Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Água não facturada pela EMAS em Beja está abaixo da média nacional

EMAS-1-768x432.jpgA EMAS de Beja revela que alcançou o melhor resultado de sempre na água não facturada, informando que foram implementadas de forma integrada várias acções, cujo balanço intermédio efectuado no 1º semestre de 2019 apresenta uma média de 23,6% de água não facturada. Ainda de acordo com a EMAS “esta melhoria, materializada numa redução progressiva permitiu no mês de Junho o resultado mais baixo de sempre da história da EMAS de Beja, com um valor de 12,3%”. A actual percentagem de água não facturada em Beja está 6,6% abaixo da média nacional que se encontra nos 30,2%, num distrito onde a média ronda os 48,7%.

EMAS de Beja faz intervenção em rede de distribuição de água de Vale de Rossins

201907051518531532.jpgA EMAS de Beja intervém em troço da rede de água em Vale de Rossins, na União das Freguesias de Beja de Salvada e Cabeça Gorda, por apresentar vários constrangimentos no abastecimento de água.

Para melhorar o abastecimento de água, a EMAS de Beja realiza a substituição de cerca de 190 metros de conduta e 12 ramais da rede de distribuição de água em Vale de Rossins, prevendo-se que a obra fique concluída na 1ª quinzena de Julho. 

EMAS não prevê problemas devido à seca

EMAS-1-768x432.jpgA EMAS- Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja não prevê problemas no abastecimento de água às populações devido à seca que atinge a região e o país.
Rui Marreiros, administrador da Empresa, garante que a abastecimento está assegurado a partir da barragem do Roxo. As captações subterrâneas podem, em caso de necessidade, ser utilizadas para abastecimento público.
A estas fontes, junta-se a nova estação de tratamento de água de Beja que permitirá, em breve, a ligação ao sistema de Alqueva, o que reforça a origem de água para distribuição, esclarece Rui Marreiros.

PCP acusa autarquias PS de pretenderem privatizar a gestão da água. Presidente da Câmara de Beja garante que não.

logo.pngA DORBE do PCP acusa os municípios de “Aljustrel, Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura e Ourique de estarem a decidir a constituição de uma parceria para a gestão dos sistemas de água em baixa, porventura procurando aproveitar o facto de temporariamente o PS ter uma maioria em câmaras municipais do distrito e sem uma discussão e esclarecimento necessários nos órgãos autárquicos, aos trabalhadores envolvidos e à população sobre uma tão importante matéria”

O presidente da Câmara de Beja e Paulo Arsénio confirmou que existe a intenção de um conjunto de municípios se associarem para a gestão da água em baixa, à semelhança do que acontece com a gestão da água em alta, situação, referiu, com a qual a “CDU concordou”. Garantiu que a privatização está fora de hipótese.

Ler e ouvir aqui e aqui.

EMAS promove “Palacete da Água”

201903011553534329.jpgA EMAS de Beja vai avançar com um novo projecto junto da comunidade escolar, desta vez a proposta é o “Palacete da Água”.

O “Palacete da Água” é uma iniciativa que faz parte do programa Beja Educa- Interrail do Conhecimento, que pretende inovar e potenciar Beja e o seu património, onde a água enquanto património natural assume um papel basilar.

Morreu Maria José Palma Cruz

Maria josé cruz.pngMaria José Palma Cruz, de 82 anos, natural de Beja, faleceu ontem em sua casa, tendo o funeral sido realizado esta tarde para o Cemitério de Beja. Só agora vi a notícia.

Conheci a Dona Maria José, há 36 anos, quando assumi a presidência dos então Serviços Municipalizados de Beja (hoje EMAS), de que foi funcionária e se aposentou. Era uma Senhora de bom trato, simples e bem disposta com quem sempre mantive uma relação cordial. Há já muitos anos que não tinha notícias dela.

À família apresento os meus sentidos pêsames.

EMAS promove “Mini Orçamento Participativo”

EMAS-768x512.jpgA EMAS- Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja está a desenvolver o “Mini Orçamento Participativo” junto da comunidade escolar, que pretende “dar voz e oportunidade aos alunos, para apresentarem propostas benéficas à qualidade de vida das comunidades onde estão inseridos”.

Os “alunos podem apresentar projectos em diversas áreas, entre as quais ambiente, sustentabilidade e recursos hídricos” e terão como prémio um valor monetário de 1.500 euros a aplicar exclusivamente no desenvolvimento e aplicação da proposta.

CDU contesta o aumento da água aprovado pela maioria PS na Câmara de Beja

060820151523-158-guatorneira.jpgOs vereadores da CDU frisam que votaram contra o aumento da factura da água para as autarquias (Câmara e Juntas) e para os munícipes, “aumento este que será levado a cabo por via da componente de água de abastecimento e por via do aumento tarifário da componente de águas residuais”, sendo de salientar “o aumento que se encontra previsto para as famílias numerosas”.

Os vereadores da CDU afirmam que “a revisão tarifária é uma necessidade da EMAS, mais que não seja para dar cumprimento às recomendações das ERSAR, as quais podem trazer uma maior uniformidade ao tarifário”, situação que, na opinião destes eleitos “não foi tida em consideração nesta proposta de atualização, que tem apenas como objetivo o aumento de receitas de curto prazo às custas dos orçamentos familiares” e “cuja fatura deste mês de janeiro já revela esse impacto significativo.”

“Água com… ciência e a educação ambiental”

laboratorio-ciência-768x432.jpgOs projectos “Ciência à La Carte” e “Heróis da Água” dão as mãosno projecto “Água com… ciência e a educação ambiental”, que pretende “conciliar a Ciência e Tecnologia com a sensibilização e educação ambiental”.

As actividades desenvolvem-se, hoje, no espaço da Paragem ambiental da EMAS, no Jardim Público de Beja.

Também hoje os alunos do Curso de Ensino e Formação Profissional de Electricidade do Agrupamento nº1 de Beja – Santa Maria recebem a palestra “A biorrefinaria tem futuro?”.

As iniciativas da Semana da Ciência & Tecnologia encerram na sexta-feira, no Auditório da Biblioteca Municipal de Beja com uma conferência subordinada ao tema “O Porco Alentejano”.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Mais uma vez, estamos a constatar o desinvestiment...

  • Anónimo

    Pois, pois.....A falta de dignidade e coerência po...

  • Anónimo

    A democracia é a pior forma de governo, com excepç...

  • Anónimo

    Bem sei, caro LG, que a citação não é da sua autor...

  • Anónimo

    O quê? Ou a linguagem é subliminar, ou sou eu que ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds