Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Na abertura do novo ano lectivo, em tempo de COVID-19, importa conhecer a opinião de especialistas

Zé LG, 14.09.20

AS VANTAGENS DE AS CRIANÇAS E ADOLESCENTES IREM À ESCOLA SÃO SUPERIORES AO RISCO DE FICAREM EM CASA. QUATRO ESPECIALISTAS EXPLICAM PORQUÊ

transferir.jpg

"É MENOS PROVÁVEL SEREM AS CRIANÇAS A PASSAR A DOENÇA AOS ADULTOS, É MAIS PROVÁVEL SEREM OS ADULTOS A PASSAR A DOENÇA À CRIANÇA"

Paulo Oom

"O AMBIENTE EM CASA É MUITO IMPORTANTE, MAS A ESCOLA É O VEÍCULO FUNDAMENTAL PARA AS CRIANÇAS SE RELACIONAREM E NÃO SE TRANSFORMAREM EM ZOMBIES DIGITAIS"

Paulo Oom

"AS CRIANÇAS TÊM NECESSIDADES QUE DIFICILMENTE TERÃO RESPOSTA SE ESTIVEREM FECHADAS DURANTE SEIS MESES OU UM ANO NUM APARTAMENTO, POR MAIS SAUDÁVEL QUE SEJA A RELAÇÃO COM OS PAIS OU COM OS IRMÃOS"

"É EVIDENTE QUE O ISOLAMENTO SE ASSOCIA A UM AUMENTO DE COMPORTAMENTOS DE TIPO DEPRESSIVO" 

Albino Oliveira-Maia

"UMA COISA É O MEDO, QUE NOS PROTEGE, OUTRA COISA É O PÂNICO, QUE NOS DESORGANIZA COMPLETAMENTE" 

Paulo Oom

"DO PONTO DE VISTA PSICOLÓGICO, O MEDO NÃO É APENAS EM RELAÇÃO À SAÚDE DA CRIANÇA, É TAMBÉM DA CRIANÇA ENQUANTO VEÍCULO DE TRANSMISSÃO"

Albino Oliveira-Maia

Somincor distribui material escolar por 5.000 alunos

Zé LG, 09.09.20

202009080749091 Somincor.jpgA empresa mineira Somincor, concessionária das minas de Neves-Corvo, disponibilizou um total de cinco mil kits de material escolar, compostos por uma mochila, cadernos e diversos materiais de escrita, "que são essenciais para o processo educativo", sendo destinados a toda a população escolar (do primeiro ciclo ao secundário) dos concelhos de Almodôvar, Aljustrel, Castro Verde, Ourique e Mértola. Foram ainda entregues kits em Beja e no Agrupamento de Escolas Prof. Arménio Lança, em Alvalade, no concelho de Santiago do Cacém.
Segundo a empresa mineira, esta oferta, a que se juntam os "apoios escolares conferidos aos filhos dos trabalhadores da empresa", assenta no "sentido de compromisso da Somincor com as comunidades dos municípios com os quais mantém relações de continuidade territorial ou de origem" dos seus trabalhadores e no "actual contexto pandémico e de contracção da economia", o que "implica novas limitações às disponibilidades das famílias".

Vacinem as crianças

Zé LG, 02.06.20

20200601150803468 vacinas.jpg“O Programa Nacional de Vacinação e as vacinas extra Plano não estão a ser cumpridos, potenciando o aparecimento de doenças graves como o sarampo, a meningite ou a tuberculose. O medo é a principal razão para que pais e encarregados de educação adiem consultas e deslocações aos hospitais e centros de saúde. Um receio que, a curto prazo, pode originar surtos e ter consequências em toda a comunidade”, refere o Movimento Doentes pela Vacinação, que, preocupado com a quebra das taxas de vacinação entre os mais novos, apela “aos pais e encarregados de educação que retomem consultas e práticas de prevenção.”

Ana Paula Fitas apresenta livro “Landroal d´Encantar”, no Dia da Criança, no Castelo de Alandroal

Zé LG, 31.05.20

hbuh.jpgAlandroal prepara-se para celebrar o 1 de junho, Dia Mundial da Criança, com o lançamento de um livro de contos infantis que junta velhas e novas histórias de um Alandroal "terra de mitos e lendas sem fim que são o resultado de uma combinação única de heranças culturais diversas e cultos antigos". “Landroal d´Encantar”, é assim que se chama o livro, é da autoria de Ana Paula Fitas e ilustrado por Andreia Albernaz Valente.
Simbolicamente, será realizada uma breve cerimónia de lançamento da obra, no castelo de Alandroal, pelas 11h30 do dia 1 de Junho, dia da Criança, com a presença da Diretora Regional de Cultura, Ana Paula Amendoeira e do Presidente da Câmara de Alandroal, João Grilo, assim como da autora, a ilustradora e o editor da obra.

"SE SENTES QUE ESTÁS EM PERIGO PEDE AJUDA"

Zé LG, 27.05.20

101384528_165656678257921_986493931363500032_o.png

 “PROTEGER CRIANÇAS COMPETE A TODOS” ⚠️
👉 De forma a tornar mais acessível a comunicação de situações de perigo, e somar a outras linhas de emergência já existentes, a CNPDPCJ, dispõe agora de uma linha telefónica, que garantirá o devido encaminhamento destas situações para a CPCJ territorialmente competente.
Esta campanha destina-se a sublinhar a importância da comunicação das situações de perigo, apelando à especial envolvência de toda a sociedade civil, reforçando o trabalho que tem vindo a ser realizado pelas CPCJ ao longo deste período de pandemia e confinamento.
#protegercriançascompeteatod@s #direitosdacriança #cnpdpcj #cpcj

“As escolas têm um papel fundamental na prevenção dos maus tratos na infância”

Zé LG, 09.05.20

maustratos-768x512.jpgO número de casos de maus tratos a crianças não tem sofrido “um aumento significativo” durante a pandemia da Covid-19. Esta realidade mostra que os maus tratos estão a diminuir, mas por outro lado pode querer dizer que as denuncias “não estão a chegar às CPCJ’s- Comissão de Proteção de Crianças e Jovens”.

Maria Manuel Coelho, coordenadora da equipa regional do Alentejo da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens defende que “a prevenção [dos maus tratos] é a grande aposta” para por fim a este flagelo. Em Portugal, ainda “existem muitas situações graves que não deviam acontecer”. Em seu entender “as escolas têm um papel fundamental, para mostrar que [os maus tratos] não são aceitáveis”.

Câmara de Fronteira incentiva natalidade com lançamento de "Kit Bebé"

Zé LG, 05.05.20

95976906_2999856590091158_7416440404498710528_n beO “Kit Bebé”, destinado a crianças nascidas em Fronteira a partir do dia 1 de junho, integra uma mala de maternidade e um cartão que permite a aquisição de produtos de saúde, bem-estar, medicamentos e vacinas não incluídas no Plano Nacional de Vacinação, nas farmácias do concelho, até ao limite de 900 euros.

O “kit bebé” poderá ser requerido a partir de 11 de maio no site do município de Fronteira.

“À descoberta com a Francisca”

Zé LG, 29.04.20

94365315_2843912225644479_2437291131847835648_n fr… é o nome do novo livro digital de sensibilização ambiental da EMAS de Beja. Trata-se de um projecto, direccionado aos mais novos, que pretende promover através da literacia infantil o conhecimento, despertando a consciência dos leitores de palmo e meio para as questões ambientais.

A EMAS considera que “os novos tempos desafiam-nos a novas respostas e este projecto pretende ser pelos seus conteúdos pedagógicos uma ferramenta útil a toda a comunidade escolar”.

As missões sugeridas pela Francisca, a nova amiga dos Heróis da Água, podem ser realizadas em casa e em família, neste período de confinamento social em que ler se assume como uma das actividades mais importantes para uma mente saudável.

O livro é gratuito e pode ser acedido através da página de facebook da EMAS de Beja.

«Serei o que me deres...que seja AMOR»

Zé LG, 11.04.20

A CPCJ de Beja associa-se “à campanha da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, com o lema «Serei o que me deres...que seja AMOR»” e celebra “Abril – Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”, com diversas atividades virtuais.

202004061831105548 mês.jpg“Este é o mês dedicado à sensibilização para esta problemática e para o seu combate e apesar das atividades pensadas, inicialmente, pela CPCJ de Beja não se poderem concretizar estão programadas outras, que convidam pais e filhos a construir laços azuis, símbolo da campanha, apelando à criatividade e enviando os mesmos para esta instituição até ao dia 30 deste mês, altura em que será possível fazer uma exposição virtual com estes contributos”. As declarações são de Maria de Jesus Ramires, presidente da CPCJ de Beja.

Município de Alvito alarga Regime de Fruta Escolar às crianças do Ensino Pré-Escolar

Zé LG, 01.10.19

137 Alunos do Concelho beneficiam do Regime de Fruta Escolar

alvito.jpg

Embora o Regime de Fruta Escolar se aplique apenas aos alunos do 1.º Ciclo, por decisão do Município de Alvito, a medida foi também alargada às crianças do Ensino Pré-Escolar, sendo os custos decorrentes deste alargamento suportados inteiramente pelo Município.
Boas aliadas da alimentação infantil, a fruta não costuma enfrentar grande resistência das crianças para incorporá-la no cardápio diário. É tudo uma questão de adquirir o hábito de consumi-las.
As frutas consumidas duas vezes por semana pelas crianças na Escola são a maçã, pera, banana, pêssego, clementina, cenoura e laranja.

Maria de Jesus Ramires é a nova presidente da CPCJ de Beja

Zé LG, 03.08.19

jesus.jpgA professora, e ex-presidente da União das Freguesias de Beja de Salvador e Santa Maria da Feira, Maria de Jesus Ramires foi eleita, presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Beja.

Maria de Jesus Ramires assume um mandato de três anos à frente dos destinos da CPCJ de Beja e assegurou que ficou surpreendida, e grata, pela forma como lhe foi confiada estas novas funções, que garante encarar como missão.

A professora Maria Regina Martins foi designada secretária da Comissão, funções que eram desempenhadas por Maria de Jesus Ramires.

Município de Alvito cria creche em Vila Nova da Baronia

Zé LG, 06.05.19

OBRAS ARRANCAM AINDA ESTE ANO

creche de alvito.jpgCom o objetivo de criar uma resposta social inexistente no Concelho de Alvito e proporcionar uma resposta especializada na área da infância à população do Concelho, o Município viu aprovada a candidatura ao Alentejo 2020 para a requalificação de uma antiga escola primária em Vila Nova da Baronia para instalação de uma creche com berçário (dos 3 meses aos 3 anos de idade).

Pretende-se, assim, contribuir para a inclusão das mães das crianças no mercado de trabalho e promover a criação de postos de trabalho, fixando a população jovem na região.

Beja recebe Festa das Maias

Zé LG, 04.05.19

A cidade de Beja recebe, neste sábado, a partir das 10.00 horas, a Festa das Maias, organizada pela Associação de Defesa do Património de Beja.

Maias.jpg

Este ano, juntam-se à festa, João Cataluna, os Meninos em Cante e o Grupo de Danzas de Olivenza La Encina-Las Mayas de Olivenza, numa aposta clara na internacionalização do evento, como afirma, Florival Baiôa, presidente da ADPBeja, para além de uma Feira das Flores.

ACOS + é uma das novidades da Ovibeja

Zé LG, 22.04.19

201904212250579271.jpgÉ já na próxima quarta-feira que arranca mais uma edição da Ovibeja, a feira que apresenta “Todo o Alentejo deste Mundo”. Apesar de manter, desde sempre, a traça original, o certame aposta todos os anos na inovação, apresentando em cada edição novidades. O espaço “ACOS +” é uma das apostas da organização em 2019.

O papel inovador da Ovibeja vai ser colocado à prova, nesta 36ª edição da feira através da abordagem de um tema que está na ordem do dia: as alterações climáticas e os contributos para a sua mitigação.

Nesse sentido, a Ovibeja apresenta, este ano, um novo espaço dedicado a famílias, em particular, às crianças, no Pavilhão das Lãs, que vai funcionar durante os cinco dias do evento, entre as 11.00 e as 23.00 horas.

Pais preocupados com a má qualidade da comida na Escola de Santiago Maior

Zé LG, 31.01.19

escola-santiago-maior-768x432.jpgPais e encarregados de educação da EB 2, 3 de Santiago Maior, em Beja, estão descontentes com a qualidade e quantidade das refeições servidas aos alunos pela Uniself, empresa concessionária do refeitório da escola, porque “apesar das queixas, não são notadas quaisquer melhorias”.

Nos dias em que as refeições têm alguma qualidade, “há alunos que pedem para repetir só que, os responsáveis da cantina, não deixam”, revela a avó de uma criança.

“Muitos dos alunos vêm de famílias com baixos recursos económicos e a comida da escola é a única refeição quente que têm ao longo do dia”, desabafa, preocupada, Sofia Monteiro, presidente da Associação de Pais.

“Tricotadeiras” de Alvito oferecem peças a crianças do IPO

Zé LG, 07.01.19

201901041052513750.jpgUm grupo de “tricotadeiras” de Alvito fizeram diversas peças de vestuário para bebés, com lã oferecida pela Câmara Municipal, no âmbito do Dia Mundial de Tricotar em Público.

Algumas das peças foram distribuídas pelos bebés que nasceram no concelho durante o ano de 2018 e, nesta 2ª feira, vão ser oferecidos ao IPO de Lisboa casaquinhos, gorros, mantas e botinhas.