Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

CDU candidata António Lobo à Câmara de Borba

Zé LG, 18.04.21

A Lobo.pngMilitante do PCP, António Fernando Bilro Lobo, de 49 anos, é engenheiro agrónomo-paisagista e é gerente da empresa Raízes, de Borba.
“Aceitei o desafio de me candidatar a presidente da Câmara Municipal de Borba porque considero que este concelho não tem tido, nos últimos anos, o desenvolvimento necessário para preparar o futuro dos nossos jovens e de toda a população em geral. Borba parou no tempo”, afirma o candidato.

CDU promove, hoje, marcha lenta em defesa das acessibilidades e pelo direito à mobilidade no concelho de Beja

Zé LG, 17.04.21

202104151846559383.jpgO ponto de concentração e partida é no Parque de Feiras e Exposições em Beja, às 14.30 horas, seguindo-se o percurso por Quintos- Salvada- Cabeça Gorda – Beja, terminando na freguesia de Beringel.
A CDU afirma que o mote “Fazer diferente, Fazer Melhor”, apregoado por este executivo no início do mandato, “não tem correspondência na realidade que está à vista de todos e que tem sido alicerçada numa gritante falta de estratégia a vários níveis.”
Afirma ainda a CDU que a inação, a raiar em diversos casos a inépcia e a subserviência político-institucional deste executivo, está bem patente na incapacidade de afirmação do Concelho, particularmente da cidade, no plano regional e nacional e aponta como exemplo o estado de degradação em que se encontra o IP8. 

Daqui, daqui e daqui.

CDU candidata Marco Calhau à Câmara de Mora

Zé LG, 17.04.21

Marco Calhau.pngO presidente da Junta de Freguesia de Mora, Marco Calhau, é o candidato da CDU à presidência deste município nas eleições autárquicas deste ano, anunciou a coligação.
Natural de Mora, Marco António Fortio Calhau, de 43 anos, bombeiro de profissão, é presidente da Junta de Freguesia de Mora desde 2017.
Marco Calhau é delegado sindical, membro da direção nacional do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL) e militante do PCP.

Pedro Coutinho afirma que o Chega vai concorrer sozinho a todas autarquias do distrito de Beja

Zé LG, 16.04.21

Pedro-Coutinho.jpgO Chega vai concorrer “sozinho” a todas as Câmaras e Juntas de Freguesia do distrito de Beja. A revelação foi feita, à Rádio Pax, por Pedro Coutinho, presidente da Distrital de Beja do Chega.
Descartando eventuais coligações, o responsável avançou que já estão definidos “alguns nomes” de candidatos, que serão oportunamente divulgados.
Pedro Coutinho diz estar confiante num bom resultado do partido, em vários concelhos do distrito, destacando os municípios de Moura, Serpa, Beja e Ferreira do Alentejo.

PS anuncia cabeças de listas candidatas às autarquias de Vidigueira

Zé LG, 13.04.21

David-Soares-PS-Vidigueira-2021-p5lh594m75dp2itei4David Soares, atual secretário da Junta de Freguesia de Vidigueira do PS, vai ser o candidato socialista à Câmara de Vidigueira nas eleições Autárquicas deste ano.
Além de David Soares, o PS confirmou nos últimos dias a candidatura do historiador Norberto Fialho à Assembleia Municipal de Vidigueira.
Para as freguesias do concelho, o PS definiu como candidatos David Borges (Vidigueira), Alda Mijasé (Selmes), Diogo Conqueiro (Vila de Frades) e Manuel Matado (Pedrógão do Alentejo).

Candidatos às câmaras municipais do Distrito de Beja

Zé LG, 08.04.21

Há quatro anos, nesta altura, já eram conhecidos os candidatos à generalidade das câmaras municipais do Distrito de Beja pelas principais forças políticas.

22048808_n4SvI.jpegEste ano, talvez influenciados pelo desconfinamento, a divulgação dos candidatos, com excepção do PSD, está a ser feita "a conta-gotas" e muita mais atrasada.

Na capital do Distrito, por exemplo, só ainda foi divulgado o nome do candidato do PSD, quando há quatro anos já tinham sido divulgados os nomes dos candidatos das três principais forças políticas.

Manuel Narra acusado pelo Ministério Público por “crime de peculato”

Zé LG, 07.04.21

202104062301262027.jpgManuel Narra, é acusado de receber entre 2013 e 2017 ajudas de custo referentes a deslocações em viatura própria para o seu domicílio fiscal na Caparica, quando, segundo a investigação levada a cabo pela Polícia Judiciária, e agora vertida na acusação, o mesmo residia na Vidigueira e as deslocações efetuadas eram feitas em viatura da autarquia atribuída ao presidente. A acusação é fundamentada com prova documental, nomeadamente a passagem em portagens registadas pelo dispositivo de Via Verde instalado na viatura da autarquia, em datas e horas coincidentes com o registo das requeridas pelo então presidente da autarquia vidigueirense.

“Eu soube que havia um inquérito” no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Évora “em 2019, quando fui chamado a prestar declarações”, e, “na semana passada, foi deduzida a acusação e eu fui notificado”, explicou Manuel Narra, que foi eleito pela CDU, argumentando que, em 2013, foi “morar para casa dos filhos, na Costa da Caparica” e que era essa a sua “morada fiscal e efetiva”, de onde ia “trabalhar para a Vidigueira”.

Devemos avaliar “quem é que se apresenta às próximas eleições com um projecto para o seu concelho digno desse nome”

Zé LG, 05.04.21

22090050_1519761501451971_2710875557418653958_n.jp«Aquando do 25 de abril de 1974, as infra-estruturas básicas nas povoações do Baixo Alentejo estavam quase todos por fazer. E daí e muito bem, que o objectivo de então dos responsáveis das autarquias foi a sua construção. E digamos, que embora uns concelhos melhor que outros, elas lá foram sendo feitas.
Só que desde então a região mudou radicalmente, sobretudo com o declínio populacional, correndo-se o risco a curto prazo de algumas dessas infraestruturas construídas, já não terem a utilização devida, por não já haver pessoas para tal.
Logo e perante o estado deprimente sob o ponto de vista social e económico em que nos encontramos, os atuais e futuros autarcas, deveriam agora ou já desde há algum tempo pôr em primeiríssimo lugar a construção de zonas industriais e comerciais assim como o estímulo a agentes económicos e empresas com vista à sua instalação local. Como é o caso e muito bem da autarquia de Cuba. E só depois e em segundo lugar, sim, a manutenção e construção de novos equipamentos.
Mas nem todos os atuais autarcas e futuros candidatos assim procedem, antes pelo contrário, como é o caso flagrante de Beja, como aqui tem sido referido.
De modo, que é nosso dever e responsabilidade não nos deixarmos ir na conversa da "obra feita ou por fazer" e verificarmos quem é que se apresenta às próximas eleições e tem e quem não tem um projecto para o seu concelho digno desse nome.»                 Anónimo 04.04.2021, aqui.

Autarcas independentes ameaçaram criar partido político, a partir 9 de abril, se até essa data não for alterada a lei eleitoral autárquica

Zé LG, 03.04.21

202104011026244418.jpgO anúncio foi feito pela presidente da Câmara de Portalegre, Adelaide Teixeira, no final de uma reunião de autarcas independentes, que decorreu naquela cidade alentejana.

"Caso assim não seja e não corrijam as injustiças criadas sobre as candidaturas autárquicas independentes, no dia 09 de abril próximo serão dados passos para a recolha de assinaturas e constituição de um novo partido político, assente no respeito pela livre escolha por parte dos cidadãos dos seus representantes", disse.

"A constituição de um novo partido político não é uma escolha nossa. O partido político nasce do imobilismo dos partidos do sistema e da sua intolerância aos movimentos independentes e à livre escolha dos cidadãos", acrescentou.

“As eleições que costumam ser as mais participadas”

Zé LG, 03.04.21

138641673_3725786864154037_6885030219614680244_n.j«2021 é ano de autárquicas. As eleições que costumam ser as mais participadas. As únicas passíveis de concorrerem movimentos independentes dos partidos políticos. E, por isso, as que mais perturbam os que entendem serem detentores da sabedoria e da organização, os capazes de dirigirem os destinos dos indivíduos, da comunidade, do país.

Desde março do ano passado que as atenções se concentram na pandemia. Sobre a sua propagação, testagem e vacinação. Quando o foco se afasta há que alimentar a bipolarização, fomentando a discórdia e potenciando a agressividade.

Enquanto se investe no medo, a classe política vai continuando a trabalhar para garantir o seu poder. Exemplo disso é a aprovação (pelo PS e PSD), em julho último, de alterações à Lei Eleitoral dos Órgãos das Autarquias Locais, que dificultam as candidaturas de movimentos de cidadãos.»

Sónia Calvário, aqui.

Candidatura das esquerdas unidas às autarquias de Beja

Zé LG, 01.04.21

imgLoader2 (1).jpgMilitantes e simpatizantes do PS e do PCP descontentes com o atraso e as perspectivas na preparação das candidaturas dos respectivos partidos e o rumo que o Concelho de Beja está a seguir e considerando que dificilmente qualquer dos partidos tem capacidade de apresentar uma candidatura - listas e programa - capaz de romper com o marasmo a que se chegou, decidiram avançar para a criação de um movimento, agregador de pessoas das esquerdas, que apresente candidaturas às autarquias de Beja.

Com a colaboração de pessoas experientes e conhecedoras da realidade local e autárquica, elaboraram um documento com as linhas gerais do que deverá ser a base do programa a apresentar e, com base nele, contactaram as pessoas que deverão liderar, e compor, as diversas listas, constituídas maioritariamente por mulheres, jovens, sem grande intervenção partidária mas com grande intervenção social e cultural.

A apresentação pública do movimento, cujo nome ainda não foi revelado, está prevista para este mês, num encontro aberto a todos, presencialmente ou online, conforme a situação pandémica permitir.

ESCLARECIMENTO: Esta foi a minha mentira do 1 de Abril. Depois de a publicar, fiquei com dúvidas se era mesmo mentira...

PS candidata Manuel Janeiro à Câmara de Reguengos de Monsaraz

Zé LG, 31.03.21

Manuel Janeiro.pngManuel Janeiro é o candidato escolhido pela Comissão Política Concelhia do PS de Reguengos de Monsaraz, a que preside, para substituir José Calixto como cabeça de lista à Câmara Municipal daquele concelho. É natural da freguesia de Reguengos de Monsaraz, tendo vivido sempre no concelho, onde exerceu o cargo de vice-presidente da autarquia, entre 2009 e 2017.

Para a Concelhia de Reguengos de Monsaraz do Partido Socialista, Manuel Janeiro, “é um homem gerador de consensos, de caráter firme, mas acessível e que sempre privilegiou o trabalho de equipa nas várias funções que já desempenhou”.

PS candidata João Anéis à Câmara de Viana do Alentejo

Zé LG, 29.03.21

Screenshot_2021-03-29 PS candidata João Anéis àO empresário João Anéis, de 46 anos, foi o nome escolhido pelo PS para suceder, como cabeça de lista à Câmara Municipal de Viana do Alentejo, a Bernardino Bengalinha Pinto, que cumpre o terceiro e último mandato na presidência do município e não se pode recandidatar devido à lei de limitação de mandatos.

É a segunda candidatura até agora anunciada à Câmara de Viana do Alentejo, depois de António Costa da Silva pela coligação PSD/CDS-PP.

PS candidata José Calixto à Câmara de Évora

Zé LG, 28.03.21

119094063_3404153459646516_3066827239053927274_n.j

A Comissão Política Concelhia de Évora do PS escolheu José Calixto, actual presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsara, para cabeça de lista à Câmara Municipal de Évora. Decidiu ainda  escolher Jorge Gaspar, antigo reitor da Universidade de Évor, para encabeçar a lista à Assembleia Municipal. Mais iformação aqui.

Candidatura "independente" do PSD ou falsa partida em Beja?

Zé LG, 27.03.21

22048808_n4SvI.jpeg

202103251618092291.png

Nuno Palma Ferro é o candidato do PSD à Câmara de Beja, anunciado como tal por Rui Rio, que não disse que o PSD apoiava a candidatura de um movimento independente... Mas Nuno Palma Ferro apresentou-se como sendo de um movimento independente. E aqui é que "a porca torce o rabo", porque, logo no início, apresentar "gato por lebre" pode não ajudar muito...  Vejam as imagens e digam se, para além dos nomes dos concelhos e dos candidatos, descobrem alguma diferença entre a propaganda da "candidatura independente" e a de uma candidatura do PSD (neste caso, do líder distrital). Segundo opiniões que tenho lido e ouvido, dificilmente o PSD conseguiria arranjar melhor candidato. Não conheço bem Nuno Palma Ferro, mas tenho boa impressão dele. Pode ter sido um lapso, pode não ter sido intencional "vender gato por lebre". Mas foi o que aconteceu...

PS candidata David Soares à Câmara de Vidigueira

Zé LG, 27.03.21

Vidigueira-Francisco-David-Soares_800x800.jpgFrancisco José David Soares, atual presidente da concelhia do PS de Vidigueira, é o candidato escolhido pela estrutura local para ser o candidato socialista à Câmara Municipal de Vidigueira.

Em 2017, Francisco David Soares, foi o candidato dos socialistas à Junta de Freguesia de Vidigueira, tendo sido derrotado por Carla Penas (CDU), sendo o secretário dessa autarquia.

Para além do cabeça de lista à Câmara, David Borges e Diogo Conqueiro, serão os candidatos, respetivamente, às Juntas de Freguesia de Vidigueira e Vila de Frades.

CDU de Vidigueira retira confiança política a eleitos por apoiarem o “Mais Cidadãos”

Zé LG, 25.03.21

A CDU retirou a confiança política a eleitos seus cujas fotos constam de uma carta do “Mais Cidadãos” dirigida à população, que serão Susana Damas e Ana Campaniço, respetivamente, presidente da Junta de Freguesia e vogal da Assembleia de Freguesia de Vila de Frades e Olga Moura, secretário da Junta de Freguesia de Selmes.

PCP-768x432.jpg

A Comissão Concelhia de Vidigueira do PCP “constata que a rutura de alguns com o projeto autárquico da CDU” apenas pode estar sustentado em projectos e ambições pessoais e interesses particulares, para além dos acordos “por debaixo da mesa” com o PSD.

Daqui e daqui.

Candidatura independente é “um acto de coragem e de cidadania muito exigente”

Zé LG, 25.03.21

22090050_1519761501451971_2710875557418653958_n.jp

«Há oito anos foi apresentada candidatura independente e o resultado foi um pouco desanimador!… Será que estamos em circunstâncias mais favoráveis que impulsionem uma outra tentativa qualquer?… Fica-se com a impressão (ou com a certeza, dependendo da perspectiva) de que os aparelhos partidários ainda possuem um espaço privilegiado e mais favorável!… É efectivamente um acto de coragem e de cidadania muito exigente para quem se perfilar nessa linha!...»

Anónimo 24.03.2021, aqui.

Nuno Palma Ferro concorre para “ganhar a Câmara” e “melhorar Beja”

Zé LG, 24.03.21

202103231701183233.jpgO projeto “Consigo, Beja Consegue” já se apresentou. Nuno Palma Ferro assume assim a sua candidatura à presidência da Câmara de Beja, nas autárquicas 2021, para “ganhar” e “apoiado pelo PSD e outros partidos de direita”.

“Criar uma marca de Beja forte através do trabalho de uma equipa”, que prometeu apresentar na altura certa e que “mistura experiência com juventude”, é outro dos “propósitos deste projeto” liderado por Nuno Palma Ferro e cujo “móbil principal é fazer de Beja uma cidade melhor para todos”.

Para além de Nuno Palma Ferro, candidato à presidência da Câmara, José Pinela Fernandes lidera a candidatura à Assembleia Municipal. José Hilário é o número um da lista à União das Freguesias (UF) de Beja de Santiago Maior e São João Baptista e o cabeça de lista à UF de Beja de Salvador e Santa Maria da Feira é Hugo Carulo.

PSD apresentou mais 50 nomes de candidatos a presidentes de câmara, 13 dos quais no Alentejo

Zé LG, 23.03.21

161004814_4228786570482007_1250710118066532072_o.jBeja

- Almodôvar: António Sebastião

- Barrancos: Dalila Guerra

- Beja: Nuno Palma Ferro

- Cuba: Clarisse Mota Batista

- Ferreira do Alentejo: José Pereira

- Odemira: Arménio Simão

- Ourique: Gonçalo Valente

- Serpa: José Damião Félix

Évora

- Borba: Paulo Ferreira

- Portel: Albertino Malheiro

- Viana do Alentejo: António Costa da Silva

- Vila Viçosa: Inácio Esperança

Setúbal (Litoral Alentejano)

- Sines: Ana Calca Figueira

Daqui.