Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

NERBE/AEBAL participa em Missão Empresarial a Cabo Verde

cabo verde.jpgA AIP-Associação Industrial Portuguesa vai promover, em colaboração com diversas associações empresariais, incluindo o NERBE/AEBAL, uma  missão empresarial, entre 16 e 21 de Novembro, a Cabo Verde. As inscrições para os empresários que queiram participar estão a decorrer.

A ideia é criar oportunidades de negócio com o mercado de Cabo Verde, incluindo a agenda desta missão reuniões com importadores locais e entidades públicas, networking empresarial e visitas a empresas.

Criada a Bio região da Margem Esquerda do Guadiana

bio.JPGFoi assinado o documento que oficializa a criação da Bio Região da MEG-Margem Esquerda do Guadiana, durante a sessão de adesão da MEG à INNER-Rede Internacional de Bio Regiões.

A MEG integra agora uma rede internacional de cerca de meia centena de territórios BIO em todo o mundo e passa a ser a quarta Bio Região em Portugal.

De referir que, ao abrigo do PDR2020, foi aprovado um pedido e apoio que garante financiamento para a dinamização da Bio Região da MEG na sua fase inicial.

Morreu o Dr. Marques Ferreira

Marques Ferreira 2.jpgMorreu hoje o Dr. Joaquim Marques Ferreira. Tinha 65 anos e era licenciado em Economia. Atualmente era Presidente do CA das empresas AgdA - Águas Públicas do Alentejo e AdSA - Águas de Santo André, depois, de m 2005, ter integrado a Águas de Portugal como Gestor de Unidades de Negócio de Água, tendo assumido a Presidência do CA da AdA – Águas do Algarve, AdNA - Águas do Norte Alentejano, AdCA – Águas do Centro Alentejo e Simarsul.

Iniciou a sua atividade profissional em 1972, na Câmara Municipal de Lisboa. Foi Presidente do ICN; Presidente da Comissão Nacional da REN; Coordenador dos Planos de Bacias Hidrográficas; Coordenador do Plano Nacional da Água e do grupo de trabalho do Projeto da Lei-Quadro da Água; Administrador e Presidente do CA da EDIA. Desde 2001 era ainda Membro do Conselho Nacional da Água.

Um bom homem, que dedicou toda a sua vida à causa pública e às questões do Ambiente e a quem o Alentejo muito fica a dever, designadamente ao nível da conservação da natureza, do EFMA / Alqueva e do abastecimento de água.

À família apresento os meus sentidos pêsames.

Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito inaugurou a Casa das Talhas

Trata-se de um novo espaço de enoturismo que pretende “dignificar e valorizar as artes associadas à produção de Vinho de Talha”, que teve um investimento superior a 375 mil euros, financiado a 90% pelo Programa Valorizar do Turismo de Portugal.

A oferta enoturística prevê visitas guiadas com provas de vinhos à Casa das Talhas, à Adega, às Ruínas de S. Cucufate, ao Convento de Nossa Senhora das Relíquias e às vinhas centenárias.

A Casa das Talhas abrirá as portas todos dias a partir de Novembro.

casa.jpegA inauguração contou com a presença do Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel João de Freitas e do Presidente do Turismo do Alentejo, António Ceia da Silva.

MESA prepara o futuro no Aeroporto de Beja com o Curso de Técnico de Manutenção

O valor do curso é suportado pela própria MESA e apoiado, seja através de bolsas de formação ou subsídios diversos, pela Hi Fly.

72664556_777915422640703_6033415838030102528_n.jpg

Os 15 alunos que estão a frequentar o curso de técnico de manutenção promovido pela MESA terão emprego nos hangares do aeroporto de Beja, base da frota de aviões da Hi Fly.

O curso que decorrerá, até finais de março do próximo ano, entre o aeroporto de Beja e o Hangar da MESA, base dos aviões da Hi Fly, na qual vão trabalhar, pretende “familiarizar e capacitar os alunos com conhecimentos sobre estruturas, motores, hélices e APU, eletricidade e aviónica, sistemas de aeronaves, componentes de aeronaves e helicópteros”.

Grupo Vila Galé inaugurou lagar e quer construir mais dois hotéis em Beja

Um investimento de 3,5 milhões de euros fez nascer um novo lagar em Beja, da empresa Casa Santa Vitória, do grupo Vila Galé, que vai agora produzir o seu próprio azeite, à imagem do que já faz com o vinho. Este novo lagar alia a função industrial de produção de azeite a uma vertente turística, desenvolvendo o olivoturismo, à imagem do que acontece com o enoturismo da sua adega.

gale.pngO Grupo Vila Galé quer investir 22 milhões de euros e construir mais dois hotéis em Beja: um para casais e outro para crianças, visando reforçar a oferta do projeto turístico e agrícola da cadeia hoteleira em Beja, que espera estejam em execução já no próximo ano.

Grupo empresarial de Macau comprou Monte do Pasto ao Novo Banco

vacas-monte-do-pasto-charoles-slider-min-660x330.jO grupo CESL Ásia – Investimentos e Serviços adquiriu, ao Novo Banco, o Grupo Monte do Pasto, localizado nos municípios de Cuba e Alvito, no Alentejo, que reúne 3.700 ha de terras agrícolas, usadas principalmente como pastagens, e apresentou uma visão para o desenvolvimento da Plataforma Focus, base operacional para empresas de alimentos e energia verde em Portugal, Macau, China e Países de língua portuguesa.

O grupo CESL Ásia planeia desenvolver, com o Monte do Pasto, uma plataforma Portugal-Macau que potencie as produções existentes, permita o lançamento de novas actividades agrícolas e pecuárias e intensificar as exportações para os mercados de Macau e China e aproveitar as oportunidades para a cooperação social e económica entre China, Portugal e os Países de Língua Portuguesa (Plataforma de Macau).

De acordo com o plano económico-financeiro delineado, o CESL Ásia prevê que, até 2021, o volume de negócios aumente para cerca de 70 milhões de euros, com 550 funcionários, dos quais mais de 100 serão baseados em Portugal.

Grupo Nabeiro - Delta Cafés conquistao Innovation Leader Impact Award 2019

4lb4tvwg.jqp_c52ab81e_contentimage.jpgA Innovation Leader, empresa americana que tem como foco ajudar as maiores organizações do Mundo a inovar e que atribui o mais prestigiado prémio de inovação a empresas que conseguem resultados de alto impacto com os seus programas de inovação, acaba de distinguir, pela primeira vez, um modelo de inovação nacional: o MIND, modelo de inovação do Grupo Nabeiro - Delta Cafés, que acaba de conquistar o Innovation Leader Impact Award 2019, destacando-se entre as empresas mais inovadoras.

Robert Urban, júri do Impact Award 2019 e ex-Director Global de Inovação da Johnson&Johnson, referiu que a Delta Cafés “construiu uma plataforma de inovação multidimensional com elevada participação, que se foca tanto na importância do envolvimento e cultura dos seus colaboradores como na necessidade de gerar resultados inovadores.”

Ministro da Agricultura nas comemorações dos 65 anos da CAMB

logo2.png

Dia: 27 de setembro de 2019 (sexta-feira) | Horário: 16h00

Local: Cooperativa Moura Barrancos, Moura

Programa previsto:

16h00: Boas vindas pelo Presidente do Conselho de Administração, José Garcia Duarte

16h30: Professor Jose Humanes – História do Olival na Região de Moura

17h00: Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos

17h30: Apresentação da nova imagem institucional da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos

17h45: Tiborna com Azeite de Moura e Branco de Honra

FAABA reclama ética e honestidade intelectual em defesa do sector agrícola

010520171256-691-IMG_0087.JPGA FAABA-Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo reclama ética e honestidade intelectual em defesa do sector agrícola. Rui Garrido, presidente da FAABA, contesta declarações do Reitor da Universidade de Coimbra e do 1º ministro António Costa, considerando que António Costa deveria estar preocupado em defender o sector agro-pecuário em vez de fazer afirmações graves e pede que exista uma preocupação com outros sectores que contribuem muito mais para a poluição que existe.

Para a FAABA “há evidência científica que demonstra os benefícios ambientais e sociais da actividade agrícola no combate à desertificação, ao despovoamento rural e à promoção da biodiversidade nos nossos ecossistemas” e “estão comprovadas as mais-valias do pastoreio e das pastagens, na prevenção contra incêndios, no enriquecimento do solo em matéria orgânica, no seu contributo objectivo para o sequestro de carbono e para as metas da neutralidade carbónica, conforme preconizado no Roteiro Nacional sobre esta matéria”.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Mais uma vez, estamos a constatar o desinvestiment...

  • Anónimo

    Pois, pois.....A falta de dignidade e coerência po...

  • Anónimo

    A democracia é a pior forma de governo, com excepç...

  • Anónimo

    Bem sei, caro LG, que a citação não é da sua autor...

  • Anónimo

    O quê? Ou a linguagem é subliminar, ou sou eu que ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.