Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Armando Varela demite-se dos pelouros na Câmara de Portalegre

820489d0825f583947b4446d7cf49a54_L.jpgArmando Varela, após apresentar a demissão dos cargos que ocupava na Fundação Robinson, demite-se também dos pelouros que ocupava na Câmara Municipal de Portalegre.

A inacção da Câmara Municipal de Portalegre relativamente à Fundação Robinson de que é o principal proprietário é para mim inexplicável. Este é o principal motivo que me levou a apresentar a minha demissão da administração desta Fundação.”, esclarece Armando Varela, que conclui afirmando que devolve à presidente da Câmara “as funções que me estavam distribuídas” e “assumo o estatuto de vereador eleito pelo Partido Social Democrata, na oposição.”

Guia turístico-cultural “Território Hospitalário: História Medieval da Raia”

201906211727469913.jpgAracena, Aroche, Moura e Serpa têm uma história comum durante a Idade Média, vinculada à Ordem de São João do Hospital. O fortalecimento desses laços históricos materializou-se através da concretização de uma Rota de Turismo Cultural inspirada nos castelos destas populações.

Esta rota é o resultado do projeto transfronteiriço que desenvolveu várias atividades entre março e junho deste ano, incluindo a edição de um folheto trilingue, em português, espanhol, inglês sobre as quatro fortalezas, que foi apresentado no dia 20 de junho, em Aracena.

IPBeja acelera talentos no Alentejo através do projecto SpeedTAlent

Incubadora-IPBeja-768x432.jpgA incubadora do Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) está a desenvolver, em conjunto com vários parceiros, o projecto SpeedTAlent – Acelerador de Talentos, destinado a Jovens Empreendedores e a empresas constituídas recentemente.

A incubadora privilegia as empresas de base tecnológica. Para além de fixar jovens, o projecto quer criar “massa crítica” na região.

Os interessados em criar o seu negócio devem contactar a Incubadora do Instituto Politécnico de Beja, instalada na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Beja.

Rede Ibérica debate gestão do montado na ACOS

A ACOS recebe, hoje, às 15.00 horas, nas suas instalações, as Jornadas de apresentação da Rede Ibérica para a Transferência do Conhecimento e a Inovação no Montado.

Rede ibérica.pngEste é um projeto promovido pelo Centro de Investigação Científica e Tecnológica da Extremadura que conta com 16 parceiros do lado de cá e de lá da fronteira.

A Rede pretende promover a transferência de conhecimento, de boas práticas e de inovações para a gestão do montado, e para a produção e comercialização dos seus produtos, de forma a contribuir para uma maior valorização económica e ambiental destes sistemas.

O projeto é apresentado, amanhã, dia 18, também às 15.00 horas, no auditório da Biblioteca Municipal de Ourique. 

Fujitsu confirma interesse em instalar em Beja um centro de competências nas áreas da proteção da informação digital

A Fujitsu Portugal confirma o interesse em avançar com um centro de desenvolvimento em Beja. Conforme avançado pelo Diário do Alentejo, a empresa e o Instituto Politécnico de Beja já assinaram um protocolo de colaboração. A nova unidade destinar-se-á ao desenvolvimento de ferramentas de segurança informática que possam ser usados pelos clientes da empresa.

imgLoader2.ashx.jpg“Todos os passos que estamos a dar é para criarmos esse centro de competências e neste momento não vemos razão nenhuma para que esse centro não seja uma realidade”, acrescenta Pedro Samuel Pires, líder de cibersegurança da Fujitsu Portugal, sublinhando o trabalho desenvolvido pelo Instituto Politécnico de Beja na área da segurança informática: “Alegrar-nos-ia muito contribuir para este desenvolvimento em Beja, mas também aproveitar as excelentes capacidades que já observamos e estamos a desenvolver com o IPBeja”.

 

FENAREG propõe medidas de mitigação dos efeitos da seca na agricultura

50639427_543182732861767_299012161403879424_n.jpgA FENAREG – Federação Nacional de Regantes propôs medidas de mitigação dos efeitos da seca na agricultura, na audição da Comissão Parlamentar de Agricultura e Mar. A Federação quer que as mesmas tenham “efeito imediato” e que “compensem os agricultores regantes pelos efeitos da seca prolongada”, recordando que este é o quinto ano consecutivo em que os agricultores se confrontam com as questões da seca, nomeadamente com restrições de disponibilidade hídrica, em várias bacias hidrográficas.

A FENAREG avança, ainda, que algumas das medidas de fundo apresentadas no Parlamento integram o “Contributo para uma Estratégia Nacional para o Regadio”, que será apresentado no dia 14 de Junho, na Feira Nacional de Agricultura de Santarém.



Castro Verde integra projecto de Desenvolvimento das Reservas da Biosfera

Castro-Verde-768x432.jpgA Câmara de Castro Verde assinou o protocolo de colaboração no projecto “Promover o desenvolvimento dos Territórios das Reservas da Biosfera portuguesas enquanto laboratórios de sustentabilidade”.
O acordo foi rubricado entre o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, a Secretaria-geral do Ambiente e os gestores das 11 Reservas da Biosfera.

Mértola com intervenção precoce na Infância

Mértola-acordo-768x432.jpgA Câmara Municipal de Mértola assinou um protocolo de colaboração com a Subcomissão de Coordenação Regional do Alentejo para o Sistema Nacional de Intervenção Precoce na Infância (SNIPI).

De acordo com a Direcção Geral da Saúde, “o Sistema tem a missão de garantir a Intervenção Precoce na Infância (IPI), entendendo-se como um conjunto de medidas de apoio integrado centrado na criança e na família, incluindo acções de natureza preventiva e reabilitativa, no âmbito da educação, da saúde e da acção social”.

Município de Alvito aderiu à Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis

alvito.jpgO Município de Alvito é o mais recente aderente da Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, uma associação que tem como objetivo a promoção de hábitos e estilos de vida promotores de saúde e bem-estar.
Um Município saudável é o que coloca a qualidade de vida dos munícipes no centro da tomada de decisões, ou a que procura melhorar o bem-estar físico, mental, social e ambiental dos que nela vivem e trabalham.

Comentários recentes

  • Vitor Paixão

    "...A gestão corrente não é contexto para irem mai...

  • Vitor Paixão

    Ó senhora anónima, até parece mentira uma observaç...

  • Anónimo

    O candidato vai ser o vencedor da 7 maravilhas! 😀

  • Vitor Paixão

    Tal e qual!

  • Anónimo

    Beja centro do quê? Nem do distrito quanto mais do...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.