Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

António Bota eleito Presidente do Conselho Intermunicipal da CIMBAL

Zé LG, 26.10.21

20211026153517286.JPGOs presidentes das Câmaras Municipais de Almodôvar, António Bota (PS), de Beja, Paulo Arsénio (PS) e de Vidigueira Rui Raposo (CDU) foram eleitos, por unanimidade, presidente e vice-presidentes do Conselho Intermunicipal da CIMBAL.

António Bota disse que as prioridades da CIMBAL “são diversas, mas a maior delas é manter unidos os eleitos da comunidade em prol de um objetivo comum: angariar mais fundos comunitários e executá-los na região”, que os autarcas têm “de unir esforços para conseguir mais e melhor para a região e para que os cidadãos fiquem beneficiados com o trabalho tanto ao nível das autarquias como ao nível do grupo autárquico da CIMBAL” e que vai apostar numa “visão coerente e de proximidade com os fundos comunitários para o ciclo da água, as eficiências energética e hídrica e o acolhimento empresarial para estimular a economia”.

Pelouros atribuídos na Câmara de Beja

Zé LG, 25.10.21

20211025151750772.png

Presidente da Câmara Municipal, Paulo Arsénio (PS) - Divisão Administrativa e Financeira, Gabinete de Apoio ao Investimento, Divisão de Turismo e Património, Divisão de Cultura, Serviço de Empreitadas, Gabinete Jurídico e Gabinete de Comunicação.

Vereador a tempo inteiro Rui Marreiros (PS) - Divisão de Ambiente e Sustentabilidade, Divisão de Administração Urbanística, Divisão de Serviços Operacionais (com exceção do Serviço de Empreitadas), Serviço Municipal de Proteção Civil, Gabinete de Gestão da Mobilidade e Gabinete de Apoio aos Eleitos.

Vereadora a tempo inteiro Marisa Saturnino (PS) - Divisão de Desenvolvimento e Inovação Social, Gabinete de Recursos Humanos, Divisão de Educação, Desporto e Juventude e Partido Médico Veterinário

Aos três vereadores da CDU, Vítor Picado, Fátima Estanque e Rui Eugénio e ao vereador da coligação Beja Consegue!, Nuno Palma Ferro, não foi atribuído qualquer pelouro.

As reuniões da Câmara Municipal serão quinzenais, às quartas-feiras, alternadamente às 10.00 e às 17.30 horas.

Tomé Pires regressou aos quadros da Câmara de Beja

Zé LG, 21.10.21

20861714_1635336929872836_2599926269898577525_o.jpO ex-presidente da Câmara e presidente da Assembleia Municipal de Serpa regressa ao seu local de trabalho de origem, a Câmara Municipal de Beja, enquanto técnico superior. Tomé Pires, 45 anos, é Engenheiro Técnico Civil de formação e foi coordenador na Divisão de Obras Municipais da Câmara Municipal de Beja entre 2005 e 2008.

Após deixar o cargo de presidente da Câmara Municipal de Serpa, Tomé Pires pediu a sua reintegração nos quadros da Câmara Municipal de Beja, enquanto técnico superior, tendo assumido o lugar.

O que é uma situação perfeitamente regular, tem gerado especulações políticas, como se o regresso ao seu posto de trabalho depois do exercício de funções públicas a tempo inteiro fosse uma situação de favor. Com tanta coisa que justificam ser debatidas e criticadas, para quê especular em relação ao que não tem nada de irregular ou de extraordinário?

Manuel Narra, antigo presidente da Câmara de Vidigueira, vai a julgamento acusado de peculato

Zé LG, 21.10.21

110820131550-787-ManuelNarra1.jpgManuel Narra, antigo presidente da Câmara Municipal de Vidigueira, que o Ministério Público de Évora acusou do crime de peculato e falsificação de documentos, vai a julgamento perante tribunal coletivo. A decisão instrutória foi anunciada esta quarta-feira por uma juíza de 1ª Instância do Tribunal de Competência Genérica de Cuba, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência.

Ler também aqui e aqui.

Órgãos autárquicos do Município de Beja tomaram posse hoje

Zé LG, 18.10.21

Realizou-se na manhã desta segunda-feira a instalação dos órgãos autárquicos do Município de Beja. Paulo Arsénio primeiro autarca a ser reeleito depois de Carreira Marques.

BEJA-Posse_800x800.jpg

Nas eleições autárquicas do passado dia 26 de setembro, foram eleitos para a Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio, Rui Marreiros e Marisa Saturnino pelo PS, Vítor Picado, Fátima Estanque e Rui Eugénio pela CDU e Nuno Palma Ferro pela coligação “Beja Consegue”.

A Assembleia Municipal de Beja, do total de 33 membros (os eleitos e os representantes das forças mais nas Uniões e Juntas de Freguesia do concelho), o PS tem 16 deputados municipais, a CDU tem 13 e o PSD/Coligação tem 4. (ver aqui)

Para a Mesa da Assembleia Municipal foi apresentada uma única lista e conseguida por consenso das três forças políticas, sendo que Conceição Casanova (PS) é a presidente, António Barahoana (CDU) o primeiro secretário e Manuel Covas Lima (“Beja Consegue”) o segundo secretário.

Ver e ouvir também aqui e aqui.

“Falta ação daqueles que têm as ferramentas para se chegarem à frente e assumirem as competências que lhes foram atribuídas.”

Zé LG, 16.10.21

resi_13.jpg«... Falar do que aconteceu e criticar o que não se fez ou o que se fez mal, é muito confortável pois… já passou. Mas quando temos a oportunidade de apoiar e de fazer a diferença…. Pensamos duas vezes.

O chavão de que “prognósticos só no final do jogo” cai aqui que nem um fato de modista. Vamos assobiar para o lado, vamos fingir que nada se está a passar até porque não queremos sair beliscados e nunca se sabe para que lado vai pender a razão. Queremos lá saber daqueles que têm de aguentar diariamente sabe-se lá por quanto tempo, esta situação. Quando a casa ruir vamos lá então apontar o dedo aos supostos culpados e passar a mão pela cabeça daqueles que se tentam reerguer no meio dos destroços….

Afinal… a edição deste comentário é um sinal de que ainda há quem se preocupe… fica a intenção! Falta ação por parte daqueles que têm as ferramentas para se chegarem à frente e assumirem as competências que lhes foram atribuídas.» Anónimo 13.10.2021, aqui.

Abílio Fernandes diz que Honoris Causa reconhece "coletivo e população"

Zé LG, 14.10.21

202110081555032788.jpg“Considero que esta ousadia da reitora” da Universidade de Évora (UÉ) é “um reconhecimento daquele período, em que não fui só eu”, mas sim “todo um coletivo e uma população” que colaboraram para “construir um país novo”, afirmou o ex-autarca, no final da cerimónia de atribuição do doutoramento.
Nas declarações aos jornalistas, Abílio Fernandes admitiu que foi surpreendido e que “esta homenagem não estava” no seu “programa”, uma vez que, já era “um cidadão pacato” e andava ocupado na sua vida e com a família.
“Foi surpresa, mas, ao mesmo tempo, foi muito gratificante, não tanto por mim pessoalmente, mas por tudo o que esta cidade e as pessoas fizeram durante aquele período em que todos nos podemos orgulhar de termos dado um grande salto na vida do nosso país para a democracia”, sublinhou.

Abílio Fernandes sempre igual a si próprio. Uma homenagem merecida. Muitos parabéns!

Abílio Fernandes recebe Doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Évora

Zé LG, 10.10.21

abilio_fernandes-678x381.jpegO Doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Évora a Abílio Fernandes, antigo presidente da câmara deste concelho, vai ser outorgado na próxima quinta-feira, às 11:00, na sala de atos do Colégio do Espírito Santo, após a pandemia de covid-19 ter adiado a cerimónia. O discurso laudatório vai estar a cargo de Rui Namorado Rosa, professor emérito da Universidade de Évora.

Abílio Miguel Joaquim Dias Fernandes, de 83 anos, natural de Moçambique, é licenciado em Finanças pelo Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras de Lisboa e foi presidente da Câmara de Évora durante 25 anos, entre 1976 e 2001. A reitora da UÉ, Ana Costa Freitas, salientou que o autarca “teve um contributo inegável, a seguir ao 25 de Abril de 1974, para a afirmação do Poder Local”. O centro histórico de Évora foi reconhecido em 25 de novembro de 1986 como Património Mundial pela UNESCO.

Órgãos autárquicos do distrito de Beja tomam posse, entre 8 e 18 de Outubro

Zé LG, 08.10.21

BEJA-Camara-Municipal_800x800.jpgJá são conhecidas as datas das cerimónias de tomada de posse em todas as Câmara e da Assembleia Municipal do distrito de Beja para o quadriénio 2021-2025.
Na sequência do ato eleitoral do passado dia 26 de setembro, os eleitos nas 14 Câmaras e Assembleias Municipais vão tomar posse entre 8 (Cuba) e 18 (Beja e Castro Verde) de outubro.

José Efigénio, novo presidente da Câmara de Alvito (PS), quer atrair população e investimento

Zé LG, 29.09.21

20210701100636334.PNGO presidente eleito da Câmara de Alvito, José Efigénio, que reconquistou a autarquia que o PS tinha perdido em 2005, frisou que o desenvolvimento económico e a atração de população são “duas grandes falhas” do concelho de Alvito e “prioridades” que tem “desde o início” da sua candidatura e que quer “olhar muito para a juventude, que tem estado abandonada durante muitos anos”.

José Efigénio confessou que esperava ganhar a presidência do município, mas “nunca” pensou que seria com maioria absoluta, apontando duas razões para justificar a sua vitória, que foram a vontade de “mudança” da população e esta ter acreditado na equipa e no projeto do PS.

António João Valério lamentou a derrota da CDU e disse esperar que o PS faça “um bom trabalho” em prol do concelho, frisando que o resultado das autárquicas no concelho de Alvito expressou “a vontade do povo”, rematando: “As eleições são isso mesmo, a democracia é assim, ganha-se e perde-se, quem ganhou foi o povo na sua decisão, como é evidente”.

Presidentes das Câmaras Municipais do Alentejo, eleitos ontem

Zé LG, 27.09.21

Beja:

Aljustrel - Carlos Miguel Castanho Espada Teles (PS)

Almodôvar - António Manuel Ascensão Mestre Bota (PS)

Alvito - José Manuel Carvalho Penedo Martins Efigénio (PS)

Barrancos - Leonel Caçador Rodrigues (PCP/PEV)

Beja - Paulo Jorge Lúcio Arsénio (PS)

Castro Verde - António José Rosa de Brito (PS)

Cuba - João Manuel Casaca Português (PCP/PEV)

Ferreira do Alentejo - Luís António Pita Ameixa (PS)

Mértola – Mário José Santos Tomé (PS)

Moura - Álvaro José Pato Azedo (PS)

Odemira - Hélder António Guerreiro (PS)

Ourique - Marcelo David Coelho Guerreiro (PS)

Serpa - João Francisco Efigénio Palma (PCP/PEV)

Vidigueira - Rui Manuel Serrano Raposo (PCP/PEV)

 

Évora:

Alandroal - João Maria Aranha Grilo (PS)

Arraiolos - Sílvia Cristina Tirapicos Pinto (PCP/PEV)

Borba - António José Lopes Anselmo (Movimento Unidos por Borba)

Estremoz – José Daniel Pena Sádio (PS)

Évora - Carlos Manuel Rodrigues Pinto de Sá (PCP/PEV)

Montemor-o-Novo - Olímpio Manuel Vidigal Galvão (PS)

Mora - Paula Cristina Calado Chuço (PS)

Mourão - João Filipe Cardoso Fernandes Fortes (PSD/CDS-PP)

Portel - José Manuel Clemente Grilo (PS)

Redondo - David Manuel Fialho Galego (PSD/CDS-PP)

Reguengos de Monsaraz - Marta Sofia da Silva Chilrito Prates (PSD)

Vendas Novas - Luís Carlos Piteira Dias (PS)

Viana do Alentejo - Luís Miguel Fialho Duarte (PCP/PEV)

Vila Viçosa - Inácio José Ludovico Esperança (PSD/CDS-PP/MPT/PPM)

 

Portalegre:

Alter do Chão - Francisco José Cordeiro Miranda (PSD/CDS-PP)

Arronches - João Carlos Ventura Crespo (PSD)

Avis - Nuno Paulo Augusto da Silva (PCP/PEV)

Campo Maior – Luís Fernando Martins Rosinha (PS)

Castelo de Vide - António Manuel das Neves Nobre Pita (PSD)

Crato - Joaquim Bernardo dos Santos Diogo (PS)

Elvas - José António Rondão Almeida (MCPE - Movimento Cívico Por Elvas)

Fronteira - Rogério David Sádio da Silva (PSD)

Gavião - José Fernando da Silva Pio (PS)

Marvão - Luís António Abelho Sobreira Vitorino (PSD/CDS-PP)

Monforte - Gonçalo Nuno Ribeiro Brandão Amanso Pataca Lagem (PCP/PEV)

Nisa - Maria Idalina Alves Trindade (PS)

Ponte de Sor - Hugo Luís Pereira Hilário (PS)

Portalegre - Fermelinda de Jesus Pombo Carvalho (PSD/CDS-PP)

Sousel - Manuel Joaquim Silva Valério (PS)

 

Setúbal:

Alcácer do Sal - Vítor Manuel Chaves de Caro Proença (PCP/PEV)

Grândola - António de Jesus Figueira Mendes (PCP/PEV)

Santiago do Cacém - Álvaro dos Santos Beijinha (PCP/PEV)

Sines - Nuno José Gonçalves Mascarenhas (PS)

 

Daqui.

Cinco Câmaras Municipais do Distrito de Beja mudam de presidente, devido à saída dos actuais. Mudarão mais?

Zé LG, 24.09.21

202101151105482843.JPGNa sequência das eleições autárquicas do próximo Domingo, cinco dos actuais presidentes das Câmaras Municipais do Distrito de Beja – Aljustrel, Barrancos, Mértola, Odemira e Serpa -, não vão continuar nessas funções, por não se terem candidatado (os de Barrancos e Serpa, por não se recandidatarem, e os restantes por terem atingido o limite de mandatos). A mudança será apenas da pessoa ou também da força política? - Parece-me que dificilmente acontecerá essa mudança em Odemira e Serpa, mas que poderá acontecer em Aljustrel, Barrancos e Mértola.

Para além destas Câmaras Municipais, que outras mudarão também de presidente? Da (pouca) informação de que disponho e de algum conhecimento pessoal, parece-me que tal poderá verificar-se, com maior probabilidade, em Beja, Castro Verde, Moura e Vidigueira e menos em Almodôvar, Alvito, Cuba, Ferreira do Alentejo e Ourique.

“Sobre a retirada do fibrocimento (amianto) da Escola Mário Beirão”

Zé LG, 24.09.21

José Lopes Guerreiro: E o amianto? Quando começa a empreitada? Vai ficar pronta antes das aulas começarem?

Paulo Arsénio: Consignação marcada para dia 16 de Agosto. A ideia do empreiteiro vencedor é remover um dos amiantos de cada vez (em cada uma das duas escolas) e depois colocar duas equipas, em simultâneo, uma em cada uma delas a colocarem as novas coberturas. Se vai correr bem ou não, não sei. Esperamos sempre que sim. Mas a "promessa" de que assim seja não podemos assegurar.

José Lopes Guerreiro: Parece-me pouco tempo... e trata-se de uma "matéria" complicada. Basta haver um pequeno problema para atrasar a obra e consequentemente o início das aulas. Esperemos que corra bem e sem estes atrasos indesejáveis. É preciso que nada falhe, o que não é o mais habitual...

Paulo Arsénio: ... Se eventualmente até 17 de setembro não estiver tudo concluído, importa salvaguardar que a colocação do novo telhado em terminação, não interfere com a atividade letiva.

Daqui, em 7 de Agosto.

BEJA-Mario-Beirao-1_800x800.jpg

Paulo Arsénio: Tendo as coberturas chegado finalmente no dia 15/09/2021, entendeu a empresa retirar toda a velha cobertura de amianto da escola de uma só vez nos dias 18 e 19 de Setembro (Sábado e Domingo) num total de 3.450 m² (3.230 m² de amianto e 220 m² de claraboias). Não era isso que estava acordado connosco. ...

José Lopes Guerreiro: Infelizmente, aconteceu o que era previsível que acontecesse atendendo ao período previsto para execução da obra. ...

Daqui, em 23 de Setembro.

Que cada um tire as suas conclusões...

“Odemira precisa de pessoas que se dediquem a tempo inteiro e com o coração a este concelho”, diz Justino Santos

Zé LG, 20.09.21

Justino.PNGJustino Santos foi o primeiro presidente da Câmara de Odemira eleito democraticamente, em 1976, conheceu o concelho na miséria, ficou por lá e ergueu-o. Chegou a Odemira e encontrou um território “infernal”. “As pessoas viviam perfeitamente isoladas. Havia zero”. Apesar do concelho de Odemira ter “o tamanho do distrito de Viana do Castelo”, nele “não havia nada”, quase a totalidade da população não tinha água, saneamento, eletricidade, o analfabetismo era a regra e os conceitos de estrada e telefone não passavam de ilusões.
Hoje, o médico Justino Engana, é “extremamente crítico da atuação” do executivo do município, liderado pelo PS, e disse que há necessidade de mais médicos, mais acessos, mais habitação e também queria que as infraestruturas que deixou “funcionassem minimamente”, já que agora “a água falta permanentemente” e “as estradas estão esburacadas”. “Odemira precisa de muita coisa. Precisa de inovação. Precisa de pessoas que se dediquem a tempo inteiro e com o coração a este concelho (…). Podia estar hoje numa situação vantajosa se tivessem tomado outras medidas”, completou.

António Sebastião apresentou o seu livro “Da Esquerda ao Partido Social Democrata e Almodôvar 12 anos”

Zé LG, 04.09.21

AS.jpgSegundo o autor, “o conteúdo de todo o livro é um relato vivo da forma como tudo decorreu, a minha filosofia de estar na vida, o meu entendimento sobre a sociedade e o mundo em que vivemos. A Transferência desta maneira de ser e de estar na vida para o exercício de um cargo público de tamanha responsabilidade como foram os três mandatos à frente da Câmara Municipal. Os meus sonhos, esperanças e de certo modo, ilusões, de que poderia fazer tudo e transformar rapidamente a minha terra numa terra líndíssima, moderna e justa, com desenvolvimento e qualidade de vida para todos os que cá vivessem".

A última(?) informação de Paulo Arsénio sobre o estado do Concelho de Beja em termos de COVID-19

Zé LG, 28.08.21

238880300_1254153838350190_2494968159567876313_n.j«Esta manhã, entre outras atividades, passagem pelo Centro de Vacinação COVID-19 de Beja para verificação com o pessoal da Câmara Municipal que presta serviço no espaço, sobre a adesão dos jovens de 16 e de 17 anos do concelho à vacinação . ...
A Vacinação é muito importante!
Beja está neste momento com 215 casos ativos, com muita gente a ser testada e portanto com tendência para subir, e é concelho de grau de risco "Muito Elevado", o mais elevado de todos.»

Esta foi a última informação do presidente da Câmara de Beja, feita na sua página do FB, dia 15, aqui. Desde então, não vi mais informação sua sobre a ebolução da pandemia, mantendo o concelho o "grau de risco "Muito Elevado", o mais elevado de todos". E que dizem e estão a fazer os serviços de saúde? Já não há nada a dizer e a fazer, para tentarmos controlar a situação a não ser esperarmos que a vacinação a controle?!...

Vítor Silva diz que 2021 é um ano de recuperação do turismo no Alentejo

Zé LG, 19.08.21

145735528_112624367465812_855766605797839348_n.jpgO presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo diz que, apesar das taxas de ocupação não serem uniformes no litoral e interior, a ocupação ronda os 100%, com uma clara predominância no meio rural.

Vítor Silva sublinha que 2021 é um ano de recuperação e antevê bons proveitos para os operadores turísticos da região, uma vez que a procura intensa pelo Alentejo fez subir preços.

O presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo está otimista face à evolução do turismo nacional, bem como em relação à recuperação dos mercados internacionais, no entanto Vítor Silva considera que os próximos anos ainda vão ser de recuperação, sendo que os valores de 2019 poderão apenas ser alcançados em 2024.

Presidentes dos Municípios de Cuba e Vidigueira “agradados” com a promessa da ministra da Agricultura

Zé LG, 12.08.21

202108111203528378.jpgOs Presidentes dos Municípios de Cuba e Vidigueira, na sequência de contactos anteriores com a EDIA, deputados na Assembleia da República, agricultores e entidades representativas dos mesmos ouviram ontem da ministra da Agricultura a promessa que o Estudo de Impacto Ambiental e o cronograma financeiro do Bloco de Rega de Vidigueira e Cuba serão revelados em outubro. João Português e Rui Raposo manifestaram agrado pela informação que lhes foi transmitida.