Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
17
Abr 18

201804161603193031.jpg

A EDIA, entidade gestora do maior Empreendimento de Fins Múltiplos em Portugal, promove, hoje, em Beja, o Seminário Internacional “Gerir a Carência de Água: Uma oportunidade?”.

Os trabalhos, com início marcado para as 9.30 horas, reúnem um conjunto de oradores nacionais e internacionais, de reconhecido mérito e experiência.

publicado por Zé LG às 08:46
01
Mar 18

009.JPG

O BE discutiu a situação atual dos “melhores solos do país, como os barros de Beja” e concluiu que é “insustentável”, devido à erosão, sobrecarga de pesticidas e fitofármacos que ameaçam a vida animal e vegetal, pelo que “apresentará iniciativas legislativas que visam estabelecer limites à proliferação de monoculturas intensivas, quanto à sua densidade, às áreas de manchas contínuas e ao respeito de corredores ecológicos que salvaguardem a biodiversidade.”

O BE considera que a EDIA tem de impor regras de diversificação cultural e proteção ambiental e que “é preciso deixar claro que o abastecimento de água às populações é prioritário face às monoculturas que poucos empregos criam e lucram milhões à força de trabalho escravo.”

publicado por Zé LG às 08:48
19
Fev 18

manchete_banner_201802182159088162.jpg

O ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, conjuntamente com o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, marcou presença na assinatura de acordos entre a Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva e a Águas de Portugal para projetos conjuntos para o reforço do abastecimento de água no Alentejo.

Sobre os acordos assinados, o ministro do Ambiente realçou que o investimento anunciado “ainda não vai conseguir dar frutos no próximo verão”, mas manifestou-se convicto de que este ano o problema de fornecimento de água “também não se colocará”. 

Após a cerimónia, que se realizou na Estação Elevatória do Estácio, perto de Beja, os ministros visitaram as obras de construção da nova Estação de Tratamento de Água da Magra.

publicado por Zé LG às 08:50
29
Dez 17

281220171213-442-Alqueva.jpg

O projeto de alargamento da mancha de regadio do Alqueva, em 10 mil hectares, para o concelho de Moura ficou concluído recentemente e já tem financiamento garantido.

Moura vê assim chegar ao seu território o regadio de Alqueva, assim como a possibilidade de ver concretizada uma “velha” aspiração, tendo em atenção o facto, de ser o concelho com a maior área banhada pelo Grande Lago, mas que não estava incluído no seu sistema de regadio.

publicado por Zé LG às 12:40
12
Dez 17

280420141255-245-REGADIODOALQUEVAIMAGEM.jpg

Estas jornadas, com início marcado, para as 10.00 horas, no auditório da EDIA, pretendem ser um fórum de divulgação de projectos de investigação em curso e os novos avanços técnicos das empresas, bem como perceber as necessidades dos produtores ao mesmo tempo que se proporciona um momento de contacto entre utilizadores, empresas e a investigação.
A EDIA afirma que agricultura de regadio é hoje uma actividade complexa que requer informação e ferramentas de apoio que permitam ao regante realizar a sua actividade de forma sustentável e que estas jornadas decorrem num contexto de constante inovação tecnológica e de alterações climáticas que afectam a produção agrícola.

publicado por Zé LG às 08:49
29
Nov 17

281120171106-219-inovaosocial2017.jpg

O auditório da EDIA, em Beja, recebe, esta tarde, às 14.00 horas, um debate sob o tema “Responsabilidade Social”, organizado pela EDIA-Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas de Alqueva, pela EAPN Portugal-Rede Europeia Anti-pobreza e pela GRACE-Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial, em colaboração com o NERBE/AEBAL-Associação Empresairal do Baixo Alentejo e Litoral e RSO PT-Rede da Responsabilidade Social das Organizações de Portugal.
Incentivar as organizações a integrarem cada vez mais os valores de ética e de responsabilidade social, com vista a um futuro mais sustentável, partilhar conhecimentos e experiências bem-sucedidas de desenvolvimento social e comunitário, assentes em formas de investimento social e divulgar estratégias de intervenção e metodologias criativas para a inovação e sustentabilidade dos projectos comunitários são os principais objectivos desta iniciativa que se dirige às entidades da Economia Social, às associações empresariais e comerciais e às instituições de ensino.
A sessão encerra com a apresentação dos objectivos do Projecto “Alqueva vai à Escola”, da responsabilidade da EDIA, com a apresentação dos resultados já alcançados e a assinatura de novos protocolos entre a EDIA, Agrupamentos Escolares e Escolas Profissionais.

publicado por Zé LG às 08:52
28
Nov 17

ArteEdia-768x512.jpg

O Centro de Paralisia Cerebral de Beja (CPCB) e a EDIA promovem, pelo décimo sexto ano consecutivo, a exposição “Arte numa Perspetiva Diferente”, que é inaugurada hoje, às 17.00 horas, na sede da EDIA, onde se mantém aberta ao público todos os dias úteis, entre as 9.00 e as 18.00 horas, até ao dia 29 de dezembro.

A receita proveniente da venda dos quadros reverte, na totalidade, para o Centro de Paralisia Cerebral de Beja. 

Ler e ouvir AQUI e AQUI.

publicado por Zé LG às 00:17
06
Nov 17

031120171013-542-EDIAagricultura.jpg

Durante esta primeira quinzena de Novembro, realiza-se um conjunto de sessões para apresentação do Modelo Participativo dos Perímetros de Rega de Alqueva aos agricultores dos perímetros de rega geridos pela EDIA.

No total foram convocados cerca de 6 mil agricultores abrangidos por estas infraestruturas. As sessões estão abertas a todos os agricultores e proprietários, e pretendem abordar, para além das informações gerais de apoio ao agricultor, também a avaliação de satisfação do serviço prestado pela EDIA e o novo tarifário da água.
A primeira sessão, realiza-se, hoje, às 11.00 horas, no auditório da EDIA, em Beja, à tarde, às 15.00 horas, em Ferreira do Alentejo.

Estas sessões surgem numa altura em que a campanha de rega se aproxima do fim, sendo possível desta forma fazer um balanço do serviço prestado aos agricultores.

publicado por Zé LG às 08:45
24
Out 17

O projecto “Unidades de Recirculação de Subprodutos de Alqueva”, desenvolvido pela EDIA, em parceria com o ISQ, foi o terceiro classificado entre 66 candidatos pelo Fundo Ambiental Português, no quadro do programa “Apoiar a Transição para uma Economia Circular”, recebendo 50 mil euros para o desenvolvimento de um Plano de Implementação.

De acordo com a empresa que gere Alqueva “visa a criação de um conjunto de unidades de recolha, tratamento e transformação de subprodutos agrícolas em fertilizante para aplicação no solo, distribuídas pelo território do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva, concretizando assim a estratégia integrada de promoção da matéria orgânica no solo”.

“Estas unidades pretendem devolver ao solo os nutrientes que são retirados através da agricultura, reduzindo deste modo as necessidades de adubação e aumentando a rentabilidade das culturas”, adianta a mesma fonte.

A EDIA acrescenta que “prossegue com o seu propósito de ir para além do fornecimento de água aos agricultores de Alqueva, reforçando o seu contributo efectivo no apoio ao sector agrícola, na promoção do uso eficiente de recursos e na protecção do solo e da água”.

publicado por Zé LG às 12:43
01
Set 17

alqueva.jpg

A EDIA, empresa pública que gere a barragem do Alqueva, voltou a receber novo reforço de capital do Estado em agosto, num total de 8,68 milhões de euros.

Trata-se do terceiro aumento de capital de 2017, que totaliza 30,9 milhões de euros e que faz ascender o capital social da empresa a 495 milhões, 249 mil e 60 euros. A EDIA tem como principal fonte de financiamento os aumentos de capital.

Segundo o relatório de contas de 2016 "o accionista Estado no seguimento da política de financiamento adoptada, atribuiu à empresa os capitais necessários para suprir as necessidades do serviço da dívida (reembolsos e juros), e ainda um aumento de capital de €11.126.161 para a conclusão dos investimentos uma vez que, por calendarização dos programas de financiamento comunitário (POVT e Inalentejo), os investimentos remanescentes do ano de 2016 tiveram de ser praticamente financiados por fundos próprios," conforme avança o Jornal de Negócios, na sua edição de ontem.

O exercício de 2016 foi marcado por um aumento dos prejuízos, de 10,9 milhões em 2015 para um resultado líquido negativo de 14 milhões de euros.

 

Imagem de capa de portugalfotografiaaerea.blogspot.com

publicado por Zé LG às 12:32
11
Jul 17

No final de Junho cerca de 80% do território português encontrava-se em seca severa ou extrema.

Nesta altura, das 60 barragens existentes em Portugal continental, há 18 que registam menos de metade do nível de água que conseguem armazenar, o que levou já o Governo a activar a Comissão Permanente de Prevenção, Monitorização e Efeitos da Seca, criada há cerca de 1 mês.

O Alentejo é uma das regiões do país que mais está a preocupar o Governo, uma vez que pode chegar a Agosto sem água, uma situação idêntica à da região da Beira interior.

 

A EDIA garante que a reserva de água que hoje existe em Alqueva é suficiente para mais dois anos sem afluências significativas e capazes de responder às necessidades agrícolas e de abastecimento público na sua área de influência, tendo capacidade para satisfazer todas as necessidades de água para a agricultura na região equipada pelo sistema, 120 mil hectares actualmente, estando apenas limitado pela capacidade dos adutores às diferentes albufeiras, tal como acontece em qualquer sistema de distribuição de água.

Relembra que se alguma Associação que gere outras barragens receptoras de água de Alqueva necessita de 20, 30 ou 40 milhões de metros cúbicos, e se sabe que o sistema tem capacidade para debitar cerca de 7 milhões por mês, então esse volume de água terá de ser solicitado à EDIA vários meses antes.

publicado por Zé LG às 08:47
20
Jun 17

190620171116-179-desafiosregadio.jpg

Esta 8ª edição das Conferências da Vida Rural, pretende, debater e ideias e partilhar experiências sobre a importância da boa gestão da água na agricultura, em especial num ano de seca como o que estamos a viver.
Os trabalhos, com início marcado para as 14.15 horas, contam com a presença de José Pedro Salema, Presidente da EDIA-Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas do Alqueva e de outros profissionais ligados à temáticas que vão estar em discussão.

publicado por Zé LG às 08:42
15
Abr 17

075.JPG

Os regantes da ABORO - Associação de Beneficiários da Obra de Rega de Odivelas vão ratear a água disponível.

Desta forma, a Associação quer dar a possibilidade de não recorrer à água de Alqueva aos regantes que assim o entenderem.

Segundo a ABORO, a situação “decorre da aplicação do novo tarifário da água de Alqueva às Associações de Regantes confinantes, que implica um aumento muito significativo do preço da água nestes perímetros de rega”.

A Associação considera que é “imprescindível que o valor da água seja compatível com a rentabilidade das culturas e seja equilibrado entre os vários utilizadores” o que, no seu entender, “não se verifica”.

publicado por Zé LG às 10:39
31
Jan 17

300120171510-91-paineisflutuantes.jpg

A EDIA instalou o primeiro conjunto de painéis fotovoltaicos flutuantes num dos seus reservatórios da rede secundária de rega, o reservatório da Cegonha, do aproveitamento hidroagrícola de São Matias.

Segundo a EDIA, trata-se de um sistema off-grid, desligado da rede eléctrica, composto por 44 painéis fotovoltaicos flutuantes e com uma potência instalada de 11 kW. Ainda de acordo com a EDIA, para além deste conjunto de painéis, foi ainda instalado um sistema de armazenamento de energia, com autonomia para 5 dias sem sol, permitindo abastecer os órgãos hidráulicos do reservatório, os sistemas de monitorização e telecontrolo e ainda a estação de filtração de um bloco de rega com 2 163 hectares.
A EDIA dá ainda conta que esta solução energética evitou a construção de uma linha de média tensão com uma extensão de cerca de 2 quilómetros, que se traduz numa rentabilidade económico-financeira positiva desde o momento de entrada em funcionamento.
Finalmente, é afirmado que a EDIA tem vindo a apostar em soluções energéticas amigas do ambiente e ecologicamente compatíveis com um processo de desenvolvimento sustentado que se deseja para a região.

Lido AQUI. Pode também ser lido AQUI.

publicado por Zé LG às 08:05
15
Nov 16

141120161059-273-expoisoCPCB.jpgO Centro de Paralisia Cerebral de Beja inaugura, esta tarde, às 18.00 na Galeria da EDIA, em Beja, a exposição “Arte numa perspectiva diferente”.
Trata-se de uma exposição venda, o valor angariado reverte a favor do Centro de Paralisia Cerebral de Beja.
Esta exposição vai ficar patente ao público até ao dia 16 de Dezembro e pode ser visitada de 2ª a 6ª feira das 9.00 às 18.00 horas.

publicado por Zé LG às 13:57
02
Nov 16

142.JPG

143.JPG

Faz impressão ver o estado de esvazianmento em que se encontram as barragens do sistema de Alqueva. É certo que estamos a atravessar um longo período de seca, tal como é verdade que estamos no final de uma campanha de rega. Mas Alqueva não servia para regularizar o nível das barragens que alimenta?

A gestão do sistema de Alqueva deve ter alguma justificação para este estado. Mas, por mais justificações que existam, não deixa de confranger o estado em que as barragens (na foto a de Odivelas) se encontram... 

publicado por Zé LG às 17:43
07
Jun 16

150420151722-501-BARRAGEMDOALQUEVA.jpg

A Barragem do Roxo, na próxima 5ªfeira, vai receber o primeiro transvase de água da Albufeira de Alqueva. 

Um momento histórico que vai contar com as presenças de Phil Hogan, Comissário Europeu da Agricultura e Desenvolvimento Rural e, Capoulas Santos, ministro da Agricultura.
António Parreira, presidente da Associação de Beneficiários do Roxo, destaca o facto de, em ano de seca, ter sido possível, graças à água de Alqueva, fazer culturas de regadio, é a primeira vez que tal acontece desde que a associação foi criada. 

 

Esperamos que, com esta ligação, que há muito devia ter sido feita, terminem os problemas (de quantidade e qualidade) de abastecimento de água às populações de Beja e Aljustrel, que ainda há meses se verificaram.

publicado por Zé LG às 08:48
14
Abr 16

130420160942-291-culturaamendoa.jpgO auditório da EDIA, em Beja, recebe, esta tarde, a partir das 15.30 horas, o seminário “Sistemas de Produção de Amêndoa”. Este é o primeiro de seis seminários integrados na iniciativa “Criar Valor na Mudança”.

Recorde-se que a EDIA, em conjunto com a Consulai e a Trevo, empresas de consultoria especializada nos sectores agroalimentar, agrícola e florestal, juntaram-se para a organização de um conjunto de seis seminários e um colóquio sobre 6 culturas, a ter lugar até Outubro em diversos locais da área de influência do projecto de Alqueva.

publicado por Zé LG às 08:43
27
Jan 16

260120161628-808-AGROEXPO_.jpgA 20.ª edição da AGROEXPO - Feira Internacional, que se realiza em Don Benito, Espanha, a partir de hoje, conta com a presença de Alqueva.
Aquele que é apontado como um dos certames agrícolas mais representativos e importantes para o sector, soma mais de 225 expositores e 500 marcas.
Esta participação integra-se no projecto de promoção internacional “Alqueva Exporta”, resultante da parceria estabelecida entre a EDIA e a Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral (NERBE/AEBAL).
A EDIA foi convidada a integrar o Comité Organizador. Para além das jornadas técnicas, a empresa vai apresentar um Road Show sobre Alqueva.

publicado por Zé LG às 08:49
08
Jan 16

A Herdade Vale da Rosa venceu na Categoria “Boas Práticas em Alqueva” e o projecto "H20 Processing&Mitig: Mitigação de CO2 atmosférico, produção de soluções nutritivas, correctivos organominerais e produtos hortofrutícolas através de processo", do CEBAL e do IPBeja,venceu na Categoria “Inovação em Alqueva” e receberá 2 500 euros.
Os prémios atribuíram ainda Menções Honrosas à AABA – Associação dos Agricultores do Baixo Alentejo pelo projecto IRRICROP; à EMAS -Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja pelo Projecto Heróis da Água e à Paxberry, Lda. pelo projecto “Paxberry”.
Criado no âmbito dos 20 anos de existência da EDIA, o prémio é uma parceria da empresa com o Green Project Awards e visa reconhecer as boas práticas em projectos que promovam o desenvolvimento sustentável na região de Alqueva, nos quais o recurso "água" seja o factor de desenvolvimento fundamental.

publicado por Zé LG às 08:54
Abril 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
25
26
27
28
29
30
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
às 11H00?
safa, aqui aprende-se pouco, ou mesmo nada!
A loucura anual, para depois ano após ano ficar tu...
Cada um lê aquilo quer e vossemecê não tem nada a ...
E o anonimo(a) das 11:24 leu, senão, leia, é capaz...
Que triste pasmaceira!
Estes não se preocupam com coisa alguma e não se ...
Passaram cinco anos. Mudou governo e administração...
Saudável era a dieta daquele ministro obeso. Os ca...
Ambiente saudável...
podia ter colocado uma foto da sala de macas da ur...
Tal como o cartel dos madeireiros.
e não é para menos! Vamos continuar a rir? Porque ...
Passando agora dos investidores chineses para os e...
Deixa-me rir para tamanho empenho e dedicação ás p...
blogs SAPO