Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Obrigado Graça!

Graça.jpg

Obrigado Maria da Graça Carvalho, por teres promovido a deslocação de uma delegação do movimento “Beja Merece +”, constituída por alguns dos nossos melhores, a Bruxelas, onde puderam contactar com deputados do Parlamento Europeu e funcionários da Comissão Europeia!

Sabemos que, em termos práticos, de pouco serve, porque se trata de problemas nacionais os que estão em causa, que só o nosso governo pode resolver, como muito bem disse o “nosso” deputado europeu Carlos Moedas. Mas sabemos também que, para muitos deles, se trata de uma experiência única, que muito os vai animar na luta que desenvolvem pelo desenvolvimento da nossa região e por que lhes devemos estar muito gratos.

Que pena que tenho eu que tenhas aderido a essas “bandas” partidárias. Mas que orgulho que sinto em ti por fazeres o que os das minhas “bandas” políticas não fazem.

Beja Merece +! De facto! E fico muito contente por muitos amigos, da minha geração (com outros), contra tudo e contra todos, quais “D. Quixote”, tudo tentarem fazer para travar esta caminhada para o despovoamento e para a desertificação a que o poder central persiste em condenar-mos.

"A desertificação e o despovoamento constituem poblemas estruturantes para o desenvolvimento"

IMG_0783.JPG"A desertificação e o despovoamento constituem poblemas estruturantes para o desenvolvimento social, económico e produtivo. Preocupa-nos que grande parte do nosso território esteja a ser ocupado com modos de produção intensiva e superintensiva que vi­sam o lucro e o descompromisso com as pessoas. A va­lorização dos trabalhadores agrícolas e da produção; a dinamização de um regadio que salvaguarde o patri­mónio natural; a valorização das linhas de água, das áreas da Rede Natura e dos parques naturais, cuja ges­tão se deve manter no domínio público; planos de ges­tão agrícola que compatibilizem a proteção dos valo­res ambientais com a atividade humana dos territórios - são propostas importantes a ter em conta. Assim como a exigência de medidas efetivas de monitoriza­ção e controlo dos efeitos na saúde pública e na paisagem, contra a concentração e proximidade das produ­ções agrícolas intensivas e superintensivas junto das populações eáreas urbanas."

In:  "A actualidade do Marxismo: o ambiente é humanismo", publicado por Odete Borralho, vereadora da CM de Serpa, na edição de 25-10-2019 do Diário do Alentejo

Beja Merece + em Bruxelas

graça.jpgUma comitiva constituída por elementos do Movimento “Beja Merece +”, profissionais de saúde, empresários, artistas e jornalistas do distrito de Beja apresenta-se, hoje e amanhã, em Bruxelas, com um programa recheado.
Trata-se de uma visita promovida por Maria da Graça Carvalho, eurodeputada do PSD, natural de Beja, que afirmou que é importante que se saiba, em Bruxelas, que há regiões na Europa em que as acessibilidades não estão resolvidas e as questões da qualidade da saúde ainda se colocam.

A Embaixada do BMM é constituída por:

Paula Susana Maldonado Potra Simões - António Jorge Teixeira Serafim - António José Rodeia Zambujo - Florival Baiôa Monteiro - Fernanda Isabel Mestre Grou - Bruno Filipe Alves de Carvalho Ferreira - Luis Manuel Castilho Godinho Santana - Bernardo Ramos Ribeiro Ferraz Espinho - Nuno Jorge Moreira Amorim de Figueiredo - António José Curre Barahona - Edite Maria Spencer Reis - Paulo Jorge de Abreu Fonseca Monteiro - Catarina Isabel Lampreia Gaspar - Pedro Camilo de Araújo Lima de Vasconcelos - Filipe Jorge Martins Piçarra Fialho Pombeiro - José Manuel Brízido Serrano - António Jorge Machado Benvinda - Élio Amador Bernardino - Francisco Carlos Teixeira Serafim - Justino de Matos Engana - João Paulo de Almeida Lança Trindade - Victor Manuel da Silva Madeira - Jorge Manuel Matos Aniceto - Rui Manuel Inácio Garrido - Cláudia Sofia Marques Romão Hilário.

“Contem likes, contem...”

“Parece que está na moda os políticos locais passarem a vida a contar likes.
É um exercício bom... para quem se fecha num mundo autárquico criado à sua imagem, com grandes contornos de narcisismo.
Comunicar é olhar nos olhos, é falar com as pessoas.
Esta forma de comunicação começou, por se achar que era rápido e permitia falar com quem estivesse longe.
Mas rapidamente virou forma de comunicação global, quase esquizofrénica...
Contem likes, contem....
Anónimo 06.11.2019 16:59”, aqui.

Sim, mas… Vereadores da CDU abstiveram-se nas GOP e Orçamento da Câmara de Beja para 2020

A Câmara de Beja aprovou, com a abstenção da CDU, um Orçamento de 33,7 milhões de euros para 2020, superior em apenas 4 mil euros ao deste ano.

A reabilitação da Câmara de Beja, a beneficiação do Mercado Municipal, a regeneração de dois edifícios na Praça da República, a conclusão da zona de acolhimento empresarial norte, os percursos históricos, o edifício do CEBAL, a criação da praia fluvial, a melhoria da sinalética, a beneficiação das estradas municipais, a pista do Complexo Desportivo Fernando Mamede e o Fórum Romano são algumas das intervenções previstas no plano plurianual, cabimentadas para 2020, explica Paulo Arsénio, presidente do Município de Beja, que considera o Orçamento “realista”, frisando que faz uma “inversão entre as despesas correntes e as de capital”.

cmb.jpg

Os vereadores da CDU justificaram a sua abstenção por, não obstante concordarem com a generalidade do mesmo, até por conter um conjunto de intervenções pensadas e projectadas pelo anterior Executivo, verificar-se que continua a não existir uma estratégia de afirmação de Beja e do concelho.

Vítor Picado, vereador da CDU, considera que falta audácia ao Executivo PS na Câmara Municipal de Beja para ir mais longe na promoção do turismo e nas questões do desenvolvimento económico.

CDU contra o Mapa de Pessoal e IMI Familiar em Beja

CDU-768x432.jpg

Os vereadores da CDU votaram, na última reunião da Câmara de Beja, contra o Mapa de Pessoal por considerarem que “continua a apostar-se no recrutamento de Técnicos Superiores e Assistentes Técnicos, reduzindo-se os postos de trabalho previstos para Assistentes Operacionais”. Na óptica da CDU, “não restará alternativa ao Município de, querendo fazer face aos graves problemas na higiene e limpeza urbanas, socorrer-se de empresas de trabalho temporário, como já fez, promovendo, assim, a precariedade laboral”.
Os eleitos da CDU votaram também contra o IMI Familiar por entenderem que se trata de um “benefício que não considera as condições económico-sociais dos agregados familiares, sendo aplicável apenas consoante o número de dependentes, de forma cega e injusta”.
Vítor Picado explica porquê, aqui e aqui.

“A seu tempo veremos se esta estratégia de comunicação dá os resultados que Arsénio almeja.”

1390758_10151822287948192_2063250583_n.jpg"Já o escrevi, e volto a repetir: Paulo Arsénio utiliza a sua conta pessoal no FB para divulgação, e interpretação, das actividades da CMB. Desconheço se a autarquia ainda tem um Gabinete de Informação e Relações Públicas e, se o tem, para que serve. Imagine-se que PA faz uma divulgação e, depois, por um qualquer motivo, a modifica, altera ou apaga. Com que dados vai a comunicação social fazer notícia sobre determinada actividade? Com os dados originais, alterados, ou os apagados? Onde é que está a informação institucional e onde é que ela se mistura com a opinião pessoal de Arsénio? E, se um dia, Arsénio decidir apagar a sua conta no FB, onde irão ficar (para memória futura) os dados que deveriam ser institucionais? Quanto aos likes e nos posts, eles têm o mesmo valor dos "deslikes" que passam de boca em boca, à mesa do café: nulo.
A seu tempo veremos se esta estratégia de comunicação dá os resultados que Arsénio almeja.

João Espinho 04.11.2019 16:02"

A "estratégia" do Executivo PS na Câmara de Beja

Ao contrário de muitos, entendo e concordo com a intervenção do presidente da Câmara de Beja, Paulo Arsénio, no Facebook, divulgando actividades da Câmara Municipal e contribuindo, assim, para uma maior informação da actividade autárquica. Não concordo é com a forma com que, na generalidade dos casos, gera polémicas desnecessárias, respondendo a críticas ou provocando opositores, deslocando a atenção dos seus leitores do essencial para o assessório.

Veja-se esta sua última publicação ( aqui em baixo) que, em vez de realçar uma decisão acertada – mandar recuperar o painel de azulejos -, gera um rol de críticas acerca da sua “estratégia” na liderança do Município capital do Distrito de Beja.

74278241_793160461116199_2462152176378576896_n.jpg

"Durante a pintura geral do interior do Jardim Público..., detatámos que o painel de azulejos referente a Gonçalo Mendes da Maia está em muito mau estado, ameaçando mesmo desprender-se, por peças, e poder assim perder-se...
A CM Beja decidiu por isso intervir e contratar, ..., uma prestação de serviços... para reabilitar o painel e evitar a sua eminente queda.
Relembro que a parede onde está fixo o painel no jardim não era pintada há 10 anos e foi essa intervenção - pintura-, que muitos desvalorizam, que permitiu detetar este perigo eminente.
Enfim, mesmo "sem estratégia" segundo alguns, lá vamos tratando do Património Municipal com atenção, recuperando e reabilitando, valorizando dessa forma o concelho.
Imaginemos o que não seria se tivéssemos... a tal "estratégia" que aparentemente nunca faltou em Beja ao longo de 40 anos 🙂."

Paulo Arsénio, 03/11/2019

CDU diz que foram dois anos perdidos com o PS na Câmara de Beja

cdu.jpgDepois do balanço positivo feito por Paulo Arsénio ao seu mandato, vêm agora os eleitos da CDU dizer que foram dois anos perdidos, considerando que, embora com algumas iniciativas positivas, fica “muito aquém do desejável o trabalho desenvolvido e projectos que já estavam em curso, alguns já em fase de conclusão, demoraram muito a ter novo andamento, e outros, estruturantes para o concelho e para a região, deixaram-se cair sem justificação”.

Para João Rocha não existe uma estratégia de desenvolvimento porque a política da Câmara assenta no “avulso e na ocasião”. Falta de afirmação deste executivo na reivindicação das medidas necessárias por parte do Governo para o distrito. Relativamente ao desenvolvimento económico os eleitos da CDU afirmam que houve paragem ou atraso significativo e inexplicáveis e ao onerar os investidores com o pagamento de infraestruturas, o actual executivo tem afastado potenciais interessados. O centro histórico não está a ser tratado como merece, está “definhando” e aponta o que se passa com o Centro de Arqueologia e Artes, que o leva a dizer que o actual Executivo olha para a cultura como uma despesa e deveria olhar como um investimento.

Ler aqui e aqui.

Delegação da ANAFRE reuniu-se com autarcas do concelho de Almodôvar

201910221537233584.jpg

Entre os assuntos discutidos esteve o SIAC - Novo Sistema de Informação de Animais de Companhia, que tem levantado dúvidas sobre as quais a Delegação da ANAFRE já questionou, estando a aguardar resposta. A transferência de competências dos municípios para os órgãos das freguesias, a contabilidade das Autarquias Locais: SNC–AP (Regime Simplificado) e o Estatuto dos Eleitos Locais foram, também analisados, tal como os protocolos com os CTT, os acordos de Capitação com a ADSE, os valores cobrados pela Sociedade Portuguesa de Autores e a Reorganização Administrativa do Território foram abordados, ainda, neste encontro.

Daqui e daqui.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Bem, quer reparou como vinham vestidos e calçados ...

  • Anónimo

    Os alentejanos são RACISTAS nas atitudes por muito...

  • Anónimo

    Disparates de quem não entende nadinha da matéria!...

  • Vitor Paixão

    "Para Telma Guerreiro “é importante que a tutela t...

  • Anónimo

    Palavras para quê? É o PS no seu melhor nas instit...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds