Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Municípios do Alentejo Litoral juntam-se para ajudar empresas da região

Zé LG, 22.09.20

vitorproenca.pngOs municípios de Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines, numa parceria com a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral – CIMAL e a consultora Deloitte, criaram uma plataforma inovadora que visa colmatar ao máximo os efeitos que os empresários do Litoral Alentejano estão a sentir pela crise provocada pela pandemia de covid-19.

As empresas vão poder contar com uma equipa multidisciplinar que irá divulgar informação sobre obrigações fiscais e incentivos disponíveis, fornecer informação sobre Direito do trabalho e empresarial, propor medidas de emergência a aplicar de imediato, identificar medidas de curto-prazo que permitam operar o negócio e recomendar medidas que visem retomar a normalidade dos negócios.

A iniciativa já arrancou com a abertura da linha telefónica gratuita (800 100 235) de atendimento para o registo dos pedidos das empresas.

NERBE conta ter um Centro de Incubação daqui a um ano nas suas instalações

Zé LG, 22.09.20

202009181653134613 nerbe.pngO NERBE/AEBAL poderá vir a ter, daqui a um ano, um Centro de Incubação de Base Tecnológica (CIBT), um projeto há muito ambicionado, que vai permitir à associação empresarial alargar a oferta ao nível dos serviços e do espaço, mas também em termos de capacitação dos empreendedores da região.

Recentemente foi lançado o concurso público para a obra de construção do Centro de Incubação de Base Tecnológica, num investimento superior a 600 mil euros, aproveitando as instalações existentes

Além do NERBE/AEBAL, a incubadora vai contar no seu Conselho Consultivo com o CEBAL (Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo), o IPBeja (Instituto Politécnico de Beja) e o COTR (Centro Operativo e de Tecnologia de Regadio).

E depois da Festa do Avante… o Benfica. É este o programa político da direita?

Zé LG, 15.09.20

image.jpgRui Rio, presidente do PSD, disse que "não faz sentido" que o primeiro-ministro António Costa e o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, façam parte da Comissão de Honra da candidatura de Luís Filipe Vieira à presidência do Benfica.

O presidente do CDS-PP criticou hoje o apoio do primeiro-ministro ou de “qualquer outro político” à recandidatura do presidente do Benfica, defendendo que é um assunto relacionado “com a vida de todos” e não deve ser normalizado.

Declaração de interesses: Sou adepto do Benfica e acho mal que o primeiro-ministro e o presidente da Câmara de Lisboa apoiem publicamente a recandidatura de LFV  à presidência do SLB, porque nem sequer se trata do apoio ao Clube, o que excluiria os outros, mas o apoio a um dos candidatos, o que é uma intervenção directa numa disputa interna, ou seja, é o menor denomidador comum possível. Isto para além da situação em que se encontram alguns processos judiciais, o que recomendaria, no mínimo, algum recato.

Posto isto, pergunto se os dois líderes partidários da direita criticaram da mesma forma o envolvimento de presidentes de câmaras, deputados e outros políticos do Norte no apoio à recandidatura de Pinto da Costa à presidência do FCP e, mais grave do que isso, à integração do seu Conselho Superior? E, pior do que isso, não têm mais nada com que fazer oposição do que se entreter com estes temas?!...

Câmara de Ferreira do Alentejo distingue empresas socialmente responsáveis

Zé LG, 13.09.20

202009111658287157 FA.jpgA Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo atribuiu a distinção de responsabilidade social, que se enquadra no programa de responsabilidade social promovido pela Autarquia, à Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Ferreira do Alentejo e à Aggraria – Lagar, Lda, que, no ano de 2019, se destacaram no apoio a organizações ou iniciativas de interesse local, designadamente através de doações de natureza financeira e em géneros, a um conjunto de entidades individuais e coletivas do concelho.

Algarve Biomedical Center colabora com oito municípios do Baixo Alentejo no apoio à Comunidade Educativa na prevenção da Covid19

Zé LG, 12.09.20

202009101905441062 Covid.jpgOs municípios de Almodôvar, Alvito, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura e Ourique e o Algarve Biomedical Center (ABC) assinaram protocolos para apoio à Comunidade Educativa, no ano letivo 2020/2021. Entre outras regras vão ser obrigatórios o uso de máscara, a partir dos 10 anos de idade, a desinfeção das mãos à entrada e a leitura de temperatura sem registo.

As regras de segurança sanitária são desenhadas em conjunto com as escolas e têm impacto, entre outros aspetos, nos circuitos e gestão dos espaços, na realização de testes preventivos aos funcionários, nos planos de atuação perante casos suspeitos, nos códigos de conduta, no acompanhamento das escolas e na criação de uma linha de apoio para os pais, que ajuda a orientar e a encaminhar situações suspeitas.

Arlindo Morais, vereador da Câmara de Beja responsável pelo pelouro da Educação, garantiu que está tudo a ser feito para assegurar uma abertura de ano letivo em segurança e que durante a próxima semana serão feitos testes na comunidade educativa e aos trabalhadores da autarquia que vão estar em contacto com as escolas.

Somincor distribui material escolar por 5.000 alunos

Zé LG, 09.09.20

202009080749091 Somincor.jpgA empresa mineira Somincor, concessionária das minas de Neves-Corvo, disponibilizou um total de cinco mil kits de material escolar, compostos por uma mochila, cadernos e diversos materiais de escrita, "que são essenciais para o processo educativo", sendo destinados a toda a população escolar (do primeiro ciclo ao secundário) dos concelhos de Almodôvar, Aljustrel, Castro Verde, Ourique e Mértola. Foram ainda entregues kits em Beja e no Agrupamento de Escolas Prof. Arménio Lança, em Alvalade, no concelho de Santiago do Cacém.
Segundo a empresa mineira, esta oferta, a que se juntam os "apoios escolares conferidos aos filhos dos trabalhadores da empresa", assenta no "sentido de compromisso da Somincor com as comunidades dos municípios com os quais mantém relações de continuidade territorial ou de origem" dos seus trabalhadores e no "actual contexto pandémico e de contracção da economia", o que "implica novas limitações às disponibilidades das famílias".

“Trabalhos de manutenção no hangar da «Mesa/HiFly» poderão começar em setembro”

Zé LG, 07.09.20

Hi-Fly-manutenção-1-768x432.jpg

Paulo Arsénio, Presidente da Câmara Municipal de Beja, informa que “em setembro poderão iniciar-se os trabalhos de manutenção de aeronaves de linha em pista” no hangar da “Mesa/HiFly”. “Numa segunda fase [devem iniciar-se] os trabalhos de manutenção de linha no hangar e finalmente numa terceira e última fase, que deverá ocorrer no início de 2021, os trabalhos de manutenção de base em hangar”, refere o autarca. “A partir da primeira fase serão incluídos desde logo os formandos que concluíram com sucesso o curso de técnicos de manutenção de aeronaves, ministrado no local. A eles deverão juntar-se mais dez outros técnicos de manutenção de aeronaves e dez pessoas de engenharia e da área administrativa para dar início às operações da empresa”, acrescenta. Paulo Arsénio revela que “a «Mesa» prevê até ao final do ano que estejam criados os primeiros 35 a 40 postos de trabalho fixos”.

Ponte de Sôr vai criar um centro empresarial, de exposições e de formação na área da tecnologia

Zé LG, 29.08.20

pontedesor.pngA Câmara Municipal de Ponte de Sôr concluiu esta semana o processo de aquisição das antigas instalações da Delphi, onde prevê a disponibilização de até 20 novos espaços para instalações industriais”, além da “criação de condições para atração de empresas de base tecnológica” e “de centro de formação para resposta às necessidades da indústria local e dos novos investidores”, para além de um centro de negócios e exposições que possa servir o concelho e a região, num investimento que, no total, pode gerar cerca de 400 novos postos de trabalho.

Belenenses SAD estuda mudar-se para o concelho de Grândola

Zé LG, 23.08.20

img_920x519$2019_03_11_17_00_38_1516162.jpgRui Pedro Soares, presidente da SAD do Belenenses, anunciou a intenção de construir um centro de estágio «de excelência» e fixar a equipa no município de Grândola. «Esta equipa, para recuperar a competitividade, precisa de boas condições de trabalho. Se se concretizar a equipa do Belenenses SAD jogar em Grândola, aos adeptos serão criadas, com certeza, condições para poderem assistir aos jogos», ressaltou.
«Queremos ter o mais rapidamente possível uma infraestrutura que seja nossa, cujos campos sejam tratados por nós e que a sua utilização dependa de nós», explicou Rui Pedro Soares, que esclareceu que «O processo está a decorrer rapidamente e é nosso interesse que tenha uma conclusão feliz e rápida, mas, de facto, ainda não está concluído todo este processo. Não vou colocar um 'timing', porque não depende apenas de nós.»

“E porque precisamos em Beja dum hospital privado?”

Zé LG, 17.08.20

202002172121556853 hosp.jpg“O Senhor Presidente e outros poderes ainda não pensou nisso? Abriu a porta e pronto! Aí vem um grande benefício e obra privada da qual pode erguer bandeira e marcar pontos políticos com tal feito!
Tenho vergonha, enquanto cidadão deste distrito, de não haver pensamento, respostas e reflexão à pergunta que imediatamente devia ter sido feita.
Então se o hospital público desse resposta em termos de acesso e qualidade dos cuidados prestados, sobretudo em ambulatório, o privado teria algum interesse neste investimento?
Estamos numa zona pobre, sem rendimentos elevados para pagar cuidados de saúde no privado. Isso devia saber Sr. Presidente da Câmara, e com essa matéria se devia seriamente preocupar. A mesma preocupação deveria ter em questionar-se que tal investimento só é do interesse privado porque o público, com as suas ineficiências, não dá resposta às necessidades em saúde dos baixo Alentejanos, cada vez mais pobres e com impossibilidade de verem os seus direitos em saúde concretizados.”

Anónimo 17.08.2020, aqui.

"Encontre no nosso concelho" de Beja online

Zé LG, 12.08.20

117443891_1002593240172919_903837765289327943_o.jp

"Em funcionamento desde hoje.
Segue-se o carregamento de operadores até Quinta-Feira, dia da apresentação pública da nova plataforma de vendas online da responsabilidade da CM Beja.

www.bejacare.pt

Registo de utentes e operadores necessário.
Registo de operadores sujeito a validação da CM Beja."

Escreveu, ontem, o presidente da CMB, Paulo Arsénio,

na sua página do Facebook.

Novadelta lidera ranking das empresas com mais invenções em 2019

Zé LG, 01.08.20

Delta.jpgA Novadelta, do Grupo Nabeiro, ocupa a primeira posição do ranking das empresas portuguesas com mais pedidos de registos de invenções em 2019. A tendência é para continuar, com foco na inovação e na proteção de propriedade industrial. Só este ano, a Novadelta registou cinco patentes nacionais e outras tantas internacionais.

Com o objetivo de continuar a aposta na área da inovação, a Novadelta constituiu o Diverge, o Centro de Inovação do Grupo Nabeiro, que já conta com 33 patentes internacionais. Este centro de inovação “trabalha transversalmente com todas as áreas do Grupo e unidades de negócio, garantindo o alinhamento e efetivando a sua estratégia de inovação”, explica Cláudia Figueira, head of innovation do Grupo Nabeiro.

Fábrica de “bolinhos chineses” para exportação inaugurada no Parque Industrial de Vendas Novas

Zé LG, 31.07.20

Fábrica-Chineses-Vendas-Novas-300x200.jpgA “Jiawei Alimentação”,  inaugurada no dia 29, é uma empresa do setor alimentar que se dedica à produção de Crystal Dumpling, os tradicionais “bolinhos chineses”. Todo o processo é feito nesta unidade, desde a receção da matéria-prima (que é comprada quase na totalidade em Portugal), ao carregamento para França, de onde é distribuído por toda a Europa. Toda a produção é destinada à exportação.

A Jiwaei Alimentação investiu cerca de 2,5 milhões de euros nestas instalações, sendo uma empresa de capital 100% chinês proveniente de cinco sócios. A laborar desde o início de julho, dá trabalho a cerca de 40 pessoas, a maioria de Vendas Novas, e espera em breve aumentar este número pois irá iniciar a confeção de um outro produto.

Câmara e vendedores de peixe do Mercado Municipal de Beja não se entendem

Zé LG, 02.07.20

Mercado Municipal de Beja: Câmara diz que resolução está “nas mãos” dos operadores.

20200701184446898.jpg

O primeiro passo para a resolução da questão do Mercado Municipal de Beja “está nas mãos dos operadores”, disse Luís Miranda, vereador da autarquia bejense, na reunião de Câmara, quando foi abordada a questão da saída dos vendedores deste espaço, que irá em breve, entrar em obras de requalificação por um período de cerca de 2 anos. António Pimentão, vendedor de peixe, considera que a Câmara Municipal errou ao colocar o contentor no Largo de Santo Amaro e, que os comerciantes, não podem ficar sem trabalhar, por causa de uma falha do executivo.

Operadores recusam sair de Mercado Municipal de Beja. Câmara esclarece situação.

mercado-beja-768x432.jpg

“A CM Beja prolongou, várias vezes, a abertura do mercado até ao momento em que as obras estão iminentes de se iniciarem e portanto esta atitude, depois de termos estado reunidos no dia 18 de junho (…) e depois de termos explicado até quando é que o mercado poderia ficar aberto o que iriamos fazer para que dentro de um mês ou dois a situação fosse resolvida,  muito nos surpreende a atitude que foi tomada pelos operadores”, acrescenta. O Presidente da Câmara de Beja adianta que “a partir de agora a confiança entre as partes está naturalmente quebrada. A Câmara não confia mais em negociações com aqueles operadores”e a situação passa agora para as advogadas da autarquia.

Francisco da Costa é o novo diretor-geral da ADRAL

Zé LG, 28.06.20

201910161727045666.jpgO Conselho de Administração da ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo já nomeou o seu novo diretor-geral. Francisco da Costa, tem 48 anos, é licenciado em História, empresário na área da comunicação, 2.º secretário da CIMAC – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, consultor nos setores público e privado e administrador empresarial e é agora o novo diretor-geral da ADRAL.

O novo Diretor-Geral inicia funções no próximo dia 1 de julho, sucedendo a Victor Dordio que, nos últimos doze meses, exerceu aquele cargo interinamente.

RESIALENTEJO aposta na compostagem comunitária e doméstica e na recolha seletiva de bio resíduos na cidade de Beja

Zé LG, 28.06.20

resialentejo-768x432.jpgA RESIALENTEJO - Empresa Intermunicipal de Valorização de Resíduos viu aprovadas, pelo POSEUR, duas candidaturas, em parceria com os oito municípios, relativas à gestão de bio resíduos que totalizam 751 866 euros, com apoio a 85% do Fundo de Coesão.

De acordo com a RESIALENTEJO, aquelas candidaturas “vão permitir melhorar a gestão dos bio resíduos produzidos pelos municípios, apostando na promoção da compostagem comunitária e doméstica em alguns aglomerados populacionais da região e na recolha seletiva de bio resíduos na cidade de Beja”.

“Complementarmente apostar-se-á na dinamização de uma campanha de sensibilização direcionada para esta temática.”

Refinaria de Sines retomou produção após mês de paragem

Zé LG, 19.06.20

A refinaria de Sines retomou a atividade depois de mais de um mês de paragem devido à impossibilidade de escoar os combustíveis, no seguimento das dificuldades provocadas pela pandemia de covid-19.

ta4 sines.pngA Galp Energia garantiu que o “calendário previsto para o processo de retoma gradual da produção está a ser cumprido, tendo sido já reativada a produção da refinaria de Sines”, e que “o ajustamento planeado do sistema refinador da Galp, anunciado no final de abril, continua a decorrer conforme o programado”.

A Galp, sem revelar o impacto que estas paragens terão nas contas da empresa, justificou esta decisão de retoma de atividade com a “evolução da conjuntura nacional e internacional decorrente da prorrogação do estado de emergência”, decretado a 19 de março devido à pandemia, que impôs “medidas extremas de contenção, quarentenas cada vez mais restritivas e a paralisação da maioria das atividades económicas”.

Vendedores de peixe do Mercado descontentes com mudança para Largo de Santo Amaro

Zé LG, 10.06.20

202006081345023842 peixaria.jpgA partir da próxima segunda-feira, dia 15, comerciantes e operadores do Mercado Municipal de Beja vão ser transferidos para o Largo de Santo Amaro, durante cerca de um ano e meio, devido às obras de reabilitação daquele equipamento municipal. A solução encontrada pela Câmara de Beja não agrada a parte dos vendedores, em particular, aos da peixaria.

O presidente da Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio, esclareceu que “no que toca à peixaria, as condições do mercado não são para já as ideais e as indicadas” e disse que “isso não significa que no futuro a autarquia não continue à procura de uma solução melhor”, realçando que a situação é particularmente delicada e difícil e que é preciso que os operadores estejam do “lado da solução e não do problema”.