25
Mar 18

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM) desconvocou a greve de três dias que estava prevista para a próxima semana, porque a paralisação não ir ter o "impacto pretendido", em virtude de a Somincor já ter superado "os objectivos de extracção e produção para o primeiro trimestre deste ano".
O conflito entre o STIM e a administração da empresa prolonga-se desde 2017, tendo mesmo motivado três greves no último trimestre do ano passado. Os trabalhadores continuam a reivindicar o fim do regime de laboração contínua no fundo da mina, a "humanização" dos horários de trabalho e a antecipação da idade da reforma para os funcionários das lavarias, entre outras exigências.

publicado por Zé LG às 10:18
18
Mar 18

mineiro.png

É pelo fim do regime de laboração contínua no fundo da mina, pela "humanização" dos horários de trabalho, pela antecipação da idade da reforma para os funcionários das lavarias, pela progressão nas carreiras, pela revogação das alterações unilaterais na política de prémios e pelo fim de alegadas pressões que os mineiros de Neves-Corvo, Castro Verde, têm nova greve agendada para 26 e 30 deste mês.

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira acusa a Somincor de não quer negociar e de ter afastado quatro encarregados gerais das lavarias da mina por terem usado do direito à greve. A Somincor, por sua vez, acusa o sindicato de ser intransigente e não equacionar a competitividade e a sustentabilidade da empresa.

publicado por Zé LG às 18:01
18
Mar 18

cfotovol.jpg

Uma central fotovoltaica, com uma potência de 24 megawatts, vai começar a ser construída, em maio, em Castelo de Vide, num investimento de cerca de 20 milhões de euros, o de maior montante até agora realizado naquele concelho.

O projeto, que prevê a instalação de mais de 70 mil painéis solares, numa extensão de cerca de 50 hectares, vai ser desenvolvido na Herdade de Tendeiros e deverá estar conlcuido em novembro, sendo a energia produzida introduzida na rede nacional através da subestação de Alpalhão, no concelho de Nisa.

O projeto da responsabilidade da EXUS Management Partners Portugal foi apresentado esta sexta feira nos Paços do Concelho de Castelo de Vide.

publicado por Zé LG às 00:18
11
Mar 18

amendoas.png

O Alentejo vai contar com uma nova fábrica de descasque e embalamento de amêndoa, naquela que continua a ser uma “revolução” e evolução do setor agroalimentar alentejano.

Esta nova fábrica é um investimento da “De Prado”, empresa espanhola com forte presença no Alentejo e irá ter lugar em Fontes dos Frades, Baleizão, Beja.

Prevê-se que esteja em pleno funcionamento num prazo de seis meses, no entanto, e uma vez que a empresa foi alvo de denúncias em outubro por destruição de património arqueológico em larga escala, como noticiado pelo TA - a obra está a ser acompanhada por uma equipa de arqueólogos e pela Direção Regional de Cultura do Alentejo.

publicado por Zé LG às 10:53
08
Mar 18

serpa.png

O Centro de Apoio ao Desenvolvimento Económico de Serpa é o palco da assinatura, hoje, às 14.30 horas, de quatro protocolos entre a Câmara e empresários para atribuição de lotes na Zona Industrial de Serpa e Zona de Actividades Económicas de Pias.

“Os lotes agora atribuídos correspondem a investimentos nas áreas de azeite e azeitona, comércio de tintas e oficina mecânica, criando igualmente novos serviços, designadamente uma báscula de pesagem de grande tonelagem na Zona Industrial de Serpa, que será também para utilização pública e com funcionamento permanente”, revela a Câmara.

Daqui e daqui.

publicado por Zé LG às 12:43
Maio 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
26
27
28
29
30
31
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Quando não há perspectivas de melhoria, o assunto ...
Chover no molhado...
como a ulsba..., sem rei, sem roque, sem presente...
Tomar banho em charcas sempre foi um perigo. Não é...
Não se preocupe, que as aves possuem uma capacidad...
Sr. Presidente Paulo Arsenio o que se passa com os...
Tenho uma dúvida, será que com a praia cheia de pe...
Toino João!...
Belíssimo cartaz!
Pseudo anónimo das 14.00, não tenho procuração do ...
Quem ainda mantém este esquema de análise - a ilus...
O Dr. Munhoz Frade não tem a receber lições de mor...
Quem se atreve a mandar postas de pescada a quem s...
A propósito de opção de classe: qual foi a opção q...
Anónimo das 14:00h: quem não assume a identidade p...
blogs SAPO