Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Beja e Vidigueira assinalam o Feriado Municipal nas rádios e redes sociais

Zé LG, 21.05.20

feriado beja.pngPara a assinalar o Feriado Municipal de Beja, a Voz da Planície, com o apoio da Câmara Municipal de Beja preparou uma emissão especial neste que é, também, o Dia da Espiga,  transmitida a partir do Castelo de Beja e que pode ser acompanhada, entre as 11.00 e as 12.00 horas, através dos 104.5 FM da Voz da Planície, pelo facebook da rádio e pelo facebook da Câmara Municipal de Beja.

vidigueira.jpgPara assinalar o Feriado Municipal de Vidigueira, a Voz da Planície, em parceria com a Rádio Vidigueira e com Câmara Municipal de Vidigueira realiza uma emissão especial, que decorre entre as 15.00 e as 16.00 horas, a partir do Museu Municipal de Vidigueira. A emissão pode ser acompanhada nos 104.5fm da Voz da Planície e nos 90fm da Rádio Vidigueira e vai ser partilhada nas redes sociais das duas rádios e da autarquia.

Direcção Regional da Cultura do Alentejo (re)abre Museu de Beja

Zé LG, 17.05.20

201902112109502383 museu.jpgSegunda-feira, Dia Internacional dos Museus, sob o tema “Museus para a Igualdade: Diversidade e Inclusão”, a diretora Regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, o presidente da Câmara de Beja, Paulo Arsénio, e a presidente do ICOM Portugal, Maria de Jesus Monge, visitarão simbolicamente o Museu Regional de Beja - Rainha D. Leonor, assinalando a sua reabertura, sem alteração de horário ou restrições de áreas visitáveis, neste que é o primeiro Dia Internacional dos Museus em que o Museu de Beja está integrado na DRCAlentejo.

A DRCAlentejo e o Município de Beja comemoram este dia com a assinatura, pelas 15.00 horas, nas instalações do Museu, do Protocolo de Colaboração relativo ao Museu de Beja e a outros equipamentos culturais da cidade e que permitirá, com a colaboração da Associação Portas do Território e o financiamento através da CIMBAL/Alentejo 2020, lançar em breve o concurso para as obras de conservação e recuperação do Museu Regional.

Viva o 1º de Maio! 25 de Abril sempre!

Zé LG, 02.05.20

1maio-2020.jpgAs comemorações do 1º de Maio, pela CGTP, voltaram a ser criticadas pelos mesmos que criticaram as comemorações do 25 de Abril, pela Assembleia da República. Com os mesmos argumentos, de não cumprirem as normas estabelecidas, dos responsáveis por elas e dos que nelas participaram estarem a dar um mau exemplo, etc. Já para não referir as "declarações de amor" ao que se comemorou, porque não quero ser desagradável...

Não me vou alongar em apreciações a tais opiniões, porque cada um é livre de expressar as suas, mas não quero deixar de afirmar que me desgostou ler e ouvir comentários de algumas pessoas, de quem esperava mais seriedade, coerência e respeito por aquelas datas.

Viva o 1º de Maio! Sem trabalhadores nada funciona!

Zé LG, 01.05.20

1maio-banner.jpgO 1º de Maio é uma data de afirmação de valores, força e solidariedade de trabalhadores unidos. É uma data que nasceu com a luta de trabalhadores contra a exploração, pelos direitos laborais e sociais, pela dignidade e justiça social.
Hoje, vivemos um momento complexo em que a prioridade é salvaguardar vidas e a saúde de todos. O Serviço Nacional de Saúde está sob grande pressão – a dedicação e empenho dos profissionais de saúde têm sido notáveis – mas também importantes são os trabalhadores que asseguram o funcionamento de outros serviços públicos e sociais, bem como aqueles que produzem bens e serviços essenciais.
E num momento em que muitos trabalhadores e suas famílias passam por dificuldades - e os seus direitos são atacados - desde o emprego, aos salários - a CGTP afirma que os trabalhadores não estão sozinhos.

Não usem a COVID-19 contra as Comemorações do 25 de Abril na AR

Zé LG, 24.04.20

94088612_1460260430815384_9098950175774212096_o.jp

Pessoalmente não aprecio comemorações solenes. Embora reconheça o carácter simbólico, prefiro as comemorações populares, onde todos os que querem podem participar.

Este intróito serve para dizer que as comemorações do 25 de Abril na Assembleia da República "não são a minha praia". No entanto, reconheço e realço que os representantes da Nação na Assembleia da República pretendem fazer o que (quase) sempre fizeram, assinalar na Casa da Democracia (que não se encontra suspensa) mais um Aniversário do 25 de Abril. 

Reconheço a outros que não gostem do 25 de Abril, que preferissem que tal data não tivesse acontecido ou que ainda vivêssemos no "tempo da outra senhora" ou ainda que não gostem do tipo de comemorações ou ainda que tenham qualquer outra objecção a que as comemorações se realizem este ano. Mas não usem a COVID-19 para justificar as suas posições, como se as Comemorações fossem causar um novo surto da pandemia... E já agora: Se não gostam, não vejam, mas deixem que os representantes da Nação façam as comemorações que acham que devem fazer e que não prejudicam ninguém.

Só mais uma coisinha: Como eu gostava de saber cantar para entoar bem alto a Grândola Vila Morena!

«Serei o que me deres...que seja AMOR»

Zé LG, 11.04.20

A CPCJ de Beja associa-se “à campanha da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, com o lema «Serei o que me deres...que seja AMOR»” e celebra “Abril – Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”, com diversas atividades virtuais.

202004061831105548 mês.jpg“Este é o mês dedicado à sensibilização para esta problemática e para o seu combate e apesar das atividades pensadas, inicialmente, pela CPCJ de Beja não se poderem concretizar estão programadas outras, que convidam pais e filhos a construir laços azuis, símbolo da campanha, apelando à criatividade e enviando os mesmos para esta instituição até ao dia 30 deste mês, altura em que será possível fazer uma exposição virtual com estes contributos”. As declarações são de Maria de Jesus Ramires, presidente da CPCJ de Beja.

Percurso Temático da Água “Do Castello até Pisões” no Dia Internacional da Mulher

Zé LG, 03.03.20

202002261516482346 Pisões.jpgNo âmbito nas comemorações do Dia Internacional da Mulher, que decorrem no concelho de Moura entre 8 e 10 de março realiza-se, no próximo domingo, dia 8, o Percurso Temático da Água “Do Castello até Pisões”.

"Trata-se de um percurso com cerca de 3 km, que revisita a história da marca Água Castello e a sua ligação à cidade de Moura", revela a autarquia mourense.

A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição até sexta-feira, dia 6, através do correio eletrónico moura.turismo@cm-moura.pt ou do telefone 285 25 13 75.

Semana da Igualdade com atividades no distrito de Beja

Zé LG, 01.03.20

202002271748086819.jpgA CGTP realiza de 2 a 6 de março várias iniciativas, por todo o país, no âmbito da Semana da Igualdade, que coincide com as comemorações do Dia Internacional da Mulher. No distrito de Beja estão, igualmente, várias atividades programadas, abrindo com a realização, na segunda-feira, dia 2 de março, no auditório da USDB, de um Plenário de Trabalhadoras das IPSS, focando atenções nos temas: assédio no trabalho e doenças profissionais das mulheres trabalhadoras.

Alvitrando há 16 anos

Zé LG, 14.01.20

Já passaram 16 anos sobre o dia em que decidi criar este blogue, a que chamei Alvitrando pelas razões divulgadas. Muito poderia dizer sobre o que tem sido esta aventura, sobre o tempo que ocupa e o trabalho que dá mantê-lo actual, o prazer e alguns dissabores que tenho tido, os ajustamentos feitos em função principalmente das minhas circunstâncias mas também do que os visitantes, designadamente os que comentam, "pedem", ... mas não vou entrar por aí. Hoje, fico-me apenas pela reafirmação de que tudo continuarei a fazer para que o Alvitrando continue a ser o espaço de liberdade como é reconhecido e a intervir activamente na sociedade, com especial enfoque na local.

Para assinalar a "efeméride", decidi mudar as "roupagens" do Alvitrando. Se tiver tempo e disposição, farei ainda mais algumas alterações e ajustamentos. Se quiserem contribuir com as vossas opiniões e sugestões pode ser que ajudem a torná-lo mais atrativo...

Município de Moura e Mineraqua Portugal assinam protocolo de colaboração no Percurso Temático da Água “Do Castello até Pisões”

Zé LG, 12.01.20

Moura-1-768x432.jpgA iniciativa está inserida “na estratégia de desenvolvimento local, em que se pretende valorizar o activo territorial “Água” nas suas diversas dimensões enquanto património natural, cultural e paisagístico”.

Álvaro Azedo, presidente da Câmara de Moura, disse que o protocolo “visa acima de tudo, marcar a relação entre o concelho e a água que nasceu naquele concelho”, bem como “preservar a memória, potenciar o passado com oferta cultural e turística e envolver a comunidade escolar do concelho”.

“Esta iniciativa representa igualmente o culminar das comemorações dos 120 anos da marca, que contemplaram várias iniciativas realizadas ao longo do ano de 2019.”

“Museu do Pão/Centro Interpretativo do Pão” vai ser criado nas traseiras da Casa do Forno da Ti Bia Gadelha, em Beja

Zé LG, 20.12.19

Há pouco mais de um mês que o cheiro a pão fresco começou a “invadir” a Rua Aresta Branco, em Beja, no Forno da Ti Bia Gadelha onde um jovem faz pão, dois dias por semana. “No ano em que a adpBeja está a comemorar o seu 40º aniversário”, Florival Baiôa diz que “esta é uma boa notícia para a comunidade, até porque os objetivos de recuperação deste espaço estão a ser concretizados”.

201912191731578581.jpg

Florival Baiôa avançou, também, que “está a ser desenvolvida uma parceria que junta a adpBeja ao IPBeja, à ACOS, às juntas de Freguesia da cidade e à ERT – Entidade Regional de Turismo do Alentejo/Ribatejo, com o objetivo de ser criado o Museu do Pão/Centro Interpretativo do Pão”, que “ficará patente ao público nas traseiras da Casa do Forno.”