Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Desafio à Câmara de Beja: Concorrer ao Prémio Cidades Educadoras para Boas Práticas de Inclusão e Democratização da Cultura

LOGO-PREMI-AICE-2016-PT.jpgEstá aberta a convocatória da 3ª edição do Prémio Cidades Educadoras, que reconhece e dá visibilidade internacional ao trabalho que é desenvolvido nas Cidades Educadoras e destaca boas práticas inspiradoras para outras cidades na construção de contextos mais educadores.

O Prémio será concedido a três experiências inovadoras de três cidades associadas diferentes, que se destaquem no tema “Inclusão e democratização da cultura”. 

 

Poderá constituir uma excelente oportunidade de mobilizar e envolver toda a gente, designadamente a comunidade escolar, as entidades e agentes culturais e sociais num projecto inovador da “inclusão e democratização da cultura”.  Fica o desafio.

EMAS promove “Palacete da Água”

201903011553534329.jpgA EMAS de Beja vai avançar com um novo projecto junto da comunidade escolar, desta vez a proposta é o “Palacete da Água”.

O “Palacete da Água” é uma iniciativa que faz parte do programa Beja Educa- Interrail do Conhecimento, que pretende inovar e potenciar Beja e o seu património, onde a água enquanto património natural assume um papel basilar.

Ferreira do Alentejo tem plano para “a promoção da excelência educativa”

FA-768x432.jpgA Câmara de Ferreira do Alentejo, o Agrupamento de Escolas e a Universidade Nova de Lisboa criaram um plano de desenvolvimento e qualidade da educação que será implementado no concelho, em três anos epretende “capacitar as escolas e a comunidade para a promoção da excelência educativa, dotar tecnicamente o município para adoptar planos e estratégias que contribuam para o desenvolvimento educativo local e monitorizar as boas práticas escolares”. O arranque do projecto deverá acontecer no 2º ou 3º período.

Jornadas Municipais da Educação em Serpa debatem “Flexibilização Curricular e Inclusão”

201901041150334544.jpgAs III Jornadas Municipais da Educação que vão decorrer em Serpa, esta 6ª feira , no Cineteatro Municipal, incluem dois painéis , um sobre “Autonomia e Flexibilidade Curricular: dos Decretos às Práticas” outro intitulado “Da flexibilização à Inclusão, que caminho?” e pretendem reflectir sobre o projecto de autonomia e flexibilidade curricular dos ensinos básico e secundário, implementado pelo actual governo, bem como promover o valor social e económico da educação, e realiza-se no âmbito do Plano Municipal de Combate ao Insucesso Escolar.

“Água com… ciência e a educação ambiental”

laboratorio-ciência-768x432.jpgOs projectos “Ciência à La Carte” e “Heróis da Água” dão as mãosno projecto “Água com… ciência e a educação ambiental”, que pretende “conciliar a Ciência e Tecnologia com a sensibilização e educação ambiental”.

As actividades desenvolvem-se, hoje, no espaço da Paragem ambiental da EMAS, no Jardim Público de Beja.

Também hoje os alunos do Curso de Ensino e Formação Profissional de Electricidade do Agrupamento nº1 de Beja – Santa Maria recebem a palestra “A biorrefinaria tem futuro?”.

As iniciativas da Semana da Ciência & Tecnologia encerram na sexta-feira, no Auditório da Biblioteca Municipal de Beja com uma conferência subordinada ao tema “O Porco Alentejano”.

"Séc. XXI: Desafios na Educação" em debate em Beja

201810221214009843.jpgA autarquia bejense explica que este encontro “dirigido a todos os docentes do concelho” pretende “dar voz aos protagonistas da educação no concelho de Beja e refletir, também, sobre a nova realidade e os diversos desafios na educação em Portugal”.

A inscrição é obrigatória.

 

Não sei se percebi bem: A autarquia pretende "dar voz aos protagonistas da educação" e convida só os docentes para o debate? E os pais e encarregados de educação, os alunos, os restantes trabalhadores?

A iniciativa, tanto quanto percebi, é da autarquia. E se fosse do PS os oradores seriam outros?

Município de Alandroal passa a distribuir fruta gratuita ao pré-escolar e 1.º ciclo

alandroal.jpg

O Município de Alandroal vai passar a distribuir fruta gratuita aos alunos do pré-escolar e do 1.º ciclo daquele concelho alentejano. A iniciativa decorre de uma candidatura que o município fez ao Instituto de Financiamento de Agricultura e Pescas e que foi agora aprovada. A distribuição da fruta gratuita a estes alunos arranca a 9 de outubro e vai ser feita durante 30 semanas, às terças e quintas.

Para João Grilo, presidente daquela autarquia, a medida visa introduzir hábitos alimentares saudáveis nas crianças em tenra idade e é acompanhada por outras acções pedagógica que incentivam uma alimentação equilibrada.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Palavras para quê? É o PS no seu melhor nas instit...

  • Anónimo

    Factos são factos. Palavras para quê??!

  • Anónimo

    "os filhos da casa" vão resolver o assunto!...o qu...

  • Anónimo

    Deixo aqui um post que retirei do Facebook, de um ...

  • Anónimo

    Não concordo. Como bem diz, dada a manifesta incap...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.