Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Ruben de Carvalho morreu

ruben_carvalho.jpgRuben de Carvalho, membro do Comité Central do PCP e do Executivo da Comissão Nacional da Festa do «Avante!», faleceu hoje, com 74 anos, em consequência de problemas de saúde que exigiram internamento hospitalar.

Intelectual comunista, assumiu uma intervenção destacada na actividade do Partido, tendo desempenhado importantes tarefas, cargos e responsabilidades. Ruben de Carvalho teve uma vida de intervenção e de luta na resistência antifascista, no movimento associativo estudantil, abraçou com intensidade a Revolução de Abril e defendeu os seus valores e conquistas. Destacou-se no jornalismo, na imprensa e na rádio. Deixou à sociedade portuguesa um contributo de grande relevo no conhecimento da música, na sua dimensão artística, cultural e social, no plano nacional e internacional, das suas raízes populares à sua dimensão erudita.

Ao longo de toda a sua vida, Ruben de Carvalho empenhou-se na luta, com o seu Partido, pela liberdade e a democracia, por uma sociedade nova liberta da exploração e da opressão, o socialismo e o comunismo. 

Ver toda a notícia aqui.

Fórum Romano de Beja abandonado atrás das papoilas

Os alicerces do templo que obrigou a reconfigurar a história de Beja estão abandonados. Desde a sua redescoberta em 2008 sofreu mais estragos que nos 2000 anos anteriores.

safe_image.jpg

Paulo Arsénio admite “aterrar tudo (o que foi descoberto) para que depois (no futuro) possam ser tratadas, justificando uma tal hipótese com a “ falta de projecto de musealização” para um monumento que é único a nível nacional.

Entretanto, há muros do fórum romano que já caíram. Áreas sensíveis das escavações ficaram a meio e não estão devidamente protegidos e já se verificaram perdas de informação científica.

A indefinição estende-se ao edifício vizinho que foi recuperado para instalar o Centro de Arqueologia e Artes. Está pronto há dois anos mas continua encerrado, apesar das obras de restauro terem implicado um investimento de 2,2 milhões de euros, financiado através do Fundo Jessica.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Num país em que o maior trambiqueiro político está...

  • Anónimo

    Uma vida saudável depende de muitos outros factore...

  • Zé LG

    A alimentação não é um factor importante para uma ...

  • Anónimo

    Porreiro, pá!É ver para crer!

  • Anónimo

    Acha mesmo?Talvez a surpresa maior venha a ser a d...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds