Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PROJETO ALENTEJO CIRCULAR EM DEBATE EM BEJA

Alentejo Circular.jpg

No âmbito do projeto Alentejo Circular, ou seja do roteiro para a sustentabilidade e competitividade empresarial, organizado pelo ISQ e a Universidade de Évora, Beja recebe hoje, durante toda a manhã, nas instalações do NERBE/AEBAL, mesas redondas e sessões de networking empresarial.

As mesas redondas começam, em Beja, às 09.40 horas para terminarem às 11.30 horas, seguem-se sessões de networking empresarial b-2 match e o encerramento está previsto para as 13.00 horas.

O Roteiro Regional para a Sustentabilidade e Competitividade Empresarial do projecto Alentejo Circular arrancou ontem em Évora e termina sexta-feira em Portalegre.

Os Roteiros permitem apresentar a discutir as boas práticas com os agentes económicos, explica Cristina Ascensão, gestora de projectos no Instituto de Soldadura e Qualidade.

ALENTEJO RECEBE A VISITA DE OITO PAÍSES PARA POTENCIAR EXPORTAÇÕES DA REGIÃO

12295388_1921791411379566_4537677203128633693_n.jp

O Alentejo Export traz ao Alentejo prospetores de negócios na área agroalimentar dos mercados de Espanha, França, Polónia, Noruega, Canadá, Estados Unidos da América, México e Brasil, uma oportunidade para empresas e empresários, poderem mostrar, promover e negociar os seus produtos e os seus serviços.

A 25 o evento decorre nas instalações do NERPOR em Portalegre, a 26 de setembro em Évora, nas instalações do NERE e a 27 em Beja, nas instalações do NERBE.

Duas novas oportunidades de encontrar outros prospetores internacionais oriundos destes oito mercados, ocorrerão nos próximos meses de outubro e novembro em datas ainda a anunciar.

 

HANGAR DA HIFLY PRONTO NA PRIMAVERA DE 2019

Aeroporto-de-Beja-848x473.jpg

O Executivo da Câmara Municipal de Beja visitou, a convite da Hifly, o aeroporto e o terreno onde estão a ser preparados os trabalhos de construção do 1º hangar de manutenção de A340 e A330 da companhia. Paulo Arsénio revelou que o hangar ficará pronto na primavera de 2019 e que para o Município, o futuro do aeroporto de Beja passa, essencialmente, pela manutenção de aeronaves e escolas de pilotos.

Paulo Arsénio afirmou ainda que a região continua à espera de ver o seu aeroporto “descolar” e a aguardar a necessária conclusão das acessibilidades rodoviárias e ferroviárias, fundamentais para o desenvolvimento pleno desta infraestrutura aeroportuária, tal como demonstram os diversos estudos realizados sobre esta matéria.

CÂMARA DE BEJA VISITA A380, ESTACIONADO NO AEROPORTO DE BEJA

A Câmara Municipal de Beja considera que a “aterragem da aeronave A380 na infraestrutura da cidade é demonstrativa das potencialidades da mesma”, que sendo, “importante do ponto de vista simbólico, e histórico, para o aeroporto de Beja, é fruto, também, da excelente relação institucional, existente” entre a autarquia “e a Hifly”, “cimentada fortemente desde outubro de 2017” e que “se traduzirá, em breve, em investimentos da companhia no concelho, criando-se postos de trabalho especializados e aproveitando-se para fins industriais o aeroporto de Beja.”

076.JPG

A convite da Hifly, a Câmara Municipal de Beja desloca hoje, pelas 11.00 horas, uma equipa liderada pelo presidente para visitar o maior avião do mundo, que está estacionado no Aeroporto de Beja.

CLUSTER AERONÁUTICO DE ÉVORA PROMOVE-SE EM INGLATERRA

air_show.png

Em Inglaterra está a decorrer o Farnbourough Airshow, uma das maiores feiras de aeronáutica da Europa, e Carlos Pinto de Sá, presidente da Câmara de Évora, está lá a promover o cluster aeronáutico e as potencialidades do concelho neste setor.

Tendo já sido estabelecidos contactos com outros clusters do setor, procura-se atrair investimento para Évora.

Também a Embraer marca presença neste certame e já realizou diversos acordos para venda do novo jato da marca, o E2 e. A confirmarem-se todas as vendas, serão já 136 os jatos vendidos pela empresa que é detentora de um complexo industrial em Évora. 

Os aviões E2, com vários modelos, têm capacidade para até 146 passageiros, no seu modelo com maior capacidade.

REGANTES DE ALQUEVA CONSTITUÍRAM ASSOCIAÇÃO DE PROPRIETÁRIOS E BENEFICIÁRIOS DO EMPREENDIMENTO

184.JPG

A Associação de Proprietários e Beneficiários do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva (APBA) apresenta como objectivo da sua existência “colaborar e cooperar com o Governo, as autarquias, a administração pública, a EDIA, a EDP, as Infraestruturas de Portugal, as operadoras de telecomunicações, entre outras entidades, de forma a desenvolver uma estratégia e um plano de longo prazo que assegure a conservação, a manutenção, a sustentabilidade e a competitividade do Alqueva para as próximas gerações”.

ALENTEJO 2020 APOSTA EM EQUIPAMENTOS SOCIAIS E DE SAÚDE E FIXAÇÃO DE EMPRESAS

201807131640417511.jpg

Com a reprogramação do Alentejo 2020, aprovada, na semana passada, pelo Comité de Acompanhamento, que reuniu, em Albernoa, há uma aposta clara nos equipamentos sociais e de saúde e na fixação de empresas, que ainda há muito para construir e renovar no Baixo Alentejo.

Esta não é a ultima reprogramação, essa sim será mais estrutural, para já aquilo que agora foi aprovado foi um realinhamento daquilo que eram as perspectivas aquando da programação.

Hélder Guerreiro, vogal da Comissão Directiva da Autoridade de Gestão do Programa Operacional Regional do Alentejo 2020, destaca a “unanimidade” que existiu na aprovação desta reprogramação e considera que as verbas estão agora melhor alocadas relativamente às necessidades da região.

ACOS A INTEGRA CENTRO DE COMPETÊNCIAS DA CAPRINICULTURA

images.jpg

A ACOS foi recentemente convidada a integrar o Centro de Competências da Caprinicultura, com sede em Vila Nova de Poiares. O Centro tem como missão “promover o desenvolvimento da fileira da produção de caprinos e produtos derivados através do reforço da investigação, da promoção da inovação e das boas práticas e da transferência e divulgação de conhecimento” e pretende ser um fórum de discussão de temas importantes e do estabelecimento de parcerias para desenvolvimento de ações eficazes no desenvolvimento da fileira.

As entidades que já integram o Centro de Competências da Caprinicultura são o Município de Vila Nova de Poiares, a ANCOSE – Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela, ESAC – Escola Superior Agrária de Coimbra, Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra e INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária.

LUÍS PERES DE SOUSA CONDECORADO “OFICIAL DE MÉRITO AGRÍCOLA” PELA FRANÇA

36776637_201895240472353_387848856932450304_n(1).j

Por ocasião da Assembleia Geral Extraordinária da O.I.V. (Organização Internacional da Vinha e do Vinho) realizou-se na sede desta Organização, em Paris, uma receção com a participação dos 46 Estados Membros, incluindo altos dignatários dos mesmos, como o Senhor Embaixador de Portugal, em França, Jorge Torres Pereira.
Durante esta receção, foram distinguidas personalidades com relevância no setor vitivinícola mundial, como Jancis Robinson, e representantes dos Estados Membros, pela sua atividade desenvolvida em prol do setor, no âmbito da O.I.V.
Foi com enorme surpresa para Luís Peres de Sousa, a atribuição da condecoração de “Oficial de Mérito Agrícola”, pelo Ministro da Agricultura e da Alimentação de França. Grande honra e orgulho para o próprio, para Portugal, bem como para o Instituto Politécnico de Beja.

Muitos parabéns!

AERÓDROMO MUNICIPAL É A “ÂNCORA DO CRESCIMENTO E DO DESENVOLVIMENTO” DO CONCELHO DE PONTE DE SOR

Ponte-de-Sor_14.jpg

O presidente da Câmara de Ponte de Sor, Hugo Hilário diz que o aeródromo municipal é a “âncora do crescimento e do desenvolvimento” daquele concelho, sublinhando que contribuiu para a “redução drástica” do desemprego no concelho.

Atualmente trabalham no aeródromo cerca de quatro centenas de pessoas, havendo a perspetiva de serem criados cerca de 250 empregos com a instalação de mais duas empresas.

Com uma pista de aviação com 1.850 metros, o aeródromo de Ponte de Sor alberga a sede de meios aéreos da Proteção Civil e empresas de componentes para aviões e de manutenção de ultraleves, empresas de produção de drones, de componentes aeronáuticos e de manutenção aeronáutica, bem como uma escola internacional de pilotos, uma unidade do Aeroclube de Portugal e um campus aeronáutico.

Passaram por cá

(desde 15-01-2011)

Comentários recentes

  • João Espinho

    Obrigado.

  • Ana Matos Pires

    Dia 5 de outubro.Não são seis propostas, são três....

  • r

    está uma ruptura na praça da republica, em Beja, d...

  • João Espinho

    Exposição ficará patente ao público até quando? Ob...

  • Ana Matos Pires

    A propósito de Silos, estão todos convidados. Apar...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.